Literatura

Conheça a biografia de Eça de Queiroz

biografia de Eça de QueirozBiografia de Eça de Queiroz

Eça de Queiroz foi um escritor e diplomata português. É considerado um dos escritores mais importantes da história e várias de suas obras aparecem nos principais vestibulares, inclusive no ENEM. Leia nesse artigo a biografia dessa personalidade tão importante para a literatura.

Eça de Queiroz (ou Queirós) viveu entre 1845 e 1900, sendo um dos escritores portugueses mais importantes do país (e do Brasil). Suas obras frequentemente caem nos mais importantes vestibulares, tanto em questões objetivas quanto discursivas. Mas você conhece a biografia de Eça de Queiroz?

Para colaborar com seus estudos, nós preparamos uma relação com as principais obras de Eça de Queiroz, assim como também detalharemos a sua biografia. Vem com a gente e não deixe de ler os livros requisitados pelos editais!

Quem foi Eça de Queiroz?

Eça de Queiroz nasceu em Portugal, na cidade de Póvoa de Varzim. Ele era filho de uma portuguesa e um brasileiro. Seus pais o tiveram fora do casamento e por isso precisaram escondê-lo dos olhos públicos, o que fez com ele fosse criado pelos avós paternos.

Na sua adolescência, estudou no colégio da cidade do Porto e, em 1861, começou a cursar direito na Universidade de Coimbra. Foi nesse período que ele esteve relacionado a alguns movimentos estudantis encabeçados por Teófilo Braga e Antero de Quental.

Ele se formou na graduação de direito, em 1866. Depois disso, mudou-se para Lisboa e foi morar com os seus pais. Ele também atuou como advogado por um tempo antes de entrar de vez no mundo da escrita.

Como foi a sua carreira literária?

Você vai entender agora um pouco mais sobre a biografia de Eça de Queiroz. Ele começou a sua carreira como escritor em 1867, com os folhetins Notas Marginais, lançados pela Gazeta de Portugal. Logo seguiu para o jornalismo, dirigindo o jornal Distrito de Évora, naquele mesmo ano.

Em 1869, ele se inspirou no egípcio Canal de Suez para escrever a obra O Egito, que somente foi publicada depois de seu falecimento. Depois disso, ele morou em Leiria e virou o administrador do conselho local.

Já em 1871, Eça de Queiroz fez parte do grupo Cenáculos, que era composto por ex-estudantes dispostos a divulgar ideias inovadoras sobre política, arte, filosofia e religião.

Em 1872, Eça inicia sua carreira na diplomacia, sendo intitulado cônsul na cidade de Havana, capital de Cuba. Em 1874, ele é transferido para um consulado no Reino Unido. No ano seguinte, o escritor publicou o polêmico O Crime do Padre Amaro, baseado no período que viveu em Leiria.

Esse livro foi o primeiro que marcou o movimento realista de Portugal. Ele é importante por conter críticas ferrenhas ao clero, à sociedade conservadora e aos valores da burguesia.

Em 1878, ele começa a trabalhar no consulado de Bristol e, no mesmo ano, lança outro livro muito conhecido: O Primo Basílio. Nesse livro, ele reforça mais uma vez suas críticas a família tradicional burguesa e a sua decadência, explorando como tema central o adultério.

Eça casa-se em 1886, com Emília de Castro Pamplona Resende, moça de família pertencente à aristocracia, com quem teve quatro filhos.

Em 1888, virou cônsul em Paris, no mesmo ano em que publica outra obra aclamada: Os Maias. Esse romance inicia uma nova fase, na qual se utiliza a ironia para fazer uma análise social das famílias da época, além da construção da jornada.

É a partir daí que ele passa a escrever sobre questões relacionadas à introspecção e simplicidade da vida em sociedade. Como exemplo desse período, temos A Cidade e as Serras e A Ilustre Casa de Ramires.

Eça de Queiroz faleceu na França, em agosto de 1900, aos 54 anos. Seu corpo foi sepultado em Portugal.

Quais são as principais obras de Eça de Queiroz?

Agora que você sabe um pouco sobre a biografia de Eça de Queiroz, está na hora de dar uma olhada em quais obras marcaram as fases de sua carreira literária.

Confira abaixo as maiores obras de Eça de Queiroz:

principais obras de Eça de Queiroz

  • Na primeira fase: destacaram-se Mistério da Estrada de Sintra e As Farpas, ambas de 1871
  • Na segunda fase: foi um período bem farto, com obras clássicas como A Relíquia (1887), O Crime do Padre Amaro (1875) e O Primo Basílio (1878)

continuação das principais obras de Eça de Queiroz

  • Na terceira fase: última fase antes de seu falecimento, temos destaque para Os Maias (1888) e A Cidade e as Serras (1901)
  • Literatura de viagem: a maioria foi lançada postumamente, como O Egito (1926) e Ecos de Paris (1905)

Além de entender a biografia de Eça de Queiroz, não deixe de ler mais sobre este grande autor e pesquisar diversas análises sobre suas obras. Faça questões de vestibulares antigos e não deixe de caprichar nos estudos literários!

Aqui no Beduka, o seu buscador de faculdades públicas e privadas, você tem a possibilidade de testar os seus conhecimentos por meio do nosso simulado gratuito do ENEM. Temos todas as questões das últimas edições do Exame Nacional do Ensino Médio.

Além de verificar as principais obras e a biografia de Eça de Queiroz, veja aqui como fazer uma redação nota 1.000, entenda o que é uma crônica e as principais figuras de linguagem.

Baixe o melhor plano de estudos gratuito que você encontrará na internet.

Veja nosso vídeo especial com as principais obras para o ENEM

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador