Blog do Beduka | Matérias resumidas, Dicas e Exercícios Enem
MatériasSociologia

Aprenda o que é estratificação social e seus efeitos com resumo e exemplos

O que é estratificação socialO que é estratificação social?

Numa mesma cidade, é possível ver bairros nobres e comunidades carentes lado a lado. Este fenômeno é um reflexo da estratificação social, um dos conceitos mais importantes da Sociologia. Ele é muito cobrado em vestibulares como Enem, por exemplo. Leia este artigo e entenda melhor o que é estratificação social com exemplos.

Se quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em algum dos tópicos abaixo:

Quando você terminar de ler o artigo sobre o que é estratificação social, que tal testar seus conhecimentos no Melhor Simulado Enem do Brasil?

O que é estratificação social?

A estratificação social é a classificação dos grupos que compõem uma sociedade de acordo com seu status social e as suas condições econômicas. É um conceito fundamental para compreender a desigualdade e a hierarquia sociais.

A estratificação social existe desde a divisão do trabalho na sociedade. Como as sociedades primitivas não eram organizadas deste modo, a estratificação só passou a existir com o início da vida em civilização.

Apesar de estar comumente ligada aos fatores de consumo e renda, a estratificação social leva em consideração, também, as práticas culturais e as crenças de cada grupo.

A divisão nas sociedades capitalistas geralmente levam em consideração três grandes grupos ou classes: 

  • classe baixa;
  • classe média;
  • classe alta

No entanto, esta é uma divisão que retoma a organização social desde Aristóteles, para quem a classe média era um fator de estabilidade política e deveria ser a maioria na cidade.

Os dados da estratificação são utilizados pelos sociólogos para compreender a dinâmica social e o motivo de haver, numa mesma sociedade, pessoas com acesso a muitas riquezas e outras com quase nenhuma, ou seja, a desigualdade social.

O que é desigualdade social?

A desigualdade social é a diferença econômica entre os diversos membros de uma sociedade. Geralmente, é fruto da má distribuição de renda e dos poucos investimentos em áreas sociais, como saúde e educação.

Entende-se que a desigualdade social é um dos fatores determinantes para diversos problemas numa sociedade, como a violência.

A desigualdade social será mais rígida nas sociedades mais estratificadas, divididas em castas. Já nas sociedades capitalistas, é possível haver uma mobilidade social mais fácil.

A mobilidade social é a mudança que um indivíduo faz para uma classe com posição socioeconômica diferente, numa sociedade. Numa sociedade de castas, isso é praticamente impossível, pois a pertença ao grupo é determinada pela família.

Por exemplo, antes das revoluções liberais o que determinava quem era nobre e quem era burguês era o sangue. Não importava o quão rico o burguês se tornasse, ele nunca teria os privilégios de um nobre

Quais são os tipos de estratificação social?

O que era o Sistema de castas ou estamentos

O sistema de castas é muito utilizado na Índia, sendo previsto nos livros sagrados do Hinduísmo, que é a religião com mais adeptos neste país. 

A base do sistema de castas é a família na qual alguém nasceu e ela determina desde as práticas religiosas até as profissões que a pessoa terá ao longo de sua vida.

A sociedade hindu é dividida em quatro castas: 

  • Sudras: são responsáveis pelos trabalhos servis, sendo a casta mais baixa de todas.
  • Vaixás: responsáveis pela administração de bens em geral e corresponde à burguesia, tendo a agricultura, a criação de gado, o comércio e a indústria como principais atividades.
  • Xátrias: são responsáveis pelos postos militares e pelo governo.
  • Brâmanes: são os sacerdotes e guardiões da ciência.

Um tipo parecido foi a sociedade estamental do feudalismo. Os estamentos constituíam estratos sociais com funções e direitos diferentes. Eram em número de três:

  • Laboratores: os que trabalham, os servos.
  • Oratores: os que rezam, o clero regular e secular.
  • Bellatores: os que batalham, a nobreza de cavalaria.

No entanto, os estamentos não eram tão rígidos quanto as castas. Alguns papas, como Gregório VII, tiveram origem humilde e com o passar do tempo, no século XII, as armas podiam ser usadas por mercenários, em vez da nobreza.

Escravidão

A escravidão é um modelo econômico pelo qual alguém é submetido a trabalhar de modo forçado para outra pessoa. Neste modelo, o escravo tem poucas chances de sair de sua condição.

Ao longo da história ocidental, a escravidão era uma prática comum até o final do século XIX. Houve muitos debates sobre esse tema. Alguns autores, como Aristóteles, chegaram a afirmar que o escravo nascia para essa função.

A escravidão no Brasil foi muito marcante e permeou a sociedade como um todo, regulando as relações e fundamentando costumes. Os seus efeitos são sentidos até hoje e atingem principalmente os grupos que foram escravizados. No caso, os negros.

Este grupo geralmente é maioria nas classes mais baixas da sociedade e têm pouco acesso a serviços de mais qualidade. Por exemplo, educação superior, principalmente nos cursos mais concorridos.

Como são sociedades de classes capitalistas

O capitalismo é o modelo econômico mais utilizado atualmente no mundo. Segundo Karl Marx ele é caracterizado pela formação de duas classes principais: 

  • detentores do meio de produção
  • proletários, que vendem sua força de trabalho.

É um sistema que permite a mobilidade social de maneira mais fácil que os demais, já que não se baseia na origem familiar, mas no acúmulo de riquezas adquiridas pelo trabalho.

As duas classes principais no capitalismo se subdividem segundo a renda e o consumo. Assim temos:

  • Classe Baixa: composta pelos mais pobres, os desempregados, os indigentes etc.
  • Classe média: composta por trabalhadores de renda média e acesso a serviços de mais qualidade que os da classe baixa.
  • Classe alta: é composta pelos mais ricos, que têm acesso aos serviços de maior qualidade e influenciam diretamente nas outras classes.

Estas subdivisões também permitem classificações mais específicas, como: classe média, classe média baixa e classe média alta.

O que é estratificação social segundo Marx

Para Karl Marx, sociólogo alemão, a estratificação social está ligada diretamente ao modelo de produção e à divisão social do trabalho.

No capitalismo, isso se daria pela relação entre a burguesia, dona dos meios de produção, e do proletariado, que tem apenas sua força de trabalho para vender.

Deste modo, a sociedade estaria configurada numa divisão entre duas classes: uma que explora e a outra que é explorada

Marx entendia que elas estavam em uma luta constante, que só teria fim quando o proletariado tomasse o poder para construir uma sociedade sem classes, chamada comunismo.

Isso seria feito pela ditadura do proletariado, que destruiria todos os elementos de opressão do homem pelo homem, a fim de garantir a liberdade de todos.

O que é estratificação social segundo Weber

A estratificação social para Max Weber, sociólogo também alemão, se dá por diversos fatores que os indivíduos ou grupos usam para conseguir bens, como:

  • as relações de produção;
  • o status social;
  • poder político;
  • poder econômico.

Weber diferencia status social de classe social: 

O status socialé baseado em honra, prestígio e filiação religiosa. 

A Classe social em riqueza material

Por isso, a estratificação não se dá apenas de uma forma, mas de três: social, política e econômica.

Isso pode ser visto em sociedades como o Portugal dos tempos da colonização do brasil. Na época, o pertencimento à nobreza e a religião católica era mais importante que as riquezas, evitando que certos cargos fossem ocupados por judeus recém-convertidos, por exemplo.

Gostou do nosso artigo sobre o que é estratificação social? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador