Profissões

O que faz um profissional de letras? Conheça áreas de atuação, salário, mercado de trabalho e muito mais

O que faz um profissional de LetrasO que faz um profissional de Letras

A maioria das pessoas pensa em um professor de português quando se fala na faculdade de letras, mas não é bem assim! Esse profissional pode atuar em áreas bastantes diversificadas e não necessariamente em relação à língua portuguesa. Aqui, vamos te contar o que faz um profissional de letras: os tipos de graduação, os campos de atuação, o salário e muito mais.

Preparamos este artigo incrível para você que deseja saber o que faz um profissional de letras. Tem bastante conteúdo pela frente, então, clique em um dos tópicos para ir diretamente ao que deseja:

  1. O que é letras?
  2. O que faz um profissional de letras?
  3. Quais os campos de atuação do profissional de letras?
  4. Como é o mercado de trabalho para o profissional de letras?
  5. Qual o salário médio do profissional de letras?
  6. Como se tornar um profissional de letras?
  7. Qual a grade curricular do profissional de letras?
  8. O Beduka pode te conectar à faculdade! (Descontos de até 70%)

Você já tem certeza do que deseja fazer pelo resto da sua vida? Se a resposta for não, temos algo que pode te ajudar muito: o Raio X do Beduka. Ele é mais que um teste vocacional, pois seu método te permite  conhecer suas habilidades naturais também!

O que é Letras?

Letras é uma graduação que habilita o estudante a atuar em áreas relacionadas à língua portuguesa, caso essa seja a habilitação.

No geral, quando pensamos no curso de letras, o que vem a nossa mente é somente o idioma português mesmo. Normal, apesar de não ser bem assim.

É possível cursar letras com habilitação em outros idiomas, como espanhol, francês e japonês. Mas tirando o português, a campeã de procura e de conclusão de curso é a língua inglesa.

Quem é formado em letras, deve ser chamado de letrólogo ou linguista. Trata-se do profissional que dedica a sua vida ao estudo de algum idioma e as manifestações literárias e artísticas relacionados a ele.

O que faz um profissional de letras?

O senso comum (aquilo que todo mundo diz) nos traz logo à mente a figura do professor de português quando pensamos em um profissional formado em letras. E errado não está.

Ministrar aulas de língua portuguesa ou inglesa (dependendo da habilitação), literatura e redação é a forma clássica de atuar no mercado de trabalho e talvez uma das mais difíceis e necessárias. 

Mas essa é só uma das dezenas de funções que uma pessoa formada em letras poderá desenvolver. 

Esses profissionais também podem fazer revisões, traduções e produzir textos. No próximo tópico desse artigo sobre o que faz um profissional de letras, trataremos detalhadamente sobre isso.

Quais as áreas de atuação do profissional de letras?

Neste artigo sobre o que faz um profissional de letras, você já pôde perceber que nada é tão simples quanto parece. Sendo assim, há muitas funções que nem imaginamos que esse profissional possa exercer. 

Veja quais são:

1. Como redator

O curso de letras dá ao futuro profissional uma excelente bagagem de produção textual ligada aos mais variados assuntos. Somado a isso, o estudante passa 4 anos da sua vida em contato com estruturas sintáticas, semânticas, morfológicas , lexicais e pragmáticas.

Ele não só pratica a escrita como estuda sobre ela. Por isso é contratado para produzir textos para os  mais variados setores: como blogs, revistas e jornais.

2. Como revisor

Como revisor, o profissional de letras deverá analisar textos e pontuar erros gramaticais e ortográficos. E, dependendo da autonomia de mudança dada a ele, reescrever estruturas textuais.

Deve conhecer bem os diversos tipos de revisões existentes no mercado de trabalho.  Nas literárias, por exemplo, muito realizadas por aqueles que trabalham em editoras, o revisor deverá se ater apenas a erros de ortografia e gramática normativa. 

Pois, nelas, o mais importante é a história. Além disso, deve reconhecer as quebras da norma relacionadas à liberdade poética. 

Em textos acadêmicos, essas mudanças já devem ser mais rigorosas e, se preciso for, os textos serão modificados. Ou seja, o revisor deve reconhecer o contexto da revisão para que seu trabalho se adeque a ele. 

Jornais de pequena, média e grande circulação, veículos televisivos de comunicação, sites, blogs, revistas, agências de publicidade e até departamentos e escritórios jurídicos são alguns dos âmbitos que precisam e ofertam vagas de revisor para o profissional formado em letras. 

3. Como tradutor

Assim como conversamos no primeiro tópico deste artigo sobre o que faz um profissional de letras, o curso de letras não necessariamente será relacionado a língua portuguesa.

Há habilitação em outros idiomas, sendo que o mais comum é o inglês. Sendo assim, esse profissional poderá atuar como tradutor de diversos tipos de livros e criando legendas para filmes, jogos e séries. 

4. Como educador

É claro que sempre terá aqueles que fazem uma graduação em letras para dar aula.

Nesse caso, o profissional de letras irá ministrar aulas de acordo com sua habilitação. Se for em língua portuguesa, poderá ser professor de português, literatura e redação. Se for em português-inglês, será possível dar aula de inglês também. 

Caso a habilitação seja apenas em língua inglesa, só será possível ser professor desse idioma. E, assim, consecutivamente.

5. Como intérprete

No primeiro tópico desse artigo sobre o que faz um profissional de letras, você viu que é possível fazer letras com habilitação em outros idiomas. Isso permite ao profissional trabalhar como intérprete para empresas e setores públicos ligados ao turismo.

Para isso, é obrigatório além do diploma possuir fluência no idioma. Afinal, esse profissional fará traduções simultâneas entre as pessoas.

6. Como empreendedor

Com o conhecimento adquirido na faculdade, o profissional de letras estará pronto para abrir um empreendimento de serviço. Ou seja, oferecendo aquilo que sabe fazer a quem precisa de algum tipo de auxílio.

Pode ser uma escola de idiomas, um curso preparatório, uma agência de monitoria de revisão e acompanhamento de trabalhos acadêmicos etc. Também pode ser algo menor, mais individual, como aulas particulares. 

Em todo caso, se for algo que precise de CNPJ, não hesite em fazer essa regularização e estudar um pouco sobre assuntos como contabilidade, administração e marketing.

Como é o mercado de trabalho para o profissional de letras?

É bastante diversificado, ou seja, é possível conseguir uma vaga em ambientes muito diferentes entre si. 

No tópico anterior desse artigo sobre o que faz um profissional de letras, você viu a infinidade de funções que podem ser exercidas. Agora, você vai conhecer os lugares em que se praticam essas atividades.

Veja, abaixo, uma lista de lugares em que esse profissional pode trabalhar:

  • Escolas públicas e particulares dos níveis fundamental e médio;
  • Escolas de idiomas;
  • Editoras;
  • Cursinhos preparatórios para vestibular e concursos;
  • Jornais, revistas e empresas digitais (sites e blogs);
  • Agências publicitárias;
  • Emissoras de TV e rádio;
  • Departamentos de comunicação tanto do setor público quanto do privado. 

Qual o salário médio do profissional de letras?

Certo, você já sabe o que faz um profissional de letras, mas quanto ele ganha para fazer? O salário de um profissional de letras costuma variar de acordo com o lugar no qual ele mora e trabalha. Em média, o letrólogo recebe entre  R $1.145,88 a R $4.727,88.

Tempo de experiência e titulação (mestrado, doutorado etc) também podem fazer diferença no valor salarial. O importante é você interagir com as exigências do mercado de trabalho e não ficar parado.

Como se tornar um profissional de letras?

Para ser um profissional de letras é preciso fazer uma graduação. Ela tem duração de 4 anos, estágio obrigatório e pode ou não exigir trabalho de conclusão de curso (TCC).

Também é possível optar pelo bacharelado ou pela licenciatura. A diferença é basicamente uma: somente os licenciados poderão dar aula.

Por esse motivo, a maioria dos estudantes escolhem fazer uma licenciatura.

A diferença entre a matriz curricular dos cursos de bacharelado e de licenciatura é que o segundo tem incluídas em sua grade curricular matérias relacionadas à didática, história da educação entre outras necessárias à formação docente. 

Qual a grade curricular do curso de letras?

Agora que você já sabe o que faz um profissional de letras, é importante entender um pouco da grade curricular que fará parte da vida daqueles que querem se tornar um.  

Essa grade costuma variar um pouco de instituição para instituição, mas como todas as faculdades são regidas pelas diretrizes do MEC, as semelhanças são mais significativas que as diferenças. 

Também há um outro ponto que merece atenção: é possível cursar letras com habilitação em outros idiomas, não necessariamente em língua portuguesa.

Língua inglesa, língua francesa e espanhol são algumas possibilidades. Em algumas universidades federais, como na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), tem até japonês. 

Nesse caso, as mudanças relacionadas a grade curricular costumam ser em relação a  literatura, morfologia, fonética, sintaxe e semântica. 

Funciona mais ou menos assim: 

O curso de Letras-Língua Portuguesa  vai ofertar as matérias de literatura brasileira e portuguesa, fonética da língua portuguesa e morfossintaxe da língua portuguesa.

Já Letras-Língua Inglesa vai possuir em sua grade curricular as seguintes disciplinas: literatura inglesa e norte-americana, fonética da língua inglesa e morfossintaxe da língua inglesa.

Também é possível cursar uma graduação em letras com habilitação em português e inglês. 

As matérias comuns a todas as habilitações são: linguística, história da educação e psicologia da educação. 

Abaixo, veja o aspecto geral dos componentes da grade curricular de letras:

  • Linguística Geral
  • Morfossintaxe
  • Antropologia Teológica e Direitos Humanos 
  • Introdução aos Estudos de Literatura
  • Psicologia da Educação 
  • Produção Discursiva: Oralidade e Escrita no Ensino Superior
  • Estudos de Literatura – Drama
  • Sociologia e Filosofia para o Ensino Básico 
  • Psicolinguística
  • Fonética e Fonologia
  • Políticas Educativas para o Ensino Básico
  • Didática
  • Literatura Infantojuvenil
  • Estudos do Texto – Linguística Textual 
  • Estudos de Literatura – Narrativa
  • Semântica e Pragmática 
  • Prática Pedagógica e Metodologia do Ensino de Língua e Literatura
  • Estudos de Literatura – Poesia
  • Teorias Críticas da Literatura
  • Educação Inclusiva 
  • LIBRAS – Língua Brasileira de Sinais
  • Prática de Ensino de Língua Portuguesa – EF 
  • Sociedade, Cultura e Cidadania
  • Prática de Ensino de Língua Portuguesa – EM 
  • Prática de Ensino de Literatura no EM

Onde estudar letras? O Beduka pode te conectar a faculdade

Mesmo descobrindo o que faz um profissional de letras, você não conseguiu desvendar por onde começar?

Nós entendemos. Entrar em uma faculdade tem uma série de poréns. É por isso que o Beduka criou uma oportunidade imperdível para você!

Sem Enem, sem vestibulares e com um custo super acessível!

Estou falando do Beduka Bolsas! Nesse site, você tem chance de ganhar bolsas de até 70% para vários cursos, cidades e modalidades.

Basta escolher a bolsa para o curso dos seus sonhos e gerar a sua Carta Matrícula. Pronto! Já pode estudar. 

Você pode fazer isso em qualquer época do ano. Estudar nunca foi tão fácil! 

Que bom que chegamos até aqui, espero que nosso artigo sobre o que faz um profissional de letras tenha te ajudado.

Se você quiser algum tema que a gente ainda não tenha escrito, é só mandar um direct no Instagram que vamos providenciar o mais rápido possível!

No mais, ainda queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador