Profissões

Como é o curso de Design de Interiores? Descubra tudo que é preciso saber

Como é o curso de Design de InterioresComo é o curso de Design de Interiores

Já entrou em uma residência lindamente decorada e funcional? Se sim, aposto que ficou maravilhado. O profissional responsável por esses imóveis muito bem projetados são os designers de interiores. E nesse artigo, vamos te contar como é o curso de design de interiores e como você pode se tornar um deles!

Preparamos este artigo incrível para você que deseja saber como é o curso de design de interiores. Tem bastante conteúdo pela frente, então clique em um dos tópicos para ir diretamente ao que deseja saber:

  1. O que é e como é o curso de design de interiores?
  2. Em quais áreas um design de interiores pode atuar?
  3. O que um design de interiores pode esperar do mercado de trabalho?
  4. Qual o salário médio de um design de interiores?
  5. Qual a grade curricular do curso de design de interiores?
  6. Faça faculdade com Beduka (Descontos de até 70%)

Você já tem certeza do que deseja fazer pelo resto da sua vida? Se a resposta for não, temos algo que pode te ajudar muito: o Raio X do  Beduka. Ele é mais que um teste vocacional, pois usa um método inovador para que você possa se conhecer melhor!

O que é o curso de design de interiores?

O curso de design de interiores é um período de estudo que tem como objetivo formar profissionais capacitados a atuarem no planejamento funcional e estético dos mais variados tipos de ambientes.

Como é o curso de design de interiores? Bacharelado, tecnólogo e técnico

Esse curso pode tanto formar bacharéis quanto tecnólogos. O primeiro é uma formação acadêmica que geralmente dura 4 anos e possui uma grade curricular mais abrangente. 

Somado a isso, o aluno precisa passar por um estágio obrigatório e fazer um trabalho de conclusão de curso (TCC). Nesse caso, a grade curricular também contempla todo aspecto histórico do design.

Já para se tornar um tecnólogo, o tempo de estudo é bem menor (geralmente dois anos). As matérias são mais voltadas à prática, como o desenvolvimento de paisagismo, a aplicação de revestimentos, elaboração de projetos e técnicas de iluminação.

A formação como tecnólogo também é adquirida em uma faculdade, mas, nesse caso, o aluno não vai possuir um diploma de nível superior no final do curso.

Além dessas duas opções, também é possível fazer um curso técnico. Ele possui uma duração ainda menor que o voltado para formação de tecnólogo, com mínimo de 800 horas, podendo ser concluído em um ano.  

O curso técnico não é oferecido por centros universitários, e sim por escolas técnicas. Uma das opções para quem está interessado nesse tipo de curso, é a Academia Brasileira de Arte (ABRA)

Inclusive, ela foi uma das participantes da formatação das Bases Curriculares que são utilizadas atualmente.

Em quais áreas um designer de interiores pode atuar?

O primeiro maior desespero do estudante é entrar na universidade, o segundo é saber o que fazer depois de terminá-la. Afinal, na teoria é fácil, mas na prática, se inserir no mercado de trabalho pode ser um pouco mais difícil.

Por isso, ao falar sobre como é o curso de design de interiores, não poderíamos deixar de explicar sobre as principais áreas que quem se forma nessa graduação tem licença para atuar.

São elas: lojas de móveis projetados, de materiais de construção, de acabamento e de decoração, escritórios de engenharia civil, arquitetura e design e na área de empreendedorismo.

Nesses locais, há diversas atividades que podem ser exercidas por esse profissional. Veja a seguir quais são, segundo a lei que regulamenta o que faz um designer de interiores:

  • estudo, planejamento e projeto de ambientes internos, seguindo os objetivos e necessidades do cliente ou do usuário e otimizando para gerar conforto, estética, segurança e saúde conforme as normas técnicas do ramo;
  • planejamento de ambientes externos permanentes ou temporários, atendendo as exigências legais e regulamentos de segurança contra incêndio, meio ambiente e saúde;
  • seleção e indicação precisa de cores, revestimentos e acabamentos que serão usados no projeto;
  • criação, desenho e design de mobília e outros objetos decorativos e de ambientação;
  • prestação de consultoria técnica em Design de Interiores.

Resumindo, é possível ser projetista, desenhista, assistente na gestão de obras de interiores ou promotor de vendas e você pode seguir qualquer uma dessas opções depois de saber como é o curso de design de interiores.

O que um designer de interiores pode esperar do mercado de trabalho?

O mercado de trabalho para quem se forma no curso de design de interiores é muito amplo. Isso acontece porque quase tudo no mundo precisa de um espaço físico para funcionar. 

Nesse cenário tão vasto, há a área de maior demanda para pessoas formadas nesse curso. 

E agora que você já sabe  como é o curso de design de interiores, vamos te contar qual é o ramo que emprega o maior número desses profissionais: o corporativo.

O mundo corporativo costuma investir pasado em espaços bem projetados e decorados e, muitas vezes, possuem edifícios ou andares inteiros. Isso representa um bom orçamento, ou seja, a contratação de muitos designers de interiores.

Outro fator que merece destaque, é o fato de que o metro quadrado de um imóvel está cada vez mais caro. Resultado: ambientes cada vez menores.

E para comportar todos os cômodos e móveis necessários em ambientes tão pequenos, só  mesmo com ajuda de quem entende do assunto. 

Logo, muitas pessoas físicas recorrem tanto a escritórios de consultoria em design de interiores quanto a especialistas que trabalham por conta própria.

Esses profissionais também são bastante requisitados pelo setor hoteleiro. Além de poderem atuar em projetos relacionados à acessibilidade de espaços públicos e privados.

Abaixo, veja uma lista de locais que podem requisitar um designer de interiores:

  • Escolas e universidades
  • Indústria
  • Bares e restaurantes
  • Mercado corporativo
  • Teatros
  • Cinemas
  • Hotéis
  • Clínicas
  • Comércio
  • Estandes
  • Pessoas físicas
  • Arquitetos
  • Construtoras e Imobiliárias
  • Órgãos públicos

Qual o salário médio de um designer de interiores?

Se você chegou até aqui querendo descobrir como é o curso de design de interiores, tenho certeza que tem curiosidade em saber quanto ganha mais ou menos um profissional formado. Logo, vamos te contar!

Antes disso, é preciso que você entenda que isso é uma média, ou seja, pode variar bastante de acordo com o caminho escolhido para ser trilhado. 

Por exemplo, as pessoas que resolvem abrir um escritório podem se deparar com um número enorme de clientes, precisar contratar mais pessoas especializadas na área e até abrir uma filial. 

O perfil desses clientes também vai interferir no rendimento final, pois pode ser uma pessoa recém-casada que deseja um apartamento projetado ou o dono de uma importante agência imobiliária. 

No geral, o salário médio para essa categoria é:

  • Maranhão: R$ 1.817
  • Ceará: R$ 1.244
  • Bahia: R$ 1.770
  • Rio de Janeiro: R$ 2.182
  • Distrito Federal: R$ 2.382

Qual a grade curricular do curso de design de interiores?

Uma das partes fundamentais de como é o curso de design de interiores, é conhecer a grade curricular do curso. Afinal, você vai passar anos da sua vida se dedicando a isso.

Não tem como ter essa informação com exatidão, porque ela costuma variar de acordo com a instituição. Mas algumas matérias são essenciais e geralmente fazem parte do currículo de todas as faculdades, ainda que recebam outro nome, veja a seguir quais são:

  • Cenografia e Perspectiva
  • Conforto Ambiental
  • Desenho Técnico
  • Ergonomia
  • Estética e História da Arte
  • Gerenciamento de Obras
  • Informática
  • Linguagem de Decoração e Estilos
  • Luminotécnica
  • Maquete
  • Metodologia de Projeto
  • Mobiliário
  • Paisagismo
  • Projetos de Interiores Comerciais
  • Projetos de Interiores Empresariais
  • Projetos de Interiores Residenciais
  • Responsabilidade Social
  • Tecnologia dos Materiais

Faça faculdade com o Beduka

Você já sabe como é o curso de design de interiores e sabe qual o caminho a percorrer. Agora, é o momento de escolher uma faculdade. E se eu te disser que é possível fazer isso sem participar do Enem e nem de qualquer outro tipo de vestibular?

Estou falando do Beduka Bolsas! Nessa plataforma, você tem chance de ganhar bolsas de 70% para vários cursos, cidades e modalidades.

Basta escolher a bolsa para o curso dos seus sonhos e gerar a sua Carta Matrícula. Pronto! Já pode estudar. E você pode fazer isso em qualquer época do ano. Estudar nunca foi tão fácil! 

Que bom que chegamos até aqui! Espero que nosso artigo, sobre  como é o curso de design de interiores, tenha te ajudado.

Se você quiser algum tema que a gente ainda não tenha escrito sobre, é só mandar um direct no Instagram, que vamos providenciar o mais rápido possível!

No mais, ainda queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador