Dicas

Como conseguir o primeiro emprego?

Como-encontrar-o-primeiro-empregoComo encontrar o primeiro emprego?

Se você busca pelo primeiro emprego, provavelmente é um estudante do Ensino Médio que pretende ter o próprio dinheiro, ou terminou os estudos e agora precisa trabalhar.

Talvez até mesmo seja universitário e ainda não entrou no mercado de trabalho.

Depois de anos dentro de um ambiente escolar, com rotina de estudos estabelecida, conhecimento adquirido, amizades cultivadas e horas de estudos a fio por conta das provas, chega o momento de se desligar da escola, mais precisamente do ensino médio.

E, apesar de ser um momento de conquista para todos os estudantes, também acaba culminando em um mix de sentimentos.

Mas, calma, estamos aqui para ajudar. Continue a leitura para entender melhor como essa fase pode ser mais bem aproveitada, sem ansiedade e estresse! ?

O único caminho é a faculdade?

“E agora? O que eu faço da vida?” Essa é a pergunta que mais aparece na mente dos jovens que encerram o ensino médio. Embora a resposta mais comum seja “ingressar em uma faculdade”, nem sempre é tão fácil.

Muitas vezes, os alunos não têm a certeza do que gostam, e isso é normal, e preferem não entrar para o ensino superior sem ter isso muito bem decidido.

Pensando nisso, listamos algumas dicas para você que está nessa indecisão, mostrando que há mais opções para seguir após o térmico da etapa escolar.

Muitas dessas alternativas, inclusive, podem ajudar a ter uma ótima carreira mais para frente, acrescentar no currículo e fazer com que você se desenvolva pessoal e profissionalmente antes mesmo de entrar para o mercado de trabalho.

Está um pouco perdido e se interessou no assunto do primeiro emprego? Confira a lista dos caminhos que podem ser seguidos após terminar a fase escolar!

1. Fazer um trabalho voluntário (muito importante!)

como encontrar o primeiro emprego ou estágio

Seu maior erro é querer já começar recebendo muito dinheiro no primeiro emprego e sem ter experiência. E como conseguir experiência? Trabalhando de graça.

Aprenda alguma habilidade na internet, ou perceba qual sua melhor habilidade, faça algum curso gratuito e … finalmente … bata na porta de alguém e pergunte: Posso trabalhar de graça pra você por um mês?

Rapidamente encontrará alguém dizendo sim. E será muito impressionante se deparar com um jovem demonstrando essa força de vontade. Você conseguirá experiência e se fizer um bom trabalho no seu primeiro estágio, poderá ser contratado e ter o primeiro emprego de fato.

Fazer um trabalho voluntário é uma ótima maneira de ir incrementando o seu currículo para o mercado de trabalho.

As grandes empresas têm buscado cada vez mais pessoas que tenham tido esse tipo de experiência humana, por acreditarem que as chamadas soft skills são imprescindíveis para os funcionários e, consequentemente, para o crescimento da organização.

Por isso, busque uma atividade que faça bem a você, aposte naquilo que gosta e se envolva em algum projeto que esteja precisando de voluntários. Com certeza, mais à frente, você colherá bons frutos para uma carreira de sucesso.

2. Como procurar o primeiro emprego?

Sabe quando você tem em mente “qual faculdade eu devo fazer?”. Pois é, uma das nossas dicas é procurar um emprego antes mesmo de escolher o seu curso (sim, é isso mesmo, você não leu errado).

Isso porque o mercado é cheio de opções e as áreas são muitos diferentes, ou seja, por que não começar trabalhando para, depois, escolher qual curso fazer? Dessa forma, você não corre o perigo de “se arrepender” por ter escolhido tal caminho e é possível mudar de ideia sem prejuízo algum.

Além disso, essa é uma boa alternativa para quem já se decidiu pelo ensino superior, mas a grana está apertada para pagar as mensalidades, já que é possível estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

Encontrando o primeiro emprego

Para procurar um trabalho, é importante montar um currículo bacana, além de uma carta de apresentação de primeiro emprego, onde você colocará as suas qualificações e descrever as principais habilidades.

A dica aqui é: como essa carta tem por objetivo encurtar o processo de seleção, ela deve ser bem curta e direta, facilitando para o empregador entender a sua experiência já adquirida e como o seu perfil pode contribuir para a empresa.

Procure vagas na internet ou peça indicação de amigos. É sempre assim que se começa. Sem truques, sem atalho.

O objetivo do primeiro emprego é fazer com que você tenha contato com o mercado para ir se adaptando. Com essa experiência, você pode aprender como mandar bem nas entrevistas, como se comportar no primeiro dia de trabalho e quais são as opções de primeiro emprego existentes por aí.

3. Fazer um intercâmbio

Gosta de viajar e conhecer novas culturas? Então, um intercâmbio pode ser a opção ideal para você que está meio perdido sobre o que fazer após o ensino médio. Ajuda e muito na conquista do primeiro emprego.

Inclusive, dependendo do lugar para onde você escolher ir, lá mesmo poderá (e deverá) começar a trabalhar.

Hoje em dia, existem diversas modalidades e muitos países para conhecer, aumentando ainda mais as opções conforme os seus gostos e as suas condições financeiras.

Porém, a dica do intercâmbio vai além da importância para o seu desenvolvimento pessoal, já que você terá convívio com novos lugares, culturas, idiomas e pessoas.

Colocar essa experiência no seu currículo vai ajudar muito ao longo da carreira, já que as empresas buscam, cada vez mais, por profissionais com habilidades diferentes – e com o inglês ou espanhol na ponta língua, é claro.

Tá na dúvida sobre como ter um futuro bem sucedido? Aposte no intercâmbio! ?

4. Aprender outro idioma

E já que estamos falando sobre o intercâmbio ser uma ótima fonte de contato com outra língua e, com isso, garantir mais portas abertas no mercado, vale ressaltar que aprender um outro idioma é imprescindível para o seu caminho daqui para frente, seja ele qual for.

Caso você tenha terminado agora o ensino médio, mas não tenha dinheiro para pagar essa experiência internacional, que tal aprender um novo idioma por meio de cursos?

Hoje, existem milhares de opções – tanto presencial como a distância –de cursos de língua estrangeira, com variados preços, facilitando para que você escolha aquele que cabe no seu bolso e na sua rotina.

Invista em aprender um novo idioma porque isso vai fazer total diferença na sua vida profissional – tanto para as entrevistas de emprego mais à frente, mas também para a faculdade, já que muitos livros e materiais que os professores passam são em outra língua, geralmente inglês ou espanhol.

5. Fazer um curso livre

Buscar conhecimento nunca é demais e isso deve ser feito em todas as etapas da vida, principalmente se quiser encontrar o primeiro emprego rápido.

Entretanto, para quem está se sentindo perdido após os anos escolares e não quer tomar a decisão de entrar para a faculdade agora, isso é mais do que indicado. E é aí que entram os cursos livres.

Disponibilizados em muitos formatos, presencias ou a distância, e com um leque enorme de opção, os cursos livres permitem que você tenha contato com os mais diferentes universos, despertando o interesse por determinada área ou tema.

Isso pode facilitar na hora de entrar para a faculdade, pois você já terá conhecido um pouco sobre o que aquele curso vai abranger, mesmo que superficialmente ou de forma mais técnica, a depender do curso livre escolhido.

Artes, moda, línguas, finanças, comportamento, soft skills, cuidados, saúde, beleza.

Os assuntos dos cursos livres são os mais variados possíveis e, com certeza, um vai despertar o seu interesse. Faça um e procure o primeiro emprego relacionado a um deles. Entre nos grupos e veja as ofertas e indicações de vagas dessa área.

Basta fazer uma procura rápida na internet sobre isso e logo você encontrará alguma instituição de ensino que têm disponibilizado esse tipo de aprendizado (muitas delas, inclusive, dispõem de cursos livres gratuitos, o que é uma ótima caso queira economizar um pouco).

E aí, gostou das nossas dicas?

Esperamos que, com elas, você tenha conseguido enxergar que tem muito mais para ser feito após o ensino médio e isso não inclui, necessariamente, iniciar logo de cara uma faculdade.

Você pode se aventurar em um trabalho voluntário, em um intercâmbio, em cursos livres e demais atividades antes de escolher qual curso fazer, basta estar aberto para outras oportunidades.

Além disso, buscar se aprimorar e ganhar conhecimento – antes e durante a faculdade – vai ajudar no seu desenvolvimento profissional, ganhando “pontos” nas entrevistas de emprego e garantindo melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Agora que você conhece as melhores dicas para conquistar o primeiro emprego, queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador