Filosofia

O que é o Mito da Caverna?

o que é o Mito da Cavernao que é o Mito da Caverna?

O Mito da Caverna é uma metáfora criada por Platão. Platão foi um filósofo e matemático do período clássico da Grécia Antiga, autor de diversos diálogos filosóficos e fundador da Academia em Atenas. Nesse artigo resumimos o Mito da Caverna e explicamos ele de forma bem didática.

Platão foi um filósofo e matemático grego que viveu na antiguidade e que já apresentamos aqui detalhes sobre as suas ideias. Vamos explicar aqui hoje o que é o Mito da Caverna, um trecho do livro “A República”. Vamos lá!?

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Embora muitas pessoas não compreendam o total significado das questões impostas pela filosofia, elas são muito importantes para descrever o ser humano e assuntos mais profundos.

De tanto pensar sobre a condição humana, Platão escreveu o Mito da Caverna, uma metáfora para explicar como funciona a ignorância em cada indivíduo.

Além do nome de Mito da Caverna, há outros dois nomes que remetem ao mesmo tema: a Alegoria da Caverna e a Parábola da Caverna.

Esse mito consiste em falar sobre pessoas que vivem em cavernas e, por isso, não veem o mundo real. Trata-se de um texto bastante conhecido e estudado até hoje, em todas as partes do mundo.

Antes de entrarmos nos detalhes sobre o que é o Mito da Caverna, que tal parar um pouco para entender quais são as principais ideias de Émile Durkheim, as origens da teoria de Taylor e as aplicações das leis de Newton no cotidiano.

Resumo do que é o Mito da Caverna

Platão escreveu uma história que contava sobre um grupo de pessoas que morava em uma enorme caverna, permanecendo com todo o seu corpo amarrado por correntes e que, por isso, não podia se mexer e muito menos olhar ao redor.

Os mesmos eram obrigados a olhar única e fixamente para uma parede escura e vazia. Atrás deles havia uma grande fogueira e, como não podiam vê-la, outras pessoas passavam por ela e o fogo projetava as sombras diretamente na parede para a qual os acorrentados olhavam fixamente.

Como não podiam se mexer, eles acreditavam que aquelas sombras eram as únicas verdades sobre o mundo em que viviam. Contudo, no relato sobre o Mito da Caverna, um dia, um dos acorrentados conseguiu se soltar e saiu de dentro da caverna.

De início, a luz solar, a claridade e o acesso a um universo composto pelas mais variadas cores o fizeram recuar, visto que aquilo ardia os seus olhos, assim como o assustava.

No entanto, ele resolveu enfrentar aquela claridade e aos poucos foi saindo da caverna novamente. Devagar ele foi abrindo os olhos e, quando conseguiu abri-los completamente, explorou todos os lugares possíveis e fez descobertas incríveis sobre o mundo que o cercava, deixando cada vez mais a escuridão da caverna de lado.

Com o intuito de compartilhar todo o conhecimento aprendido na natureza, ele resolveu voltar para a caverna para contar aos outros prisioneiros tudo o que havia descoberto.

Porém, eles não acreditaram no homem e chamavam-no de louco. Foram muitas as tentativas para que os amigos cressem, afinal, ele queria que seus pares se libertassem daquela escuridão, mas esse comportamento acabou enfurecendo-os ainda mais.

Os companheiros acorrentados julgavam que sua sanidade estava comprometida e que ele era um perigo para os demais, podendo, inclusive, fazer com que outras pessoas ficassem loucas. Com esse pensamento, os companheiros mataram o ex-acorrentado quando ele tentou libertá-los.

Saiba quais são as principais ideias de Karl Marx.

Interpretando o Mito da Caverna, de Platão

Segundo o filósofo, a caverna é o mundo atual, onde todos os seres humanos vivem. As correntes que aprisionavam as pessoas é a ignorância. Hoje elas podem ser a cultura, as crenças e o senso comum, por exemplo.

Ao invés de buscarem por respostas concretas e verdadeiras, as pessoas ficam acorrentadas às suas ideias e procuram eliminar todos aqueles que discordam delas.

Portanto, o indivíduo que consegue se “libertar das correntes” é aquele que vai além das opiniões de senso comum, conseguindo enxergar novas ideias, fatos e experiências.

Além disso, o mito é uma forma de dizer que são poucas as pessoas que tentam ver o exterior, entender a cultura, a fé, os pensamentos do outro. A maioria simplesmente não aceita aquilo que não conhece, vendo-o de forma negativa.

E aí? Conseguiu entender o que é o Mito da Caverna abordado por Platão? Você concorda com a interpretação atribuída? Veja também:

Aqui no Beduka nós buscamos sempre apresentar conteúdos que são exigidos nos mais variados vestibulares e também no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Já destacamos o que é pronome oblíquo, apresentamos um resumo da biografia de Eça de Queiroz e uma lista dos principais autores da primeira fase do modernismo.

Você tem ainda a oportunidade de encontrar um guia de com rankings de diversas áreas, tais como:

Somos um buscador de faculdades e cursos com uma relação completa de instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Além de explicar o que é o Mito da Caverna, também criamos um simulado gratuito do ENEM e um simulador de nota de corte para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Após acompanhar o resumo do que é o Mito da Caverna, escrito por Platão, temos vários testes para avaliar os seus conhecimentos:

Veja aqui conteúdos textos especiais com dicas para o ENEM, resumos de livros obrigatórios nos processos seletivos, palavras para escrever uma redação e uma lista das melhores faculdades de medicina veterinária do Brasil.

Se você gostou deste texto que apresenta o que é o Mito da Caverna, compartilhe com os amigos por meio das redes sociais.

Maurício de Souza, o criador da Turma da Mônica, ilustrou As Sombras da Vida, uma história em quadrinhos em que apresenta o que é o Mito da Caverna, veja o vídeo abaixo.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador