ExercíciosFísica

Exercícios sobre Gravitação Universal com Gabarito

Exercícios sobre Gravitação UniversalLista de Exercícios sobre Gravitação Universal com Gabarito

A Lei de Gravitação Universal foi formulada pelo físico Isaac Newton e demonstra que dois corpos, possuindo massa, sofrem uma força atrativa proporcional à multiplicação de suas massas e inversamente proporcional à distância entre esses corpos. Leia nosso resumo e aproveite os melhores Exercícios sobre Gravitação Universal que selecionamos para você.

Quando você terminar os Exercícios sobre Gravitação Universal, faça nosso Simulado Enem. Coloque em prática todo o seu estudo, escolhendo as matérias que deseja treinar.

Estamos neste momento girando a mais 109 mil Km por hora em torno do Sol. Então…

Por que nosso planeta não é lançado para longe do Sol? Por que ele não vaga para outra galáxia? Saiba que…

A matéria capaz de dar todas essas respostas é a Gravitação Universal. E mais!

Neste post vamos entender o que ela é e fazer os melhores Exercícios sobre Gravitação Universal selecionados para você!

O que é a Lei da Gravitação Universal?

Essa lei foi formulada pelo físico Isaac Newton e demonstra que dois corpos, possuindo massa, sofrem uma força atrativa proporcional à multiplicação de suas massas e inversamente proporcional à distância entre esses corpos.

Por causa desta lei, sabemos que a Terra é atraída pelo sol, mas ela também atrai ele.

Como o sol possui uma massa maior, ele cria um campo gravitacional que mantém a terra em órbita. Assim sendo…

A Terra fica girando por anos e anos em torno do sol.

Como calcular Gravitação Universal?

Existe uma matemática por trás da Gravitação Universal. 

Ela nos mostra que a distância e a massa, tanto da Terra quanto do Sol, é o que permitiu que os dois astros não se chocassem ou se repelissem.

A principal fórmula da Gravitação Universal é a seguinte:

Fórmula de Gravitação Universal

A constante G, conhecida como constante de Gravitação Universal, tem esse valor sempre fixo → .6,67408.10-11 N.m²/kg².

O que é a Força Peso (P)?

Peso é a força de atração gravitacional que um corpo exerce sobre o outro. São denominadas de massa gravitacional ativa e passiva, o corpo que produz um campo gravitacional ao seu redor e o corpo que é atraído por tal campo gravitacional, respectivamente.

É possível calcular a força peso matematicamente:

Fórmula da Força Peso

Sabendo disso, podemos concluir que para calcular a gravidade de um corpo e resolver Exercícios sobre Gravitação Universal, podemos comparar as duas fórmulas:

Fórmula para calcular a gravidade

Viu como é possível aprender Física para o ENEM?

Agora vamos colocar esse conhecimento em prática com os melhores Exercícios sobre Gravitação Universal!!!

Exercícios sobre Gravitação Universal com Gabarito

Esperamos que com esse resumo tudo tenha ficado mais claro para você. 

Parabéns por ter lido até aqui, mas agora que tal testar seu conhecimento com Exercícios sobre Gravitação Universal. 

Aproveite e baixe gratuitamente o Plano de Estudos do Beduka e tenha uma preparação perfeita para o ENEM.

Questão 1 – (PUC-SP) A intensidade da força gravitacional com que a Terra atrai a Lua é F. Se fossem duplicadas a massa da Terra e da Lua e se a distância que as separa fosse reduzida à metade, a nova força seria:

a) 16F

b) 8F

c) 4F

d) 2F

e) F

Questão 2 – (CESGRANRIO) A força da atração gravitacional entre dois corpos celestes é proporcional ao inverso do quadrado da distância entre os dois corpos. Assim, quando a distância entre um cometa e o Sol diminui da metade, a força de atração exercida pelo Sol sobre o cometa:

a) diminui da metade;

b) é multiplicada por 2;

c) é dividida por 4;

d) é multiplicada por 4;

e) permanece constante.

Questão 3 – (UCB-DF) A Lei da Gravitação Universal de Newton é expressa por:

Em que G é uma constante de proporcionalidade, M é a massa de um objeto maior, m é a massa de um objeto menor, r é a distância entre os centros de gravidade dos objetos e o sinal negativo corresponde à força atrativa. De acordo com a Lei de Gravitação Universal de Newton, se a distância entre um par de objetos é triplicada, a força é equivalente a (o):

a) um nono do valor original.

b) um terço do valor original.

c) três vezes o valor original.

d) nove vezes o valor original.

e) mesmo valor que a original.

  • Ufa! Estamos quase no fim, continue e faça os 3 últimos Exercícios sobre Gravitação Universal

Questão 4 – (UFU-MG) Um dos avanços na compreensão de como a Terra é constituída deu-se com a obtenção do valor de sua densidade, e o primeiro valor foi obtido por Henry Cavendish no século XIV. Considerando a Terra como uma esfera de raio médio de 6.300 km, qual é o valor aproximado da densidade de nosso planeta?

Dados: g = 10 m/s2, G = 6,6 x 10–11 Nm2/Kg2 e π = 3

a) 5,9 x 106 kg/m3

b) 5,9 x 103 kg/m3

c) 5,9 x 1024 kg/m3

d) 5,9 x 100 kg/m3

Questão 5 – (ENEM 2009) O ônibus espacial Atlantis foi lançado ao espaço com cinco astronautas a bordo e uma câmera nova, que iria substituir uma outra danificada por um curto-circuito no telescópio Hubble. Depois de entrarem em órbita a 560 km de altura, os astronautas se aproximaram do Hubble. Dois astronautas saíram da Atlantis e se dirigiram ao telescópio. Ao abrir a porta de acesso, um deles exclamou: “Esse telescópio tem a massa grande, mas o peso é pequeno.”

Imagem retirada da questão 25 da prova do Enem de 2009 mostra o astronauta próximo ao telescópio Hubble

Imagem retirada da questão 25 da prova do Enem de 2009 mostra o astronauta próximo ao telescópio Hubble

Considerando o texto e as leis de Kepler, pode-se afirmar que a frase dita pelo astronauta

a) se justifica porque o tamanho do telescópio determina a sua massa, enquanto seu pequeno peso decorre da falta de ação da aceleração da gravidade.

b) se justifica ao verificar que a inércia do telescópio é grande comparada à dele próprio, e que o peso do telescópio é pequeno porque a atração gravitacional criada por sua massa era pequena.

c) não se justifica, porque a avaliação da massa e do peso de objetos em órbita tem por base as leis de Kepler, que não se aplicam a satélites artificiais.

d) não se justifica, porque a força-peso é a força exercida pela gravidade terrestre, neste caso, sobre o telescópio e é a responsável por manter o próprio telescópio em órbita.

e) não se justifica, pois a ação da força-peso implica a ação de uma força de reação contrária, que não existe naquele ambiente. A massa do telescópio poderia ser avaliada simplesmente pelo seu volume.

  • Parabéns, chegou ao fim dos Exercícios sobre Gravitação Universal. Confira agora o Gabarito:

Gabarito dos Exercícios sobre Gravitação Universal

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: a) 16F

Exercício resolvido da questão 2 –

Alternativa correta: d) é multiplicada por 4;

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: a) um nono do valor original.

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: b) 5,9 x 103 kg/m3

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: d) não se justifica, porque a força-peso é a força exercida pela gravidade terrestre, neste caso, sobre o telescópio e é a responsável por manter o próprio telescópio em órbita.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos Exercícios sobre Gravitação Universal? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador