Literatura

Quem foi Florbela Espanca? Vida e obra

Quem foi Florbela EspancaQuem foi Florbela Espanca?
Simulado Beduka

Florbela Espanca foi uma poetisa portuguesa, considerada uma das maiores escritoras da história de seu país. Ela marcou a literatura com seus sonetos sobre o amor e a saudade. Confira quem foi Florbela Espanca e conheça os principais aspectos de sua obra com este texto. Assim, você se prepara para os vestibulares que cobram os livros dela.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em um dos tópicos abaixo:

Está estudando para o Enem? Tudo fica mais fácil com a ajuda da organização! Baixe o Plano de Estudos Beduka 2022 e melhore seus resultados. É gratuito!

Quem foi Florbela Espanca?

Florbela Espanca foi uma das maiores poetisas da história da literatura portuguesa. Sua obra é bastante diversa, sendo composta de contos, poemas e artigos de revistas e jornais.

Ela nasceu em 1894, em Vila Viçosa, cidade da região do Alentejo no centro-sul de Portugal. Seu pai foi João Maria Espanca, um fotógrafo e projecionista de filmes, e sua mãe foi Antónia da Conceição Lobo, uma camponesa.

João era casado com Mariana do Carmo Inglesa Toscano. Ela era estéril e autorizou o marido a se relacionar com Antónia. Deste relacionamento, nasceram Florbela e um irmão mais novo, Apeles.

As crianças foram criadas na casa de João e Mariana, mas sem que fossem registradas como filhas dele. Nos documentos de Florbela constava apenas o nome de sua mãe, Antónia. João só reconheceria Florbela como filha 18 anos após a morte dela.

Florbela Espanca iniciou a escrita de seus primeiros poemas aos 10 anos. A esta época, assinava-os com o nome Flor d’Alma da Conceição.

Sua obra inicial, ainda de infância, girava em torno de sua família. Um conto em homenagem à mãe, um texto de aniversário para o pai e um soneto homenageando o irmão.

De 1899 a 1908 ela frequentou a escola primária de sua cidade e se transferiu em seguida para o Liceu Nacional de Évora. Foi uma das primeiras mulheres a frequentar essa instituição, onde permaneceu até 1912.

Enquanto foi aluna do liceu, aproveitou para ler diversos autores da literatura internacional, como Balzac, e nacional, como Camilo Castelo Branco.

Também foi uma das primeiras mulheres a frequentar o curso de Direito da Universidade de Lisboa.

Apesar de não ter defendido bandeiras feministas, sua vida é tida como um exemplo. Casou-se três vezes, o que era raro para a época, fez cursos universitários e trabalhou no jornalismo.

Morreu em 1930, após três tentativas de suicídio, a última sendo fatal. Em vida, teve apenas duas coletâneas de poemas publicados, Livro de Mágoas (1919) e Livro de Sóror Saudade (1923).

Características da obra de Florbela Espanca

Agora que já vimos quem foi Florbela Espanca, vamos entender mais sobre sua obra.

Como dito acima, somente dois livros dela saíram em vida. Os demais foram publicados postumamente e reunidos por Rui Guedes nas Obras Completas de Florbela Espanca.

Em geral, o tema das poesias da autora é o amor e tudo aquilo que ele traz. Assim, aparecem muitas vezes ingredientes que pertencem às relações amorosas como a saudade, a solidão, a tristeza, o desejo e a sedução.

A forma preferida por ela para escrever seus poemas é o soneto. E foram os seus versos que a fizeram famosa.

A prosa dela é menos conhecida e se expressa pelos contos, as cartas e sua contribuição na imprensa. Nos contos, assim como na poesia, Florbela Espanca é confessional, ou seja, revela muito quem foi Florbela Espanca e sobre sua vida..

No seu primeiro conto, Mamã (1907), escrito em homenagem a sua mãe Antónia, aparecem crianças bastardas, como ela e seu irmão foram.

Obras de Florbela Espanca

A produção da autora, como vimos, é variada e publicada em momentos diferentes da história, mas revela muito sobre quem foi Florbela Espanca.. Poucos foram publicados em vida e a maioria após a sua morte.

Poesia

Livro de Mágoas (1919)

Livro de Sóror Saudade (1923)

Charneca em Flor (1931)

Sonetos Completos (1934)

Prosa

As Máscaras do Destino (1931)

Diário do Último Ano (1981)

O Dominó Preto (1982)

O Diário e O Dominó Preto (2019)

Coletâneas

Obras Completas de Florbela Espanca. 8 vols. Edição de Rui Guedes (1985)

Epistolografia

Cartas de Florbela Espanca (A Dona Júlia Alves e a Guido Battelli) (1931)

Cartas de Florbela Espanca (1949)

  • Depois de saber quem foi Florbela Espanca, teste seus conhecimentos sobre com os exercícios que separamos.

Poemas de Florbela Espanca

Depois de saber quem foi Florbela Espanca, chegou a hora de ler alguns poemas dela. Separamos aqui dois bem representativos da escrita de Espanca.

Neles, é possível notar o tom melancólico de um amor que não se realiza.

Os Versos Que Te Fiz

Deixa dizer-te os lindos versos raros

Beduka Bolsas Direito

Que a minha boca tem pra te dizer!

São talhados em mármore de Paros

Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolências de veludos caros,

São como sedas brancas a arder…

Deixa dizer-te os lindos versos raros

Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda…

Que a boca da mulher é sempre linda

Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei…

E, nesse beijo, Amor, que eu te não dei

Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Fanatismo

Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida.

Meus olhos andam cegos de te ver.

Não és sequer razão do meu viver

Pois que tu és já toda a minha vida!

Passo no mundo, meu Amor, a ler

No mist’rioso livro do teu ser

A mesma história tantas vezes lida!…

“Tudo no mundo é frágil, tudo passa…”

Quando me dizem isto, toda a graça

Duma boca divina fala em mim!

“Ah! podem voar mundos, morrer astros,

Que tu és como Deus: princípio e fim!…”

Entre na faculdade com o Beduka!

Esperamos que esse texto sobre quem foi Florbela Espanca tenha te ajudado.

Quando o assunto é entrar na faculdade, o Beduka é seu parceiro número 1. Queremos mesmo ver você indo bem e conquistando uma vaga no seu curso dos sonhos.

Para isso, além dos conteúdos que trazemos diariamente aqui no blog e nas nossas redes sociais, temos uma ferramenta que te permite comprar bolsas de estudo.

É o Beduka Bolsas, uma plataforma feita com o objetivo de ofertar bolsas de até 65% em faculdades de excelência pelo Brasil!

Ela fica aberta 24 horas por dia. Se você quiser pode comprar uma bolsa agora mesmo. Não é legal?

Além disso, você pode conseguir mais de 3 mil reais de economia dependendo do seu caso. É uma oportunidade única!.

As datas do Enem estão sendo divulgadas. Se você seguir o Beduka no Instagram te deixamos a par do cronograma do Enem. Então nos siga nas redes sociais. 

Obrigado por ter lido até aqui!

Simulado Beduka

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador