ExercíciosFilosofia

Os 5 Melhores Exercícios sobre Positivismo com Gabarito

Exercícios sobre PositivismoExercícios sobre Positivismo

Auguste Comte, influenciado pelo iluminismo, criou uma teoria que a humanidade estava em seu terceiro estágio de desenvolvimento: o positivo. Dessa forma, foi criado o positivismo, a teoria política social e científica que você conhecerá nesse texto. Terminando, haverá exercícios sobre positivismo para testar o que aprendeu. 

Quer seguir diretamente para alguma parte específica? Clique em algum dos tópicos abaixo:

Quando você terminar os exercícios sobre positivismo, coloque em prática todo seu conhecimento com O Melhor Simulado Enem do Brasil.

História do Positivismo

A história do positivismo começa com a criação da sociologia no século XVIII, proposta pelo próprio Comte. 

Naquela época o mundo vivia uma forte instabilidade política, pois havia ocorrido a Revolução Francesa e a Revolução Industrial que romperam com o Antigo Regime.

Segundo Comte, esse período seria o de maior evolução da raça humana, pois a sociologia e a biologia se aliariam para entender a ação humana em seus campos mais complexos.

A partir daí, ele criou o positivismo, acreditando que essa seria a saída para a instabilidade instaurada após as revoluções. 

Ele defendia que apenas a ordem política e o rigor civil poderiam direcionar a humanidade. Isso seria feito por meio de um estudo rigoroso da sociedade chamado “Sociologia” e um cientificismo chamado “positivismo”. 

Decidindo fixar uma marcha mais direcionada, Comte elaborou a Lei dos Três Estados:    

3 estados do positivismo
3 estados do positivismo
  1. Estado teológico: momento primitivo em que os humanos procuravam respostas para a vida em elementos sobrenaturais e irracionais, como a atuação dos deuses, seres místicos e forças sobrenaturais.
  2. Estado metafísico: a filosofia passa a substituir a teologia no trabalho de responder perguntas. O novo método é baseado em argumentos lógicos e racionais, impulsionando a busca pelo conhecimento.
  3. Estado positivo: a ciência baseada na observação rigorosa e metodológica passa a elaborar o conhecimento sobre a natureza, buscando respostas nela própria. 

São mais de 200 resumos gratuitos para o ENEM no Instagram do Beduka, aproveite!

Quais são as principais ideias do Positivismo?

O positivismo se sustenta em 5 ideias principais. Vejamos cada uma delas. 

1- Doutrina Filosófica

A inspiração política do positivismo é o Iluminismo. Os primeiros iluministas defendiam que o conhecimento deveria ser estimulado por meio de uma educação emancipadora. 

Ela levaria a autonomia social a um nível de progressão da humanidade puramente pelo progresso intelectual. Esse processo só se completaria no momento em que todos se juntassem em prol da busca pelo conhecimento verdadeiro.

2- Doutrina Sociológica

A ordem social estaria ligada ao desenvolvimento moral e científico. Assim, seria necessário entender a natureza e a sociedade, levando em conta a ação humana e criando doutrinas que ditassem um caminho para o progresso. 

Rigor e ordem eram imperativos nessas teorias, pois eles garantiriam o pleno desenvolvimento humano.

3- Doutrina Política

Disciplina, rigor e ordem eram requisitos para a garantir o avanço. 

Somente desenvolvendo uma disciplina pessoal e coletiva, juntamente com o cientificismo e a sociologia, a política renderia um progresso capaz de levar a humanidade ao ápice.

4- Desenvolvimento científico e técnico

A tecnologia e a ciência eram importantes partes da teoria. Nenhum progresso seria possível sem um grande aperfeiçoamento aliado ao desenvolvimento tecnológico responsável por fazer a humanidade avançar.

5- Religião positiva

A religião sempre foi comum aos humanos. Sempre buscaram cultuar alguma divindade para explicar o inexplicável. Como a busca por explicações elaboradas marca o estágio positivo, a religião daria lugar ao cientificismo. 

O cientificismo seria o ato de depositar a fé nas ciências, entendendo que não há sobrenatural, apenas a natureza. As ciências ocupariam o lugar de Deus.

Positivismo no Brasil 

O golpe que retirou D.Pedro II do poder era motivado, principalmente, pelo republicanismo e pelo positivismo. Isso tornou os primeiros anos da Primeira República fortemente carregados de elementos positivistas. 

Nesse período, liderado por Marechal Deodoro da Fonseca, o Brasil viu nascer seu hino e sua bandeira. 

Até hoje, a frase “ordem e progresso” faz parte da composição da bandeira nacional. Esse é um lema inteiramente positivista, pois responsabiliza a ordem e a disciplina individual e social pelo progresso da nação. 

Críticas ao Positivismo

Existem duas críticas principais ao positivismo que foram deduzidas ao longo do tempo. Vamos terminar falando sobre elas. 

O progresso não surge da ordem

Comte viu muitas coisas positivas surgindo das revoluções liberais e da revolução industrial, mas também viu muitos problemas que ele acreditava serem prejudiciais ao progresso

Por isso, ao criar o positivismo, ele partiu do princípio que para a humanidade permanecer evoluindo ela precisa exterminar completamente qualquer forma de caos

Apesar dessa ideia parecer correta, ela possui uma contradição, que seria o simples fato de que problemas existem para serem resolvidos. 

Não há motivo para resolver um problema se ele não existe. Não há motivos para consertar um carro que não está quebrado. 

Logo, seguindo a própria lógica de Comte, quando a humanidade atingisse a “ordem” da qual ele falava, ela necessariamente pararia de avançar. O motivo para isso é que não haveria mais problemas para resolver.   

As próprias Revolução Francesa e Revolução Industrial que motivaram Comte a escrever sua teoria, ocorreram por insatisfações das pessoas com o status quo em que viviam. 

Seguindo-se esse raciocínio é possível traçar uma linha de raciocínio que se contrapõe à ideia principal de Comte. Na verdade, o progresso vem do caos e (mais especificamente) de pessoas colocando diferentes ideias para tentar organizar esse caos. 

Os problemas éticos do positivismo

No tópico acima, detalhamos um pouco sobre a crítica filosófica e analítica feita ao positivismo. Neste, vamos falar sobre os problemas éticos que o positivismo poderia levar na sua aplicação prática.

Nos pilares 2 e 3 de sua teoria detalhados no texto, Comte argumenta sobre a importância de se criar uma disciplina e uma doutrina de grande rigor e ordem

A justificativa dada por ele, é que essa seria a única forma de seguir com o avanço da humanidade. 

O problema é que isso pressupõe que exista apenas uma ideia correta para direcionar a humanidade ao desenvolvimento. Qualquer outra ideia deve ser descartada, pois isso seria se desviar do caminho. 

Além disso, precisamos tocar na questão de “como criar essa doutrina?”

O Estado vai controlar a grade de matérias das escolas e inserir a mensagem do desenvolvimento na educação infantil? 

Os políticos vão dominar a justiça e criar leis baseando-se nessa ordem e nesse rigor? 

A mídia será controlada pelo poder dos governantes para passar a mensagem da ordem que leva ao progresso? 

Um único grande governante irá motivar as pessoas a seguir por esse caminho de ordem e disciplina, permitindo dessa forma, o avanço do qual Comte fala?

Se esse for o caso, quais seriam as implicações éticas sobre isso? 

Na verdade, a filosofia positivista já foi adotada por inúmeros regimes, ainda que não declaradamente. 

Como dissemos no texto, o Brasil adotou, como seu lema, uma frase positivista e seus primeiros governantes tentaram implantar essa linha. 

Até hoje, o governo brasileiro exerce grande influência sobre a educação e a mídia no país, contudo, o Brasil nunca se tornou mais rico ou mais organizado por causa disso. Muito pelo contrário

O resultado foi um país com a 3ª constituição mais carregada do planeta, uma das maiores inseguranças jurídicas do mundo e uma economia saturada de décadas perdidas. 

Exercícios sobre Positivismo com Gabarito

Esperamos que, com esse resumo, tudo tenha ficado mais claro para você. 

Obrigado por ter lido até aqui!

Baixe gratuitamente o Plano de Estudos do Beduka e tenha uma preparação perfeita para o ENEM.

Questão 1- (Ueg 2013) A sociologia nasce no séc. XIX após as revoluções burguesas  sob o signo do positivismo elaborado por Augusto Comte. As características do pensamento comtiano são:  

a) a sociedade é regida por leis sociais tal como a natureza é regida por leis naturais; as ciências humanas devem utilizar os mesmos métodos das ciências naturais e a ciência deve ser neutra. 

b) a sociedade humana atravessa três estágios sucessivos de evolução: o metafísico, o empírico e o teológico, no qual predomina a religião positivista. 

c) a sociologia como ciência da sociedade, ao contrário das ciências naturais, não pode ser neutra porque tanto o sujeito quanto o objeto são sociais e estão envolvidos reciprocamente. 

d) o processo de evolução social ocorre por meio da unidade entre ordem e progresso, o que necessariamente levaria a uma sociedade comunista.   

Questão 2- (Ufu 2013) Na parte mais tardia de sua carreira, Comte elaborou planos ambiciosos para a reconstrução da sociedade francesa em particular, e para as sociedades humanas em geral, baseado no seu ponto de vista sociológico. Ele propôs o estabelecimento de uma “religião da humanidade”, que abandonaria a fé e o dogma em favor de um fundamento científico. A Sociologia estaria no centro dessa nova religião 

GIDDENS, Anthony. Sociologia. 4.ed. Porto Alegre: Artmed, 2005. p. 28.

Com base nessa assertiva, Comte aponta para o papel da Sociologia como ciência fundamental para a compreensão 

a) da ideia da revolução, como solução para sanar as questões da desigualdade social. 

b) da crença na ação dos indivíduos, como fator de intervenção na realidade. 

c) do consenso moral, como solução para regular e manter unida a sociedade. 

d) dos elementos subjetivos da sociedade, tendo em vista a pluralidade social. 

Questão 3- (Ufrgs 2012) Tanto Augusto Comte quanto Karl Marx identificam imperfeições na sociedade industrial capitalista, embora cheguem a conclusões bem diferentes: para o positivismo de Comte, os conflitos entre trabalhadores e empresários são fenômenos secundários, deficiências, cuja correção é relativamente fácil, enquanto, para Karl Marx, os conflitos entre proletários e burgueses são o fato mais importante das sociedades modernas. A respeito das concepções teóricas desses autores, é CORRETO afirmar:

a) Comte pensava que a organização científica da sociedade industrial levaria a atribuir a cada indivíduo um lugar proporcional à sua capacidade, realizando-se assim a justiça social. 

b) Comte considera que a partir do momento em que os homens pensam cientificamente, a atividade principal das coletividades passa a ser a luta de classes que leva necessariamente à resolução de todos os conflitos. 

c) Marx acredita que a história humana é feita de consensos e implica, por um lado, o antagonismo entre opressores e oprimidos; por outro lado, tende a uma polarização em dois blocos: burgueses e proletários. 

d) Para Karl Marx, o caráter contraditório do capitalismo manifesta-se no fato de que o crescimento dos meios de produção se traduz na elevação do nível de vida da maioria dos trabalhadores embora não elimine as desigualdades sociais. 

e) Tanto Augusto Comte quanto Karl Marx concordam que a sociedade capitalista industrial expressa a predominância de um tipo de solidariedade, que classificam como orgânica, cujas características se refletirão diretamente em suas instituições.

  • Muito bem! Você chegou à metade dos Exercícios sobre positivismo. Continue fazendo o restante.

Questão 4- (Unimontes 2012) Auguste Comte (1798-1857) foi um pensador positivista que propôs uma nova ciência social à Sociologia, que inicialmente foi chamada de Física Socia  

Sobre os princípios dessa ciência para esse autor, analise as afirmativas e assinale as alternativas, marcando V para verdadeiro ou F para falso. 

( ) No estágio positivo, a vida social será explicada pela filosofia, triunfando sobre todas as outras formas de pensamento. 

( ) A imposição da disciplina era, para os positivistas, uma função primordial da escola, pois ali os membros de uma sociedade aprenderiam, desde pequenos, a importância da obediência e da hierarquia. 

( ) A maturidade do espírito seria encontrada na ciência; por isso, na escola de inspiração positivista, os estudos literários e artísticos prevalecem sobre os científicos. 

( ) Defendeu a necessidade de substituir a educação europeia, ainda essencialmente teológica, metafísica e literária, por uma educação positiva, conforme o espírito da civilização moderna. A sequência correta é  

a) F,V,V.F. 

b) F,V,F,V. 

c) V,F,F,F. 

d) V,V,V,F. 

Questão 5- (Unioeste 2012) A filosofia da História – o primeiro tema da filosofia de Augusto Comte – foi sistematizada pelo próprio Comte na célebre “Lei dos Três Estados” e tinha o objetivo de mostrar por que o pensamento positivista deve imperar entre os homens. Sobre a “Lei do Três Estados” formulada por Comte, é correto afirmar que

a) Augusto Comte demonstra com essa lei que todas as ciências e o espírito humano desenvolvem-se na seguinte ordem em três fases distintas ao longo da história: a positiva, a teológica e a metafísica. 

b) na “Lei dos Três Estados” a argumentação desempenha um papel de primeiro plano no estado teológico. O estado teológico, na sua visão, corresponde a uma etapa posterior ao estado positivo.

c) o estado teológico, segundo está formulada na “Lei dos Três Estados”, não tem o poder de tornar a sociedade mais coesa e nenhum papel na fundamentação da vida moral.  

d) o estado positivista apresenta-se na “Lei dos Três Estados” como o momento em que a observação prevalece sobre a imaginação e a argumentação, e na busca de leis imutáveis nos fenômenos observáveis.  

e) para Comte, o estado metafísico não tem contato com o estado teológico, pois somente o estado metafísico procura soluções absolutas e universais para os problemas do homem.

  • Parabéns, você fez todos os exercícios sobre positivismo. Confira agora o Gabarito:

Gabarito dos Exercícios sobre Positivismo

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: a) a sociedade é regida por leis sociais tal como a natureza é regida por leis naturais; as ciências humanas devem utilizar os mesmos métodos das ciências naturais e a ciência deve ser neutra. 

Exercício resolvido da questão 2 –

Alternativa correta: c) do consenso moral, como solução para regular e manter unida a sociedade. 

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: a) Comte pensava que a organização científica da sociedade industrial levaria a atribuir a cada indivíduo um lugar proporcional à sua capacidade, realizando-se assim a justiça social. 

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: b) F,V,F,V. 

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: d) o estado positivista apresenta-se na “Lei dos Três Estados” como o momento em que a observação prevalece sobre a imaginação e a argumentação, e na busca de leis imutáveis nos fenômenos observáveis. 

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou das nossos exercícios sobre positivismo? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador