Filosofia

Principais ideias de Karl Marx – Sua Biografia, filosofia e obras

imagem de karl marx filosofo ideologo do comunismo com dois dedos levantadosPrincipais ideias de Karl Marx

Marx foi o principal ideólogo do socialismo/comunismo. Na tentativa de implementação do comunismo no séc. XX, surgiu a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Entenda como as principais ideias de Karl Marx estão envolvidas em um dos genocídios da história.

Marx não foi um filósofo abrangente. A maior parte do seu pensamento já estava presente nas teorias de outros filósofos. Sua concentração maior foi no entendimento da Mais-Valia, que via apenas no trabalho a fonte de valoração de um produto.

Vamos responder quem foi Karl Marx!

Estude também as principais ideias de Platão e algumas questões sobre sua filosofia.

Para ir bem no Enem, treine as matérias de Ciências Humanas e suas tecnologias no nosso Simulado Online e Gratuito.

Biografia de Karl Marx

jovem marx no texto principais ideias de marx

Antes de explicarmos quais são as principais ideias de Karl Marx e suas influências, veja um pequeno resumo da biografia de Marx.

Ele nasceu em 05 de maio de 1818 em Tréveris, na Alemanha. Foi filósofo, político, economista, sociólogo e jornalista. Nasceu numa família de judeus de classe média.

Aproveite e teste seus conhecimentos com os Exercícios sobre Karl Marx !

Adolescente, ingressou na Universidade de Bonn para cursar Direito e começou a se envolver com política estudantil. Pouco depois, ele se transferiu para a Universidade de Berlim. Foi lá que ele conheceu o pensamento do filósofo Hegel e passou a condenar mais fortemente o Estado e a religião.

Foi lá que ele também conheceu Jenny, com quem se casou em 1843 e teve 7 filhos. Marx também teve um filho com a empregada socialista que havia contratado, Helena Demuth , mas não assumiu a paternidade, nem ajudou a criança.

Cada vez mais em contato com o pensamento hegeliano e participando dos grupos de esquerda, acabou por se transferir para o curso de Filosofia, onde obteve o doutorado.

Marx se mudou para Colônia e conheceu seu amigo e também filósofo, Engels. Lá ele se tornou diretor do jornal Gazeta Renana. Quando esse jornal fechou, Marx se mudou para Paris.

Dois anos após a esposa morrer, Marx teve depressão. Além disso, adoeceu por uma infecção na garganta que o impedia de falar e se alimentar adequadamente. Tudo piorou e ele teve problemas no sistema respiratório.

Karl Marx faleceu em 14 de março de 1883.

Este foi um pequeno resumo da vida de Karl Marx. Vamos agora detalhar mais suas teorias.

Organize seus estudos com o nosso Plano de estudos gratuito!

Karl Marx e Friedrich Engels

Não é possível entender as principais ideias de Karl Marx sem conhecer também sua relação com Engels. 

Boa parte da filosofia de Marx foi pensada junto de seu amigo Engels. Juntos desenvolveram ensaios sobre o socialismo.

Ambos enxergavam a realidade como uma disputa entre classes. Para eles, a diferença entre patrões e empregados era injusta por natureza e deveria ser sanada para que os trabalhadores parassem de ser oprimidos.

Eles condenavam:

  • O Sistema Capitalista; 
  • A propriedade privada; 
  • A família; 
  • A liberdade individual;  
  • A religião.

Veja as principais ideias de Santo Agostinho e alguns exercícios sobre sua filosofia.

Por isso, Marx fundou a Sociedade dos Trabalhadores Alemães para fortalecer o movimento operário na Europa. Ele e Engels pertenceram à Liga Comunista, que defendia a luta de classes, ou seja, a guerra armada entre operários e patrões. 

Eles queriam o caos na sociedade a fim de que, do terror, surgisse a ordem e a igualdade. Este entendimento é fruto da filosofia hegeliana que aposta no combate entre os contrários do qual se tem um produto, a síntese.

Comunismo de Karl Marx – tema de vestibular

Em 1848, Marx e Engels desenvolveram o Manifesto Comunista, apresentando o socialismo científico.

O que é o comunismo?

imagem da bandeira comunista, vermelha e com os símbolos do martelo e da foice

O socialismo científico está entre as principais ideias de Karl Marx e é ele que leva ao comunismo. Resumidamente, é uma doutrina com orientações práticas para se instaurar a REVOLUÇÃO com a finalidade de se alcançar uma sociedade igualitária.

No comunismo a religião, o Estado e o capitalismo são formas de alienação.

Marx entende que Deus existe porque foi criado e não quer se contentar somente em explicar que Deus é um produto da mente humana que serve para alienar. Ele quer pôr fim na necessidade da criação de Deus, solucionar o problema que leva as pessoas a pensarem que Ele existe.

Marx queria chegar ao ponto em que ninguém mais pensasse em Deus, que ninguém tivesse religião. Ele entendia que os religiosos obedeciam à Deus e não ao Estado e isso atrapalharia a sociedade igualitária. 

Mais detalhes sobre a doutrina comunista

Trata-se de uma doutrina ateia, que nega a pessoa (natureza intelectual dotada de vontade e liberdade), nega a liberdade e a dignidade, pois o princípio espiritual da moral é eliminado; e nega o direito natural para o indivíduo.

Tudo se concentra em torno da coletividade, o indivíduo não tem importância em si mesmo. Para o bem da coletividade, inclusive, não importa que indivíduos morram, como aconteceu historicamente em todos os países que tentaram implementar o comunismo por meio do socialismo.

A propriedade e a família são consideradas formas de escravidão, que alienam os indivíduos para que permaneçam em suas respectivas classes, alimentando o capitalismo liberal.

Tudo é convencional, não há o sagrado. A única missão da sociedade é assegurar a produção de bens materiais por meio do trabalho coletivo. Logo, a finalidade única é gozar de bens materiais.

Sendo assim, os laços familiares, religiosos, etc, são todos desfeitos e deve-se obedecer unicamente ao Estado. O Estado passa a tomar conta de todas as áreas da vida das pessoas. 

No comunismo o Estado decide o que você vai comer, o que vai fazer, aonde pode ir, no que vai acreditar e tudo o que não poderá fazer. Caso você desobedeça, o Estado pode te matar, pois o importante é o coletivo e a igualdade entre os outros.

Estude mais sobre os filósofos que mais caem no Enem.

Método comunista de Marx

Tudo é lícito se ajuda a revolução, não há princípios fixos. O que hoje ajuda é bom, se amanhã não ajudar, torna-se mal.

Não há o entendimento de bem e de mal. O que hoje é considerado bom, amanhã o Estado pode considerar mal e vice-versa. Trata-se de uma ditadura

Como alcançar o comunismo?

Por meio da ditadura do proletariado (socialismo). 

Ele é alcançado pela luta entre as classes. Homens contra mulheres, pobres contra ricos, etc. Muitos antagonismos são criados na sociedade.

O comunismo causa o caos na sociedade, dividindo-a e causando antagonismos para facilitar a ditadura do proletariado. Querem poder político para reformarem a sociedade à força, segundo normas arbitrárias. Essas informações foram escritas por célebres socialistas e se encontram no Livro Negro do Comunismo.

A comunidade total dos bens tende ao fracasso e isso se verifica historicamente, já que o ser humano se dedica mais ao que é seu e não vê razão em ver o fruto do seu trabalho repartido mesmo com quem não trabalhou.

  • Socialismo utópico: é uma corrente de pensamento, pretendia a sociedade ideal, mas de forma lenta, gradual e pacífica.
  • Socialismo científico: aqui está centrada a principal ideia de Karl Marx. Trata-se de uma análise crítica e científica do capitalismo. Envolve a revolução e a luta armada. 

O socialismo pode ter muitas versões, nem sempre possui doutrina de violência, ou seja, o comunismo. Mas, segue a teoria da luta de classes e a abolição da propriedade privada.

Não ter propriedade privada significa que nada é seu. Tudo é do Estado para que ele distribua igualmente. Para mais informações, o livro A Ordem Natural de Carlos Alberto Sacheri apresenta os detalhes.

Em geral:

  1. Concepção materialista: importa sobretudo a vida econômica;
  2. Concepção coletivista da sociedade: O coletivo é mais importante que cada vida singular;
  3. Concepção do fim da sociedade política: Almeja a sociedade sem hierarquia.

O homem só é cidadão se o Estado o reconhecer e só tem o direito que o Estado lhe atribuir. É considerado essencialmente egoísta e, por isso, tem a liberdade reduzida.

Aprenda a fazer alusão histórica e citação filosófica na redação do Enem.

Paradoxo socialista

Espera-se uma sociedade que será um reino de liberdade absoluta sem subordinação ou autoridade e com limitação da liberdade.

A economia é administrada por um grupo. Nada pertence a alguém de fato, mas pertence ao Estado. Ele é o único proprietário possível. A isso chamamos capitalismo de Estado e também Partido Único. Qualquer coisa que dificulte isso é negada. Cabe também ao Estado ser o educador em nome de um igualitarismo fictício.

Quais são as principais ideias do filósofo Sócrates?

Principais teorias de Karl Marx – As que mais caem nos vestibulares

Teoria da alienação de Karl Marx

É todo tipo de dependência entre os homens, não importando se é um dependência justa ou injusta. Este é um dos tópicos mais importantes da filosofia marxista.

  1. A dependência econômica reside na propriedade, já que uns têm e outros não;
  2. A dependência social reside na existência das classes;
  3. A dependência política reside na presença do Estado, que é coercitivo, tem autoridade;
  4. A dependência ideológica se dá por meio da filosofia;
  5. A dependência religiosa se dá na pregação de que há um Deus com um ordenamento já pensado e a quem os homens devem obediência.

Materialismo histórico dialético de Karl Marx

Marx, influenciado por Hegel e junto de Engels, defendeu que vivemos num mundo onde tudo é material e não há o sobrenatural, não há o espiritual e a história sempre é explicada pela teoria de classes que oprimem e classes que são oprimidas.

Ao defender que tudo é material, ele reduziu todos os valores aos bens materiais. A igualdade é ter bens materiais, dinheiro, produtos. Este é um dos motivos do fracasso do comunismo, pois não houve respeito a dignidade única de cada pessoa, a liberdade, a vida, etc.

A sociedade idealizada, sem classes e igualitária, seria um paraíso terrestre. Este pensamento é um dos principais na filosofia marxista, juntamente com o pensamento de mais-valia.

Entendimento de Religião

igreja destruida representando o ataque comunista

“A religião é o suspiro da criatura aflita, o estado de ânimo de um mundo sem coração, porque é o espírito da situação sem espírito. A religião é o ópio do povo.”

Marx era contra a religião. No sistema socialista implantado na União Soviética, muitos cristãos foram assassinados pelos socialistas por não abandonarem a fé e por preferirem obedecer antes a Deus que ao Estado ditador. 

Mais-Valia – Principal conteúdo de prova

Marx condenava o lucro que ficava com os patrões e não com os operários. Os salários eram desiguais e os operários recebiam a menor parte. Marx queria resolver essa diferença à força.

Ele entendia que a quantidade de trabalho definia o valor de um produto. Com certeza essa é a principal ideia de Karl Marx. Ela origina a insatisfação dos operários contra os patrões.

Porém, muitos outros aspectos foram desconsiderados, como a procura do produto, o modo como é feito, o benefício que ele propicia, etc. Marx resumiu tudo ao trabalho braçal. 

Estes foram os principais tópicos da filosofia marxista.

Principais governos revolucionários com viés socialista marxista e número de mortos

Os dados abaixo foram retirados da pesquisa do professor de Ciência Política da Universidade do Havaí, Rudolph J. Rummel. O essencial de sua pesquisa está em Never Again: Ending War, Democide & Famine Through Democratic Freedom (Coral Springs, FL, Lumina Press, 2005). Mais dados no site da faculdade: http://www.hawaii.edu/powerkills.

  • China: 76.702.000 mortos entre 1949 e 1987;
  • URSS: 61.911.000 mortos entre 1917 e 1987;
  • Alemanha: 20.946.000 mortos entre 1933 e 1945;
  • China nacionalista (Kuomintang): 10.075.000 mortos entre 1928 e 1949;
  • Partido Comunista de Mao Dzedong: 3.468.000 civis assassinados;
  • Camboja: 2.035.000 mortos entre 1975 e 1979;
  • Turquia: 1.883.000 mortos entre 1909 e 1918;
  • Vietnam: 1.670.000 mortos entre 1945 e 1987 (Número maior do que o causado pela guerra com os EUA);
  • Polônia: 1.585.000 mortos entre 1945 e 1948;
  • Paquistão: 1.503.000 mortos entre 1958 e 1987;
  • Iugoslávia: 1.072.000 mortos entre 1944 e 1987;
  • Coréia do Norte: 1.663.000 mortos entre 1948 e 1987;
  • México: 1.417.000 mortos entre 1900 e 1920 (especialmente cristãos).

Para se ter um comparativo, as duas guerras mundiais juntas mataram 60 milhões entre civis e combatentes. A Peste Negra de 541 até 1912 foi responsável pela morte de 102 milhões.

A soma dos assassinatos em governos revolucionários em tempos de paz em um único século somam 205 milhões de mortos. Estes governos foram nutridos com as principais ideias de Karl Marx.

Principais obras de Karl Marx

O Capital (1867)

São 4 volumes que abordam:

  1. O processo de produção capital;
  2. O processo de circulação desse capital;
  3. A globalização dada por meio da produção capitalista;
  4. A teoria da mais-valia.

Nesta obra o capitalismo liberal é criticado. Apesar de já ter sido provado que o sistema socialista sempre falha economicamente e, apesar de já ter sido visto em cada país onde se tentou implantá-lo que falhou mesmo, Karl Marx tentou, nestes volumes, apresentar algo que funciona em detrimento do capitalismo cujas falhas também escreveu.

O Manifesto Comunista

Foi escrito em 1848 juntamente com Friedrich Engels. Nele é apresentada a teoria da luta entre as classes e o materialismo histórico. Marx tentou convocar todos os trabalhadores do mundo a se unirem, mas isso nunca aconteceu. Sua teoria de que os trabalhadores lutariam unidos falhou completamente.

“Trabalhadores de todo o mundo, uni-vos!”

Outras produções de Marx

Obras do jovem Marx, voltadas para filosofia:

  • Diferença da filosofia da natureza em Demócrito e Epicuro (1841);
  • A questão judaica (1843);
  • Miséria da filosofia (1847);
  • A burguesia e a contra revolução (1848).

Fase de transição para assuntos de Economia. São artigos e panfletos:

  • O 18 de brumário de Luís Bonaparte (1852);
  • Punição capital (1853);
  • A decadência da autoridade religiosa (1854).

Últimas produções de Karl Marx com mais estudos econômicos:

  • População, crime e pauperismo (1859);
  • Manifesto de lançamento da Primavera Internacional (1864);
  • Salário, preço e lucro (1865).

Frases de Marx

Sobre transformação de teorias em práticas

“Os filósofos limitaram-se a interpretar o mundo de diversas maneiras; o que importa é modificá-lo.”

Sobre o comunismo

“Reunião de homens livres trabalhando com meios de produção comuns e, dependendo, a partir de um plano combinado, suas numerosas forças individuais como uma única e mesma força de trabalho social.” 

Sobre a luta de classes

“A história da sociedade até os nossos dias é a história da luta de classes.”

Sobre o trabalho

“De cada qual, segundo sua capacidade, a cada qual, segundo suas necessidades.”

Aprenda mais sobre a História do Trabalho.

Conseguiu entender as principais ideias de Karl Marx? Comente!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

2 Comentários

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador