História

Exercícios sobre República Velha

Exercícios de República Velha

República Velha é a denominação dada ao período histórico brasileiro que se estendeu da Proclamação da República em 15 de novembro de 1889 até a Revolução de 1930, governada por Getúlio Vargas. A República Velha é a primeira fase da República brasileira, por isso é também chamada de Primeira República.

A República Velha ou Primeira República é a fase inicial da República brasileira. Ela é importante para entendermos a história do nosso país. O ENEM tem questões na prova sobre essa matéria na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias, então revisar e fazer exercícios vai te preparar para a prova.

Uma dica para te auxiliar nos estudos para o ENEM é o nosso Plano de Estudos. É GRATUITO!

Além de exercícios sobre República Velha, o Beduka possui também outros exercícios de história importantes para você se preparar para a prova do ENEM, como questões sobre a expansão territorial do Brasil , questões de vestibular sobre o imperialismo e 5 questões de vestibular de história com gabarito.

República Velha

O período da República Velha é denominado dessa forma, pois representa a primeira fase da República brasileira, que durou desde a Proclamação da República em 15 de novembro de 1889 até a Revolução de 1930, guiada pelo presidente Getúlio Vargas.

É possível separar a República brasileira em três partes:

  • República Velha (1889 – 1930)
  • República Nova ou Era Vargas (1930 – 1945)
  • República Contemporânea (1945 até atualmente)

Nesse texto vamos revisar a República Velha, separando esse momento em dois períodos:

  • Primeiro Período da República Velha (1889 – 1894)
  • Segundo Período da República Velha (1894 – 1930)

República Velha (1889 – 1894)

Floriano-Peixoto-e-Deodoro-da-Fonseca

No primeiro período da República Velha, os dois primeiros presidentes do Brasil eram Deodoro da Fonseca e Floriano Peixoto. Sendo os dois militares, esse momento ficou conhecido como República da Espada, pois o Brasil estava seguindo condições militares.

Após a proclamação, o Brasil organizou um Governo Provisório, liderado por Deodoro da Fonseca, que iria comandar o país até a elaboração de uma nova constituição.

A primeira Constituição Republicana foi divulgada no dia 24 de fevereiro de 1891 pelo Congresso Constituinte. Após a divulgação da Constituição Republicana, Marechal Deodoro da Fonseca foi eleito pelo Congresso como primeiro presidente do Brasil e o seu vice era Floriano Peixoto, que durou de 1889 a 1891.

O governo possuía discordâncias entre civis e militares, além de ter vários opositores contra Marechal Deodoro. Então, no dia 3 de novembro o presidente Deodoro dissolveu o Congresso.

Após essa ação, o Congresso realizou um contragolpe que fez Deodoro da Fonseca renunciar e entregar o cargo ao vice-presidente Floriano Peixoto. Segundo a Constituição brasileira, o correto seria realizar novas eleições, porém a convocação não ocorreu.

Então, Floriano Peixoto (1891-1894) tornou-se o novo presidente do Brasil, com o apoio de uma forte ala militar. Floriano Peixoto suspendeu a dissolução do Congresso e foi considerado o “Marechal de Ferro”, pois governou pela força.

A Revolta Federativa, a Revolta da Armada, as Revoltas das Fortalezas de Lage e a de Santa Cruz foram consequências da ação de Deodoro da Fonseca.

Teste os seus conhecimentos também por meio dos nossos Simulados para ENEM! É 100% ONLINE E GRATUITO!

República Velha (1894 – 1930)

segundo período da república velha

A República Velha também foi nomeada “República das Oligarquias”, pois era comandada pela aristocracia dos fazendeiros.

O presidente era alterado sucessivamente entre paulistas e mineiros, pois eram os estados mais ricos. Os presidentes eleitos nesse período que não eram dos estados de Minas Gerais e de São Paulo, foram Hermes da Fonseca, Epitácio Pessoa e Washington Luís.

O voto de cabresto foi um sistema eleitoral onde coronéis compravam votos para seus candidatos ou trocavam votos por bens materiais, como pares de sapato, alimentos e óculos.

O voto era aberto, então os coronéis mandavam os seus servidores para os locais de votação, intimidando os eleitores a votarem nos candidatos que queriam.

Os lugares controlados politicamente pelos coronéis ficaram conhecidos como currais eleitorais. Acontecimentos como alteração de votos, o sumiço das urnas, entre outros, ficaram conhecidos como fraude eleitoral.

A Política dos Governadores, criada pelo presidente Campos Sales (1898 – 1902), consistia em acordos políticos por meio da troca de favores. Assim, os governadores não se opunham ao governo central e ganhavam a liberação de verbas federais.

Após a Revolução de 1930, Getúlio Vargas fez com que o coronelismo perdesse força e deixasse de existir em alguns lugares do Brasil.

Os presidentes do Segundo Período da República Velha, foram:

  • Prudentes de Morais (1894 – 1898)
  • Campos Sales (1898 – 1902)
  • Rodrigo Alves (1902 – 1906)
  • Afonso Pena (1906 – 1909)
  • Nilo Peçanha (1909 – 1910)
  • Hermes da Fonseca (1910 – 1914)
  • Venceslau Brás (1914 – 1918)
  • Epitácio Pessoa (1918 – 1922)
  • Arthur Bernardes (1922 – 1926)
  • Washington Luís (1926 – 1930)

Veja também:

Confira COMO ESTUDAR HISTÓRIA para o ENEM!

Exercícios sobre a República Velha

1- UFMGLeia o texto:

Na Bruzundanga, como no Brasil, todos os representantes do povo, desde o vereador até o presidente da República, eram eleitos por sufrágio universal e, lá, como aqui, de há muito que os políticos tinham conseguido quase totalmente eliminar do aparelho eleitoral este elemento perturbador – “o voto”. Julgavam os chefes e capatazes políticos que apurar os votos dos seus concidadãos era anarquizar a instituição e provocar um trabalho infernal na apuração porquanto cada qual votava em um nome, visto que, em geral, os eleitores têm a tendência de votar em conhecidos ou amigos. Cada cabeça, cada sentença; e para obviar os inconvenientes de semelhante fato, os mesários de Bruzundanga lavravam as atas conforme entendiam e davam votações aos candidatos conforme queriam. (…) às vezes semelhantes eleitores votavam até com nome de mortos, cujos diplomas apresentavam aos mesários solenes e hieráticos que nem sacerdotes de antigas religiões.

(BARRETO, Lima. Os Bruzundangas. Rio de Janeiro: Ediouro, s.d. p. 65-66.)

Todas as alternativas contêm informações que confirmam o comportamento eleitoral criticado na sátira de Lima Barreto, exceto em:

a) o domínio político dos coronéis rurais garantia a mecânica eleitoral fraudulenta operada através do voto de curral.

b) o interesse das elites agrárias e a exclusão das demais classes sociais da política estavam garantidos nesse sistema político eleitoral.

c) o sistema eleitoral descrito como corrupto estava na base da política dos governadores, posta em prática pelas oligarquias na chamada República Velha.

d) o sistema eleitoral fraudulento foi consolidado, no fim dos anos 20, através da ação decisiva da Aliança Liberal.

e) o voto de cabresto era uma forma de manipulação de eleitorado, seja através da compra de voto, seja através da troca do voto por favores.

2- (Fuvest-SP)A política do café, durante a Primeira República:

a) chegou ao auge do protecionismo com o Convênio de Taubaté, passando depois a reger-se pelas leis do mercado.

b) procurou atender aos interesses dos cafeicultores através de constantes medidas de proteção ao produto.

c) pode ser equiparada a de outras produções agrícolas, todas elas amparadas por Planos de Defesa.

d) atendeu exclusivamente aos interesses dos grandes grupos internacionais através dos Planos de Defesa.

e) foi dirigida pelo governo do estado de São Paulo, enquanto o poder federal mantinha uma atitude distante e neutra.

3- (UERJ)Sobre o Tenentismo no Brasil durante a Primeira República (1889-1930) é correto dizer:

a) Foi um grupo formado por jovens militares com o objetivo de instalar um regime comunista no Brasil.

b) Representou um grupo de oligarquias cafeeiras que primavam pela continuidade do trabalho escravo no Brasil.

c) Foi um movimento constituído por jovens tenentes do exército que realizaram várias manifestações contrárias ao governo das oligarquias durante a Primeira República no Brasil.

d) Constitui-se por jovens militares durante os anos de 1920 e 1930, com a prioridade de continuar com a política de café-com-leite no cenário político nacional.

4- (ENEM)“Completamente analfabeto, ou quase, sem assistência médica, não lendo jornais, nem revistas, nas quais se limita a ver as figuras, o trabalhador rural, a não ser em casos esporádicos, tem o patrão na conta de benfeitor. No plano político, ele luta com o “coronel” e pelo “coronel”. Aí estão os votos de cabresto, que resultam, em grande parte, da nossa organização econômica rural.”

(LEAL, V. N. Coronelismo, enxada e voto. São Paulo: Alfa-Ômega, 1976 (adaptado))

O coronelismo, fenômeno político da Primeira República (1889-1930), tinha como uma de suas principais características o controle do voto, o que limitava, portanto, o exercício da cidadania. Nesse período, esta prática estava vinculada a uma estrutura social:

a) igualitária, com um nível satisfatório de distribuição da renda.

b) estagnada, com uma relativa harmonia entre as classes.

c) tradicional, com a manutenção da escravidão nos engenhos como forma produtiva típica.

d) ditatorial, perturbada por um constante clima de opressão mantido pelo exército e polícia.

e) agrária, marcada pela concentração da terra e do poder político local e regional.

5- (Cesgranrio)Sobre a participação dos militares na Proclamação da República é correto que:

a) o Partido Republicano foi influenciado pelos imigrantes anarquistas a desenvolver a consciência política no seio do exército.

b) a proibição de debates políticos e militares pela imprensa, a influência das ideias de Augusto Comte e o descaso do Imperador para com o exército favoreceram a derrubada do Império.

c) o descaso de membros do Partido Republicano, como Sena Madureira e Cunha Matos, em relação ao exército, expresso através da imprensa, levou os “casacas” a proclamar a República.

d) o Gabinete do Visconde de Ouro Preto formalizou uma aliança pró-republicana com os militares positivistas no Baile da Ilha Fiscal.

e) a aliança dos militares com a igreja acirrou as divergências entre militares e republicanos, culminando na Questão Militar.

Aprenda muito mais com o Beduka

Siga o Beduka no Instagram para não perder as novidades!

Abaixo apresentamos mais exercícios resolvidos nos quais você pode se aprofundar mais:

O Beduka é um buscador gratuito de cursos e faculdades, particulares ou públicas, que surgiu em 2017. Através de uma pesquisa simples você encontra informações detalhadas sobre todas as instituições de ensino superior registradas no Ministério da Educação (MEC).Experimente agora!

Agora que você conferiu alguns exercícios sobre República Velha, aproveite e veja outros artigos que podem te ajudar no ENEM e em outros vestibulares. Aprenda sobre o que foi o iluminismo, veja o que é cinemática e descubra como foi a colonização Portuguesa no Brasil.

Respostas dos Exercícios sobre República Velha

Exercício resolvido da questão 1
d) o sistema eleitoral fraudulento foi consolidado, no fim dos anos 20, através da ação decisiva da Aliança Liberal.

Exercício resolvido da questão 2
b) procurou atender aos interesses dos cafeicultores através de constantes medidas de proteção ao produto.

Exercício resolvido da questão 3
c) Foi um movimento constituído por jovens tenentes do exército que realizaram várias manifestações contrárias ao governo das oligarquias durante a Primeira República no Brasil.

Exercício resolvido da questão 4
e) agrária, marcada pela concentração da terra e do poder político local e regional.

Exercício resolvido da questão 5
b) a proibição de debates políticos e militares pela imprensa, a influência das ideias de Augusto Comte e o descaso do Imperador para com o exército favoreceram a derrubada do Império.

Gostou dos nossos exercícios sobre República Velha? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador