ExercíciosHistória

As 17 Melhores Questões sobre as Revoltas Regenciais com Gabarito

Questões sobre Revoltas RegenciaisAs 17 Melhores Questões sobre as Revoltas Regenciais com Gabarito

O Período Regencial (1831 – 1840) recebe esse nome por ser o momento onde o Imperador Dom Pedro II, impossibilitado de assumir o trono por conta da baixa idade, foi substituído por regentes conforme mandava a Constituição de 1824. Esse  período foi marcado por uma grande instabilidade política que gerou as diversas revoltas regenciais, tema deste artigo. Leia nosso resumo e  faça as questões sobre as Revoltas Regenciais.

Quando você terminar as Questões sobre Revoltas Regenciais, coloque em prática todo seu conhecimento com O Melhor Simulado Enem do Brasil. 

Não é uma novidade na História as revoltas populares. Entre 73 e 71 a.C, Espártaco organizou uma grande revolta de escravos na Grécia.

Em 1789 a bastilha foi derrubada dando início à Revolução Francesa. A partir de 2010, o Oriente Médio foi tomado por revoltas populares conhecidas como “Primavera Árabe”.

O fato que importa aqui é saber que o ser humano sempre viveu momentos instáveis e de grande conflito. Porém, alguns momentos são muito mais propícios a isso do que outros. 

No Brasil, um desses grandes momentos foi o Período Regencial, palco das revoltas regenciais.

O que foram as Revoltas Regenciais? (Contexto histórico)

Após a Independência do Brasil em 1822, Dom Pedro I assumiu o trono como primeiro imperador do Brasil. Porém, em 1831 a situação em Portugal e no Brasil não estavam favoráveis. 

Ele precisava ir a Portugal resolver uma questão de sucessão do trono com seu irmão e, no Brasil, a sua imagem estava sendo fortemente atacada por políticos insatisfeitos com suas decisões de governo.

Assim sendo, em 1831 Dom Pedro I abdicou do trono em favor do seu filho que tinha apenas 5 anos e 4 meses e assumiu o trono português como Dom Pedro IV de Portugal.

Dom Pedro II na infância
Dom Pedro II na infância

Segundo a Constituição de 1824, o menino só poderia assumir o trono com 18 anos. Assim sendo, o parlamento teve que eleger regentes para governar o Brasil, dando início ao Período Regencial.

Durante esse período, a ausência de uma autoridade central que fosse capaz de promover a unidade nacional gerou um ambiente propício para revoltas.

Alguns estados brasileiros tinham uma proximidade política maior com Lisboa do que com a própria capital, o Rio de Janeiro.

Assim sendo, as reivindicações locais, somadas à essa ausência de unidade nacional, geraram diversas revoltas diferentes entre si

Quais foram as principais Revoltas Regenciais?

As principais revoltas do Período Regencial aconteceram no Norte, Nordeste e no Sul. Elas são 5:

  • Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha – ocorreu na Província de São Pedro do Rio Grande do Sul entre 1835 e 1845
  • Revolta dos Malês – ocorreu na Província da Bahia em 1835
  • Sabinada – ocorreu na Província da Bahia entre 1837 e 1838
  • Balaiada – ocorreu na Província do Maranhão entre 1838 e 1841
  • Cabanagem – ocorreu na Província do Grão-Pará entre 1835 e 1840

Quer conhecer detalhadamente cada uma delas? Leia nosso Artigo Completo sobre As 5 Revoltas Regenciais.

Questões sobre as Revoltas Regenciais com Gabarito

Esperamos que, com esse resumo, tudo tenha ficado mais claro para você. 

Parabéns por ter lido até aqui!

Baixe gratuitamente o Plano de Estudos do Beduka e tenha uma preparação perfeita para o ENEM.

Questão 1 – (UEL-PR) “[…] explodiu na província do Grão-Pará o movimento armado mais popular do Brasil […]. Foi uma das rebeliões brasileiras em que as camadas inferiores ocuparam o poder.”

Ao texto podem-se associar:

a)  A Regência e a Cabanagem.

b)  O Primeiro Reinado e a Praieira.

c)  O Segundo Reinado e a Farroupilha.

d) O Período Joanino e a Sabinada.

e)  A abdicação e a Noite das Garrafadas.

Questão 2 – (UFRGS 2015) No bloco superior abaixo, são citadas cinco rebeliões ocorridas no Brasil durante o período regencial; no inferior, as razões de ocorrências dessas rebeliões.

Associe adequadamente o bloco inferior ao superior.

1 – Abrilada

2 – Cabanagem

3 – Levante Malê

4 – Sabinada

5 – Balaiada

( ) Movimento popular ocorrido na Bahia em 1835, com o objetivo de tomar o poder em Salvador e de estendê-lo para a região do Recôncavo.

( ) Movimento popular ocorrido no Pará que levou ao desligamento do Império e à proclamação da República.

( ) Movimento surgido da disputa entre conservadores e liberais no Maranhão, com a participação também de índios, negros e mestiços.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:

a)1 – 3 – 5.

b) 2 – 4 – 3.

c) 3 – 4 – 1.

d) 5 – 3 – 4.

e) 3 – 2 – 5.

Questão 3 – (Unespar 2016)

Sobre as revoltas provinciais deflagradas no período regencial, considere as seguintes alternativas:

I. A Cabanagem – PA (1835-1840) foi um movimento popular com a participação de índios, caboclos e negros que se opôs à Regência e ocupou, por alguns meses, o governo da província.

II. A Revolução Farroupilha – RS/SC (1835-1845) foi uma revolta motivada, sobretudo, pela política tributária do governo regencial, que, por sua vez, conseguiu conter o movimento, punir os líderes e impor as tarifas que causaram o início do movimento.

III. A Sabinada – BA (1837-1838) pregava a República federativa, estabelecendo em 1837 o novo regime na BA, o qual se manteria até a maioridade do futuro imperador. Após reação dos senhores de engenho do Recôncavo e do governo central (com a Armada) a capital da BA foi retomada.

IV. As revoltas Cabanagem, Revolução Farroupilha e Sabinada tinham em comum demandas regionais não atendidas pelo governo central. Em nenhum caso, seus líderes pretendiam ampliar as conquistas para o âmbito nacional.

a) I, II e III estão corretas;

b) II e IV estão corretas;

c) I, III e IV estão corretas;

d) Todas estão corretas;

e) II, III e IV estão corretas.

Questão 4 – (Fgv) Associe os fatos político-militares do Primeiro Reinado e da Regência brasileira a seguir, com suas localizações:

(Coluna A) – Balaiada (1) Cabanagem (2) Ato Adicional (3) Sabinada (4) Confederação do Equador (5)(Coluna B) – Pará (I) Bahia (II) Maranhão (III) Pernambuco (IV) Rio de Janeiro (V)

Escolha a alternativa que tem a associação correta:

a) 1 – III; 2 – I; 3 – V; 4 – II; 5 – IV.

b) 1 – II; 2 – V; 3 – II; 4 – I; 5 – V.

c) 1 – III; 2 – II; 3 – V; 4 – IV; 5 – I.

d) 1 – IV; 2 – I; 3 – V; 4 – III; 5 – II.

e) 1 – V; 2 – III; 3 – IV; 4 – II; 5 – I.

Questão 5 – (Fuvest) “Sabinada” na Bahia, “Balaiada” no Maranhão e “Farroupilha” no Rio Grande do Sul foram algumas das lutas que ocorreram no Brasil em um período caracterizado

a) por um regime centralizado na figura do imperador, impedindo a constituição de partidos políticos e transformações sociais na estrutura agrária.

b) pelo estabelecimento de um sistema monárquico descentralizado, o qual delegou às Províncias o encaminhamento da “questão servil”.

c) por mudanças na organização partidária, o que facilitava o federalismo, e por transformações na estrutura fundiária de base escravista.

d) por uma fase de transição política, decorrente da abdicação de Dom Pedro I, fortemente marcada por um surto de industrialização, estimulado pelo Estado.

e) pela redefinição do poder monárquico e pela formação dos partidos políticos, sem que se alterassem as estruturas sociais e econômicas estabelecidas.

Questão 6 – (Unesp) “Mais importante, o país é abalado por choques de extrema gravidade; não mais os motins… mas verdadeiros movimentos revolucionários, com intensa participação popular, põem em jogo a ordem interna e ameaçam a unidade nacional. Em nenhum outro momento há tantos episódios, em vários pontos do país, contando com a presença da massa no que ela tem de mais humilde, desfavorecido. Daí as notáveis conflagrações verificadas no Pará, no Maranhão, em Pernambuco, na Bahia, no Rio Grande do Sul.”    (Francisco Iglésias, “BRASIL, SOCIEDADE DEMOCRÁTICA”.)

Este texto refere-se ao período:

a) da Guerra da Independência.

b) da Revolução de 1930.

c) agitado da Regência.

d) das Revoltas Tenentistas.

e) da Proclamação da República.

Questão 7 – (Faap) Iniciado por holandeses e ingleses, o povoamento consolida-se com os portugueses. Em 1835, é palco do movimento popular da Cabanagem. A economia fica estagnada até o fim do século XIX. O crescimento é retomado com o ciclo da borracha e continua com a produção de madeira e castanha.  

a) Paraíba

b) Paraná

c) Mato Grosso do Sul

d) Pará

e) Minas Gerais

Questão 8 – (Faap) “Em 1627, jesuítas espanhóis criam missões na margem oriental do rio Uruguai, mas são expulsos pelos portugueses, que, em 1680, criam a colônia de Sacramento, às margens do rio da Prata. Em 1687, os jesuítas instalam novos povoados, os Sete Povos das Missões Orientais. A partir de 1824, a chegada de imigrantes alemães e italianos dá uma feição especial ao desenvolvimento da região. No século XIX, vive diversas rebeliões, como a Guerra dos Farrapos, que dura dez anos.”

a) Piauí

b) Pernambuco

c) Rio Grande do Sul

d) Rio de Janeiro

e) Rondônia

Questão 9 – (Faap) “A ocupação começa pelo interior, com a instalação de fazendas de gado vindo da Bahia, em busca de pastagens. Na independência, em 1822, os portugueses revoltam-se e passam a combater os brasileiros. Cerca de 4 mil homens participam da Batalha dos Jenipapos, vencida pelos portugueses. O movimento espalha-se pela região, mas os brasileiros terminam vitoriosos. Mais tarde, rebeliões como a Confederação do Equador e a Balaiada abalam a província.”

a) Rondônia

b) Rio de Janeiro

c) Rio Grande do Sul

d) Pernambuco

e) Piauí

  • Você está indo muito bem! Chegamos à metade dos Exercícios sobre as Revoltas Regenciais.

Questão 10 – (Uel) “… explodiu na província do Grão-Pará o movimento armado mais popular do Brasil (…). Foi uma das rebeliões brasileiras em que as camadas inferiores ocuparam o poder…”

Ao texto pode-se associar

a) a Regência e a Cabanagem.

b) o I Reinado e a Praieira.

c) o II Reinado e a Farroupilha.

d) o Período Joanino e a Sabinada.

e) a Abdicação e a Noite das Garrafadas.

Questão 11 – (Uece) “O período regencial foi um dos mais agitados da história política do país e também um dos mais importantes. Naqueles anos, esteve em jogo a unidade territorial do Brasil, e o centro do debate político foi dominado pelos temas da centralização ou descentralização do poder, do grau de autonomia das províncias e da organização das Forças Armadas.”

(FAUSTO, Boris. HISTÓRIA DO BRASIL. 2 ed. São Paulo: EDUSP, 1995. p. 161.)

Sobre as várias revoltas nas províncias durante o período da Regência, podemos afirmar corretamente que:

a) eram levantes republicanos em sua maioria, que conseguiam sempre empolgar a população pobre e os escravos.

b) a principal delas foi a Revolução Farroupilha, acontecida nas províncias do nordeste, que pretendia o retorno do Imperador D. Pedro I.

c) podem ser vistas como respostas à política centralizadora do Império, que restringia a autonomia financeira e administrativa das províncias.

d) em sua maioria, eram revoltas lideradas pelos grandes proprietários de terras e exigiam uma posição mais forte e centralizadora do governo imperial.

Questão 12 – (Fuvest) A Sabinada, que agitou a Bahia entre novembro de 1837 e março de 1838,

a) tinha objetivos separatistas, no que diferia frontalmente das outras rebeliões do período.

b) foi uma rebelião contra o poder instituído no Rio de Janeiro que contou com a participação popular.

c) assemelhou-se à Guerra dos Farrapos, tanto pela postura antiescravista quanto pela violência e duração da luta.

d) aproximou-se, em suas proposições políticas, das demais rebeliões do período pela defesa do regime monárquico.

e) pode ser vista como uma continuidade da Rebelião dos Alfaiates, pois os dois movimentos tinham os mesmos objetivos.

Questão 13 – (Faap) Movimento que pretendia proclamar a República Baiense, que deveria existir durante a menoridade de D. Pedro. Com a maioridade, seria abolida a República e a Bahia integrar-se-ia ao Império – 1837.

a) Farroupilha

b) Balaiada

c) Sabinada

d) Cabanagem

e) Revolta Praieira

Questão 14 – (Faap) Revolta de cunho popular: população pobre da região. Chegam a tomar Belém e assumem o governo 1835 -1836.

1º governo cabano: Félix Clemente Malcher

2º governo cabano: Francisco Vinagre

3º governo cabano: Eduardo Angelim

Movimento reprimido pelo general Soares Andréia.

a) Farroupilha

b) Balaiada

c) Sabinada

d) Revolta Praieira

e) Cabanagem

  • Ufa, estamos quase lá! Faça as 3 últimas Questões sobre as Revoltas Regenciais.

Questão 15 – (Unirio) A consolidação do Império foi marcada por várias rebeliões, que, representando grupos, regiões e interesses diversificados, ameaçaram o Estado Imperial. Assinale a opção que associa uma dessas rebeliões ocorridas durante o Império com o que foi afirmado acima:

a) A Cabanagem, no Grão-Pará, expressou a reação dos comerciantes locais contra o monopólio do comércio.

b) A Praieira, em Pernambuco, foi a mais importante manifestação do Partido Restaurador.

c) A Sabinada, na Bahia, teve origem na mais importante rebelião popular e de escravos do período. 

d) A Balaiada, no Maranhão, apesar da sua fidelidade monárquica, representou o ideal federal da oligarquia.

e) A Farroupilha, no Rio Grande, foi a mais longa rebelião republicana e federalista, expressando ideais dos proprietários gaúchos.

Questão 16 – (Pucrs) A Revolução Farroupilha (1835-1845) no Rio Grande do Sul, inscrita no quadro nacional de revoltas provinciais, apresenta um conjunto complexo de condicionamentos específicos. Do ponto de vista econômico, é correto apontar como um desses condicionamentos 

a) o incentivo do governo central à economia colonial alemã e italiana, em prejuízo da pecuária.

b) as restrições legais do governo central ao ingresso de escravos nas charqueadas gaúchas.

c) a proibição da livre exportação de trigo e gado sul-rio-grandenses para o Uruguai e a Argentina.

d) a falta de estímulo estatal à nascente indústria gaúcha, que competia desigualmente com o Rio de Janeiro e São Paulo.

e) a importação do charque platino, sem proteção para a produção similar gaúcha no mercado interno brasileiro.

Questão 17 – (Uff) Por ser o herdeiro de menor idade, a abdicação de D. Pedro I, em 1831, resultou na formação de governos regenciais que, até 1840, enfrentaram inúmeras dificuldades para manter a integridade territorial do Império. Entre as várias rebeliões irrompidas nas províncias, a ocorrida no Maranhão notabilizou-se pela diversidade social dos insurgentes, entre os quais não faltaram escravos a quilombolas. A revolta mencionada denomina-se:

a) Cabanagem

b) Balaiada

c) Farroupilha

d) Revolta dos Malês

e) Praieira

  • Parabéns, você fez todas as Questões sobre as Revoltas Regenciais, Confira agora o Gabarito:

Gabarito das Questões sobre as Revoltas Regenciais

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: a)  a Regência e a Cabanagem.

Exercício resolvido da questão 2 –

Alternativa correta: e) 3 – 2 – 5.

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: c) I, III e IV estão corretas;

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: a) 1 – III; 2 – I; 3 – V; 4 – II; 5 – IV.

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: e) pela redefinição do poder monárquico e pela formação dos partidos políticos, sem que se alterassem as estruturas sociais e econômicas estabelecidas.

Exercício resolvido da questão 6 –

Alternativa correta: c) agitado da Regência.

Exercício resolvido da questão 7 –

Alternativa correta: d) Pará

Exercício resolvido da questão 8 –

Alternativa correta: c) Rio Grande do Sul

Exercício resolvido da questão 9 –

Alternativa correta: e) Piauí

Exercício resolvido da questão 10 –

Alternativa correta: a) a Regência e a Cabanagem.

Exercício resolvido da questão 11 –

Alternativa correta: c) podem ser vistas como respostas à política centralizadora do Império, que restringia a autonomia financeira e administrativa das províncias.

Exercício resolvido da questão 12 –

Alternativa correta: b) foi uma rebelião contra o poder instituído no Rio de Janeiro que contou com a participação popular.

Exercício resolvido da questão 13 –

Alternativa correta: c) Sabinada

Exercício resolvido da questão 14 –

Alternativa correta: e) Cabanagem

Exercício resolvido da questão 15 –

Alternativa correta: e) A Farroupilha, no Rio Grande, foi a mais longa rebelião republicana e federalista, expressando ideais dos proprietários gaúchos.

Exercício resolvido da questão 16 –

Alternativa correta: e) a importação do charque platino, sem proteção para a produção similar gaúcha no mercado interno brasileiro.

Exercício resolvido da questão 17 –

Alternativa correta: b) Balaiada

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou das nossas Questões sobre Revoltas Regenciais? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador