ExercíciosFilosofia

As 10 Melhores Questões Sobre Mitologia com Gabarito

questões sobre mitologiaQuestões sobre mitologia

As mitologias eram parte importante da cultura de diversos povos antigos, como os gregos. Apesar de estar hoje identificada com histórias fantasiosas, ela é algo muito além disso. Com este texto você entende melhor o significado desta palavra e testa seus conhecimentos com as questões sobre mitologia que separamos.

Para ir direto à parte que você deseja, clique em algum dos tópicos:

Quando você terminar de responder às questões sobre mitologia, que tal testar seus conhecimentos no Melhor Simulado Enem do Brasil?

O que é mitologia?

Mitologia é o conjunto de histórias que compõem uma cultura a fim de explicar o mundo, a vida, a origem dos povos e etc. Ou seja, são as histórias que dão sentido à existência dos grupos humanos.

A palavra mitologia pode se referir também ao estudo que se faz das diversas mitologias. Deste modo, tem-se a mitologia comparada, que estuda a semelhança e a relação entre os mitos das diversas culturas.

O que é mito?

A palavra mito tem raiz no grego mythos, que significa narração, discurso, fábula. Os mitos são histórias de caráter sagrado e simbólico que explicam a origem das coisas através da ação dos personagens, que em geral são seres sobrenaturais.

Por exemplo, os gregos explicavam o curso do sol no céu pelo mito de Eos. Esta divindade era responsável por abrir as portas do céu para a carruagem de Hélio, o sol, passar. Assim, quando ele saía, amanhecia, quando ele voltava, era o anoitecer.

Por estar ligado ao espaço e ao tempo em que se encontra uma sociedade, o mito pode sofrer alterações na sua estrutura. O teatro grego foi responsável por ressignificar diversos mitos, como o de Édipo Rei, a partir das condições sociais do período em que foi escrito.

Os mitos estavam presentes em todas as áreas da vida humana. Até mesmo filósofos recorriam aos mitos para explicar algumas coisas. Por exemplo, Platão explicava a origem da escrita pelo mito do deus egípcio Toth.

Atualmente ainda se recorre a mitos para explicar o comportamento humano. Exemplo disso é a teoria de Freud sobre o complexo de édipo e a maturação sexual humana.

São mais de 200 resumos gratuitos no Instagram do Beduka. Aproveite!

Quais são os tipos de mitos?

Os mitos têm tipos variados, mas os principais deles são:

Cosmogônicos

São os mitos que descrevem a origem do mundo e a ordem que há nele.

Teogônicos

São os mitos que contam a origem dos deuses a partir de seus pais.

Fundadores

São os mitos sobre a origem de uma determinada comunidade ou cerimônia.

Exemplos de mitos

Além do mito de Eos citado acima, existem muitos outros que são bastante conhecidos. Seguem alguns abaixo:

  • O mito de Narciso.
  • Os doze trabalhos de Hércules.
  • Rômulo e Remo, fundadores de Roma.
  • Édipo.
  • Gilgamesh.
  • Ragnarok nórdico.

Agora que você já revisou a matéria, responda as questões sobre mitologia abaixo.

Questões sobre mitologia

Questão 1 – (Unioeste 2013) “Não é fácil definir se a ideia dos poemas homéricos, segundo a qual o Oceano é a origem de todas as coisas, difere da concepção de Tales, que considera a água o princípio original do mundo; seja como for, é evidente que a representação do mar inesgotável colaborou para a sua expressão. Em todas as partes da Teogonia, de Hesíodo, reina a vontade expressa de uma compreensão construtiva e uma perfeita coerência na ordem racional e na formulação dos problemas. Por outro lado, a sua cosmologia ainda apresenta uma irreprimível pujança de criação mitológica, que, muito mais tarde, ainda age sobre as doutrinas dos “fisiólogos”, nos primórdios da filosofia “científica”, e sem a qual não se poderia conceber a atividade prodigiosa que se expande na criação das concepções filosóficas do período mais antigo da ciência” 

Werner Jaeger.

Considerando o texto acima sobre o surgimento da filosofia na Grécia, seguem as afirmativas abaixo: 

I. O surgimento da filosofia não coincide com o início do uso do pensamento racional. 

II. O surgimento da filosofia não coincide com o fim do uso do pensamento mítico. 

III. Tales de Mileto, no século VI a.C., ao propor a água como princípio original do mundo, rompe, definitivamente, com o pensamento mítico. 

IV. Mitos estão presentes ainda nos textos filosóficos de Platão (século IV a.C.), como, por exemplo, o mito do julgamento das almas. 

V. Os primeiros filósofos gregos, chamados “pré-socráticos”, em sua reflexão, não se ocupavam da natureza (Physis). 

Das afirmativas feitas acima 

a) apenas a afirmação V está correta. 

b) apenas as afirmações III e V estão corretas. 

c) apenas as afirmações II e IV estão corretas. 

d) apenas as afirmações I, II e IV estão corretas. 

e) apenas as afirmações I, III e V estão corretas. 

Questão 2 – (Unicentro 2010) “Os poemas homéricos têm por fundamento uma visão de mundo clara e coerente. Manifestam-na quase a cada verso, pois colocam em relação com ela tudo quanto cantam de importante – é, antes de mais nada, a partir dessa relação que se define seu caráter particular. Nós chamamos de religiosa essa cosmovisão, embora ela se distancie muito da religião de outros povos e tempos. Essa cosmovisão da poesia homérica é clara e coerente. Em parte alguma ela enuncia fórmulas conceituais à maneira de um dogma; antes se exprime vivamente em tudo que sucede, em tudo que é dito e pensado. E embora no pormenor muitas coisas resultem ambíguas, em termos amplos e no essencial, os testemunhos não se contradizem. É possível, com rigoroso método, reuni-los, ordená-los, fazer lhes o cômputo, e assim eles nos dão respostas explícitas às questões sobre a vida e a morte, o homem e Deus, a liberdade e o destino (…).” 

(OTTO. Os deuses da Grécia: a imagem do divino na visão do espírito grego. 1ª Ed., trad. [e prefácio] de Ordep Serra. – São Paulo: Odysseus Editora, 2005 – p. 11.)

Com base no texto, e em seus conhecimentos sobre a função dos mitos na Grécia arcaica, assinale a alternativa correta.

a) De acordo com os poemas homéricos, os deuses em nada poderiam interferir no destino dos humanos e, assim, a determinação divina (ananque) se colocava em segundo plano, uma vez que era o acaso (tykhe) quem governava, isto é, possuía a função de ensinar ao homem o que este deveria escolher no momento de sua livre ação. 

b) As poesias de Homero sempre mantiveram a função de educar o homem grego para o pleno exercício da atividade racional que surgiria no século VI a.C., uma vez que, de acordo com historiadores e helenistas, não houve uma ruptura na passagem do mito para o logos, mas sim um processo gradual e contínuo de enraizamento histórico que culminou no advento da filosofia. 

c) Os mitos homéricos serviram de base para a educação, formação e visão de mundo que o homem grego arcaico possuía. Em seus cânticos, Homero justapõe conceitos importantes como harmonia, proporção e questionamentos a respeito dos princípios, das causas e do porquê das coisas. Embora todas essas instâncias apresentavam-se como tal, os mitos não deixaram de lado o caráter mágico, fictício e fabular em que eram narrados. 

d) O mito já era pensamento. Ao formalizar os versos de sua poesia, Homero inaugura uma modalidade literária bem singular no ocidente. As ações dos deuses e dos homens, por exemplo, sempre obedeceram a uma ordem pré-estabelecida, a qual sempre revelou uma lógica racional em funcionamento. 

e) Os mitos tiveram função meramente ilustrativa na educação do homem grego, pois o caráter teórico e abstrato da cultura grega apagou em grande parte os aspectos que se revelariam relevantes na poesia grega.

Questão  3 – (Ufu 2003) “(…) Assim, a magia e a mitologia ocupam a imensa região exterior do desconhecido, englobando o pequeno campo do conhecimento concreto comum. O sobrenatural está em todas as partes, dentro ou além do natural; e o conhecimento do sobrenatural que o homem acredita possuir, não sendo da experiência direta comum, parece ser um conhecimento de ordem diferente e superior. É uma revelação acessível apenas ao homem inspirado ou (como diziam os gregos) ‘divino’ — o mágico e o sacerdote, o poeta e o vidente”. 

CORNFORD, F.M. Antes e Depois de Sócrates. Trad. Valter Lellis Siqueira. São Paulo: Martins Fontes, 2001, pp.14-15.

A partir do texto acima, é correto afirmar que

a) o campo do conhecimento mítico limita-se ao que se manifesta no campo concreto comum. 

b) a magia e a mitologia não se confundem com o conhecimento concreto comum. 

c) o conhecimento no mito, por ser uma revelação, é acessível igualmente a todos os homens. 

d) o mito não distingue o plano natural do sobrenatural, sendo o conhecimento do sobrenatural superior.

Questão 4 – (Unesp 2012) Aedo e adivinho têm em comum um mesmo dom de “vidência”, privilégio que tiveram de pagar pelo preço dos seus olhos. Cegos para a luz, eles veem o invisível. O deus que os inspira mostra-lhes, em uma espécie de revelação, as realidades que escapam ao olhar humano. Sua visão particular age sobre as partes do tempo inacessíveis às criaturas mortais: o que aconteceu outrora, o que ainda não é. 

(Jean-Pierre Vernant. Mito e pensamento entre os gregos, 1990. Adaptado.)

O texto refere-se à cultura grega antiga e menciona, entre outros aspectos,

a) o papel exercido pelos poetas, responsáveis pela transmissão oral das tradições, dos mitos e da memória. 

b) a prática da feitiçaria, estimulada especialmente nos períodos de seca ou de infertilidade da terra. 

c) o caráter monoteísta da sociedade, que impedia a difusão dos cultos aos deuses da tradição clássica. 

d) a forma como a história era escrita e lida entre os povos da península balcânica. 

e) o esforço de diferenciar as cidades-estados e reforçar o isolamento e a autonomia em que viviam.

Questão 5 – (Unioeste 2011) “O mito é uma narrativa. É um discurso, uma fala. É uma forma de as sociedades espelharem suas contradições, exprimirem seus paradoxos, dúvidas e inquietações. Pode ser visto como uma possibilidade de se refletir sobre a existência, o cosmos, as situações de ‘estar no mundo’ ou as relações sociais”. 

Everado Rocha.

Mediante essa definição geral de mito é correto afirmar que

a) as sociedades com conhecimentos científico, tecnológico e filosófico complexamente constituídos não possuem mitos, pois eliminaram as duvidas e os paradoxos. 

b) Platão, um dos filósofos mais estudados e influentes do pensamento ocidental, não recorria aos mitos em seus diálogos, apesar de ter sido o primeiro a utilizar o termo mitologia. 

c) alguns mitos oferecem modelos de vida e podem servir como referências para a vida de muitas pessoas mesmo no século XXI. 

d) as sociedades antigas, ocidentais e orientais, foram fundadas sobre o mesmo mito primitivo, variando, apenas, os nomes de seus personagens. 

e) todas as afirmações acima estão corretas.

  • Muito bem! Você chegou à metade das questões sobre mitologia. Continue fazendo o restante.

Questão  6 – (UNIFOR CE) A religião na Grécia Antiga apresentou como características o:

a) zoomorfismo, o monoteísmo e o totemismo.

b) salvacionismo, o antropomorfismo e o messianismo.

c) asceticismo, a mitologia e o animismo.

d) antropomorfismo, o politeísmo e a mitologia.

e) animismo, o salvacionismo e o misticismo.

Questão 7 – (EFOA MG) Durante a Antiguidade, os gregos tinham na religião uma das principais formas de expressão do seu pensamento. A partir da elaboração de uma rica mitologia, constituída por um conjunto de narrativas (lendas) e crenças, os gregos procuravam explicar, através de símbolos, os primórdios do mundo e da humanidade, bem como compreender a natureza e as ações dos homens em sociedade.

No que diz respeito às características da religião grega, na Antiguidade, assinale a afirmativa INCORRETA:

a) Na tradição grega o monte Olimpo era o local em que os deuses se reuniam, sob a liderança de Zeus, senhor supremo dos deuses e dos homens.

b) Os deuses gregos eram cultuados nos lares e em cerimônias públicas, tendo características antropomórficas.

c) Os ritos e doutrinas cultuadas pelos gregos foram adotados pelos romanos, mas renegados após a consolidação do Cristianismo.

d) Os deuses gregos tinham funções distintas, obedecendo a uma hierarquia, e estavam no céu, no mar e na terra.

e) Alguns deuses eram cultuados em toda a Grécia, embora cada pólis tivesse os seus deuses locais, protetores da cidade.

Questão 8 – (UEPB) “A mitologia grega conta que do nada surgiram duas entidades: Urano (o céu) e Gaia (a terra). Da união dessas duas entidades nasceram os titãs, os ciclopes e os gigantes.”

(José Jobson. Tudo é história. Pág. 57)

Sobre a cultura grega é correto afirmar que:

a) não se expandiu por vastos territórios do mundo antigo, ante a proibição de Alexandre.

b) não foi influenciada pelas crenças religiosas.

c) resulta do intercâmbio de experiências dos muitos povos que ocuparam a Hélade.

d) a religião constituía-se de verdades absolutas, sendo dogmática e decisiva em sua doutrina.

e) a questão da morte e a salvação da alma eram pilares da religião grega.

Questão 9 – (UEL – 2004) “Mais que saber identificar a natureza das contribuições substantivas dos primeiros filósofos é fundamental perceber a guinada de atitude que representam. A proliferação de óticas que deixam de ser endossadas acriticamente, por força da tradição ou da ‘imposição religiosa’, é o que mais merece ser destacado entre as propriedades que definem a filosoficidade.”

(OLIVA, Alberto; GUERREIRO, Mario. Pré-socráticos: a invenção da filosofia. Campinas: Papirus, 2000. p. 24.)

Assinale a alternativa que apresenta a “guinada de atitude” que o texto afirma ter sido promovida pelos primeiros filósofos.

 a) A desconfiança na capacidade da razão em virtude da “proliferação de óticas” conflitantes entre si.

b) A busca por uma verdade única e inquestionável, que pudesse substituir a verdade imposta pela religião.

 c) A discussão crítica das idéias e posições, que podem ser modificadas ou reformuladas.

 d) A aceitação acrítica das explicações tradicionais relativas aos acontecimentos naturais.

 e) A confiança na tradição e na “imposição religiosa” como fundamentos para o conhecimento.

Questão 10 – (UFAC/2004) As lendas sempre foram alicerces para os povos antigos. Os gregos, por exemplo, tributavam suas origens aos heróis que protagonizam a poesia de Homero, e os romanos, aos irmãos Rômulo e Remo, filhos do deus Marte, eternizados no relato do historiador Tito Lívio.

Essas explicações lendárias:

a) Alteram ou reinventaram fatos históricos, justificando alguma condição ou ação posterior dos homens.

b) Confirmaram que as civilizações, em sua origem, não possuem vínculos com seu passado lendário, denominado idade das trevas.

c) Afirmam uma reação inconsciente de todos os povos, que tem por fundamento o ideal religioso, desligado de qualquer interesse político.

d) São apenas formas artísticas ou literárias independentes dos interesses políticos, por serem estéticas.

e) Sempre se basearam em acontecimentos reais, com o único propósito de explicar o passado.

  • Parabéns, você fez todas as questões sobre mitologia. Confira agora o Gabarito:

Gabarito das Questões sobre mitologia

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: letra d) apenas as afirmações I, II e IV estão corretas. 

Exercício resolvido da questão 2 –

alternativa correta: letra c) Os mitos homéricos serviram de base para a educação, formação e visão de mundo que o homem grego arcaico possuía. Em seus cânticos, Homero justapõe conceitos importantes como harmonia, proporção e questionamentos a respeito dos princípios, das causas e do porquê das coisas. Embora todas essas instâncias apresentavam-se como tal, os mitos não deixaram de lado o caráter mágico, fictício e fabular em que eram narrados. 

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: letra a) o campo do conhecimento mítico limita-se ao que se manifesta no campo concreto comum. 

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: letra a) o papel exercido pelos poetas, responsáveis pela transmissão oral das tradições, dos mitos e da memória. 

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: letra c) alguns mitos oferecem modelos de vida e podem servir como referências para a vida de muitas pessoas mesmo no século XXI. 

Exercício resolvido da questão 6 –

Alternativa correta: letra d) antropomorfismo, o politeísmo e a mitologia.

Exercício resolvido da questão 7 –

Alternativa correta: letra c) Os ritos e doutrinas cultuadas pelos gregos foram adotados pelos romanos, mas renegados após a consolidação do Cristianismo.

Exercício resolvido da questão 8 –

Alternativa correta: letra c) resulta do intercâmbio de experiências dos muitos povos que ocuparam a Hélade.

Exercício resolvido da questão 9 –

Alternativa correta: c) A discussão crítica das idéias e posições, que podem ser modificadas ou reformuladas.

Exercício resolvido da questão 10 –

Alternativa correta: letra a) Alteram ou reinventaram fatos históricos, justificando alguma condição ou ação posterior dos homens.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou das nossas questões sobre mitologia? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador