Geografia

O que é o processo de industrialização? Entenda como acontece e os principais impactos na sociedade

O que é o processo de IndustrializaçãoO que é o processo de Industrialização?

A industrialização está ligada ao aumento da produção de riquezas e bens que o mundo viu nos últimos 200 anos e é um dos temas mais presentes no Enem. Saiba o que é o processo de industrialização e se prepare para responder às questões das provas sobre ela.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do conteúdo, clique em um dos tópicos abaixo:

Treine com o Simulado Beduka fazendo questões do próprio Enem!

O que é o processo de industrialização?

O processo de industrialização acontece quando uma região começa a ter um aumento no número de indústrias localizadas nela. Assim, este passa a ser o tipo principal de produção, substituindo os demais como o artesanato.

As indústrias estão espalhadas em todo o mundo e contam com inovações tecnológicas que as tornaram cada vez mais modernas e elevaram a velocidade de produção.

Vamos conhecer como aconteceu o processo de industrialização do mundo e seus impactos.

A industrialização está ligada ao surgimento do Capitalismo. Saiba mais sobre isso com nosso texto sobre as fases do Capitalismo.

Como se deu o processo de industrialização?

Há mais de 200 anos, as primeiras indústrias foram montadas na Inglaterra. Elas eram voltadas para a produção de tecidos e funcionavam com máquinas movidas a vapor. Com elas, a produção aumentou muito e os bens se tornaram mais acessíveis.

Antes disso, os trabalhos eram feitos de maneira artesanal. Era preciso ter uma costureira para realizar todo o processo de fabricação de uma roupa, o que podia demorar dias ou até mesmo meses, a depender da peça.

Com o advento das máquinas, isso mudou. A produção foi feita em grande escala, com uma máquina realizando o trabalho de diversas pessoas, acelerando o processo.

Conheças as mudanças trazidas pelo processo de industrialização.

Estas não foram as únicas mudanças. Os impactos no ritmo de trabalho e nas condições oferecidas também foram grandes, com altas cargas de horas e baixos salários. Além do ambiente das fábricas serem quase sempre insalubres em alguma medida.

Isso levou a muitas reivindicações dos trabalhadores por melhores condições. Atualmente, a indústria nos países mais ricos oferecem melhores condições aos operários, mas elas também diminuem sua presença, buscando países emergentes com mão de obra mais barata.

Os fatores que levam a isso são diversos. A legislação trabalhista mais flexível, incentivos fiscais como a diminuição ou a isenção de impostos, mão de obra mais barata como já foi falado, matéria-prima disponível etc.

Essa diferença entre os países leva à existência de tipos de industrialização. Continue lendo para saber quais são.

Como foi o processo de industrialização do Brasil?

Vimos acima que o Brasil teve um processo de industrialização tardio. Isso significa que enquanto os países centrais passavam pela segunda revolução industrial, nosso país ainda estava engatinhando na criação de fábricas.

Em partes, isso se deve à divisão internacional do trabalho, na qual a posição do Brasil era de produtor agrícola. Desde 1840 até meados do século XX o principal produto de exportação brasileiro era o café.

Isso não era ruim, pois era graças a isso que havia entradas maciças de moedas fortes estrangeiras. Porém, tornava nosso país dependente da produção industrial estrangeira e das importações. Isso poderia gerar muitos problemas, caso o cenário fosse de crise.

E foi apenas depois de algumas crises que aconteceu o aumento da industrialização brasileira. Foi durante a Primeira Guerra Mundial nos anos de 1930, quando as exportações de café baixaram, que o capital destinado para ele foi realocado nas fábricas.

Durante a Era Vargas o Brasil passou por um avanço nas indústrias, principalmente as de base, que fornecem matéria-prima como o aço. Inclusive, atualmente, esse é um dos principais produtos de exportação nacional.

Apesar disso, o país passa por um período de desindustrialização, que acarreta na diminuição da renda e na perda de muitos empregos.

Agora que você já sabe o que é o processo de industrialização, teste seus conhecimentos com nossos exercícios sobre a indústria brasileira.

Quais são os tipos de industrialização?

As diferenças entre os países tornam o processo de industrialização neles algo diverso. Assim, podemos agrupar os tipos de industrialização em:

  • Clássica: os países que possuem industrialização deste tipo são aqueles que estiveram à frente do processo iniciado na primeira revolução industrial e passaram por uma contínua modernização de suas fábricas. Entre eles estão a França e a Inglaterra.
  • Planificada: está ligada à forte atuação estatal, sendo característico dos países socialistas. Rússia  e China são os exemplos mais importantes.
  • Tardia: é característica dos países subdesenvolvidos, pois eles entraram tardiamente no processo de industrialização. Este é o caso do Brasil.

Para compreender melhor o que é o processo de industrialização e seus tipos, acesse nosso texto sobre as revoluções industriais.

Quais são os impactos da industrialização no ambiente?

Para entendermos bem o que é o processo de industrialização, precisamos compreender que ele possui muitas facetas. Assim, tem seus pontos positivos, mas também os negativos.

Com as fábricas, houve um aumento na produção. Além do desenvolvimento de tecnologias que facilitam nossa vida. Porém, com isso vieram alguns problemas, como danos ambientais e a precarização do trabalho em algumas regiões.

Prepare-se para o Enem com a ajuda do Beduka!

Esperamos que este texto sobre o processo de industrialização tenha te ajudado a entender mais sobre essa importante atividade econômica.

Mas deixa eu te falar uma coisa: o contexto em que ela surgiu e a própria organização são temas recorrentes no Enem. E você pode se preparar com a nossa ajuda.

Você já ouviu falar sobre o Simulado Enem do Beduka? Ele é adaptável. Se você quiser responder apenas questões de Humanas, pode. Se quiser só as de Matemática, pode também. Não é legal?

Responda questões das edições anteriores para entender como este assunto cai no Enem e vá para a prova deste ano totalmente preparado.

Além disso, ele utiliza o mesmo método de correção da banca do Enem. O Método TRI. Deste modo, simula a nota que você tiraria no exame, caso ele fosse aplicado hoje. Ou seja, por definição, ele é o melhor treinamento para o Enem.

O cronograma do Enem está sendo divulgado, caso você queira saber como fazer o pagamento do Enem em primeira mão, acompanhe o Beduka.

Se você seguir Beduka no Instagram te deixamos a par do cronograma do Enem.

Obrigado por ter lido até aqui este resumo sobre o que é o processo de industrialização!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador