DicasProfissões

O que é orientação profissional? Conheça seus benefícios

o que é orientação profissionalO que é orientação profissional?

É o processo de orientação para quem está em dúvida sobre qual carreira seguir, feito com a ajuda de um profissional, a fim de se aconselhar e tomar a melhor decisão, escolhendo a profissão mais adequada ao seu perfil, ou seja, à sua personalidade e situação de vida.

Uma etapa fundamental desse processo é fazer um teste vocacional bem fundamentado. Não basta pensar nas matérias preferidas da escola e escolher uma profissão baseada nisso.

É preciso fazer um teste sério e ter conversas com profissionais da psicologia para realmente conseguir fazer a escolha certa.

Conheça o Raio-X do Beduka, um teste vocacional e de personalidade, baseado na psicologia do comportamento presente na metodologia DISC, aceita mundialmente.

A importância da orientação profissional ou vocacional

A orientação profissional ajuda as pessoas que têm dúvidas sobre qual será sua profissão. Geralmente é mais buscada por estudantes do ensino fundamental e médio, mas também pode servir de auxílio para adultos.

Orientação com jovens

orientação profissional para jovens

Muitos são os adolescentes que se sentem conturbados nessa fase da vida. Trata-se de um período de transformações físicas, psicológicas, transformações nas exigências e responsabilidades da vida, etc. É muito importante ter ajuda nesse período.

O principal eixo de dúvidas é: Fazer pelo prazer ou pensar no financeiro? O que será da minha vida?

  • O que fazer se eu não gostar do curso?
  • Meus pais devem influenciar nas minhas escolhas?

A importância está em ajudar a solucionar os conflitos pessoais e em discernir habilidades e interesses para vencer os impasses impostos pelas dúvidas.

Como descobrir minha vocação?

Orientação com adultos

orientação profissional para pessoas que querem mudar de carreira

No segundo caso, o dos adultos, a orientação serve para pensar em mudança de profissões, ou seja, em reorientações. Isso é comum, uma vez que muitas pessoas se sentem insatisfeitas com as atuais profissões que exercem e desejam mudar, porém, sem saber para qual ramo.

Há mais pessoas ingressando em cursos universitários do que se formando. Isso acontece porque MUITOS DESISTEM e não concluem, fazendo reopção de curso. Há ainda quem conclui e nem mesmo trabalha com o que estudou durante os anos na faculdade.

Entre as maiores dúvidas dos que buscam a orientação profissional está a de entender como está o mercado de trabalho

Nesse caso, as pessoas ficam paralisadas pensando se farão o que gostam mesmo que o mercado não esteja recebendo profissionais do tipo, ou se vão se aventurar em outras áreas, mas com uma possibilidade mais segura de emprego.

Contudo, o principal motivo para desistências, insatisfações e mudanças se deve à falta de orientação profissional e vocacional. Esse tipo de orientação é excelente e muito recomendada para quem ainda não escolheu a profissão, embora, claro, a qualquer momento da vida ela possa ser útil. Mas é preferível acertar de primeira, certo?

Principais motivos que levam uma pessoa a buscar Orientação Profissional:

  • Insatisfação com a profissão que já exerce
  • Insegurança diante das escolhas possíveis
  • Certeza quanto à necessidade de ajuda
  • Decisão de melhorar o autoconhecimento para buscar uma profissão mais adequada à própria personalidade
  • Busca por informações de outras profissões possíveis
  • Vontade de conhecer melhor outras profissões e suas práticas
  • Não se sentir apto a realizar a profissão onde se encontra ou a anteriormente escolhida
  • Não conhecer o mercado de trabalho
  • Reprovação nas disciplinas do curso e sentimento de despreparo ou inaptidão

Muitas pessoas buscam mudar por achar a profissão atual ou a escolhida muito monótona, com a rotina de trabalho muito desgastante ou estressante, ambiente de trabalho ruim com pouca interação ou inimizade entre as pessoas, BAIXA REMUNERAÇÃO, etc.

Em resumo, o desconhecimento da profissão e da própria personalidade podem levar uma pessoa a buscar orientação profissional. As exceções são as pessoas que buscam esse serviço para alcançar uma progressão maior na carreira.

Benefícios da orientação profissional 

1 – Autoconhecimento

Orientação profissional e vocacional é um auxílio que vai além da indicação de profissões, já que ajuda as pessoas no conhecimento de sua própria personalidade e perfil de trabalho, melhor ambiente, formas de se relacionar, o que impacta seus sentimentos, etc.

Não é possível ser bem orientado não conhecendo as próprias possibilidades, nem que seja durante a orientação com ajuda profissional.

É preciso saber definidamente qual é a sua intenção, o que você quer e aonde quer chegar, antes de se decidir pela profissão. Sua personalidade e o mercado podem te guiar na escolha, e para que ela seja acertada, deve-se conhecer muito bem esses dois elementos.

2 – Sanar dúvidas das áreas de trabalho

Ela também ajuda o estudante a tirar as dúvidas sobre o mercado de trabalho, preparando-o para as dificuldades que ele pode encontrar no futuro e também para as diversidades que pode encontrar em sua escolha de profissão.

Esse conhecimento é importante para minimizar, no futuro, a vontade de mudar e escolher outra coisa, uma vez que a decisão terá sido tomada com muita maturidade.

Orientação profissional funciona? Serve pra quê?

O profissional responsável, de preferência um psicólogo, ajudará a pessoa orientada a perceber nela mesma o que ainda não havia percebido. Encontrar qualidades, dificuldades, entendimento sobre suas possibilidades e condições, etc.

Testes e algumas entrevistas são feitos a fim de conhecer bem aquele que busca por ajuda.

Tudo isso tem a finalidade de ajudar na escolha consciente de uma profissão, priorizando as preferências sem se esquecer das próprias limitações.

Quem precisa fazer orientação profissional?

Ela é indicada para quem está deixando a escola, ou seja, ano de vestibular. É preciso saber qual profissão será exercida para escolher o curso certo e fazer a prova do Enem para tentar ser aprovado. 

Treine para o Enem com o nosso Simulado Gratuito e Online, com as questões dos anos anteriores e correção TRI na hora.

Também é recomendada para profissionais insatisfeitos com a atual função que exercem. Não se identificam, estão frustrados ou querem salários melhores.

Enfim, a orientação profissional é indicada para todos os que estão com dificuldade para pensar no seu futuro profissional.

Como descobrir a profissão certa?

1ª fase: Início da carreira – Aprendizado (18 aos 25 anos)

A orientação profissional concentra-se em testes vocacionais, já que é o momento da primeira descoberta. As conversas com os profissionais também estão presentes nesta etapa, pois tudo tem a função de desvendar quais são as atividades relacionadas ao perfil do orientado.

O teste vocacional do Beduka, o Raio-X, indica para cada uma apenas as profissões que mais combinam com seu perfil, afinal, ele é também um teste de personalidade.

2ª fase: Coragem (26 aos 34 anos)

As coisas básicas já foram aprendidas e necessárias para trilhar a carreira. Busca-se oportunidades e opções.

3ª fase: Colheita (35 a 45 anos)

Essa é a melhor fase da vida profissional, uma vez que as chances da carreira estar já consolidada são altíssimas. Aqui, vemos um adulto, já profissional com experiência e colhendo os lucros de seus investimentos.

4ª fase: Inércia (46 anos em diante)

As oportunidades já ficam mais estreitas e o profissional começa a pensar em como garantir sua estabilidade.

Profissão estagnada

Neste caso a orientação volta-se para um profissional insatisfeito com seu trabalho. O orientador ajudará na descoberta do que está atrapalhando os avanços profissionais, ou seja, a evolução da carreira.

Carreira ascendente 

Este caso é simples. O profissional está indo muito bem em sua carreira e quer saber como se manter assim, sem decair.

Troca de profissão

Cansaço pela rotina, tédio, desmotivação, inimizades, perda de foco, má remuneração… tudo isso pode levar uma pessoa a querer mudar de profissão.

A orientação evita equívocos profissionais. Afinal, será que o melhor é mudar mesmo? Em muitos casos é preciso um profissional para ajudar nisto. As perdas e os ganhos têm que ser considerados.

Já é hora de parar de trabalhar? Ou apenas diminuir o ritmo?

Muitas vezes é preciso ser aconselhado para decidir sobre isso também.

Após longos anos trabalhados, algumas pessoas passam a ter dúvida se descansam e preservam a qualidade de vida ou se continuam se esforçando. A saúde para essas pessoas é o foco.

Qual a diferença entre orientação profissional e orientação vocacional?

Há confusão entre essas orientações e elas realmente são diferentes, mas a diferença é sutil.

A orientação vocacional é uma parte da orientação profissional. Esta última é também mais abrangente, pois considera a família, as condições socioeconômicas das pessoas, o contexto político e econômico da sociedade, o mercado de trabalho, etc.

A orientação vocacional é uma etapa, normalmente a inicial, e ajuda a compatibilizar o perfil do estudante com uma profissão.

Dica

Juntas, elas têm um efeito maravilhoso e muito útil. Porém, as orientações profissionais costumam ser caras e demandar mais de uma sessão. 

Se você não tiver essas condições no momento, comece pelo nosso teste vocacional online. Ele é o mais completo do mercado porque também analisa seu estilo comportamental e indica as profissões mais adequadas ao seu perfil.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador