Literatura

Análise e resumo de Dom Casmurro

Dom Casmuro é um romance realista de Machado de Assis, publicado em 1899. O livro é um dos cotados para aparecer na prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

O Beduka preparou um resumo de Dom Casmurro (1899) de Machado de Assis (1839-1908) para você. Também oferecemos uma análise da obra pra você ir muito bem no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Esse livro é uma das obras mais cotadas para a prova deste ano, vale muito a pena ler. Confira quais são os outros livros que podem cair no ENEM aqui.

Ao final da análise e do resenha crítica de Dom Casmurro teste seu conhecimento com algumas questões de vestibular sobre a obra.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Principais personagens do livro Dom Casmurro

  • Bentinho (Bento Santiago): Ele é o próprio Dom Casmurro, o narrador que também é o personagem principal. Já velho ele reflete de Capitu o traiu ou não.
  • Capitu: O maior amor de Bentinho, com quem ele se casou e teve um filho. Sua origem era pobre, enquanto Bento era da elite Carioca.
  • Escobar: Melhor amigo de Bentinho, desde o tempo nos estudos no seminário. Sobre ele também paira a suspeita de traição.
  • Dona Sancha: Esposa de Escobar, ex-colega de classe de Capitu
  • Dona Glória: Mãe do Bentinho, mulher muito religiosa que ama muito o filho. Ela queria que ele se tornasse padre e para isso até fez promessa.
  • José Dias: Amigo da família de Bentinho, que vive dos favores de Dona Glória. Fingia ser médico.
  • Tio Cosme: Advogado viúvo, irmão de Dona Glória, ou seja, o tio de Bentinho.
  • Prima Justina: Mulher sem papas na língua, prima de Dona Glória.
  • Pedro de Albuquerque Santiago: Este é o pai de Bentinho, que faleceu quando ele era ainda bem pequenino.
  • Senhor Pádua e Dona Fortuna: São os pais de Capitu, que percebiam que o casamento da filha poderia ajudá-los a mudar de vida.
  • Ezequiel: Filho de Capitu e de …? Essa é a dúvida. Quem é o pai do menino? Bentinho ou Escobar?

Resumo de Dom Casmurro

Bentinho no resumo de Dom Casmurro

Dom Casmurro é o apelido de Bento Santiago, também chamado de Bentinho. Ele recebeu esse apelido por causa de suas características. Se você procurar no dicionário perceberá que significa teimoso, turrão.

E o personagem é tudo isso e muito mais, pois trata-se de um homem já velho ensimesmado, relembrando de sua vida com certa amargura.

O engraçado é que ele próprio, no livro, tenta dizer o que significa Casmurro amenizando as coisas, para que você não recorra ao dicionário.

Além de contar suas memórias, Bentinho também conta a história de sua paixão por Capitu, afinal de contas a obra é um romance. Acompanhe abaixo o enredo de Dom Casmurro.

A vida de Bentinho e a de Capitu

Capitu traiu Bentinho ou nao

Sua vida era muito boa, pois pertencia à alta sociedade do Rio de janeiro do séc XIX. Sua mãe, Dona Glória, era uma viúva rica, senhora de escravos. Tendo já tido a experiência de perder um filho prometeu que daria a Deus um sacerdote se lhe nascesse um menino. Nasceu então Bento Santiago.

A descrição dele era a de um bom moço da alta sociedade. Já Capitu era pobre, porém mais inteligente que ele na forma de se relacionar com a vida.

Neste resumo de Dom Casmurro, vale lembrar que a família contava com a presença de um agregado, um falso médico. Esse era José Dias, que se dizia homeopata e tinha alcançado algumas curas para algumas pessoas da família. Ele era adorado pela família e é ele quem lembra dona Glória da promessa que ela havia feito.

Segundo ele, Bentinho, o Dom Casmurro, estava com muitos gracejos com uma menina pobre chamada Capitu, e por isso deveria ser enviado ao seminário o quanto antes.

Bentinho escutou essa conversa e só então se deu conta de que realmente estava apaixonado por Capitu. E mais: percebeu também que ela estava apaixonada por ele.

Ela inclusive pensa numa forma dele não ir para o seminário mas não houve jeito.

A quebra da promessa

Bentinh o e Escobar no Seminário-Resumo de Dom Casmurro

Já no seminário Bentinho conheceu aquele que seria seu melhor amigo, uma versão masculina da Capitu, Ezequiel Escobar. Amigo inclusive que o aconselhou a não se tornar padre, afinal não tinha vocação. E de fato o interesse de Dom Casmurro era cursar direito.

Escobar explicou que a promessa da mãe se cumpriria se ela entregasse a Deus um padre, mas que não necessariamente precisava ser seu filho, poderia ser alguém adotado por exemplo.

E assim aconteceu, Bentinho ficou livre do seminário e fez direito.

Também se casou com Capitu e com ela teve um filho a quem deram o nome de Ezequiel em homenagem ao melhor amigo do casal.

Capitu traiu Bentinho com Escobar?

resumo e análise de dom casmurro de machado de assis no Beduka

Porém, no livro Dom Casmurro, a grande trama se dá em torno de uma questão de traição. Bentinho suspeita que Capitu o traiu com Escobar e que seu filho na verdade não é seu, mas de seu melhor amigo.

Para Bentinho não havia dúvida, ele acreditava que Capitu o tinha traído. E sabe quais as razões que o levavam a crer nisso?

Ter visto Capitu chorar no enterro de Escobar fez com que Bentinho, com todo o seu ciúme, internalizasse a crença de que eles tiveram um caso. E para além disso, ele também via no filho muita semelhança a Escobar.

Neste resumo de Dom Casmurro podemos sintetizar o livro como a memória de um velho amargurado que escreve o seu próprio julgamento da esposa, considerando-a uma traidora. Ele até mesmo chegou a exilar Capitu e seu filho na Europa.

Se traiu ou se não traiu, fica a cargo do leitor decidir se acredita ou não. Mas que tal analisar mais de perto essa parte?

Análise do livro Dom Casmurro

Após esse resumo do livro Dom Casmurro, você certamente já percebeu que o tema da traição recebe destaque. Porém, vale ressaltar que Machado de Assis não deixa pistas concretas para se ter certeza da traição de Capitu.

O que se lê é que Bentinho acredita nisso, mas o leitor bem pode entender que ele estava errado em seu juízo por vários motivos.

O livro permite um estudo de caso de direito, pois temos Dom Casmurro, formado em direito, sendo acusador e juiz de Capitu. Ele é também a única testemunha e você tem somente acesso à versão da história que ele conta, ou seja, somente por meio de seu ponto de vista super ciumento.

Bentinho julga Capitu, mas Machado de Assis coloca Bentinho para ser julgado pelo leitor.

Alguns detalhes técnicos

O livro Dom Casmurro pertence à terceira obra da fase realista de machado de Assis, sendo o terceiro romance realista que ele escreveu.

Como é típico em suas obras, verifica-se a presença tradicional da ironia e do sarcasmo. Bento Santiago também é da classe proprietária, como Brás Cubas, e igualmente escreve suas memórias, depois de decidir que mesmo podendo falar de outros assuntos, não o faria.

Já temos um resumo e análise do Livro Memórias Póstuma de Brás Cubas para você!

Nessa obra você também encontrará o pessimismo machadiano, como também o espírito crítico e a reflexão sobre a sociedade brasileira da época. A narrativa é permeada por digressões com pensamentos e lembranças fragmentadas.

Como você leu no resumo de Dom Casmurro, temos a temática da traição. Ela conduz também a uma reflexão sobre o conceito de verdade, sobre a moral e os valores.

Vê-se também a presença da metalinguagem no livro Dom Casmurro, em que a obra dialoga com o leitor, falando de si.

Durante a leitura é possível perceber dois grandes momentos. Num primeiro o casamento feliz e no segundo, dúvidas e suspeitas. Tudo isso recheado da análise psicológica dos personagens.

Gostou da análise e resumo de Dom Casmurro e quer ler a obra? Ela está no domínio público.

Baixe o PDF de DOM CASMURRO!

Também existe uma série chamada Capitu, baseada neste livro, com curtos episódios e bem produzida, está no Youtube:

Gostou? Deixe nos comentários. Ah, e o Beduka também está no INSTA, segue lá!

Beduka é um buscador de faculdades particulares e públicas e conta com uma relação completa de instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Por meio de uma pesquisa simples você os diferenciais da faculdade, avaliações dos alunos, salários dos profissionais e muito mais.

Leia também:

Sobre o autor

Machado de Assis nasceu no Rio de Janeiro no séc XIX. Era neto de escravos. Foi pobre e mal frequentava a escola. Logo jovem já trabalhava em um jornal e desde então só progrediu.

Foi casado por 35 anos com Carolina Augusta Xavier. Isto o abalou profundamente. Quando ele faleceu foi decretado luto oficial no Rio de Janeiro.

Sua principais obras são: Dom Casmurro, Quincas Borba e Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Questões de vestibular sobre Dom Casmurro

Responda perguntas sobre o livro:

1 – (FUVEST / GV) O meu fim evidente era atar as duas pontas da vida, e restaurar na velhice a adolescência. Pois, senhor, não consegui recompor o que foi nem o que fui.

É o que diz o narrador no segundo capítulo do romance Dom Casmurro. Afinal por que não teria ele alcançado o seu intento?

a) Pelas dificuldades inerentes à estrutura do romance, na recuperação de outros tempos.

b) Pelo receio de confessar suas fraquezas e a traição sofrida.

c) Porque era impossível recuperar o sentido daquele período, pois ele já não era a mesma pessoa.

d) Pela falta de bom senso e de clareza na apreensão das lembranças.

e) Porque o tempo, impiedoso, apaga todos os acontecimentos e transforma as pessoas.

2 – (PUCCAMP-SP) O trecho abaixo é parte do último capítulo de Dom Casmurro, de Machado de Assis:

O resto é saber se a Capitu da Praia da Glória já estava dentro da de Mata-cavalos, ou se esta foi mudada naquela por efeito de algum caso incidente. Jesus, filho de Sirach, se soubesse dos meus primeiros ciúmes, dir-me-ia, como no seu cap. IX, vers. I: “Não tenhas ciúmes de tua mulher para que ela não se meta a enganar-te com a malícia que aprender de ti”. Mas eu creio que não, e tu concordarás comigo; se te lembras bem da Capitu menina, hás de reconhecer que uma estava dentro da outra, como a fruta dentro da casca.

Invocando aqui a memória e o testemunho do leitor de sua história, o narrador arremata a narrativa:

a) lembrando que os ciúmes de Bentinho por Capitu poderiam perfeitamente ser injustificáveis.

b) concluindo que a única explicação para a traição de Capitu é a força caprichosa de circunstâncias acidentais.

c) citando uma passagem da Bíblia, à luz da qual acaba admitindo a possibilidade da inocência de Capitu.

d) pretendendo que a personalidade de Capitu tenha se desenvolvido de modo a cumprir uma natural inclinação.

e) se mostra reticente quanto à convicção de que fora traído, sugerindo que continuará ponderando os fatos.

3 – (FUVEST) Podemos afirmar que na obra D. Casmurro, Machado de Assis:

a) defende a tese de que o meio determina o homem porque descreve a personagem Capitu desde o início como uma futura adúltera.

b) defende a tese determinista porque o meio em que Bentinho e Capitu vivem determina a futura tragédia.

c) não defende a tese determinista, apontando antagonismo entre o meio e a tragédia final.

d) defende a tese determinista ao demonstrar a influência da educação religiosa na formação de Capitu.

e) não defende a tese determinista de modo explícito porque não fica clara a relação entre o meio e o fim trágico dos personagens.

Depois de ter lido a análise e o resumo de Dom Casmurro, foi moleza responder tudo, certo? Agora confira as respostas.

Gabarito:

1 – c

2 – d

3 – e

Falamos sobre os livros do ENEM no nosso canal no Youtube. Veja outras resenhas críticas!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador