Física

O que é Eclipse? Veja como ocorre e seus tipos!

O que é Eclipse Lunar e Solar Descubra como acontece e os tipos de cada um!O que é Eclipse Lunar e Solar? Descubra como acontece e os tipos de cada um!

O que é Eclipse? É todo fenômeno astronômico em que astros luminosos e iluminados estão alinhados, então, temporariamente um deles entra na sombra do outro. Isso faz com que deixem de ser visíveis (totalmente ou parcialmente) por um tempo. Há o Eclipse Solar, o Lunar e os efeitos curiosos que vêm disso, como a Lua Sangrenta e o Anel de Fogo!

Neste texto sobre o que é Eclipse, você encontrará os tópicos abaixo. Clique em um deles para ir diretamente ao conteúdo:

  1. O que é Eclipse?
  2. Tipos de Eclipse.
  3. O que é Eclipse Lunar?
  4. Tipos de Eclipses Lunares.
  5. E a Lua Sangrenta?
  6. O que é Eclipse Solar?
  7. Tipos de Eclipses Solares e o Anel de Fogo.

O que é Eclipse?

O Eclipse é um fenômeno natural que acontece quando um astro passa na frente de outro, fazendo com que o do fundo não seja visível (ou pouco visto) porque foi “tampado”. Assim, é preciso que haja um alinhamento de astros, chamado de sizígia.

Nós sabemos que os astros, do Sistema Solar e de qualquer outro, estão em constante movimento (translação, rotação) e possuem diferentes graus de inclinação. Portanto, esse fenômeno é temporário e pode se repetir depois de algum tempo.

Uma definição mais formal é: 

“Fenômeno em que um astro deixa de ser visível total ou parcialmente, durante um período limitado de tempo, em razão da presença de outro astro entre ele e o seu observador; ou pela sobreposição de uma sombra em um corpo celeste que não possui luz própria.“

Por isso, estamos falando de um astro luminoso (fonte de luz – Sol) e outro iluminado (só é visto quando a luz o atinge – Lua), quando olhamos aqui da Terra.

Tipos de Eclipse

Quando olhamos do planeta Terra, existem dois tipos de eclipses: o Solar e o Lunar. 

O Solar dura em média 7 minutos, mas o mais longo chegou a 11 min. O Lunar dura até 3,5h, enquanto sua fase máxima é até 1,5h. Tudo depende do local do mundo em que se vê, da inclinação dos astros e a distância entre eles.

Tanto o Eclipse Lunar quanto o Solar precisam do alinhamento das órbitas da Terra ao redor do Sol, e da Lua ao redor da Terra, para acontecer. Se estes três elementos não estiverem alinhados, não acontece nem o Solar nem o Lunar.

Dentro de cada um desses dois tipos, existem três formas de eclipses

Isso acontece porque ambos podem ser totalmente invisíveis, parcialmente visíveis ou estarem na penumbra.

O que é penumbra?

Pense comigo: se estamos falando de “um tampar o outro” e envolvendo a luz, só podemos estar falando de sombra, não é? Pois então, vamos fazer um experimento para entender:

  1. Quando estiver de noite, apague a luz do seu quarto e ligue duas lanternas. 
  2. Pegue um objeto e coloque ambas as lanternas mirando para o centro do objeto.
  3. Observe o que se forma na parede atrás: uma região de sombra muito escura no centro (a umbra) e uma sombra mais clara (penumbra) que fica ao redor da umbra.
  4. Tente mover o objeto para mais perto das lanternas ou para mais longe e veja o que acontece com as sombras!

Esse é um dos fenômenos mais incríveis que conhecemos! Ele intriga os seres humanos desde a antiguidade, sendo admirado até os dias de hoje! É a Astronomia, ramo da física que estuda os astros e seus movimentos, que nos explica sobre ele.

Vamos entender como acontece cada um dos tipos:

O que é Eclipse Lunar?

eclipse lunar esquema infografico

O Eclipse Lunar é aquele em que a Lua entra na sombra da Terra (gerada pela luz solar) e a sombra da Terra cobre a Lua. Já que a Lua é um astro iluminado pelo Sol, quando ela entra na sombra da Terra, não há luz para iluminá-la normalmente.

Você sabe que a Terra gira em torno do Sol e que a Lua gira em torno da Terra, não é? Mas essas órbitas não têm a mesma inclinação. Há uma diferença de 5,2º entre a Terra e a Lua.

Por isso, há momentos em que se forma o eclipse e outros não. Se não fosse assim, a Lua Cheia sempre seria um Eclipse Lunar!

Tipos de Eclipses Lunares

Dependendo da posição que o observador da Terra estiver e a porção da sombra em que a Lua se encontrar, podemos dizer que existem três tipos de eclipses lunares:

  • Eclipse Lunar Penumbral: a Lua fica levemente escurecida ao atravessar a região de penumbra, na sombra da Terra.
  • Eclipse Lunar Parcial: uma parte da Lua fica obscurecida pela umbra que vem da Terra.
  • Eclipse Lunar Total: a Lua se encontra totalmente na umbra da Terra.

O que é a Lua Sangrenta?

“Lua de Sangue” ou “Lua sangrenta” são apenas nomes impactantes para quando a Lua fica avermelhada. Incrível, não é? Esse fenômeno é um tanto raro porque só existe quando acontecem duas coisas ao mesmo tempo: Superlua + Eclipse Lunar.

A Superlua é aquela em que nosso satélite natural está na sua fase cheia e também no ponto mais próximo da Terra, chamado de perigeu. 

Nesse momento, se acontecer um eclipse, surge a cor avermelhada. Isso acontece porque o sol emite luzes de todas as cores, mas quando a Lua está próxima da Terra, a atmosfera terrestre influencia para que somente as baixas frequências sejam absorvidas. 

Como existem os raios infravermelhos (as baixas frequências emitem luz avermelhada), a nossa Lua fica dessa cor!

Esse fenômeno pode ser observado de qualquer parte do planeta, para você ver, só depende mesmo de estar atento ao calendário da Nasa e das nuvens do céu cooperarem! 

Também não é preciso nenhum tipo de equipamento, nós podemos ver a olho nú. Mas se você tiver luneta ou telescópio, não deixe de aproveitar para ver mais pertinho!

O que é Eclipse Solar?

eclipse solar esquema infografico

O Eclipse Solar é aquele em que a Terra entra na sombra da Lua (gerada pela luz solar) e a sombra da Lua cobre parte da Terra. 

Esse fenômeno só acontece quando temos Lua Nova, pois é nessa fase que a Lua está entre a Terra e o Sol. Mas porque nem toda Lua Nova gera um eclipse? Porque ela precisa atravessar o plano orbital da Terra com uma inclinação específica de 5 graus. 

Se essa inclinação não existisse, de fato, sempre haveria eclipse na Lua Nova. Mas o Eclipse Solar só acontece com ambas as condições: Lua entre Terra e Sol + inclinação.

Embora necessitem de uma coincidência, há um período que se repete até isso acontecer de novo. Esse ciclo é de 18 anos e 11 dias e é chamado de Período de Saros

Dependendo da distância que a Lua estiver da Terra, não chega a formar uma sombra por completo, mas apenas um ponto. 

Em alguns momentos, a Lua cobre completamente o Sol, fazendo que o dia “vire noite” por alguns minutos. Em outros, a Lua cobre o “miolo” do Sol, então vemos no céu um “anel de fogo”.

Tipos de Eclipses Solares

Dependendo da posição que o observador da Terra estiver e a distância da Lua, podemos dizer que existem três tipos de eclipses solares:

  • Eclipses Solares Totais: quando a Lua cobre totalmente a luz solar, projetando sua sombra sobre a Terra. Nesse ponto da Terra, o Sol desaparece do céu.
  • Eclipses Solares Parciais: quando a Lua não fica perfeitamente alinhada com o Sol, cobrindo somente parte de sua luminosidade. No céu da Terra, é como se víssemos um Sol em formato de Lua.
  • Eclipses Solares Anulares: quando o tamanho aparente (pela distância) da Lua não é suficiente para cobrir totalmente o Sol. Então forma um anel de Sol em volta da sombra da Lua.

Por ser mais específico, ele não costuma ser visto por todo o mundo. É preciso ficar de olho no calendário da Nasa e prestar atenção em quais continentes ele poderá ser visto.

Gostou do nosso artigo sobre o que é Eclipse? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador