Literatura

Descubra tudo sobre os principais livros de Conceição Evaristo (mestra da escrevivência)

Descubra tudo sobre os principais livros de Conceição EvaristoDescubra tudo sobre os principais livros de Conceição Evaristo
Simulado Beduka

Conceição Evaristo é uma importante escritora afrodescendente brasileira e um dos principais nomes da literatura contemporânea. Com importantes prêmios, entre eles o Jabuti, os livros de Conceição Evaristo já são considerados leituras essenciais para os vestibulares e para a vida. 

Neste texto, você descobrirá os principais livros de Conceição Evaristo. Tem bastante conteúdo pela frente, então clique em um dos tópicos para ir diretamente ao que deseja saber:

  1. Quem é Conceição Evaristo?
  2. Principais livros de Conceição Evaristo: Ponciá Vicêncio
  3. Principais livros de Conceição Evaristo: Olhos D’água
  4. Principais livros de Conceição Evaristo: Insubmissas Lágrimas de Mulheres
  5. Principais livros de Conceição Evaristo: Becos Da Memória 
  6. O que é e o que significa “escrevências”?
  7. Lista com todas as principais obras de Conceição Evaristo
  8. Entre na faculdade com o Beduka!

Você está se preparando para o Enem? Se a resposta for sim, saiba que acabamos de lançar o Plano de Estudo Beduka 2022. Ele está maravilhoso e vai te ajudar demais nessa jornada! 

Quem é Conceição Evaristo?

Conceição Evaristo é uma importante escritora afrodescente brasileira. Seu nome já está consolidado no cenário literário contemporâneo. Nasceu na cidade de Belo Horizonte, em 1946.

Durante muitos anos de sua vida, viveu em uma favela mineira, experiência que inevitavelmente repercute em seus escritos. É formada em Letras pela UFRJ, mestre em literatura brasileira pela PUC e doutora em Literatura Comparada pela UFF

Suas primeiras publicações foram na série Cadernos Negros, existente desde 1978. Depois disso, a autora não parou mais. 

Em 2003, ganhou uma grande visibilidade com a publicação da obra “Ponciá Vicêncio”. O romance é atualmente seu mais influente livro.

Responder quem foi Conceição Evaristo é uma missão bastante gratificante. Em pouquíssimo tempo a autora já conseguiu grandes feitos na literatura brasileira. Além disso, já ganhou prêmios super difíceis de conquistar.

Em 2015, conquistou o tão almejado Prêmio Jabuti, por sua obra “Olhos D’água”. Com sua prosa, recebeu o Prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo. Em 2018, foi a vez de ser contemplada com o Prêmio de Literatura do Governo de Minas Gerais. 

Já em 2019, foi a personalidade literária homenageada pelo Prêmio Jabuti. Todos esses acontecimentos são consequência de uma escrita muito bem elaborada e que dá voz a personagens esquecidos da sociedade brasileira.

Logo, suas palavras tentam levar à reflexão sobre aqueles que se encontram em uma situação de exclusão e marginalização. 

Para conhecer mais detalhes sobre a autora, é só acessar um artigo exclusivo que produzimos sobre o assunto:

1 – Principais livros de Conceição Evaristo: Ponciá Vicêncio

Ponciá Vicêncio é um romance, considerado a principal publicação de Conceição Evaristo. A protagonista dá nome à obra, ou seja, o enredo é sobre uma jovem chamada Ponciá.

Ponciá, assim como muitos brasileiros, se muda para uma importante metrópole em busca de melhores condições de vida. Nesse contexto, entra em cena um tema central sobre os livros de Conceição Evaristo: abordagem da ancestralidade. 

Tudo isso levando em conta um complexo contexto, no qual a ancestralidade física e cultural soma-se a uma herança social. Isso fica bem característico no seguinte trecho de Ponciá Vicêncio:

“Filho de ex-escravos, crescera na fazenda levando a mesma vida dos pais. Era pajem do sinhô-moço. Tinha a obrigação de brincar com ele. Era o cavalo em que o mocinho galopava sonhando conhecer todas as terras do pai. Tinham a mesma idade. Um dia o coronelzinho exigiu que ele abrisse a boca, pois queria mijar dentro. O pajem abriu.”

Infelizmente, ao chegar na cidade, a jovem encontra uma consolidação das injustiças sociais e vê seu sonho se distanciar cada vez mais. Seria legal um final feliz? Sim! 

Seria real? Não! Isso fugiria do papel que a autora assume na literatura brasileira. Um necessário dever de denúncia, dando voz aqueles que não podem falar. 

Quer saber mais sobre o mais importante dos livros de Conceição Evaristo? Então, basta acessar o artigo super detalhado que produzimos sobre a obra:

2 – Principais livros de Conceição Evaristo: Olhos D’água

Olhos D’água é um dos mais importantes livros de Conceição Evaristo. Foi através dessa produção que a autora ganhou um dos mais cobiçados prêmios da literatura brasileira: o Prêmio Jabuti.

O livro é uma coletânea de contos curtos, que abordam principalmente os aspectos de vida da mulher negra da periferia do Brasil. Tal abordagem, leva o leitor a mergulhar nas dificuldades que são particularidades dessa parcela da população.

Logo, vemos que os conflitos podem se modificar e se intensificar de acordo com a diversidade social. Olhos D’água também entra em assuntos como o racial e de gênero. 

3 – Principais livros de Conceição Evaristo: Insubmissas Lágrimas de Mulheres

Insubmissas Lágrimas de Mulheres é um livro composto por 13 contos que retratam os percalços vivenciados por protagonistas negras. Também abordam a sororidade (solidariedade entre as mulheres). 

Os enredos são angustiantes, à medida que mostram os sofrimentos, angústias, anseios, baques e perdas dessas personagens. Porém, também demonstram beleza à medida que nos apresentam a capacidade de resistência e reinvenção da mulher afro-descendente. 

4 – Principais livros de Conceição Evaristo: Becos da Memória 

Becos da Memória é considerado um romance memorialista, ou seja, é em parte baseado em fatos reais. Ele recebe o lado ficcional da literatura, mas os acontecimentos presentes na obra são marcas de histórias verídicas vivenciadas pelo indivíduo ou sociedade.

Beduka Bolsas Direito

No início do livro, a autora definiu de forma perfeita essa significação:

“Nada que está narrado em Becos da memória é verdade, nada que está narrado em Becos da memória é mentira”.

O título desse que é um dos mais importantes livros de Conceição Evaristo já nos introduz ao enredo. Os personagens são moradores dos becos de uma favela que está prestes a ser extinta. 

Temos uma narradora que muitas vezes recebe um caráter onisciente (conhece os detalhes dos acontecimentos e tem acesso às emoções dos personagens). E, tudo que ela nos apresenta acaba nos constrangendo.

Isso acontece porque fica impossível não sofrer com os relatos presentes na narrativa. Além disso, acabamos entrando em uma reflexão sobre a responsabilidade social e individual diante desses acontecimentos.

Esses relatos são tão reais e comuns nos noticiários que acabamos nos desligando deles. Becos da Memória nos reacende a crítica! Abordando a violência doméstica, o abuso sexual, a fome, a desigualdade entre outros assuntos.

Tudo isso sem perder um tom lírico e envolvente.

O que é e o que significa “escrevivências”?

A melhor forma de começar a compreender esse termo criado pela autora, é lendo uma de suas explicações:

“o sujeito da literatura negra tem a sua existência marcada por sua relação e por sua cumplicidade com outros sujeitos. Temos um sujeito que, ao falar de si, fala dos outros e, ao falar dos outros, fala de si”.

Logo, o termo remete ao modo como a escritora considera a escrita e produz seus textos. Trata-se de uma criação que envolve diversos aspectos: históricos, linguísticos, sociais, etc. Segundo Evaristo: 

“Vinha maturando ao longo do tempo. Em 1994, na minha dissertação de mestrado, fiz um jogo de palavras entre escrever, viver, escrever-se vendo e escrever vendo-se e aí surgiu a palavra escreviver. Mais tarde comecei a usar escrevivência.”

Simplificando: o termo se refere a um modo de viver (escrevendo) e está diretamente ligado à vida, tanto histórica quanto contemporânea, do negro no Brasil. 

Por meio dos seus escritos, Evaristo vive de uma maneira que a permite contar os enredos dos seus semelhantes. Porém, na visão dela, esquecidos pela sociedade.

Também separamos uma entrevista concedida pela autora à TV PUC-Rio. Ela pode te ajudar bastante e abrir sua mente para enfrentar qualquer questão cobre sobre os principais livros de Conceição Evaristo:

Lista com todas as principais obras de Conceição Evaristo

Ter uma lista, com todos os livros de Conceição Evaristo, pode te ajudar muito nas questões cobradas nos vestibulares. Ela pode funcionar como um guia, veja abaixo: 

  • Ponciá Vicêncio, 2003 (romance)
  • Becos da Memória, 2006 (romance)
  • Poemas da recordação e outros movimentos, 2008 (poesia)
  • Insubmissas lágrimas de mulheres, 2011 (contos)
  • Olhos d’água,  2014 (contos)
  • Histórias de leves enganos e parecenças, 2016 (contos e novela)
  • Canção para ninar menino grande, 2018 (romance)

Faça faculdade com o Beduka

Se você está aqui porque os principais livros de Conceição Evaristo caem no vestibular, vou te dizer uma coisa:

Não é preciso se preocupar tanto! 

O Beduka tem um jeito muito mais fácil de entrar em uma universidade, sem provas e totalmente desvinculado do Enem.

Estou falando do Beduka Bolsas! Nessa plataforma, você tem chance de ganhar bolsas de 65% para vários cursos, cidades e modalidades.

Basta escolher a bolsa para o curso dos seus sonhos e gerar a sua Carta Matrícula. Pronto! Já pode estudar. E você pode fazer isso em qualquer época do ano. Estudar nunca foi tão fácil! 

Que bom que chegamos até aqui! Espero que nosso artigo, sobre os principais livros de Conceição Evaristo, tenha te ajudado.

Se você quiser algum tema que a gente ainda não tenha escrito sobre, é só mandar um direct no Instagram que vamos providenciar!

No mais, ainda queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Simulado Beduka

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador