Português

Os 19 melhores exercícios de Crase com Gabarito

Exercícios de crase com gabaritoExercícios de crase com gabarito
Kit Aprovação Enem 2022

A crase é a união de duas vogais idênticas. O artigo “a” se une a proposição “a”, gerando então o a craseado: “à”. Leia o nosso resumo e depois tenha acesso a vários exercícios de crase com gabarito!

Preparamos este artigo incrível com vários exercícios de crase para você treinar. Tem bastante conteúdo pela frente, então, clique em um dos tópicos para ir diretamente ao que deseja:

  1. O que é crase?
  2. Quando usar a crase?
  3. Os 19 melhores exercícios de crase com gabarito
  4. Gabarito dos exercícios de crase
  5. O Beduka pode te conectar à faculdade! (Descontos de até 65%)

Para ter acesso a ainda mais exercícios de crase com gabarito, e a questões de vários outros conteúdos: faça o Simulado Beduka. Ele é 100% gratuito e desenvolvido de acordo com o Enem.

O que é crase?

A crase é definida como a junção de duas vogais iguais Essas vogais, quase 100% das vezes, são o artigo feminino a e a preposição a. Mas também pode ser a união da preposição “a” com o “a” dos pronomes demonstrativos: aquilo, aquele, aquela.

Essa união é caracterizada pelo o uso do acento grave, ou seja, a+a=à.

Exemplo:

  • Vou à praia.
  • Entreguei a marmita à filha dela.

Além desse assunto, há outros que caem bastante nos vestibulares. Para saber quais são, baixe o melhor plano de estudos disponível na internet!

Quando usar a crase?

Crase Português

A crase é obrigatória quando acontece a fusão da vogal a com a preposição a. Por isso, é importante saber quando se deve usar para responder os exercícios de crase e conferir no gabarito.

Quando o uso da crase é obrigatório?

O uso dela é obrigatório quando:

  • O verbo precisar de uma preposição “a” e, em seguida, tiver um artigo “a” e algum substantivo feminino.

Lembrando que substantivos femininos naturalmente exigem o artigo indicador de gênero e número. Logo, se o verbo faz a exigência da preposição “a”, haverá o encontro dela com o artigo, resultando em uma contração dessas vogais.

Exemplo:

Ana levou o Raphael à padaria.

  • A frase apresentar indicador de hora.

Exemplo:

Vou para a sua casa às 15h.

  • Houver locuções adverbiais femininas de tempo, lugar e modo.

Exemplo:

Tempo: À tarde, à noite.

Lugar: À frente de, à beira de.

Modo: À proporção que, à medida que.

Quando o uso da crase é facultativo?

O uso dela é facultativo quando:

  • Aparecer antes de qualquer pronome possessivo.

Exemplo:

Entreguei o buquê à minha mãe.

  • Aparecer após a palavra até.

Exemplo:

Andamos até à padaria.

  • Aparecer antes de qualquer nome próprio feminino.

Exemplo:

Douglas entregou um lápis à Maria.

Veja todas as regras de como usar a crase com o nosso artigo completo sobre a matéria. Clique aqui.

Os 19 melhores exercícios de crase com gabarito

1 – (Banco do Brasil) – Opção que preenche corretamente as lacunas: O gerente dirigiu-se ___ sua sala e pôs-se ___ falar ___ todas as pessoas convocadas.

a) à – à – à

b) a – à – à

c) à – a – a

d) a – a – à

e) à – a – à

2 – (Banespa) – Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto ao lado: “Recorreu ___ irmã e ___ ela se apegou como ___ uma tábua de salvação.”

a) à – à – a

b) à – a – à

c) a – a – a

d) à – à – à

e) à – a – a

3 – (Cescem) – Sentou-se ___ máquina e pôs-se ___ reescrever uma ___ uma as páginas do relatório.

a) à – à – a

b) a – à – à

c) à – à – à

d) à – a – a

4 – (Cesgranrio-RJ)Assinale a frase em que à ou às está mal empregado.

a) Amores à vista.b) Referi-me às sem-razões do amor.

c) Desobedeci às limitações sentimentais.

d) Estava meu coração à mercê das paixões.

e) Submeteram o amor à provações difíceis.

5 – (FEI – 1995) Assinalar a alternativa que preenche corretamente as lacunas das seguintes orações:

I. Precisa falar ___ cerca de três mil operários.

II. Daqui ___ alguns anos tudo estará mudado.

III. ___ dias está desaparecido.

IV. Vindos de locais distantes, todos chegaram ___ tempo ___ reunião.

a) a – a – há – a – à

b) à – a – a – há – a

c) a – à – a – a – há

d) há – a – à – a – a

e) a – há – a – à – a.

6 – (DETRAN/RN – 2010 – FGV) Assinale a alternativa em que está correto o uso do acento indicativo de crase:

a) O autor se comparou à alguém que tem boa memória.

b) Ele se referiu às pessoas de boa memória.

c) As pessoas aludem à uma causa específica.

d) Ele passou a ser entendido à partir de suas reflexões sobre a memória.

e) Os livros foram entregues à ele.

7 – (FASP – Faculdade São Francisco de Cajazeiras)Assinale a alternativa com erro de crase:

a) nenhuma das alternativas está errada.

b) Você já esteve em Roma? Eu irei à Roma logo.

c) Fui à Lisboa de meus avós, pois gosto da Lisboa de meus avós.

d) Já não agrada ir à Brasília. A gasolina…

e) Refiro-me à Roma antiga, na qual viveu César.

8 – (FESP – Faculdade de Engenharia de São Paulo) Refiro-me ___ atitudes de adultos que, na verdade, levam as moças ___ rebeldia insensata e ___ uma fuga insensata.

a) às – à – à

b) as – à – à

c) às – à – a

d) à – a – a

e) à – a – à

9 – (IBGE) – Assinale a opção incorreta com relação ao emprego do acento indicativo de crase:

a) O pesquisador deu maior atenção à cidade menos privilegiada.

b) Este resultado estatístico poderia pertencer à qualquer população carente.

c) Mesmo atrasado, o recenseador compareceu à entrevista.

d) A verba aprovada destina-se somente àquela cidade sertaneja.

e) Veranópolis soube unir a atividade à prosperidade.

10 – (IFSP – Instituto Federal de São Paulo – 2011)Assinale a alternativa que preenche, correta e respectivamente, a frase a seguir.

Os interessados em adotar crianças têm de recorrer ___ orientações do Juizado de Menores e se sujeitar ___ uma espera muitas vezes longa, o que, apesar de tudo, não desanima ___ maioria.

a) às – a – a

b) às – à – a

c) às – à – à

d) as – a – à

e) as – à – à

Você já está na metade dos exercícios de crase com gabarito. Mais um pouco, e você estará fera no assunto!

11 – (ITA – SP)Analisando as sentenças:

I. A vista disso, devemos tomar sérias medidas.

II. Não fale tal coisa as outras.

III. Dia a dia a empresa foi crescendo.

IV. Não ligo aquilo que me disse.

Podemos deduzir que:

a) Apenas a sentença III não tem crase.

b) As sentenças III e IV não têm crase.

c) Todas as sentenças têm crase.

d) Nenhuma sentença tem crase.

e) Apenas a sentença IV não tem crase.

12 – (ITA – SP)Dadas as afirmações:

1- Tudo correu as mil maravilhas.

2 – Caminhamos rente a parede.

3 – Ele jamais foi a festas.

Verificamos que o uso do acento indicador da crase no a é obrigatório:

Beduka Bolsas Direito

a) apenas na sentença nº 1.

b) apenas na sentença nº 2.

c) apenas nas sentenças nºs 1 e 2.

d) em todas as sentenças.

13 – (UFABC – Universidade Federal do ABC) A alternativa em que o acento indicativo de crase não procede é:

a) Tais informações são iguais às que recebi ontem.

b) Perdi uma caneta semelhante à sua.

c) A construção da casa obedece às especificações da Prefeitura.

d) O remédio devia ser ingerido gota à gota, e não de uma só vez.

e) Não assistiu a essa operação, mas à de seu irmão.

14 – (UFMS – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – 2010)Avalie as duas frases que seguem:

I. Ela cheirava à flor de romã.

II. Ela cheirava a flor de romã.

Considerando o uso da crase, é correto afirmar:

a) As duas frases estão escritas adequadamente, dependendo de um contexto.

b) As duas frases são ambíguas em qualquer contexto.

c) A primeira frase significa que alguém exalava o perfume da flor de romã.

d) A segunda frase significa que alguém tem o perfume da flor de romã.

e) O “a” da segunda frase deveria conter o acento indicativo da crase.

15 – FCC/2015O sinal indicativo de crase pode ser corretamente suprimido em:

a) …incapazes de trazê-lo à nossa domesticidade…

b) Renunciamos assim às árvores…

c) ..nos permitimos fabricá-las à feição dos nossos sonhos…

d) …não está à mercê dos botânicos…

e) …não incorpora a árvore à atmosfera de nossos cuidados…

16 – IBFC O trecho abaixo transcrito revela a insatisfação de LI-HU ANG-PÔ, vice-rei de Cantão, com o seu exército. Utilize-o para responder à questão.

“O vice-rei, porém, não parecia satisfeito. Notava hesitações, falta de élan na tropa, rapidez e exatidão nas evoluções e pouca obediência ao comando em chefe e aos comandados particulares; enfim, pouca eficiência militar naquele exército que devia ser uma ameaça à China inteira, caso quisessem retirá-lo do cômodo e rendoso lugar de vice-rei de Cantão.

Comunicou isto ao general, que lhe respondeu:

– É verdade o que Vossa Excelência Reverendíssima, Poderosíssima, Graciosíssima, Altíssima e Celestial diz; mas os defeitos são fáceis de remediar.”

Ao empregar o acento grave, deve-se considerar a relação de dependência entre termos.

Em “ameaça à China inteira”, a presença do acento grave justifica-se em função do mesmo contexto linguístico verificado em:

a) Vou à feira

b) Estou apta à tarefa

c) Saiu às dez horas

d) Cortou o cabelo à Roberto Carlos

17 – VUNESP/2014 _____ quebra do compromisso entre Hong Kong e China, que atinge_____ eleições marcadas para 2017, seguiram-se manifestações, pois, com o controle da cidade, haveria ameaça_____ garantia de plenas liberdades.

As lacunas devem ser preenchidas, correta e respectivamente, com:

a) À … as … à

b) À … às … à

c) A … às … a

d) A … às … à

e) A … as … à

18 – VUNESP/2014Considere a passagem:

Alegramos nossa área particular, instaurando cores tônicas ou repousantes, e pondo em moda a limpeza.

A substituição das expressões destacadas mostra regência e emprego do sinal de crase de acordo com a norma padrão, respectivamente, na alternativa:

a) Avivamos à; dando preferência por; destacando à.

b) Tornamos alegre à; estipulando por; dando realce à.

c) Fazemos viçosa à; aplicando em; assumindo à.

d) Damos viço à; optando por; dando destaque à

e) Conferimos vida à; usando de; adotando à.

19 – COSEAC/2015“…por fidelidade à obscura semente…” (9º §)

Das alterações feitas no fragmento acima, há erro no emprego do acento indicativo da crase em:

a) por fidelidade àquela obscura semente.

b) por fidelidade à essa obscura semente.

c) por fidelidade à mesma obscura semente.

d) por fidelidade à nova e obscura semente.

Está gostando dos exercícios de crase? O Beduka deseja a sua aprovação na faculdade, então desenvolvemos um simulado online 100% gratuito para te ajudar a se preparar para o ENEM.

Agora que já respondeu todos os exercícios de crase, confira no gabarito as respostas.

Gabarito dos Exercícios de Crase

Exercício resolvido da questão 1

c) à – a – a

Exercício resolvido da questão 2

e) à – a – a

Exercício resolvido da questão 3

d) à – a – a

Exercício resolvido da questão 4

e) Submeteram o amor à provações difíceis.

Exercício resolvido da questão 5

a) a – a – há – a – à

Exercício resolvido da questão 6

b) Ele se referiu às pessoas de boa memória.

Exercício resolvido da questão 7

b) Você já esteve em Roma? Eu irei à Roma logo.

Exercício resolvido da questão 8

c) às – à – a

Exercício resolvido da questão 9

b) Este resultado estatístico poderia pertencer à qualquer população carente.

Exercício resolvido da questão 10

a) às – a – a

Exercício resolvido da questão 11

a) Apenas a sentença III não tem crase.

Exercício resolvido da questão 12

c) apenas nas sentenças nºs 1 e 2.

Exercício resolvido da questão 13

d) O remédio devia ser ingerido gota à gota, e não de uma só vez.

Exercício resolvido da questão 14

a) As duas frases estão escritas adequadamente, dependendo de um contexto.

Exercício resolvido da questão 15

a) …incapazes de trazê-lo à nossa domesticidade…

Exercício resolvido da questão 16

b) Estou apta à tarefa

Exercício resolvido da questão 17

a) À … as … à

Exercício resolvido da questão 18

d) Damos viço à; optando por; dando destaque à

Exercício resolvido da questão 19

b) por fidelidade à essa obscura semente.

O Beduka pode te conectar a faculdade

Agora que você já terminou os exercícios de crase com gabarito, vou te contar uma novidade: é possível entrar na faculdade sem fazer o Enem ou qualquer outro vestibular!

Isso mesmo:

  • Sem precisar fazer provas;
  • Sem desespero;
  • Sem ansiedade.

Estou falando do Beduka Bolsas! Nesse site, você tem chance de ganhar bolsas de até 65% para vários cursos, cidades e modalidades.

Basta escolher a bolsa para o curso dos seus sonhos e gerar a sua Carta do Beduka. Pronto! Já pode estudar. 

Você pode fazer isso em qualquer época do ano. Estudar nunca foi tão fácil! 

Ainda temos outra forma de te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Instagram do Beduka

14 Comentários

    • Oi, Bruno! O gabarito estava com a escrita correta, apenas a letra estava trocada. Já foi atualizado, ok? Bons estudos e obrigado por avisar.

  • Não ocorre crase no exemplo “Vou a Roma logo” como está descrito entre os exemplos. Basta verificar que a palavra “Roma” não aceita artigo feminino diante dela. Escreve-se: “Voltei de Roma logo” e não “Voltei da Roma logo”.
    A única situação em que ocorreria crase seria com a palavra “Roma” determinada. Exemplo: “Fui à Roma do Papa”. Nesse caso, a palavra Roma está determinada pela expressão “do Papa”. Observe que, se escrevermos “Voltei da Roma do Papa”, o artigo “a” aparece claramente na frente da palavra “Roma”, aglutinando-se à preposição “de”, transformando-se em “da”. Não seria correto escrever “Voltei de Roma do Papa”. Com isso, prova-se a presença do artigo feminino “a”. P.S.: Note que a palavra “logo”, presente no exemplo equivocado, não é determinante do substantivo “Roma”.

  • O gabarito da questão 7 está errado. Como o exercício pede a alternativa incorreta, deve-se assinalar a alternativa “b”:

    b) Você já esteve em Roma? Eu irei à Roma logo.

    O correto é sem acento indicador de crase pois a palavra “Roma” não está determinada.

  • O gabarito da questão 6 está errado , “b) Ele se referiu às PESSOAS de boa memória.” antes de palavras no plural (no caso pessoas) não se usa CRASE.

    • Bom dia, Cassio. O gabarito está correto, temos a contração (crase) da preposição “a” com o artigo definido feminino no plural as >>> às.

      Existe crase antes de palavras no plural, exemplo:

      “Eu devo a minha vida às enfermeiras que cuidaram de mim.”

  • Olá! Muito obrigado pelo material. Usei com meus alunos para exercitar o uso da Crase. Uma observação: o gabarito da questão 17 está errado. O correto é letra A. A primeira ocorrência deve conter crase, já que…
    À quebra de compromisso seguiram-se manifestações.

    • Tinha razão Laert. Já corrigimos. Obrigado por nos recomendar aos seus alunos. Ficamos felizes em ajudar no seu trabalho.

  • Muito bom os exercícios, obrigada por compartilhar. Gostaria de deixar uma sugestão: seria muito interessante se no gabarito explicasse o erro das alternativas, pois ajudaria muito nos estudos sanando dúvidas .

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador