Geografia

O que é precipitação da água? Entenda a etapa do ciclo hidrológico que causa a chuva

o que é precipitação da águaO que é precipitação da água?
Mude de vida com Beduka Bolsas

A água possui um ciclo biogeoquímico que a faz passar pelos três estados físicos e é muito importante para a renovação deste elemento na superfície da Terra. O ciclo possui diversas etapas, cada uma com características próprias. Neste texto, você entenderá o que é precipitação da água e as formas que ela ocorre.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em um dos tópicos abaixo:

Acesse o Simulado Enem do Beduka e teste seus conhecimentos com questões de edições antigas do exame. É gratuito!

O que é precipitação da água?

A precipitação da água é uma das etapas do ciclo hidrológico, responsável por fazer a água retornar à superfície da Terra após a condensação.

O ciclo acontece da seguinte maneira:

  1. A água evapora pela ação da luz solar e sobe para as partes mais altas da atmosfera. 
  2. Lá ela se condensa e volta ao estado líquido, em pequenas gotas, que se juntam e formam as nuvens. 
  3. Quando as nuvens ficam muito pesadas, o ar não consegue mais segurá-las e a água precipita, ou seja, cai na superfície.

Existem algumas situações em que a queda não acontece com a água líquida, mas sim em estado sólido. Por isso, a precipitação pode ser de diversos tipos. Veja abaixo quais são.

Quais são os tipos de precipitação da água?

Agora que já vimos o que é precipitação da água, vamos ver os modos em que ela acontece.

Chuva

As chuvas são o tipo mais comum de precipitação e também são conhecidas como precipitação pluviométrica. Na chuva, a água cai na forma líquida, em gotas com alta velocidade que podem variar em tamanhos que vão de 1 milímetro de diâmetro até mais de 4,5 mm.

A diferença de tamanho ocorre porque para se condensar o vapor de água precisa de um núcleo de condensação, que pode ser qualquer tipo de superfície. Como cada núcleo possui um tamanho diferente, as gotas que os envolvem também terão

Em geral as gotas maiores se dividem em duas. É possível que uma rajada de vento as obrigue a voltar para a nuvem, onde se juntam a gotas menores para iniciar o processo de queda novamente.

Quais são os tipos de chuva?

As chuvas podem ser de três tipos:

  • Chuva orográfica ou de relevo: ocorre quando uma massa de ar encontra uma barreira existente no relevo da região. Ela sobe e se condensa, então ocorre a precipitação da água. É uma chuva intensa e intermitente.
  • Ciclônica ou frontal: ocorre quando massas de ar com temperatura e umidade diferentes se encontram. Tem grande duração e atinge grandes áreas com média intensidade.
  • Chuva convectiva: acontece quando uma camada de ar aquecida e com baixa densidade ascende e se condensa. São comuns no fim da tarde e em áreas tropicais, rápidas e intensas.

.A quantidade de chuva difere entre as regiões, devido a outros componentes climáticos e de relevo. Saiba mais sobre isso com nosso texto sobre clima.

Neve

A neve é a precipitação em estado sólido. Acontece na forma de pequenos cristais de gelo que caem na superfície. A intensidade varia, podendo ir de apenas um nevisco leve até tempestades de neve.

A neve se forma na passagem direta da água em vapor para o estado sólido. Ou seja, não há condensação, como no caso das chuvas. Isso acontece devido à baixíssima temperatura da região, que deve ser inferior a 40ºC negativos.

A neve é mais comum nos locais com altas latitudes e próximos aos pólos. A altitude também é um fator importante, pois as regiões mais altas são sempre mais frias. Por isso ela é um fenômeno raro no Brasil, que tem a maior parte do território na zona tropical e pouco elevado.

Bdeuka Bolsas de Ano Novo

Acesse nosso texto sobre a hidrosfera e entenda a importância em saber o que é precipitação da água.

Granizo

O granizo também é uma precipitação de água no estado sólido. A diferença dele para a neve é que sua formação ocorre quando a água líquida se congela na nuvem. Ou seja, o vapor se condensa e depois passa pela solidificação.

Os granizos são mais duros do que a neve e caem com mais força também. Por isso, a chuva de granizo sempre traz muitos prejuízos econômicos e humanos.

Quais são as características da água de precipitação?

Você já entendeu o que é precipitação da água, então vamos ver suas características a partir de agora.

A água precipitada é sempre doce. Isso acontece porque os componentes que a tornam salgada não evaporam com ela. Isso é muito importante para a reciclagem da água, pois ela pode cair nas nascentes dos rios e reservatórios naturais utilizados para consumo, mantendo ativa a hidrografia.

Porém, é possível que a atmosfera esteja poluída e a água traga parte dessa poluição consigo ao cair. O fenômeno da chuva ácida é uma das formas de poluição em que isso acontece.

Você pode entender melhor sobre ele com nosso texto sobre a chuva ácida.

Tomar chuva dá gripe?

Apesar de a gente ouvir muito isso das mães e das avós, a verdade é que as chuvas em si não causam doenças. É só água.

O que causa a gripe são os vírus RNA da família Orthomyxoviridae, que se aproveitam da imunidade baixa de algum organismo para infectá-lo.

Aí é que a chuva pode entrar na história. Pois quando ela está combinada com o frio pode enfraquecer nosso sistema imunológico e abrir as portas para o vírus.

As chuvas e os microorganismos são assuntos que caem bastante no Enem e a possibilidade de aparecerem nas questões da prova deste ano não são baixas. 

Você pode se preparar respondendo algumas questões de edições antigas. Como as que temos no nosso Simulado Enem.

Inclusive, é possível personalizá-lo, para responder somente as questões de Ciências Humanas e da Natureza. No final, você recebe sua nota TRI, assim você tem ideia de como seria seu rendimento caso o Enem fosse hoje.

Clique no link e comece a treinar agora mesmo.

Obrigado por ter lido nosso resumo sobre o que é precipitação da água.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador