Sociologia

O que é um fato social? Entenda com a definição e exemplos

o que é um fato socialO que é um fato social?
Mude de vida com Beduka Bolsas

Você já percebeu como nós apertamos a mão de alguém de maneira automática? Basta encontrarmos algum conhecido e já fazemos esse cumprimento. Isso acontece por causa dos fatos sociais, um conceito do sociólogo Émile Durkheim muito cobrado no Enem. Continue lendo para entender melhor o que é um fato social e se preparar para o exame!

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do artigo, clique em um dos tópicos abaixo:

Acesse o Simulado Enem do Beduka e teste seus conhecimentos com questões de edições antigas do exame. É gratuito e personalizável!

O que é um fato social?

Fato social é um conceito da Sociologia desenvolvido pela primeira vez pelo francês Émile Durkheim, que diz respeito ao conjunto de hábitos e formas de agir e pensar dos indivíduos dentro de uma sociedade. Ou seja, é o padrão de comportamento.

Ele é esperado por todos os grupos humanos e se expressa em regras, valores e normas sociais.

Para ficar mais fácil, vamos citar um exemplo. Quando você encontra alguma pessoa conhecida é esperado que você a cumprimente de alguma forma, não é? Em geral, fazemos isso com um aperto de mão.

Isso é algo que simplesmente fazemos, ainda que não queiramos. Seria muito estranho deixar de fazer e os prejuízos sociais seriam grandes. O amigo ficaria desconfiado de algum atrito entre vocês caso houvesse a negação do cumprimento.

Isso revela as características dos fatos sociais, que vamos ver em seguida.

Teste seus conhecimentos com as melhores questões de Sociologia do Enem.

Quais são as características do fato social?

O fato social tem três características principais: generalidade, exterioridade e coercitividade. Vamos entender melhor o que elas são.

Generalidade

Para um costume ser considerado um fato social ele precisa atingir toda a sociedade. Portanto, é necessário ser geral, coletivo e acontecer com a maioria das pessoas.

É como o nosso exemplo do aperto de mãos. Esse é um cumprimento geral do ocidente. Ainda que pequenos grupos de amigos possuam formas distintas de cumprimentar, seus membros precisam utilizá-lo para se integrar à sociedade total.

Exterioridade

O fato social é exterior ao indivíduo, é uma imposição da comunidade. O indivíduo não o inventa, ele apenas recebe da população em que vive pela educação, como vamos falar mais adiante.

Assim, você não inventou o aperto de mão, apenas o repete porque viu os outros fazendo ou foi ensinado a fazê-lo.

Coercitividade

Para entendermos o que é um fato social de maneira precisa, temos que saber como se dá a coercitividade.

A coercitividade dos fatos sociais pode se referir a duas coisas. A primeira é o poder que os padrões da cultura têm sobre nós. É muito difícil resistir ao aperto de mão quando alguém está com o braço estendido esperando que façamos o mesmo.

A segunda é a repressão da lei sobre o indivíduo. A saída da norma legal pode gerar prejuízos, como vimos acima. Um deles é o processo legal e a punição pelo descumprimento de algo visto como correto.

Por exemplo, além de sermos educados a nos vestir, se sairmos sem roupas pela rua podemos ser presos.

Entender o que é um fato social é muito importante para compreender as teorias de Durkheim. Conheça outros aspectos delas com nosso texto sobre as principais ideias deste sociólogo.

Qual é o papel da educação nos fatos sociais?

Agora que você já sabe o que é um fato social, vamos entender como ele é passado para nós.

Bdeuka Bolsas de Ano Novo

Só de vivermos em sociedade já temos a experiência dos fatos sociais nos forçando a agir de determinada maneira. Contudo, é a educação das crianças o meio mais difundido para transmitir os hábitos socialmente esperados.

Todos os povos têm algum meio de educar suas gerações mais jovens para a vivência em sociedade. Ainda que não possuam instituições formais de ensino, como as escolas, elas adotam sistemas educacionais a fim de transmitir os códigos culturais.

A família e a religião possuem papel fundamental nisso, assim como as tradições dos povos. Elas orientam na vida prática e, com isso, estabelecem quais são os comportamentos esperados.

O que é um fato social normal e patológico?

O fato social pode ser dividido em normal e patológico

Fato social normal: decorre do desenvolvimento da sociedade a partir de uma norma comum que visa a coesão entre os seus membros. Por exemplo, o velho aperto de mãos.

Fato social patológico: se desenvolve fora da norma, como uma doença. Como, por exemplo, as práticas criminosas e violentas.

Quem foi Émile Durkheim?

Émile Durkheim (1858 – 1917) foi um dos fundadores da Sociologia, tradicionalmente colocado ao lado de Karl Marx e Max Weber como um dos maiores pensadores desta ciência.

Ele nasceu no seio de uma família judia praticante, sendo filho e neto de rabinos. Decidiu não seguir o mesmo caminho e abandonou a escola judaica em que estudava. Seu interesse pela religião era como fator social.

Provavelmente a família o pressionou para que continuasse seus estudos, como acontece com muita gente. Mas ele se manteve firme e se matriculou na École Normale Supérieure em Paris, onde se dedicou ao estudo da Ética.

Graças a isso, Durkheim se tornou o grande nome da Sociologia francesa, pois foi nesta instituição que ele teve o interesse despertado para ela. E é graças a isso também que ele aparece no Enem com muita frequência.

Para você se preparar para as questões que cobram a Sociologia de Durkheim, o Beduka preparou um simulado com itens de edições antigas do exame.

Inclusive, é possível personalizá-lo, para responder somente as questões de Ciências Humanas, que é onde Durkheim aparece. No final, você recebe sua nota TRI, assim você tem ideia de como seria seu rendimento caso o Enem fosse hoje.

Comece a treinar agora mesmo.

Obrigado por ter lido este resumo sobre o que é um fato social!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador