X

O que marcou o início da revolução industrial? Entenda as principais mudanças que ela trouxe

O que marcou o início da Revolução Industrial?

A Revolução Industrial foi um dos eventos mais importantes da história contemporânea e muita coisa marcou o seu início.

Desde modificações tecnológicas até mudanças nas relações de trabalho e sociais estiveram presentes nos primeiros anos de instalação das fábricas.

Leia até o fim para descobrir o que marcou o início da Revolução Industrial e os impactos que ela trouxe na nossa vida.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do conteúdo, clique em um dos tópicos abaixo:

Treine com as questões de História do Simulado Enem do Beduka. Ele é totalmente gratuito, personalizável e simula o método TRI de correção!

O que foi a Revolução Industrial?

A Revolução Industrial foi uma modificação nas formas de produção que substituiu os métodos de fabricação manuais pelas máquinas. Ela se iniciou em 1760, sendo um dos acontecimentos principais da história contemporânea.

A transição envolveu também novos processos de fabricação de produtos químicos, uso de energia a vapor e novas relações de trabalho.

Seu início se deu na Inglaterra, que era o país que reunia as condições econômicas, técnicas, políticas e intelectuais para desenvolvê-la. Isso e outras coisas foram o que marcou o início da Revolução Industrial. Vamos ver com mais detalhes.

Atualmente as indústrias fazem parte da nossa realidade, entenda tudo sobre essa atividade econômica com nosso resumo sobre industrialização.

O que marcou o início da Revolução Industrial?

Muitas coisas, mas entre elas, as principais foram:

  • O desenvolvimento da máquina a vapor: foi um longo processo iniciado no final do século XVII e concluído por James Watt, em 1777. Graças a ela, a fabricação de peças de roupa se tornou mais rápida e eficaz, aumentando a produção.
  • Carvão como fonte energética: o carvão mineral era utilizado para aquecer água e gerar o vapor usado nas fábricas.
  • Novas relações de trabalho: a fábrica tornou obsoleto o trabalho dos artesãos, que tiveram de se empregar nelas, vendendo a força de trabalho.
  • Condições ruins de trabalho: as fábricas no começo da Revolução Industrial tinham um ambiente insalubre e a carga horária era muito alta, chegando a 16h de trabalho por dia.
  • Mobilizações trabalhistas: devem ser os eventos mais conhecidos entre o que marcou o início da Revolução Industrial. Diversos trabalhadores se juntaram para reivindicar melhorias nas condições de trabalho, às vezes quebrando as máquinas que julgavam culpadas pelo desemprego.
  • Promoção do capitalismo industrial: foi durante a Revolução Industrial que o capitalismo entrou em uma nova fase, indo do comercial para o industrial.

Entenda mais esse aspecto que marcou o início da Revolução Industrial com nosso texto sobre as fases do Capitalismo.

  • Desenvolvimento dos transportes: graças ao motor a vapor e à produção na indústria de ferro os transportes foram revolucionados, surgindo o trem e o navio a vapor.

Quais mudanças a Revolução Industrial trouxe?

Com a Revolução Industrial, o êxodo rural aumentou, o que fez as cidades se tornarem cada vez mais inchadas. As fábricas também produziam resíduos que as deixavam poluídas. Os rios eram usados como local de despejo dos resíduos fabris e esgoto, com isso o número de doenças foi elevado.

As cidades foram divididas em bairros de classes distintas, a dos capitalistas e a dos proletários. A disciplinarização do tempo, vinda com o relógio e as fábricas, modificou práticas consagradas de lazer.

Com meios de transporte cada vez mais rápidos, a percepção do tempo e do espaço também mudou. Tudo se tornou mais curto e mais próximo.

Para saber mais, acesse nosso texto sobre as mudanças causadas pela Revolução Industrial.

Quais são as fases da Revolução Industrial?

A Revolução Industrial é dividida em três fases.

A primeira se relaciona com o desenvolvimento técnico e tecnológico entre o final do século XVIII e meados do século XIX. Ela estabeleceu uma nova relação entre a sociedade e o meio, além de novas formas de produção e relações de trabalho, como já listamos.

Isso aconteceu na Grã-Bretanha, especialmente na Inglaterra e foi nessa fase que aconteceu o que marcou o início da Revolução Industrial.

A segunda fase rompe os limites geográficos da ilha britânica e avança para os demais países da Europa Ocidental e alguns da América, como os Estados Unidos, e da Ásia, como o Japão.

Nesta fase, o vapor foi substituído pelo petróleo e a eletricidade como fontes de energia. O aparato técnico e tecnológico foi aperfeiçoado e um dos campos mais afetados foi o da medicina, que vai avançar muito. Durou de meados do século XIX até a Segunda Guerra Mundial.

A terceira fase é a que estamos vivendo. Ela se iniciou após a Segunda Guerra Mundial e propiciou um progresso tecnológico nunca visto, como a invenção da internet e pesquisas robóticas.

Isso é tão verdade que o mercado de trabalho para áreas ligadas à tecnologia sofrem com a falta de profissionais especializados nelas. Você já se imaginou trabalhando com isso?

Talvez algumas profissões sejam a sua cara. Descubra com o Raio-x do Beduka, o melhor teste vocacional do Brasil.

Ele vai te permitir conhecer melhor sua personalidade e também te indicará as carreiras que melhor se encaixam nela.

Isso é possível porque nosso teste utiliza o método DISC, que identifica qual das quatro tendências humanas você mais tem: Dominância, Influência, Estabilidade ou Cautela.

Obrigado por ter lido até aqui este resumo sobre o que marcou o início da Revolução Industrial.

Categorias: História
Redação Beduka: