DicasSisu

O que é o Sisu? Como ele funciona? Posso participar? Descubra agora mesmo!

O que é o Sisu?O que é o Sisu? Você precisa saber para te ajudar a entrar na faculdade!

Se você quer conquistar a tão sonhada vaga em um curso superior, precisa saber o que é o Sisu! Nós vamos te contar como ele funciona, quem pode participar, as oportunidades que ele dá e as outras opções. Muita gente confunde o Sisu com o Fies e o Prouni, mas é hora de acabar com essa dúvida e te ajudar a se decidir!

Neste resumo, você encontrará todos os tópicos abaixo. Se quiser, clique em um deles para ir diretamente ao conteúdo:

  1. O que é o Sisu?
  2. Como funciona o Sisu?
  3. Quem pode participar do Sisu?
  4. Como faço para me inscrever nele?
  5. Quais são os cursos oferecidos?
  6. Quais instituições participam dele?
  7. Existem outros programas além do Sisu? Qual a diferença?

Você ainda não tem certeza sobre qual profissão seguir? O Raio-X do Beduka faz uma análise pessoal que identifica quais as profissões mais combinam com o seu perfil!

O que é o Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é um programa do governo que foi criado para facilitar o acesso aos cursos superiores. Em outras palavras, ele é o meio pelo qual os estudantes entram em uma faculdade pública

Você já deve ter ouvido que o vestibular é a prova que se faz para entrar em uma universidade. Isso é verdade, mas antes as coisas eram mais complicadas…

Cada aluno deveria fazer uma prova de cada curso que quisesse e ir até cada instituição. Mas nem todos tinham os recursos para isso, porque tinha o gasto com as taxas, transporte, etc.

Por isso, o Sisu foi criado! O modo como ele funciona facilita o acesso de mais pessoas à universidade:

Como o Sisu funciona?

O Sisu é uma plataforma online, conectada a todas as universidades públicas que ofertam vagas. Afinal, uma das facilidades da internet é encurtar distâncias!

Funciona assim: o estudante só precisa fazer a prova do Enem e receber seu resultado online. Então, deve abrir o site do Sisu e se cadastrar lá usando os mesmos dados. Quer saber como é a prova? Faça o simulado gratuito do Beduka e descubra!

Automaticamente, você poderá escolher as vagas pelo Brasil inteiro! É a nota do Enem que vai te classificar para as universidades que você selecionar, sem nem sair de casa ou pagar taxas!

Porém, isso não significa que sua vaga está garantida. Cada curso tem uma quantidade de vagas disponíveis e só os melhores colocados é que conseguem. Além disso, você só garante a vaga se fizer a matrícula dentro do prazo!

Quem pode participar do Sisu?

Todas as pessoas que realizaram a última edição do Enem e que não tenham tirado zero na redação podem participar do Sisu.

Inclusive, neste programa não há uma nota mínima para realizar a inscrição e participar do processo. Porém, algumas instituições podem definir notas mínimas para você selecionar um curso.

Se você estiver abaixo da nota que uma faculdade colocou para um curso, será impedido de concorrer a essa vaga. Ainda assim, continuará no Sisu concorrendo às outras.

Como faço para me inscrever no Sisu?

Saber como se inscrever é tão importante quanto saber o que é o Sisu. Por isso, temos um artigo completo sobre Como se Inscrever no Sisu 2021. Mas, se estiver com pressa, preparamos um passo a passo resumido:

  • Verifique a data das inscrições do ano que você está;
  • Faça login no sistema – você precisará fornecer seu número de inscrição, senha do Enem e se cadastrar no Login Único do Governo Federal;
  • Escolha duas opções de cursos e universidades, de acordo com sua prioridade;
  • Escolha uma modalidade de concorrência –  através de cotas ou não;
  • O Sisu vai informar os documentos necessários para se matricular, caso você seja aprovado no curso escolhido. Anote a lista e certifique-se de que possui tudo o que é necessário;
  • Confirme as informações e finalize a inscrição.

Quanto custa a inscrição no Sisu? É grátis?

Vale lembrar que o Sisu é um sistema gratuito, cuja inscrição não requer o pagamento de nenhuma taxa. 

O único valor a ser pago é a taxa de inscrição para prestar o Enem. Mesmo assim, uma pessoa de baixa renda pode pedir a isenção.

Quantas vezes posso me inscrever no Sisu?

Quantas você quiser e forem possíveis! Não há nenhuma penalidade para quem não foi aprovado em uma edição. Essa pessoa poderá sempre se inscrever na outra, desde que cumpra o requisito de não ter zerado a redação e ter feito a última edição do Enem.

Quais os cursos oferecidos pelo Sisu 2021?

A lista de cursos no Sisu depende das universidades que estão nele. Como ele é um programa federal, há praticamente todos os cursos do Brasil! Porém, dentro do Sisu, você precisa selecionar a universidade que tenha o do seu interesse, pois nem todas oferecem todos os cursos.

Inclusive, há várias modalidades de curso superior:

  • Bacharelado: forma profissionais com conhecimentos para atuar na profissão, mas depois terá que fazer uma especialização, pois o curso é bem geral.
  • Licenciatura: forma profissionais habilitados para dar aula sobre o assunto.
  • Tecnólogo: são cursos menores e mais focados em áreas práticas. É para quem quer trabalhar logo.

Quais instituições participam do Sisu?

O MEC (Ministério da Educação) é o órgão do governo que regula o Sisu, fazendo com que a relação entre ele e as universidades seja segura.

A maioria das instituições já aderiu ao Sisu, já que esse sistema é federal e torna o ingresso nas faculdades muito mais fácil.

As principais universidades públicas que ainda não aderiram são Unicamp, USP, ITA e Unesp.

Abaixo você poderá conferir todas as instituições que participam do Sisu, por região:

Norte

  • Universidade Federal do Acre (UFAC)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal do Amapá (UNIFAP)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA)
  • Universidade Federal de Rondônia (UNIR)
  • Universidade Federal de Roraima (UFRR)
  • Fundação Universidade Federal do Tocantins (UFT)
  • Universidade do Estado do Pará (UEPA)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (IFAC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (IFAP)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO)

Nordeste

  • Universidade Federal de Alagoas (UFAL)
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)
  • Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Universidade Federal do Cariri (UFCA)
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB)
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
  • Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA)
  • Universidade Federal do Sergipe (UFS)
  • Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL)
  • Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB)
  • Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC)
  • Universidade Estadual do Ceará (UECE)
  • Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
  • Universidade de Pernambuco (UPE)
  • Universidade Estadual do Piauí (UESPI)
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBaiano)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sergipe (IFS)

Centro-Oeste

  • Universidade de Brasília (UNB)
  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
  • Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
  • Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS)
  • Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)
  • Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano (IF Goiano)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso (IFMT)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul (IFMS)

Sudeste

  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA)
  • Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL)
  • Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV)
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
  • Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
  • Universidade Federal do ABC (UFABC)
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
  • Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG)
  • Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES)
  • Universidade Estadual Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF)
  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (IFES)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais (IF Sul de Minas)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM)
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ)
  • Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ)

Sul

  • Universidade Federal do Paraná (UFPR)
  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPEL)
  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG)
  • Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP)
  • Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná  (UNIOESTE)
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)
  • Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense (IFSUL)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Farroupilha (IF Farroupilha)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IFSC)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC)

Existem outros programas além do Sisu? Qual a diferença entre eles?

Sim! Portanto, se não deu para passar no Sisu, não fique triste! 

O Sisu é muito concorrido justamente porque tem poucas restrições e oferece cursos em universidades públicas (sem pagar). Ainda assim, se você não foi aceito no Sisu, há outras opções para tentar antes que mude o semestre!

Como dissemos, a Unicamp, USP, ITA e Unesp são as universidades públicas que não aceitam a entrada pelo Sisu. Por isso, você ainda pode tentar fazer o vestibular próprio delas!

As universidades particulares também têm seus vestibulares próprios. Mas se você não tem condições de pagar a mensalidade, ainda há outros dois programas do governo que podem te ajudar:

  • Prouni: você cadastra a sua nota do Enem e pode conseguir bolsas de 50% ou 100% em universidades particulares!
  • Fies: também pela nota do Enem, você pode pegar um financiamento com o governo para pagar as suas mensalidades e quitar a dívida somente depois de terminar o curso.

Gostou de saber mais sobre o que é o Sisu? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o vestibular da melhor maneira!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, etc.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador