Português

Metalinguagem: como identificar a Função Metalinguística e suas características!

Descubra o que é Metalinguagem e como identificá-la!Descubra o que é Metalinguagem e como identificá-la!

Cada função de linguagem trabalha um elemento da comunicação e a função metalinguística foca no código (a língua, o texto). Por isso, podemos identificá-la pela presença da metalinguagem, ou seja, quando um tipo de texto estiver explicando sobre ele mesmo. Há 3 formas de fazer isso.

Neste texto sobre Metalinguagem, você encontrará os tópicos abaixo. Clique em um deles para ir diretamente ao conteúdo!

  1. O que é Metalinguagem?
  2. Exemplos na pintura, música, desenho, escrita, gramática, propaganda e cinema.
  3. O que são Funções de Linguagem?.
  4. A função metalinguística.
  5. Como identificá-la.
  6. Usos e tipos da função metalinguística: incorporada, ordenada, aninhada.

O que é Metalinguagem?

A Metalinguagem, ou função metalinguística, é um recurso literário. Isso significa que é um fenômeno que acontece no mundo da comunicação. 

A origem da palavra metalinguagem vem do grego: o prefixo “meta” significa “no meio de”, “entre”, “com”. A partir disso, deduzimos que estamos falando da linguagem “com” a linguagem. 

Se lembrarmos que a linguagem se expressa através de um código (língua, ilustração, etc), podemos dizer que a metalinguagem usa o próprio código para explicar ele mesmo. Sendo assim, o código é o tema da mensagem.

Por isso, concluímos que esse fenômeno é marcado pelo uso da linguagem falando dela mesma. É como se ela se olhasse em um espelho, voltando-se para si mesma! 

Esse recurso pode ser usado em qualquer tipo de texto, seja verbal ou não. Portanto, você pode encontrá-la em livros, poemas, músicas, filmes, pinturas, fotografias, etc.

Exemplos de Metalinguagem

Achou confuso? Vamos ver alguns exemplos divertidos para entender:

Metalinguagem na pintura

exemplo de metalinguagem na pintura

Alguns artistas fazem quadros que retratam pintores pintando. Esse é um exemplo perfeito, pois a linguagem da pintura está sendo usada para mostrar como uma pintura é feita.

Música com metalinguagem

A música “Samba da Benção” de Vinícius de Moraes é um clássico dos sambas brasileiros. Ele é considerado um dos maiores poetas e músicos do nosso país. É claro que ele não deixaria de colocar um trechinho de função metalinguística em sua letra!

Observe essa estrofe:

“Mas pra fazer um samba com beleza

É preciso um bocado de tristeza

É preciso um bocado de tristeza

Senão, não se faz um samba não”

Note que esta parte do samba explica como se deve fazer um bom samba. É um exemplo da linguagem musical sendo usada para explicar a música!

Desenho metalinguístico

exemplo de metalinguagem no desenho

Observe o desenho acima. Ele retrata mãos desenhando a si mesmas. Esse é um exemplo da metalinguagem em um texto não verbal.

Metalinguagem na escrita literária

Desencanto

Eu faço versos como quem chora

De desalento…de desencanto

Fecha o meu livro, se por agora

Não tens motivo nenhum de pranto.

Meu verso é sangue. Volúpia ardente…

Tristeza esparsa…remorso vão…

Dói-me nas veias. Amargo e quente,

Cai, gota a gota, do coração.

E nestes versos de angústia rouca,

Assim dos lábios a vida corre,

Deixando um acre sabor na boca.

Eu faço versos como quem morre.

No poema “Desencanto” de Manuel Bandeira, ele utiliza a metalinguagem porque o conteúdo do poema faz referência à construção da poesia e de seus versos.

exemplo de metalinguagem nos quadrinhos

Outro exemplo é a tirinha acima, na qual a personagem masculina usa balões de fala para falar sobre os balões da personagem feminina.

Metalinguagem nas Gramáticas e Dicionários

Você já parou pra pensar que na sala de aula você está sempre usando da metalinguagem? 

Quando você pede ao professor que explique algo sobre a língua portuguesa ou quando você consulta um dicionário, está usando a linguagem para explicar a linguagem.

Incrível, não? A metalinguagem está presente no nosso dia a dia, mais do que imaginamos!

Veja esse verbete de dicionário:

“di.ci.o.ná.rio

sm (lat dictione) Coleção de vocábulos de uma língua, de uma ciência ou arte, dispostos em ordem alfabética, com o seu significado ou equivalente na mesma ou em outra língua. Sin: léxico, vocabulário, glossário. D. vivo: indivíduo muito erudito ou de grande memória.”

(Definição retirada do Dicionário Michaelis)

Propaganda metalinguística

exemplo de metalinguagem na publicidade

No anúncio acima, temos uma publicidade que fala sobre propagandas e, portanto, utiliza a função metalinguística.

Função metalinguística no Cinema

O clássico do cinema Cinema Paradiso (1988) é um exemplo de metalinguagem cinematográfica. 

Nessa obra, o discurso e a linguagem usada no meio das estrelas é explicado e apresentado ao público por meio da história de um menino que almeja ser cineasta.

Não tem jeito mais gostoso de aprender essa matéria do que vendo esse filme!

O que são Funções de Linguagem?

Agora que você já entendeu o recurso literário, podemos dar um passo adiante: descobrir qual função de linguagem ele pertence. Antes disso, vamos relembrar os conceitos.

Função de linguagem é uma matéria em que nós estudamos a intenção e a construção da comunicação. O linguista Roman Jakobson elaborou um modelo que diz que a comunicação precisa de  seis elementos para acontecer bem: 

  • Emissor (quem fala/escreve).
  • Receptor (quem escuta/lê).
  • Mensagem (o que é dito).
  • Referente (do quê se fala).
  • Código (o modo que é dito).
  • Canal (por onde a mensagem passa para chegar). 

Os diferentes tipos de textos e as nossas intenções quando falamos, foca em algum desses elementos para atingirmos nosso objetivo.

Por isso, um determinado texto pode ter uma função que prevaleça ou a mistura delas.

Veja uma breve descrição e exemplos das funções, que se baseiam nos elementos:

  • Função Referencial: o foco é o contexto da comunicação, o referente que se descreve. Costuma predominar nos textos objetivos e informativos, como um artigo científico.
  • Função Emotiva: o foco está no emissor, então é usada uma linguagem mais subjetiva e carregada dos sentimentos de quem produziu esse texto. No diário, esta função está presente.
  • Função Poética: o foco está na mensagem que será transmitida, essa função é característica dos textos literários, como uma fábula.
  • Função Fática: seu foco está no canal de comunicação, como quando atendemos ao telefone e dizemos “alô”. Essa é uma fala que é marcada e usada somente ao se falar em um telefone (canal).
  • Função Conativa: também chamada de apelativa, tem o foco receptor. Desse modo, ela é muito usada para convencer o receptor, como nas publicidades.

Sim! Nós sabemos que está faltando a função que se baseia no código, e é sobre ela que vamos falar agora.

Função Metalinguística

A Função Metalinguística é aquela função da linguagem que foca no código. O código é o conjunto de símbolos e significados que usamos para estruturar a mensagem. A língua portuguesa é um código, a partitura é um código e imagem também.

Portanto, a Função Metalinguística é justamente aquela na qual ocorre a metalinguagem. O código é o modo que estruturamos uma informação e quando essa informação tem o código como referencial, temos a língua falando dela mesma.

Como identificar a função metalinguística?

Para identificar a função metalinguística precisamos prestar atenção em duas características que devem estar presentes:

  • Quando a mensagem tem a finalidade de explicar (função).
  • Quando a coisa a ser explicada é a própria linguagem (código).

Concluímos que a marca da função metalinguística é a autoexplicação.

Usos da função metalinguística (tipos de metalinguagem)

A função metalinguística pode ser usada de diferentes formas, porque ela é um estilo de escrita, um recurso literário. Os diferentes tipos de metalinguagem são  “incorporadas”, “ordenadas” e “aninhadas”.

Metalinguagem incorporada

Esse tipo está presente quando a linguagem já está integrada na própria linguagem. A explicação está presente dentro daquela linguagem.

Exemplo: ao falar que a roda é redonda, temos uma metalinguagem incorporada, pois o adjetivo “redonda” já exemplifica que a roda é, de fato, redonda.

Metalinguagem ordenada

Podemos identificá-la quando uma metalinguagem é criada para falar sobre um objeto. Em seguida, cria-se outro efeito de metalinguagem para falar sobre a primeira e assim por diante.

Exemplo: vire de costas para um espelho e olhe-se no celular como se fosse tirar uma selfie. Tente pegar um ângulo em que no seu visor, você veja seu reflexo fazendo isso. 

Como o espelho e câmera do celular são reflexos um do outros, você terá infinitas funções metalinguísticas! 

Metalinguagem aninhada

Também conhecida como “hierárquica”, esse tipo de função metalinguística não é cumulativo como no exemplo anterior. Nela, há diversos níveis “acima” e “abaixo”.

Exemplo: a classificação biológica dos seres vivos, conhecida como taxonomia, é um conjunto de classificações com várias classificações de menor ou maior grau. É por isso que o nível de gênero descreve a espécie, o nível de ordem descreve gênero e assim por diante!

Gostou do nosso artigo sobre Metalinguagem? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador