Profissões

O que faz um gerente de processos? 6 principais funções e habilidades desta profissão

o que faz um gestor de processosO que faz um gestor de processos?
Simulado Beduka

Cada empresa possui processos de produção que se conectam e precisam de organização para um bom desempenho. Existe alguém por trás disso, gerindo todas as etapas, é o gestor de processos. Com este texto você ficará sabendo o que um gerente de processos faz, suas habilidades, salário e como se tornar um.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em um dos tópicos abaixo:

Quer saber qual profissão combina mais com você? Faça o Raio-X Beduka, o melhor teste vocacional do Brasil e conheça as áreas que mais se encaixam com seu perfil. É gratuito!

O que é Gestão de Processos?

A Gestão de Processos é o conjunto de práticas que têm como objetivo aperfeiçoar os processos organizacionais de uma empresa de maneira contínua.

As empresas funcionam como uma máquina. Elas são cheias de engrenagens, de botões, de parafusos, enfim, de mecanismos que precisam estar em pleno funcionamento para que tudo corra bem.

Cada coisinha dessas participa de uma fase processual que leva ao produto final e sua venda.

A Gestão de Processos é a organização dessas fases. Vamos ver o exemplo de uma indústria de papel. Para produzir uma folha, é preciso ter a matéria-prima, neste caso é a celulose extraída de árvores.

É preciso então plantar ou comprar a árvore, extrair a celulose, fazer todos os processos industriais que a transformam em papel, embalar e fornecer para as lojas. Isso requer muitas pessoas trabalhando e uma boa gestão de processos para nada sair errado.

O profissional responsável pelos processos gerenciais é o gerente de processos, vamos conhecer mais do que ele faz.

O que faz um gerente de processos?

Como vimos, a gestão de processos é a busca pela otimização de cada processo envolvido na cadeia produtiva de uma empresa. A função do gerente de processos é realizar essa busca.

De modo geral, ele faz análises, otimizações, monitoramentos e controle sobre os processos da organização, sendo uma peça chave na eficiência da empresa.

Por meio dos dados coletados, um gestor de processos pode indicar os melhores caminhos para a instituição em que trabalha. Isso dependerá do ramo cuja empresa faz parte, é diferente analisar e direcionar os processos de uma indústria e de uma empresa de telefonia.

Mas suas principais atividades serão:

  • Mapear e organizar os processos por meio de técnicas e estratégias para que eles fiquem cada vez melhores;
  • Gerenciar diálogos, reuniões e conflitos ligados aos processos de diferentes áreas;
  • Auditar os processos;
  • Identificar erros e problemas e apontar as melhorias;
  • Garantir o treinamento dos funcionários;
  • Implementar tecnologias nos processos.

Então, o que faz um gerente de processos é otimizar o desempenho da empresa.

Muitas vezes sua função terá muitos desafios, pois nem todas as instituições têm uma mentalidade processual bem formada. Isso pode dificultar um pouco no começo, mas ele está ali justamente para mostrar a necessidade de mudanças.

O cumprimento de sua função depende de algumas habilidades. Vamos conhecê-las.

Quais são as habilidades essenciais de um gerente de processos?

Já sabemos o que faz um gerente de processos. Sua função precisa de muito conhecimento e uma capacidade de se atualizar muito grande. Mas esta não é a única habilidade necessária para cumprir bem seu papel. Vamos ver mais algumas.

1- Capacidade de organizar e melhorar processos de negócios

O gerente de processos sabe muito bem que os procedimentos de uma empresa são muito mais que um conjunto de etapas. Por isso, ele consegue usar de seus conhecimentos para identificar e projetar processos, ou redesenhar os que já existem para atingir as metas da empresa.

2- Conhecimento de mercado e metodologias

Para implementar métodos no fluxo da empresa, o gerente de processos precisa ter bastante conhecimento técnico sobre eles

Não só isso, será preciso também estar sempre atualizado sobre as novas metodologias que surgem no mercado e que podem fazer a diferença na posição da empresa.

3- Capacidade de gerenciar riscos

Lembra da analogia com a máquina? Imagine o que pode ocorrer se você mudar um parafuso de lugar. Talvez seja arriscado, a máquina pode quebrar ou o produto não sair da maneira esperada.

O gestor de processos precisa saber como gerenciar os riscos o tempo inteiro, pois faz parte de sua função promover mudanças.

4- Saber inspirar sua equipe

O gerente de processos não trabalha sozinho. Como vimos no exemplo da indústria de papel, existem muitos operadores para fazer com que você escreva algo em uma folha.

Muitas vezes, estes operadores já estão acostumados a determinados processos e não querem mudanças. Diante disso, o que faz um gerente de processos?

Beduka Bolsas Direito

O bom profissional inspira a equipe para realizar a modificação, apresentando as razões necessárias e urgentes.

O gerente de processos precisa também incentivar a cultura de resultados nos funcionários. Com técnicas motivacionais, desafios saudáveis e rodas de conversas sobre melhorias, o gestor pode obter ótimos resultados.

5- Capacidade de ver além das aparências

O gerente de processos consegue ter uma visão mais abrangente sobre o dia a dia da empresa, pois ele tem contato constante com todos as áreas do fluxo processual. Sem falar que sua dedicação é em melhorar os processos, o que lhe cobra uma visão mais profunda sobre tudo que ocorre.

6- Saber estabelecer prioridades

O que é mais urgente? É isso que o gestor de processos define na cadeia produtiva da empresa.

Não só isso, ele precisa determinar as metas de curto, médio e longo prazo para resolver. Equilibrando tudo muito bem para que nada dê errado.

Como é o mercado para gerentes de processos?

O mercado para gerente de processos está com alta demanda no Brasil. Comparando as contratações formais entre os primeiros meses de 2022 e 2021, houve um aumento significativo de 29.52% de carteiras assinadas.

A faixa salarial do gerente de processos tem média de R$4.738,64. Mas alguns salários podem chegar a mais de R$13.000,00.

Tem interesse nessa profissão? Então vamos te mostrar como se tornar um gerente de processos.

Como se tornar um gerente de processos?

Para aprender o que faz um gerente de processos e se tornar um, o jeito mais fácil é fazendo um curso superior na área.

Ele é oferecido na modalidade de tecnólogo e tem duração média de 2 anos (1600h de carga horária). Esse tipo de curso é ótimo para quem deseja ingressar rapidamente no mercado de trabalho.

A formação é feita de maneira mais técnica, focada nas práticas e nos desafios que a profissão exige.

Em geral, as faculdades que oferecem o curso são particulares. Temos um texto com as melhores faculdades de Processos Gerenciais do Brasil, para você conhecê-las.

Como o ramo é privado, o ensino não é gratuito. Mas não precisa se assustar! Temos como te ajudar a ingressar na faculdade com um desconto muito bom! Vamos ver a seguir.

O Beduka te conecta à faculdade de Processos Gerenciais!

Agora que você já sabe o que faz um gerente de processos e como se tornar um, vamos te dizer onde estudar e te ajudar nisso.

Este curso é oferecido por uma das melhores faculdades do Brasil: a Universidade Maurício de Nassau (UNINASSAU).

E você pode conseguir uma bolsa para cursá-lo!

Para isso, basta você acessar o Beduka Bolsas, uma plataforma feita com o objetivo de ofertar bolsas de até 65% em faculdades de excelência pelo Brasil!

Ela fica aberta 24 horas por dia. Se você quiser pode comprar uma bolsa agora mesmo. Não é legal?

Você pode conseguir mais de 3 mil reais de economia. É uma oportunidade única!

Acesse nosso perfil do Instagram e fique por dentro das novidades sobre o Enem e os cursos de ensino superior.

Obrigado por ter lido até aqui!

Simulado Beduka

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador