História

Exercícios sobre Expansão Marítima

Exercícios sobre Expansão MarítimaExercícios sobre Expansão Marítima

A Expansão Marítima foi um marco importante na história do mundo, pois a partir dela novas terras foram exploradas, além de ter desenvolvido técnicas e novas tecnologias que auxiliaram nas grandes navegações. Os exercícios sobre expansão marítima vão te ajudar a entender melhor esse processo que ocorreu no século XV.

A Expansão Marítima é considerada um dos maiores acontecimentos históricos ocorridos. É importante estudar essa matéria, pois ela pode ser cobrada nos principais vestibulares. No ENEM, as questões de História caem na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias, por isso avalie o seus conhecimento com os nossos exercícios sobre expansão marítima.

Baixe o melhor plano de estudos gratuito que você encontrará na internet.

Os portugueses iniciaram, a partir do século XV, um processo de intensa globalização. Esse processo, recebeu o nome de Expansão Marítima ou Grandes Navegações, foi liderado pelos portugueses e espanhóis.

Grandes Navegações

Os principais objetivos da Expansão Marítima eram:

  • Obter riquezas (atividades comerciais).
  • Explorar terras (minerais e vegetais).
  • Trabalho escravo (indígenas e africanos).
  • Expansão territorial.
  • Difusão do cristianismo para outras civilizações.

Entender quais eram os objetivos dessa expansão, vai te ajudar na hora de responder os exercícios sobre expansão marítima.

Não se ensinava que a terra era plana, nem que haviam monstros nos mares. Ainda assim as viagens eram temidas e perigosíssimas, afinal o mar é perigoso e não se sabia quanto tempo de viagem seria necessário para se alcançar o outro lado.

Os navegadores já sabiam que a terra era redonda por causa da sombra projetada na Lua e por outros cálculos. Eles sabiam que iriam contornar o planeta, mas não sabiam quanto tempo levariam, quanto de mantimento era necessário, nem quais águas ou tempos os aguardavam.

Neste período os jesuítas já se espalhavam pela Europa e pelo Oriente. Eram homens sábios, intelectuais e, inclusive, homens de muita ciência, pois sabiam que o estudo da razão não contrariava a fé. Eles tiveram coragem de enfrentar o mar por causa de Cristo. Não é atoa que as caravelas portuguesas tinham nas velas a cruz símbolo da Ordem de Cristo.

Nas faculdades católicas de Portugal já se cultivava a técnica, o desenvolvimento científico desde a Idade Média, que foi um período de muito avanço e não de trevas como se costuma dizer.

escola de sagres - Exercícios sobre Expansão Marítima

Inclusive, os principais estudos aconteciam na Escola de Sagres fundada pelo Infante Dom Henrique que foi Grão Mestre da Ordem de Cristo.Essa escola ficou marcada por desenvolver novas técnicas de navegação, aperfeiçoamento da bússola, o astrolábio, mapas das rotas marítimas e tipos de embarcação.

A Escola de Sagres foi um avanço para os estudos marítimos, sem ela possivelmente não existiria as Grandes Navegações. Os navegadores adquiriram confiança para desbravar os mares com mais aparatos técnicos, o que possibilitou a expansão marítima.

Agora que já leu o nosso artigo, responda os exercícios sobre expansão marítima e depois confira as respostas no gabarito.

Exercícios sobre Expansão Marítima

1 – (Mackenzie) – “As grandes mudanças que se verificam na arte náutica durante a segunda metade do século XV levam a crer na possibilidade de chegar-se, contornando o continente africano, às terras do Oriente. Não se pode afirmar, contudo, que a ambição de atingir por via marítima esses países de fábula presidissem as navegações do período henriquino, animada por objetivos estritamente mercantis. (…) Com a expedição de Antão Gonçalves, inicia-se em 1441 o tráfico negreiro para o Reino (…) Da mesma viagem procede o primeiro ouro em pó, ainda que escasso, resgatado naquelas partes. O marfim, cujo comércio se achava até então em mãos de mercadores árabes, começam a transportá-lo os barcos lusitanos, por volta de 1447.” (Sérgio Buarque de Holanda, Etapas dos descobrimentos portugueses.)

Assinale a alternativa que melhor resume o conteúdo do trecho acima:

a) A descoberta do continente americano por espanhóis, e depois, por portugueses, revela o grande anseio dos navegadores ibéricos por chegar às riquezas do Oriente através de uma rota pelo Ocidente.

b) Os portugueses logo abandonaram as viagens de descoberta para o Oriente através do Atlântico, visto que lhes bastavam as riquezas alcançadas na África, ou seja, ouro, marfim e escravos.

c) Embora a descoberta de uma rota africana para o Oriente fosse para os portugueses, algo cada vez mais realizável em razão dos avanços técnicos, foi a exploração comercial da costa africana o que, de fato, impulsionou as viagens do período.

d) As navegações portuguesas, à época de D. Henrique, eram motivadas, acima de tudo, pelo exotismo fabuloso do Oriente; secundariamente, contudo, dedicavam-se os portugueses ao comércio de escravos, ouro e marfim, sobretudo na costa africana.

e) Durante o período henriquino, os grandes aperfeiçoamentos técnicos na arte náutica permitiram aos portugueses chegar ao Oriente contornando o continente africano.

2 – (USS) – “Sem dúvida, a atração para o mar foi incentivada pela posição geográfica do país, próximo às ilhas do Atlântico e à costa da África. Dada a tecnologia da época, era importante contar com correntes marítimas favoráveis, e elas começavam exatamente nos portos portugueses… Mas há outros fatores da história portuguesa tão ou mais importantes.”

Assinale a alternativa que apresenta outros fatores da participação portuguesa na expansão marítima e comercial europeia, além da posição geográfica:

a) O apoio da Igreja Católica, desde a aclamação do primeiro rei de Portugal, já visava tanto à expansão econômica quanto à religiosa, que a expansão marítima iria concretizar.

b) Para o grupo mercantil, a expansão marítima era comercial e aumentava os negócios, superando a crise do século. Para o Estado, trazia maiores rendas; para a nobreza, cargos e pensões; para a Igreja Católica, maior cristianização dos “povos bárbaros”.

c) O pioneirismo português  deve-se mais ao atraso dos seus rivais, envolvidos em disputas dinásticas, do que a fatores próprios do processo histórico, econômico, político e social de Portugal.

d) Desde o seu início, a expansão marítima, embora contasse com o apoio entusiasmado do grupo mercantil, recebeu o combate dos proprietários agrícolas, para quem os dispêndios com o comércio eram perdulários.

e) Ao liderar a arraia-miúda na Revolução de Avis, a burguesia manteve a independência de Portugal, centralizou o poder e impôs ao Estado o seu interesse específico na expansão.

3 – (UEL-PR) – Para compreender a expansão marítima nos séculos XV e XVI, é necessário considerar a importância da cartografia. Sobre o tema, é correto afirmar que os cartógrafos representaram o mundo:

a)  ignorando a hagiografia medieval e as crenças na existência de monstros marinhos e de correntes de ventos nos oceanos.

b)  valendo-se de conhecimentos acumulados e transmitidos por meio da filosofia, da astronomia e da experiência concreta.

c)  confirmando os conhecimentos estáticos sobre o planeta, resultante da observação direta dos espaços desconhecidos.

d)  desconhecendo o valor político de sua arte de cartografar para os rumos da rivalidade castelhano-portuguesa.

e) anotando nos mapas pontos geográficos, longitudes e latitudes com exímia precisão, em função dos eficazes instrumentos de navegação.

4 – (Cesgranrio) – Acerca da expansão marítima comercial implementada pelo Reino Português, podemos afirmar que:

a) a conquista de Ceuta marcou o início da expansão, ao possibilitar a acumulação de riquezas para a manutenção do empreendimento.

b) a conquista da Baía de Arguim permitiu a Portugal montar uma feitoria e manter o controle sobre importantíssima rota comercial intra-africana.

c) a instalação da feitoria de São Paulo de Luanda possibilitou a montagem de grande rede de abastecimento de escravos para o mercado europeu.

d) o domínio português de Piro e Sidon e o consequente monopólio de especiarias do Oriente Próximo tornaram desinteressante a conquista da Índia.

e) a expansão da lavoura açucareira escravista na Ilha da Madeira, após 1510, aumentou o preço dos escravos, tanto nos portos africanos quanto nas praças brasileiras.

5 – (Fuvest) – No processo de expansão mercantil europeu dos séculos XV e XVI, Portugal teve importante papel, chegando a exercer durante algum tempo a supremacia comercial na Europa. Todavia “em meio da aparente prosperidade, a nação empobrecia. Podiam os empreendimentos da coroa ser de vantagem para alguns particulares (…)” (Azevedo, J. L. de, ÉPOCAS DE PORTUGAL ECONÔMICO, Livraria Clássica Editora, pág. 180).

Ao analisarmos o processo de expansão mercantil de Portugal, concluímos que:

a) a falta de unidade política e territorial em Portugal determinava a fragilidade econômica interna.

b) a expansão do império acarretava crescentes despesas para o Estado, queda da produtividade agrícola, diminuição da mão de obra, falta de investimentos industriais, afetando a economia nacional.

c) a luta para expulsar os muçulmanos do reino português, que durou até o final do século XV, empobreceu a economia nacional que ficou carente de capitais.

d) a liberdade comercial praticada pelo Estado português no século XV levou ao escoamento dos lucros para a Espanha, impedindo seu reinvestimento em Portugal.

e) o empreendimento marítimo português revelou-se tímido, permanecendo Veneza como o principal centro redistribuidor dos produtos asiáticos, durante todo o século XVI.

6 – (Cesgranrio) – O descobrimento do Brasil foi parte do plano imperial da Coroa Portuguesa, no século XV. Embora não houvesse interesse específico de expansão para o Ocidente,

a) a posse de terras no Atlântico ocidental consolidava a hegemonia portuguesa neste Oceano.

b) o Brasil era uma alternativa mercantil ao comércio português no Oriente.

c) o desvio da esquadra de Cabral seguia a mesma inspiração de Colombo para chegar às Índias.

d) a procura de terras no Ocidente foi uma reação de Portugal ao Tratado de Tordesilhas, que o afastava da América.

e) essa descoberta foi mero acaso, provocado pelas intempéries que desviaram a esquadra da rota da Índia.

Confira as respostas dos nossos exercícios sobre expansão marítima, com o nosso gabarito.

Respostas dos Exercícios sobre Expansão Marítima

Exercício resolvido da questão 1 –

c) Embora a descoberta de uma rota africana para o Oriente fosse para os portugueses, algo cada vez mais realizável em razão dos avanços técnicos, foi a exploração comercial da costa africana o que, de fato, impulsionou as viagens do período.

Exercício resolvido da questão 2 –

b) Para o grupo mercantil, a expansão marítima era comercial e aumentava os negócios, superando a crise do século. Para o Estado, trazia maiores rendas; para a nobreza, cargos e pensões; para a Igreja Católica, maior cristianização dos “povos bárbaros”.

Exercício resolvido da questão 3 –

b)  valendo-se de conhecimentos acumulados e transmitidos por meio da filosofia, da astronomia e da experiência concreta.

Exercício resolvido da questão 4 –

a) a conquista de Ceuta marcou o início da expansão, ao possibilitar a acumulação de riquezas para a manutenção do empreendimento.

Exercício resolvido da questão 5 –

b) a expansão do império acarretava crescentes despesas para o Estado, queda da produtividade agrícola, diminuição da mão de obra, falta de investimentos industriais, afetando a economia nacional.

Exercício resolvido da questão 6 –

a) a posse de terras no Atlântico ocidental consolidava a hegemonia portuguesa neste Oceano.

Temos um simulado online 100% gratuito que te ajuda a se preparar para a prova do ENEM. Você pode fazer os exercícios de acordo com o dia, com o caderno de prova ou você pode pode montar do seu jeito. Confira já!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador