LiteraturaMatérias

O que é Verso? Definição, características, como fazer e exemplos.

O que é VersoO que é Verso

Versos são frases curtas e sentimentalmente impactantes. Portanto, podem ser considerados linhas que compõem as estrofes (parágrafos do poema). Leia nosso artigo e descubra o que é verso, sua definição, características e exemplos.

Neste texto sobre o que é Verso, você encontrará os tópicos abaixo. Clique em um deles para ir diretamente ao conteúdo:

  1. O que é Verso?
  2. Qual a diferença entre estrofes e versos?
  3. Quais são os tipos de Estrofes?
  4. As sete formas fixas do Poema por intermédio do número de versos nas estrofes.
  5. Versificação e Metrificação.
  6. Quais as classificações dos versos?
  7. O que é e quais são os tipos de Rima?
  8. As 4  estrofes com os versos mais famosos da Literatura Brasileira.
  • Após estudar sobre o que é verso, você pode praticar com o Simulado Beduka! O melhor simulado enem do Brasil!

O que é Verso?

Verso é uma linha curta e direta responsável pela composição das estrofes. Antes de entrarmos de forma mais específica no estudo dos versos, vamos refletir um pouco sobre as frases com as quais estamos acostumados?

Imagino que você esteja se preparando para o Enem, então, está habituado com parágrafos longos e cheios de argumentação. Esses parágrafos geralmente possuem períodos compostos, ou seja, são formados por mais de uma oração. Porém, o questionamento sobre o que é verso trilha um caminho oposto.

Isso ocorre porque a estrutura do poema é totalmente diferente. As frases longas passam a ser curtas, independentes. Ao lado, virá apenas um imenso espaço em branco. Surge um vazio, antes da próxima frase sucinta, que estará abaixo, não ao lado.

Podemos classificar esses parágrafos poéticos como um enfileiramento vertical de frases, isso explica o que é verso e como eles se moldam. Mas, se você ainda estiver se perguntando “como assim?”, verificará a seguir que é bem simples! 

Esses parágrafos mencionados são as estrofes, um conjunto de versos formados por blocos posicionados um abaixo do outro, no sentido vertical.

Agora, levando em consideração o que já foi visto neste artigo sobre o que é verso, observe as quatro estrofes do Soneto de Fidelidade, de Vinícius de Moraes. Os versos estão especificados ao lado. Na prática ficará muito mais simples.

De tudo, ao meu amor serei atento             (verso 1)

Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto     (verso 2)

Que mesmo em face do maior encanto      (verso 3)

Dele se encante mais meu pensamento.    (verso 4)

****************************************************************

Quero vivê-lo em cada vão momento          (verso 1)

E em louvor hei de espalhar meu canto      (verso 2)

E rir meu riso e derramar meu pranto          (verso 3)

Ao seu pesar ou seu contentamento.          (verso 4)

****************************************************************

E assim, quando mais tarde me procure        (verso 1)

Quem sabe a morte, angústia de quem vive  (verso 2)

Quem sabe a solidão, fim de quem ama        (verso 3)

*****************************************************************

Eu possa me dizer do amor (que tive):           (verso 1)

Que não seja imortal, posto que é chama      (verso 2)

Mas que seja infinito enquanto dure.              (verso 3)

Escrevemos neste artigo sobre o que é verso a contagem deles ao lado. Assim, esses agrupamentos que formam as estrofes ficam bem evidentes, facilitando a compreensão.

As estrofes também estão demarcadas, nesse caso, por asteriscos. Mas, lembre-se! O que sinaliza a separação das estrofes é um espaço em branco.

Qual a diferença entre os questionamentos: o que é estrofe e o que é verso?

Os versos são as linhas que escrevemos em um poema. Frases curtas e  diretas. Essas linhas breves têm o intuito de se agrupar melodicamente (criando um som agradável). Já a estrofe é um conjunto formado pelos versos.

Quais são os tipos de estrofes?

O que define o tipo de estrofe é a quantidade de versos que ela possui. Então, a sua classificação perpassa de forma obrigatória pelo número de versos que a compõem. 

Classificação das estrofes:

Se você se deparar com uma questão que solicite a classificação dos tipos de estrofes, é só voltar na imagem acima ou salvá-la em seu computador. Mas caso você queira um artigo exclusivo sobre estrofes, o Beduka já preparou para você, basta clicar em: O que é estrofe?

Todos os assuntos se interligam, por isso é tão importante entender o que é verso.

Observação: Se a estrofe for composta por mais de dez versos, será denominada IRREGULAR ou BÁRBARA.

As sete formas fixas do Poema por intermédio do número de versos de uma estrofe.

Você já pôde perceber que versos e estrofes são estruturas fundamentais do poema, sem as quais inexistiria esse gênero textual. Mas você sabia que existem poemas fixos?

O que determina esses poemas fixos é exatamente a composição de suas estrofes. Ou seja, para que isso ocorra, as estrofes terão sempre um determinado número de versos.

Isso faz com que, mais uma vez, percorramos pela indagação sobre o que é verso. A seguir, descubra quais são as formas fixas:

Soneto: um poema composto por duas quadras (estrofes de quatro versos) e dois tercetos ( estrofes de três versos.

Balada: um poema composto por três oitavas (estrofes de oito versos) e uma quadra (estrofe de quatro versos).

Rondel: um poema composto por duas quadras (estrofes de quatro versos) e uma quintilha (estrofe de cinco versos).

Rondó: um poema formado por estrofe homogênea em formato de quadras (estrofes de quatro versos).

Sextina: um poema composto por seis sextilhas( estrofes de seis versos) e um terceto (estrofe de três versos)

Trova: um poema composto por uma única estrofe de quatro versos heptassílabos.

Haicai: um poema composto por uma única estrofe de três versos, terceiro, sendo dois deles pentassilábico e o outro heptassilábico.

O que é Versificação e Metrificação?

A versificação pode ser considerada como o ato de fazer versos. Por meio da versificação, frases curtas são criadas, de forma que a leitura ganhe ritmo e melodia (tenha som por meio das rimas).

Os versos podem entrar em um universo de regras e medidas, isto é, podem ser metrificados. Quando isso ocorre, o poeta precisa contar para escrever, isso mesmo! Contar! E, olha que nem é uma história! Mas, afinal, contar o que?

Os metros de um poema. No entanto, responder o que é metro não é o mesmo que responder o que é verso.

Se assustou? Não precisa! Eu vou te falar como funciona. Primeiro, é importante você saber que a contagem das sílabas poéticas é diferente da contagem silábica tradicional (aquela que aprendemos na escola).

Veja o exemplo com as sílabas poéticas de um Cordel Heptassílabo:

“Naquela noite as estrelas

com uma luz purpurina

parecia iluminar

a mais escura campina

transformando aquilo ali

numa miragem divina.”

Após ler esses versos, é hora de observar as suas devidas divisões silábicas:

Na/ que/ la/ noi/ teas/ es/ trelas =7

com u/ ma/ luz/ pur/ pu/ rina = 7

pa/ re/ ci/ ai/ lu/ mi/ nar = 7

a/ mais/ es/ cu/ ra/ cam/ pina = 7

trans/ for/ man/ doa/ qui/ loa/ li = 7

nu/ ma/ mi/ ra/ gem/ di/ vina = 7

Os metros são justamente cada uma dessas sílabas poéticas.

São as duas condições essenciais na hora da contagem das sílabas poéticas::

  • Só se conta até a última sílaba tônica. 
  • Vogal não forma sílaba poética sozinha. 

Ah! Não podemos encerrar esse tópico do artigo sobre o que é verso sem antes mencionar um termo muito citado nas alternativas dos exercícios sobre versificação e metrificação. Estamos nos referindo à palavra escanção. 

Escanção é o nome que se dá ao ato de contar as sílabas poéticas.

Quais as classificações dos versos?

Os versos são classificados de acordo com o número de sílabas poéticas que possuem. Ou seja, de acordo com sua metrificação, assunto que acabamos de abordar no tópico anterior.

Veja a seguir a classificação dos versos:

  • Monossílabo – verso que possui uma sílaba poética.
  • Dissílabo – verso que possui duas sílabas poéticas.
  • Trissílabo – verso que possui três sílabas poéticas.
  • Tetrassílabo – verso que possui quatro sílabas poéticas.
  • Pentassílabo – verso que possui cinco sílabas poéticas.
  • Hexassílabo – verso que possui seis sílabas poéticas.
  • Heptassílabo – verso que possui sete sílabas poéticas.
  • Octossílabo – verso que possui oito sílabas poéticas.
  • Eneassílabo – verso que possui nove sílabas poéticas.
  • Decassílabo – verso que possui dez sílabas poéticas.
  • Hendecassílabo – verso que possui onze sílabas poéticas.
  • Dodecassílabo – verso que possui doze sílabas poéticas.

O que é rima? (Veja os seus tipos)

Rima é um recurso utilizado pelos poetas com o intuito de dar som às palavras, ou seja, uma combinação melódica e rítmica. Esse recurso é colocado em prática por meio da combinação do final das palavras.

Como exemplo, temos os versos “Eu abro devagarinho” e “ Pra passar o menininho”, de Vinicius de Moraes. Observe que o final das últimas palavras dos versos estão destacados em negrito para evidenciar a sua combinação. Na hora da leitura fica perceptível o arranjo sonoro, não é mesmo?

Sabendo disso, neste artigo sobre o que é verso, separamos quais são os tipos de rima para você. Veja:

  • rica: entre palavras de diferentes classes gramaticais;
  • pobre: entre palavras com a mesma classe gramatical;
  • externa: ocorre no final dos versos;
  • interna: rima entre a palavra final de um verso e outra do interior do verso seguinte;
  • emparelhada: AABB;
  • alternada ou cruzada: ABAB;
  • interpolada ou oposta: ABBA;
  • mista: variados tipos de combinação.
  • aguda: entre palavras oxítonas, ou monossílabas tônicas;
  • grave: entre palavras paroxítonas;
  • esdrúxula: entre proparoxítonas;
  • perfeita: igualdade total entre sons vocálicos e consonantais;
  • imperfeita: semelhança parcial de sons.

Talvez agora você esteja se perguntando da onde surgiu esse AABB, ABAB e ABBA. Não é preciso se desesperar, pois é bem simples. Vou te contar isso agora!

Basicamente, essas letras foram escolhidas para simbolizar a posição das rimas. Os versos citados,  “Eu abro devagarinho” e “ Pra passar o menininho” são seguidos como você verá abaixo:

Eu abro devagarinho ( A )

Pra passar o menininho ( A )

Eu abro bem com cuidado ( B )

Pra passar o namorado ( B )

Devido a isso, temos um AABB, pois a última palavra de cada verso combina com aquela que vem logo em seguida. Portanto, é só utilizar essas letras para demonstrar a posição das rimas.

Chegamos quase ao final dessa matéria sobre o que é verso, mas não poderíamos encerrar sem antes ter o prazer de ler alguns. É só seguir para o próximo tópico.

Veja exemplos de poemas famosos da  Literatura Brasileira.

Depois de aprender tudo sobre o que é verso, é hora de relaxar lendo trechos incríveis da literatura brasileira. Boa leitura e até mais!

1- Estrofe selecionada do poema “No Meio do Caminho”, Drummond!

No meio do caminho tinha uma pedra

tinha uma pedra no meio do caminho

tinha uma pedra

no meio do caminho tinha uma pedra.

2- Estrofe selecionada do poema “Poema Sujo”, Ferreira Gullar.

Que importa um nome a esta hora do anoitecer em São Luís

do Maranhão à mesa do jantar sob uma luz de febre entre irmãos

e pais dentro de um enigma?

mas que importa um nome

debaixo deste teto de telhas encardidas vigas à mostra entre

cadeiras e mesa entre uma cristaleira e um armário diante de

garfos e facas e pratos de louças que se quebraram já

3- Estrofe selecionada do poema “Saber Viver”, Cora Coralina.

Não sei…

se a vida é curta

ou longa demais para nós.

Mas sei que nada do que vivemos

tem sentido,

se não tocarmos o coração das pessoas.

4- Estrofe selecionada do poema “Incenso Fosse Música”, Paulo Leminski.

isso de querer

ser exatamente aquilo

que a gente é

ainda vai

nos levar além

Gostou do nosso artigo sobre o que é verso? Lembre-se que o Beduka tem diversos artigos exclusivos para você, inclusive sobre cada outra pequena parte que compõe um poema.

Você já tem certeza da profissão que quer seguir pelo resto da vida? É muito tempo, né? O  Raio X do Beduka pode te ajudar a escolher o caminho certo, sem perder tempo! É mais que um teste vocacional, através dele você vai poder se conhecer e se planejar melhor. Isso fará toda a diferença!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador