Fies

O que é o Aditamento do Fies? (Atualizado para 2021)

Aditamento do FiesAditamento do Fies

Aditamento do Fies é a renovação do benefício, que ocorre periodicamente. Isso serve para confirmar que o estudante continua matriculado na faculdade e ter controle de como está a situação.

Se você tem ou pretende concorrer a um financiamento por meio dos programas do governo federal, então tem que se informar sobre o aditamento do Fies!

Pensando nisso, o Beduka preparou um artigo completo sobre esse assunto. Nele, você encontrará os tópicos abaixo. Clique em um deles para ir diretamente ao conteúdo:

  1. O que é o Fies?
  2. O que é o aditamento do Fies?
  3. Como fazer o aditamento? (prazos e documentos).
  4. Informações sobre o aditamento simplificado e não simplificado.
  5. O que fazer em caso de problemas no aditamento?

Você sabia que o Fies utiliza a nota do Enem? Aproveite para se preparar para ele com o Simulado do Beduka. É grátis!

O que é o Fies?

Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa criado para facilitar o acesso dos jovens de baixa renda ao ensino superior. Por isso, oferece financiamentos para estudantes de cursos de graduação em faculdades privadas.

O que é o aditamento do Fies?

O aditamento do Fies nada mais é do que a renovação periódica do contrato de financiamento. Basicamente, o aditamento serve para confirmar que o estudante continua matriculado regularmente na instituição de ensino.

Para realizar o aditamento do Fies é necessário fornecer algumas informações sobre o andamento do curso a cada semestre, sempre em paralelo ao período de matrículas. O processo é feito pela internet através do SisFies.

É importante lembrar que se o estudante não fizer o aditamento do Fies no prazo estipulado, ele perde o direito ao financiamento.

Como fazer o aditamento?

Como fazer o aditamento do Fies

Se estiver tudo certo em relação ao seu curso e financiamento (contas e documentos em dia), o processo de aditamento do Fies será bem rápido e fácil. Esse processo é feito pela internet através do SisFies.

Como o SisFies é um sistema único e centralizado, todas as informações sobre cada estudante já estão registradas desde a inscrição. Então, basta não perder os prazos e confirmar as suas informações a cada novo semestre.

Prazos do aditamento do Fies

O aditamento do Fies é feito todo semestre, sendo que existem dois prazos distintos a serem cumpridos:

  • Na virada do ano, o prazo costuma se estender de dezembro até março.
  • No meio do ano, os estudantes têm os meses de julho e agosto para fazer o aditamento.

Nesse ano de 2021, o prazo para adiamento será de 20 dias contados a partir da data que será estipulada pelo MEC e da solicitação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA).

A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) solicita que os estudantes acessem o SisFies e confirmem suas informações.

Se as informações estiverem corretas, após a confirmação do estudante, a CPSA emite o Documento de Regularidade de Matrícula (DRM), que deverá ser retirado pessoalmente.

Documentos necessários

Quando tudo corre normalmente, o estudante não precisa se preocupar com nenhum documento além do DRM, emitido ao final do processo. Porém, se houver informações incorretas, será necessário levar o documento até o banco responsável pelo financiamento. 

Neste caso, alguns documentos serão necessários, conforme cada situação individual.

Como você pode perceber, são dois processos diferentes, justamente por isso há até nomes diferentes para cada um.

Aditamento simplificado e não simplificado

Há dois tipos de aditamentos, veja as diferenças entre cada um deles:

  • Aditamento simplificado: É quando o estudante faz o acesso ao SisFies e seus dados estão corretos. Neste caso, basta confirmar as informações e retirar o DRM;
  • Aditamento não simplificado: Quando há um ou mais dados errados no SisFies, o estudante é obrigado a entregar documentos comprobatórios pessoalmente.

O que fazer em caso de problemas no aditamento do Fies?

Um possível problema na hora de fazer o aditamento é ter informações incorretas cadastradas no sistema. Neste caso, será necessário:

  • Rejeitar o aditamento no SisFies;
  • Comunicar a CPSA da sua faculdade;
  • Retirar o DRM (com as informações que deverão ser corrigidas);
  • Comparecer na instituição financeira responsável pelo financiamento.

É nesta última etapa que serão necessários documentos comprobatórios, mas você será informado da necessidade se tiver que passar por isso.

O mais importante é lembrar que este processo presencial de apresentação de documentos pode ser um pouco mais demorado que o online.

Ou seja, procure não deixar para fazer o aditamento Fies na última hora. Faça sempre com antecedência e, se houver problemas, aja rápido. Porque se você perder os prazos por algum motivo, estará fora do programa.

Já saiba que, dependendo do tipo de problema, a presença do fiador pode ser necessária na hora de comparecer ao banco.

Gostou de saber o aditamento do Fies? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador