ExercíciosHistória

Os 9 Melhores Exercícios Sobre o Tratado de Tordesilhas com Gabarito

Exercícios Sobre o Tratado de TordesilhasExercícios Sobre o Tratado de Tordesilhas

O Tratado de Tordesilhas foi um importante documento, assinado em 1494. Ele resolvia as disputas entre as duas potências econômicas da época sobre as conquistas realizadas ao longo das grandes navegações. É um assunto muito presente em vestibulares e no Enem. Resolva os exercícios sobre Tratado de Tordesilhas e se prepare para as provas!

Se quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em algum dos tópicos abaixo:

Quando você terminar de responder os exercícios sobre o Tratado de Tordesilhas, que tal organizar seus estudos com o plano de estudos Beduka?

O que foi o Tratado de Tordesilhas?

No final do século XV, os estados europeus começaram a realizar sua expansão marítima. Portugal e Espanha se destacavam dentre eles.

Contudo, ambas as nações tinham interesses que se chocavam e por isso foi necessário realizar uma série de acordos para evitar que isso resultasse em um conflito armado.

Foi assim que surgiu o Tratado de Tordesilhas. Ele foi um acordo assinado entre Espanha e Portugal, em 1494, em Tordesilhas, uma cidade espanhola.

O tratado delimitava as possessões dos dois países nas terras recém-descobertas da América, através de uma linha imaginária. Esta linha ficava a 370 léguas marítimas da ilha de Santo Antão, no arquipélago de Cabo Verde.

Os territórios que estivessem a oeste da linha imaginária pertenceriam à Espanha, enquanto os do leste a Portugal.

Qual era o contexto histórico do Tratado de Tordesilhas?

Os portugueses se formaram como nação unificada antes de todos os demais países europeus, superando a estrutura feudal que caracterizava o continente. Isso possibilitou que eles se dedicassem ao comércio e ao aprimoramento de técnicas de trabalho.

Isso se revelou nos seus conhecimentos náuticos e na expansão que fez a partir do século XV, com a conquista de Ceuta em 1415. Esta cidade era um importante entreposto comercial do norte da África, cobiçado também pela coroa castelhana.

Os portugueses continuaram avançando sobre o continente africano, fazendo relações com as elites locais e estabelecendo acordos com elas. 

Isso levou ao Périplo Africano (caminho que contorna o continente com direção ao oceano Índico), que se constituiu como uma rota alternativa para o Oriente, uma vez que o caminho mais comum, o mediterrâneo, estava ocupado por islâmicos e italianos.

A presença portuguesa no litoral africano e o comércio de marfim e escravos iniciados entre os lusos e os nativos do continente chamaram a atenção de Castela (o mais forte dos reinos espanhóis) que estava promovendo a unificação da Espanha.

Isso gerou diversos embates marítimos entre embarcações das duas coroas, pois ambas queriam participar do comércio. Os portugueses negociaram com os castelhanos um acordo conhecido como Tratado de Alcáçovas, assinado em 1479.

Em 1481, o Papa Sisto IV redigiu a bula Aeterni Regis, que dividia o mundo em dois hemisférios, norte e sul, tendo como marco as ilhas Canárias. A norte, o território seria de Castela, a sul seria português.

A unificação espanhola foi concluída em 1492. Neste mesmo ano, Cristóvão Colombo descobriu a América numa viagem de exploração patrocinada pelos reis espanhóis. Porém, a coroa portuguesa afirmou que a descoberta estava no seu território segundo a divisão da bula de Sisto IV.

Os espanhóis obtiveram uma nova bula Inter Coetera, agora do Papa Alexandre VI. Ela estabelecia uma divisão a partir de uma linha imaginária a 100 léguas das ilhas de Cabo Verde. A parte oeste era espanhola, a parte leste era portuguesa.

Os portugueses não gostaram dos termos da bula e propuseram uma reunião para fazer um novo acordo. Assim, representantes dos dois países se encontraram na cidade espanhola de Tordesilhas e firmaram o tratado.

Quais foram os termos do tratado?

O Tratado de Tordesilhas estabeleceu uma nova linha imaginária a 370 léguas marítimas da ilha de Santo Antão, no arquipélago de Cabo Verde. As terras descobertas a oeste da linha pertenceriam à Espanha e as que estivessem a leste, aos portugueses.

A linha estaria, portanto, a 2.035 quilômetros de Cabo Verde. No caso do Brasil, ela ficava sobre a região de Belém do Pará e ia até Laguna, em Santa Catarina.

Estes termos foram contestados por outras nações. Entre elas estava a França, que organizou expedições ao Brasil no século XVI. Isso acelerou o processo de colonização no Brasil, pelo sistema de capitanias hereditárias.

Agora que você já revisou o assunto, responda os exercícios sobre o Tratado de Tordesilhas que separamos.

Exercícios sobre o Tratado de Tordesilhas

Questão 1 – (PUC RJ/1995) Em 1994 comemoraram-se os 500 anos da assinatura do Tratado de Tordesilhas, assinado pelos soberanos de Espanha e Portugal.

Sobre o Tratado de Tordesilhas é correto afirmar que:

a) assegurou o monopólio português sobre as duas margens do Atlântico sul, na medida em que incorporou ao “Império português” as terras a oeste – o “Brasil”, de que os lusitanos tomariam posse seis anos depois.

b) foi assinado sob protestos generalizados dos reinos europeus, particularmente do Império Germânico, que propôs a intervenção da Igreja Luterana.

c) teve o propósito de pacificar as relações entre Espanha e Portugal, já que a primeira insistia em participar da rota africana – o “périplo africano” – para as Índias.

d) seria modificado no século seguinte quando, a partir da União ibérica (1580-1640), o território brasileiro ganharia os contornos que tem atualmente.

e) alargou a representação do mundo conhecido para o que será o continente americano, embora fosse conservada pelos europeus a concepção de uma Terra plana, delimitada a Oeste pelo novo continente.

Questão 2 – (UFC CE/2004) O Tratado de Tordesilhas, assinado em 7 de junho de 1494 e confirmado nos seus termos pelo Papa Júlio II em 1506, representou para o século XVI um marco importante nas dinâmicas europeias de expansão marítima.

O tratado visava:

a) demarcar os direitos de exploração dos países ibéricos, tendo como elemento propulsor o desenvolvimento da expansão comercial marítima.

b) estimular a consolidação do reino português, por meio da exploração das especiarias africanas e da formação do exército nacional.

c) impor a reserva de mercado metropolitano espanhol, por meio da criação de um sistema de monopólio que atingia todas as riquezas coloniais.

d) reconhecer a transferência do eixo do comércio mundial do Mediterrâneo para o Atlântico, depois das expedições de Vasco da Gama às Índias.

e) reconhecer a hegemonia anglo-francesa sobre a exploração colonial, após a destruição da Invencível Armada de Filipe II, da Espanha.

Questão 3 – (PAS DF/2005) Com o início da expansão marítima europeia, o centro econômico deslocou-se do Mediterrâneo para o Atlântico. Portugal e Espanha passaram a disputar as terras encontradas por seus navegadores. A solução para tal disputa foi a assinatura do Tratado de Tordesilhas, que estabelecia

a) uma linha demarcatória a 370 léguas a oeste de Cabo Verde, em que as terras localizadas a oeste da linha pertenciam à Espanha e as terras localizadas a leste seriam de Portugal.

b) uma linha demarcatória a 100 léguas a oeste de Cabo Verde, em que as terras localizadas a leste da linha pertenciam a Portugal e as terras localizadas a oeste seriam da Espanha.

c) uma linha demarcatória a 370 léguas a oeste de Cabo Verde, em que as terras a oeste de Cabo Verde pertenciam à Espanha e as terras a leste de Cabo Verde seriam de Portugal.

d) uma linha demarcatória a 100 léguas a oeste de Cabo Verde, em que as terras a oeste de Cabo Verde pertenciam a Portugal e as terras a leste seriam da Espanha.

e) uma linha demarcatória em Cabo Verde, em que as terras a oeste da linha seriam de Portugal e as terras ao leste seriam da Espanha.

Questão 4 –  (UECE/2002) Leia o documento abaixo atentamente:

“(…) Por mandado (…) do Rei Dom Fernando e da Rainha D. Isabel, Rei e Rainha de Castela foram descobertas e achadas novamente algumas ilhas (…) visto, como entre os ditos senhores seus constituintes há uma certa divergência sobre o que a cada uma das ditas partes pertence (…) outorgaram e consentiram que se trace e assinale pelo dito mar uma raia ou linha direta de polo a polo (…) a trezentas e setenta léguas da ilha de Cabo Verde em direção à parte do poente …”

Fonte: RIBEIRO, Darcy, MOREIRA NETO, Carlos Araújo – Org – A Fundação do Brasil: testemunhos, 1500-1700, petrópolis, Vozes, 1992, p.69)

O documento acima refere-se ao (à):

a) Tratado de Madri.

b) Tratado de Tordesilhas.

c) Tratado de Toledo.

d) Bula Intercoetera.

  • Muito bem! Você chegou à metade dos exercícios sobre o Tratado de Tordesilhas. Continue fazendo o restante.

Questão 5 – (UECE/2004) Na primeira metade do século XVI, vários países europeus interessados em expandir-se comercialmente não admitiram a legitimidade da Bula Papal e do Tratado de Tordesilhas.

Tais documentos visavam:

a) dividir o continente americano em duas partes: metade para Portugal; metade para a Espanha;

b) garantir a legitimidade do espaço inglês no território americano;

c) proceder à povoação do território brasileiro;

d) ampliar ao máximo o processo de expansão comercial e marítima europeu.

Questão 6 – (FUVEST SP/2008) “Os cosmógrafos e navegadores de Portugal e Espanha procuram situar estas costas e ilhas da maneira mais conveniente aos seus propósitos. Os espanhóis situam-nas mais para o Oriente, de forma a parecer que pertencem ao Imperador (Carlos V); os portugueses, por sua vez, situam-nas mais para o Ocidente, pois deste modo entrariam em sua jurisdição.”

Carta de Robert Thorne, comerciante inglês, ao rei Henrique VIII, em 1527.

O texto remete diretamente

a) à competição entre os países europeus retardatários na corrida pelos descobrimentos.

b) aos esforços dos cartógrafos para mapear com precisão as novas descobertas.

c) ao duplo papel da marinha da Inglaterra, ao mesmo tempo mercantil e corsária.

d) às disputas entre países europeus, decorrentes do Tratado de Tordesilhas.

e) à aliança das duas Coroas ibéricas na exploração marítima.

Questão 7 – (UNCISAL AL/2015) A contestação francesa ao Tratado de Tordesilhas teve no monarca Francisco I o mais veemente representante. Em 1540 chegou a dizer que “‘o sol brilhava tanto para ele como para os outros’ e que ‘gostaria de ver o testamento de Adão para saber de que forma este dividira o mundo…’ Declarou também que só a ocupação criava o direito, que descobrir um país, isto é, vê-lo ou atravessá-lo, não constituía um ato de posse e que considerava como domínio estrangeiro unicamente ‘os lugares habitados e defendidos’. São essas as bases da colonização moderna”.

MOUSNIER, Roland. História Geral das Civilizações. Tomo IV Os Séculos XVI e XVII. Tomo IV. 2 Volumes. São Paulo: Diofel, 1958.

A crítica feita por Francisco I ao Tratado de Tordesilhas baseia-se

a) no uso da força, previsto no Tratado, como forma de efetivar a ocupação das novas terras a serem descobertas.

b) na existência de documento papal, nunca trazido a público, que determinava em testamento a divisão do mundo.

c) no fato de apenas países europeus terem direito às terras, deixando de fora os países árabes do norte da África.

d) na divisão das terras ocidentais entre Portugal e Espanha, sem levar em consideração as demais nações europeias.

e) na possibilidade de qualquer país ocupar novas terras, desde que as ocupasse de fato segundo as regras do Tratado.

Questão 8 – (UERGS) Com a assinatura do Tratado de Tordesilhas, em 1494, linha imaginária que, contadas 370 léguas náuticas a partir do ________, rumo ao ________, estabelecia um ponto terminal de onde se traçaria um paralelo, de pólo a pólo, dividindo o mundo em duas metades. Por esse acordo, as terras, descobertas ou a descobrir, existentes a oeste, pertenceriam a ________ e as existentes a leste, a ________.

Complete o texto acima assinalando a única alternativa que preenche todas as lacunas corretamente:

a) Arquipélago do Cabo Verde; Ocidente; Espanha; Portugal

b) litoral africano; Sul; Portugal; França

c) Arquipélago dos Açores; Ocidente; Holanda; Espanha

d) Cabo Bojador; Oriente; Portugal; Espanha

e)  Cabo Branco; Norte; Inglaterra; França

Questão 9 – (Ufmg) O Tratado de Tordesilhas, assinado em 1494,

a) foi elaborado segundo os mais modernos conhecimentos cartográficos, baseados nas teorias do geógrafo e astrônomo grego Ptolomeu.

b) foi respeitado pelos portugueses até o século XVIII, quando novas negociações resultaram no Tratado de Madri.

c) nasceu de uma atitude inovadora na época: a de resolver problemas políticos entre nações concorrentes pela via diplomática.

d) resultou da ação dos monarcas espanhóis que resistiram à adoção da Bula lntercoetera, contrária aos seus interesses.

e) surgiu da necessidade de definir a possessão do território brasileiro disputado por Portugal e Espanha.

  • Parabéns, você fez todos os exercícios sobre o Tratado de Tordesilhas. Confira agora o Gabarito:

Gabarito dos exercícios sobre o Tratado de Tordesilhas

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: letra a) assegurou o monopólio português sobre as duas margens do Atlântico sul, na medida em que incorporou ao “Império português” as terras a oeste – o “Brasil”, de que os lusitanos tomariam posse seis anos depois.   

Exercício resolvido da questão 2 –

Alternativa correta: letra a) demarcar os direitos de exploração dos países ibéricos, tendo como elemento propulsor o desenvolvimento da expansão comercial marítima.  

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: letra a) uma linha demarcatória a 370 léguas a oeste de Cabo Verde, em que as terras localizadas a oeste da linha pertenciam à Espanha e as terras localizadas a leste seriam de Portugal.      

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: letra b) Tratado de Tordesilhas. 

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: letra a) dividir o continente americano em duas partes: metade para Portugal; metade para a Espanha;

Exercício Resolvido da questão 6 –

Alternativa correta: letra d) às disputas entre países europeus, decorrentes do Tratado de Tordesilhas.

Exercício Resolvido da questão 7 –

Alternativa correta: letra d) na divisão das terras ocidentais entre Portugal e Espanha, sem levar em consideração as demais nações europeias.

Exercício Resolvido da questão 8 –

Alternativa correta: letra a) Arquipélago do Cabo Verde; Ocidente; Espanha; Portugal

Exercício Resolvido da questão 9 –

Alternativa correta: letra c) nasceu de uma atitude inovadora na época: a de resolver problemas políticos entre nações concorrentes pela via diplomática.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos exercícios sobre o tratado de tordesilhas? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador