EnemExercíciosPortuguês

Exercícios sobre Aliteração COM GABARITO

Exercícios_sobre_AliteraçãoExercícios sobre Aliteração

Aliteração é uma figura de linguagem do tipo sonora que encadeia várias palavras com semelhantes sons consonantais (produzidos por letras consoantes). Como toda figura de linguagem ela tem o papel de dar mais expressividade ao texto. Leia o artigo e faça os exercícios sobre Aliteração e o Simulado Beduka

O que é Aliteração?

Vamos entender o que é essa figura de linguagem para quando você fizer os exercícios sobre aliteração. 

A primeira coisa que precisamos citar é que aliteração é uma figura de linguagem. Por tanto, ela tem a função de tornar o texto mais expressivo e a mensagem dele mais interessante para o leitor ou ouvinte. Os quatro tipos de figura de linguagem são:

No caso da aliteração, estamos falando de uma figura sonora, ou seja, ela usa os sons das letras e palavras para passar a mensagem que o orador deseja. 

A aliteração consiste em justamente construir uma repetição de sons iguais ou parecidos. Não apenas isso, esses sons, obrigatoriamente, precisam vir de consoantes. Esse recurso é muito usado em textos poéticos para dar mais ritmo ao que está escrito, dessa forma, elucidando a mensagem. Faz com se tornem mais expressivos. 

Nota: Os sons consonantais normalmente se encontram no início das palavras, mas podem estar no meio ou final sem problemas. 

Aliteração ou Assonância?

Consoantes (aliteração) x Vogais (Assonância))
Consoantes (Aliteração) x Vogais (Assonância))

Essas duas figuras de linguagem são comumente confundidas por serem muito parecidas, mas existe uma diferença crucial entre elas. Continue acompanhando para não errar na hora dos exercícios sobre aliteração. 

A aliteração, como já foi dito, é uma figura de linguagem sonora que se trata de unir e escalar sons consonantais. Dando assim, mais expressividade e ritmo ao texto. 

A assonância é exatamente a mesma coisa, porém, em vez dela escalonar os sons das consoantes ela faz isso com os sons das vogais. 

Veja a diferença: 

Aliteração: 

“Quem com ferro fere, com ferro será ferido”

Aqui nós temos uma repetição do som “fe” que dá um ritmo natural ao texto, mesmo que não seja uma música. Como “f” é uma consoante, logo temos presente uma aliteração

Assonância: 

“Sou Ana, da cama. Da cana, fulana, bacana. Sou Ana de Amsterdam” 

(Chico Buarque e Ruy Guerra, 1977)

Nesse poema de Chico Buarque percebemos a repetição do som “a” que atribui um ritmo natural ao texto. Tente lê-lo em voz alta sem parar, vai perceber que você mesmo está cantarolando ao invés de simplesmente falar as palavras naturalmente. 

E por “a” ser uma vogal, temos aqui presente uma assonância

Exemplos de Aliteração 

Vejamos mais alguns exemplos para você fazer os exercícios sobre aliteração.

  • “O sabiá não sabia que o sábio sabia que o sabiá não sabia assobiar.” – repetição da consoante “s”.
  • “Voou o vento, é a voz do vulcão vivo” – repetição da consoante “v”.
  • “O rato roeu a roupa do rei de Roma.” – repetição da consoante “r”.

Exercícios sobre Aliteração 

Agora você pode fazer os exercícios sobre aliteração sem medo. Faça também o Simulado Beduka e baixe nosso Plano de Estudos. 

1. (UFPA)

Tecendo a manhã

Um galo sozinho não tece uma manhã:

ele precisará sempre de outros galos.

De um que apanhe o grito que um galo antes

e o lance a outro; e de outros galos

que com muitos outros galos se cruzem

os fios de sol de seus gritos de galo,

para que a manhã, desde uma teia tênue,

se vá tecendo, entre todos os galos.

E se encorpando em tela, entre todos,

se erguendo tenda, onde entrem todos,

se entretendendo para todos, no toldo

(a manhã) que plana livre de armação.

A manhã, toldo de um tecido tão aéreo

que, tecido, se eleva por si: luz balão.

(MELO, João Cabral de. In: Poesias Completas. Rio de Janeiro, José Olympio, 1979)

Nos versos

“E se encorpando em tela, entre todos,

se erguendo tenda, onde entrem todos,

se entretendendo para todos, no toldo…”

tem-se exemplo de

a) eufemismo

b) antítese

c) aliteração

d) silepse

e) sinestesia

2. (USF-SP) Leia estes versos:

“As ondas amarguradas

Encostam a cabeça nas pedras do cais.

Até as ondas possuem

Uma pedra para descansar a cabeça.

Eu na verdade possuo

Todas as pedras que há no mundo,

Mas não descanso”.

(Murilo Mendes)

A figura de linguagem que ocorre nos versos 5 e 6 é:

a) metáfora

b) sinédoque

c) hipérbole

d) aliteração

e) anáfora

3. (FAU-Santos) Nos versos:

“Bomba atômica que aterra

Pomba atônita da paz

Pomba tonta, bomba atômica…”

A repetição de determinados elemento fônicos é um recurso estilístico denominado:

a) hiperbibasmo

b) sinédoque

c) metonímia

d) aliteração

e) metáfora

4. (ITA) Em qual das opções há erro de identificação das figuras?

a) “Um dia hei de ir embora / Adormecer no derradeiro sono.” (eufemismo)

b) “A neblina, roçando o chão, cicia, em prece. (prosopopeia)

c) Já não são tão frequentes os passeios noturnos na violenta Rio de Janeiro. (silepse de número)

d) “E fria, fluente, frouxa claridade / Flutua…” (aliteração)

e) “Oh sonora audição colorida do aroma.” (sinestesia).

5. (PUC – SP) Nos trechos: “O pavão é um arco-íris de plumas” e “…de tudo que ele suscita e esplende e estremece e delira…” enquanto procedimento estilístico, temos, respectivamente:

a) metáfora e polissíndeto;

b) comparação e repetição;

c) metonímia e aliteração;

d) hipérbole e metáfora;

e) anáfora e metáfora.

6. (FEBA – SP) Assinale a alternativa em que ocorre aliteração:

a) “Água de fonte ………. água de oceano …………. água de pranto. (Manuel Bandeira)

b) “A gente almoça e se coça e se roça e só se vicia.” (Chico Buarque)

c) “Ouço o tique-taque do relógio: apresso-me então.” (Clarice Lispector)

d) “Minha vida é uma colcha de retalhos, todos da mesma cor.” (Mário Quintana)

e) N.d.a.

Respostas dos Exercícios sobre Aliteração  

Exercício resolvido da questão 1 –

c) aliteração

Exercício resolvido da questão 2 –

c) hipérbole

Exercício resolvido da questão 3 –

d) aliteração

Exercício resolvido da questão 4 –

c) Já não são tão frequentes os passeios noturnos na violenta Rio de Janeiro. (silepse de número)

Exercício resolvido da questão 5 –

a) metáfora e polissíndeto;

Exercício resolvido da questão 6 –

b) “A gente almoça e se coça e se roça e só se vicia.” (Chico Buarque)

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos Exercícios sobre Aliteração? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador