Português

Os 7 melhores exercícios sobre Sujeito e Predicado

Os 7 melhores exercícios sobre Sujeito e PredicadoOs 7 melhores exercícios sobre Sujeito e Predicado

O sujeito pode ser representado por algum pronome substantivo, palavra substantivada, ou substantivo. O predicado é a parte da oração que vem logo após o sujeito. Leia o resumo para descobrir o que é cada um e seus respectivos tipos. Depois é só arrasar nos exercícios sobre sujeito e predicado.

Neste artigo de exercícios sobre sujeito e predicado, você encontrará os tópicos abaixo. Clique em um deles para ir diretamente ao conteúdo:

  1. Sujeito e predicado.
  2. O que é sujeito?
  3. Quais são os tipos de sujeitos?
  4. O que é predicado?
  5. Quais são os tipos de predicados?
  6. Os 7 melhores exercícios sobre sujeito e predicado.
  7. Gabarito dos exercícios sobre sujeito e predicado.
  • Após resolver os exercícios sobre sujeito e predicado, você pode praticar com o Simulado Beduka! O melhor simulado enem do Brasil!

Entender sobre essa matéria também é importante na hora de escrever a redação no ENEM. Aproveite e veja o Guia Completo da Redação Dissertativa Argumentativa, onde explicamos tudo que você precisa saber para fazer um bom texto na hora da prova.

Sujeito e predicado

Vamos entender sobre cada um desses dois termos para responder os exercícios sobre sujeito e predicado e se preparar para o caderno de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias do Enem.

  • Confira o artigo completo sobre o que é Semântica.

O que é sujeito? 

O sujeito é um elemento importante dentro de um enunciado, sendo ele uma composição essencial da oração. Apesar de existirem orações sem sujeito, quando aparecem são denominados de determinados ou indeterminados, quando aparecem de forma oculta.

Quais são os tipos de sujeitos?

As orações podem ser compostas de sujeito simples, sujeito oculto, sujeito composto, sujeito indeterminado. Há também as orações sem sujeito. Entenda abaixo cada um dos casos para, após, resolver os exercícios sobre sujeito e predicado.

Sujeito Composto

O sujeito composto é aquele formado por dois núcleos. O núcleo do sujeito é representado por algum pronome substantivo, palavra substantivada, ou substantivo. 

Exemplo de sujeito composto:

O menino e a menina são seres inseparáveis. (Núcleo: substantivo + substantivo)

Sujeito Simples

O sujeito simples é aquele formado por um núcleo. 

Exemplo de sujeito simples:

Ela dançou toda a noite. (Núcleo: pronome substantivo)

Sujeito Oculto

O sujeito oculto ou desinencial, não aparece de forma explícita na oração, mas ele pode ser identificado ao analisar o verbo, pois ele mostra quem é o sujeito da oração.

Exemplo de sujeito oculto:

Fomos para o ponto de ônibus. (O pronome pessoal “Nós” está oculto)

Obs: esse sujeito também é chamado elíptico.

Sujeito indeterminado

Esse é um tipo de sujeito oculto, mas que não é possível saber de quem se trata. 

Chamamos de indeterminado o sujeito que for oculto sendo a 3ª pessoa do singular ou do plural.

Logo, toda vez que numa oração estiver oculto o sujeito Ele/Ela/Eles/Elas, temos um sujeito indeterminado.

Exemplo de sujeito indeterminado:

Fizeram o lanche juntos hoje. (Eles está oculto, logo o sujeito é indeterminado)

Fez tudo aquilo sozinho. (Ele está oculto, logo o sujeito é indeterminado)

Há ainda outra forma de se escrever uma oração com o sujeito indeterminado, que é a seguinte:

  • Precisa-se de empregada doméstica.
  • Contrata-se eletricista

Neste caso é indeterminado quem está precisando, quem está contratando.

Oração sem sujeito

As principais formas de uma oração não ter sujeito são:

  1. Verbo haver com o sentido de existir. Ex: Há meninos jogando bola.
  2. Verbos que retratem fenômenos da natureza. Ex: Choveu a noite toda.
  3. Verbo fazer no sentido de tempo decorrido. Ex: Faz anos que não o vejo.

O que é predicado?

O predicado é aquilo que é designado para o sujeito, sendo essencial a presença de um verbo ou locução verbal. 

DICA: Tudo o que sobra numa oração excluindo o sujeito é considerado predicado, incluíndo o verbo.

Quais são os tipos de predicados?

São dois os tipos de predicados, o predicado verbal e o predicado nominal. Conhecê-los e saber diferenciá-los é essencial na hora de resolver os exercícios sobre sujeito e predicado.

Predicado Verbal

O predicado verbal tem como núcleo um verbo ou uma locução verbal, que tem como mensagem uma ação.

Importante ressaltar que a locução verbal é a união de verbos, como por exemplo: 

Estamos comendo.

Exemplo de predicado verbal:

Lucas chegou de carro.

  • Sujeito: Lucas.
  • Predicado verbal: chegou de carro.
  • Núcleo do predicado: chegou.

Predicado Nominal

O predicado nominal é aquele que tem como núcleo um nome, sendo um substantivo ou adjetivo. 

Ele é responsável por indicar o estado ou qualidade de algo e é formado por um verbo de ligação e o predicativo do sujeito, ou seja, acrescenta características ao sujeito da ação.

A estrutura do predicado nominal é: sujeito + verbo de ligação + predicativo do sujeito.

Exemplo de predicado nominal:

Ana é animada.

Sujeito: Ana.

Predicado nominal: é animada.

Núcleo do predicado: animada.

Mas para ficar ainda mais claro, sobre o que é sujeito e predicado, preparamos a seguinte imagem para você fixar o conteúdo:

Resumo-sobre-sujeito-e-predicado

Exercícios sobre Sujeito e Predicado 

Baixe o melhor plano de estudos gratuito que você encontrará na internet.

1 – (CEGALLA – adaptada) – Numere as orações abaixo de acordo com a seguinte classificação:

A. oração sem sujeito

B. oração com sujeito indeterminado

C. oração com sujeito elíptico

( ) Júlio, no clube falaram mal de você.

( ) Embaixo da árvore, havia pedras espalhadas.

( ) Trabalha-se de dia, descansa-se à noite.

( ) Apertamo-nos as mãos amigavelmente.

( ) No trabalho, use equipamento de proteção.

a) A, B, B, C, C.

b) B, A, B, C, A.

c) B, A, B, A, C.

d) B, B, B, C, C.

e) B, A, B, C, C.

2 – (ADVISE) – Na frase: “Querido, deixei seu café pronto na copa.”, temos:

a) Sujeito simples interactante

b) Sujeito composto

c) Sujeito oculto determinante

d) Sujeito indeterminado

e) Oração sem sujeito

3 – (FMPA-MG) – “Quando me procurar o desencanto, eu direi, sereno e confiante, que a vida não me foi de todo inútil.”

a) indeterminado.

b) eu (elíptico).

c) o desencanto.

d) me.

e) inexistente.

4 – (OSEC) – Das orações: “Pede-se silêncio”, “A caverna anoitecia aos poucos”, “Fazia um calor temendo naquela tarde” – o sujeito classifica-se respectivamente como:

a) indeterminado, inexistente, simples

b) oculto, simples, inexistente

c) inexistente, inexistente, inexistente

d) oculto, inexistente, simples

e) simples, simples, inexistente

5 – (UFU-MG) – “O sol entra cada dia mais tarde, pálido, fraco, oblíquo.” “O sol brilhou um pouquinho pela manhã”. Pela ordem, os predicados das orações acima classificam-se como:

a) nominal e verbo-nominal

b) verbal e nominal

c) verbal e verbo-nominal

d) verbo-nominal e nominal

e) verbo-nominal e verbal 

6 – (Unimep – SP) –

I. Paulo está adoentado.

II. Paulo está no hospital.

a) O predicado é verbal em I e II.

b) O predicado é nominal em I e II.

c) O predicado é verbo-nominal em I e II.

d) O predicado é verbal em I e nominal em II.

e) O predicado é nominal em I e verbal em II.

7 – (Unimep-SP) – Em: “…as empregadas das casas saem apressadas, de latas e garrafas na mão, para a pequena fila de leite”, os termos destacados são, respectivamente:

a) adjunto adverbial de modo e adjunto adverbial de matéria.

b) predicativo do sujeito e adjunto adnominal.

c) adjunto adnominal e complemento nominal.

d) adjunto adverbial de modo e adjunto adnominal.

e) predicativo do objeto e complemento nominal.

Respostas dos Exercícios sobre Sujeito e Predicado 

Exercício resolvido da questão 1 –

e) B, A, B, C, C

Exercício resolvido da questão 2 –

c) Sujeito oculto determinante

Exercício resolvido da questão 3 –

c) o desencanto.

Exercício resolvido da questão 4 –

e) simples, simples, inexistente

Exercício resolvido da questão 5 –

e) verbo-nominal e verbal 

Exercício resolvido da questão 6 –

e) O predicado é nominal em I e verbal em II.

Exercício resolvido da questão 7 –

d) adjunto adverbial de modo e adjunto adnominal.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos exercícios sobre sujeito e predicado? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

14 Comentários

  • O gabarito da 7 está absurdamente errado ,o correto seria alternativa D.
    Os termos destacados são, respectivamente,

    e. adjunto adverbial de modo e adjunto adnominal.

    Explicação:

    Os termos em destaque são “apressadas” e “de leite”.

    O termo “apressadas” é um adjetivo, porém, nessa frase, funciona como advérbio, pois indica o modo como a ação de sai foi feita.

    A frase poderia ser reescrita assim:

    “As empregadas das casas saem apressadamente […]”.

    Portanto, sua função sintática é de adjunto adverbial de modo.

    O termo “de leite” se liga ao substantivo “fila”, especificando-o (não se trata de uma fila qualquer, mas sim da fila formada pelas garrafas de leite.

    Assim, sua função sintática é de adjunto adnominal.

    Esse é um termo que se liga diretamente a um substantivo, determinando-o, especificando-o, caracterizando-o ou restringindo seu sentido.

    • Está sim, Rosilene. Na primeira frase “-se” representa o sujeito, na segunda, o sujeito á “caverna” e na terceira o sujeito não existe porque estamos da natureza como “calor” não são considerados sujeito.

  • A questão 4, o pronome “se” não deveria funcionar como sujeito indeterminado? Por que ele está como sujeito simples?
    Concordância verbal com o pronome “se”
    Diante do caso de um sujeito indeterminado, os verbos devem ser conjugados na 3.ª pessoa do singular:

    Fala-se muito em novas tecnologias.
    Precisa-se de pessoas com atitude.
    Confia-se nas pessoas.
    O “se” do índice de indeterminação do sujeito é acompanhado de verbo intransitivo, transitivo indireto ou de ligação.

    • Oi, Ju. Está como Sujeito Simples porque o sentido da frase é “Silêncio é pedido”. Ou seja, podemos identificar o sujeito se usarmos a voz passiva.

  • O exercisio 4 esta errado a resposta certa e b.

    Das orações: “Pede-se silêncio”, “A caverna anoitecia aos poucos”, “Fazia um calor temendo naquela tarde” – o sujeito classifica-se respectivamente como:

    Pede-se silencio, quem pede silencio nao sabemos entao e oculto
    A caverna anoitecia aos poucos e simples por que quem anoitece aos poucos e a caverna
    Fazia um calor temendo naquela tarde e inxistente pois ninguem fazia calor

    a) indeterminado, inexistente, simples

    b) oculto, simples, inexistente

    c) inexistente, inexistente, inexistente

    d) oculto, inexistente, simples

    e) simples, simples, inexistente

    • Rebeca, o gabarito está correto. O “se” de “Pede-se silêncio” torna o sujeito existente, portanto, ele é simples pois é formado por uma só palavra.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador