Geografia

Principais características da Mata Atlântica: fauna, flora, relevo, clima, curiosidades…

Principais características da Mata AtlânticaPrincipais características da Mata Atlântica

“A Mata Atlântica é uma das florestas mais ricas em diversidade de espécies do planeta. O bioma abrange uma área de cerca de 15% do total do território brasileiro que inclui 17 Estados.”

Conheça a Mata Atlântica, um bioma de floresta tropical que ocupa a costa leste, sudeste e sul do Brasil, parte do Paraguai e da Argentina. Nesse artigo iremos explicar as principais características da Mata Atlântica, sua fauna e flora, clima, entre outras curiosidades.

A Mata Atlântica é um dos 6 biomas terrestres brasileiros, juntamente com a Amazônia, o Cerrado, o Pampa, a Caatinga e o Pantanal.

Os biomas brasileiros são temas muito recorrentes nas provas do ENEM, portanto esse artigo irá te ajudar a estudar para a prova. O Beduka também já preparou conteúdos de outras matérias que são muito importantes para o ENEM e outros vestibulares. Descubra onde ficam os melhores cursos de Geografia do Brasil, descubra os principais rios brasileiros e faça algumas questões de vestibular sobre urbanização.

Estude com o simulado do Beduka. É grátis!

Antes de explicarmos as principais características da Mata Atlântica, vamos explicar a seguir, de forma bem rápida, o que são biomas.

O que é bioma?

Bioma é um grande conjunto de ecossistemas interligados. Ecossistema, por sua vez, é um sistema ecológico onde existem vida e interação entre os seres vivos em determinado espaço, podendo variar de tamanho.

De forma geral, podemos definir bioma como um grande espaço geográfico que compartilha das mesmas características biológicas, climáticas e físicas, existindo um grande número de espécies animais e vegetais.

Entenda a importância dos biomas brasileiros neste artigo.

O que é a Mata Atlântica?

Mata Atlântica é o nome popular dado à floresta tropical atlântica que se distribui em milhares de fragmentos da região litorânea aos planaltos e serras do interior, do Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul.

Originalmente, essa formação vegetal ocupava uma área de 1.300.000 km², em áreas de 17 estados (Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul), ocorrendo de forma contínua entre Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Confira os nossos exercícios sobre biomas. Clique aqui!

Estreita na Região Nordeste, a Mata Atlântica alargava-se para o Sul, até atingir sua largura máxima na bacia do Rio Paraná, penetrando, inclusive, no Paraguai e Argentina. Atualmente sua área fica em torno de 6 a 8% da original. Isso se dá, pois desde 1500, essa área vem sofrendo com o desmatamento, as queimadas e a degradação do ambiente.

A Mata Atlântica, sem perder certa homogeneidade, apresenta um conjunto de formações florestais bastante diversificadas, que são: Floresta Ombrófila Densa, Floresta Ombrófila Mista, Floresta Ombrófila Aberta, Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Estacional Decidual.

Além disso, alguns ecossistemas estão associados a esse bioma, como o manguezal, restinga, campos de altitude, e brejos interioranos. Essa variedade é resultado das variações climáticas e de relevo.

Principais características da Mata Atlântica

  • Presença de árvores de médio e grande porte que formam uma floresta densa e fechada.
  • Fauna com grande diversidade de espécies de mamíferos, anfíbios, aves, insetos, peixes e répteis.
  • As árvores de grande porte formam um microclima na mata, produzindo sombra e umidade.
  • Grande biodiversidade com a presença de diversas espécies animais e vegetais.
  • É no território da Mata Atlântica que habita a maior parte da população brasileira, com cerca de 115 milhões de pessoas, o que corresponde a 61% dos habitantes do Brasil. Esses dados são do Censo Demográfico realizado pelo IBGE em 2010.
  • Na região da Serra do Mar, forma-se na Mata Atlântica uma constante neblina.

Vegetação da Mata Atlântica

De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, na Mata Atlântica existem aproximadamente 20 mil espécies vegetais correspondentes a mais de 35% das espécies existentes no Brasil.

Estudos apontam uma grande diversidade de árvores por hectare, maior do que a encontrada na Amazônia peruana. Isso pode representar a maior diversidade de árvores por unidade de área do mundo.

Segundo pesquisas atuais, 200 espécies vegetais brasileiras estão ameaçadas de extinção sendo que 117 pertencem a esse bioma.

Em 1992, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) definiu que há 5 tipos de florestas na Mata Atlântica. São elas:

  • Floresta Estacional Semidecidual
  • Floresta Estacional Decidual
  • Floresta Ombrófila Mista
  • Floresta Ombrófila Aberta
  • Floresta Ombrófila Densa

Floresta Estacional Semidecidual

A Floresta Estacional Semidecidual constitui um tipo de vegetação pertencente à Mata Atlântica mas que, ocasionalmente, também aparece no Cerrado. É típica do Brasil Central e é condicionada à dupla estacionalidade climática: uma estação com chuvas intensas de verão, seguidas por um período de estiagem

Floresta Estacional Decidual

A Floresta Estacional Decidual também está presente na Mata Atlântica e no Cerrado. Ocorre em grandes altitudes e baixa temperatura. Esse ecossistema é caracterizado por duas estações, uma seca e outra chuvosa,a primeira mais prolongada, ao contrário da floresta tropical que não mantém estação seca.

Floresta Ombrófila Mista

A Floresta Ombrófila Mista, ou também mata de araucária, é um ecossistema com chuva durante o ano todo, normalmente em altitudes elevadas, e que contém espécies de angiospermas, mas também de coníferas.

Floresta Ombrófila Aberta

A floresta ombrófila aberta é considerada um tipo de vegetação da área de transição entre a Floresta Amazônica e as áreas extra-amazônicas. Tem como característica ambientes com climas mais secos, que chegam de 2 a 4 meses por ano, com temperaturas de 24ºC à 25°C. É encontrada também em algumas áreas da Bahia, Espírito Santo, Alagoas, Pernambuco e Paraíba.

Floresta Ombrófila Densa

Floresta Ombrófila Densa é um tipo de vegetação caracterizada como mata perenifólia – ou sempre verde – cujo dossel é de até 50 m, com árvores emergentes de até 40 m de altura. Possui densa vegetação arbustiva, composta por samambaias, arborescentes, bromélias e palmeiras. As trepadeiras e epífitas (bromélias e orquídeas), bem como os cactos e as samambaias também são muito abundantes.

Fauna da Mata Atlântica

A fauna da Mata Atlântica é destaque devido ao grande número de espécies. A floresta serve de habitat para muitas espécies de animais. Vivem Mata Atlântica cerca de 850 espécies de aves, 370 de anfíbios, 200 de répteis, 265 de mamíferos e 350 de peixes.

Várias espécies originárias da Mata Atlântica estão em extinção, destacando-se os micos-leões, as lontras, as onças-pintadas, dentre outros. Existem várias espécies endêmicas no bioma, ou seja, espécies animais que só existem neste tipo de bioma.

Clima da Mata Atlântica

O clima da Mata Atlântica é predominantemente tropical úmido, influenciado pelas massas de ar úmidas vindas do Oceano Atlântico.

A floresta também apresenta outros microclimas, uma vez que as grandes árvores que compõem a vegetação geram sombra e umidade.

Além do clima tropical litorâneo úmido, presente na região nordestina, a Mata atlântica engloba também os climas tropical de altitude, na região sudeste, e o subtropical úmido, na região sul.

Suas temperaturas médias e umidade do ar são elevadas durante o ano todo e as chuvas são regulares e bem distribuídas.

Relevo da Mata Atlântica

O relevo da Mata Atlântica é constituído por principalmente por planícies e costeiras e colinas que são acompanhadas por uma cadeia de montanhas.

Os solos da Mata Atlântica não possuem fertilidade elevada. Apesar disso, a área com relevo acidentado constitui limitação forte para uso intensivo das terras com cultivos anuais.

No interior da Mata Atlântica, o solo é considerado pobre e se mantém devido à decomposição acelerada da matéria orgânica derivada dos restos vegetais que atingem o solo.

Curiosidades sobre a Mata Atlântica

  • A Mata Atlântica já cobriu cerca de 12% do território nacional. Hoje, restam apenas cerca de 7% da cobertura original da Mata.
  • Atualmente, existem na Mata Atlântica 1.191 Unidades de Conservação. Elas cobrem cerca de 115 mil km².
  • A Mata Atlântica possui grande importância ambiental e também para o desenvolvimento do país. Ela é muito importante para regular o clima da região em que está localizada e arredores. Isso ocorre, pois sua vegetação é um importante reservatório de carbono.
  • Nos anos 70, restavam pouco mais de 200 micos-leões-dourados na natureza. Com o programa para tentar recuperar a população desses animais na Mata Atlântica no Rio de Janeiro, o número de micos já chega a mil.
  • Não podemos esquecer das lindas paisagens naturais, que ela nos fornece. O turismo ecológico se beneficia muito destas belezas.

Gostou de aprender as principais características da Mata Atlântica? Comente e compartilhe. Siga o Beduka no Facebook e no Instagram.

O Beduka te ajuda a passar no vestibular

Além de explicar as principais características da Mata Atlântica, já falamos aqui sobre outros assuntos que caem nos vestibulares. Veja aqui como estudar Biologia para o ENEM, saiba quais livros costumam cair no ENEM e principais vestibulares e faça algumas questões sobre a Idade Média.

O Beduka é um buscador de universidades e cursos superiores reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) que surgiu em 2017. Aqui em nosso site o estudante pode conferir diversas informações para encontrar a melhor faculdade para a graduação que deseja fazer. Experimente agora!

Se você estiver se preparando para o ENEM, pode ainda testar os seus conhecimentos respondendo algumas questões que caíram em edições anteriores do Exame em nosso simulado gratuito.

Agora que você aprendeu as principais características da Mata Atlântica, você também pode ver outros conteúdos que te ajudarão no vestibular. Saiba qual é a função do núcleo da célula, saiba quais são as principais características do feudalismo e aprenda a se organizar para estudar.

Você acabou de conferir uma breve explicação sobre as principais características da Mata Atlântica, aproveite para fazer algumas questões de vestibulares:

Gostou do nosso texto sobre as principais características da Mata Atlântica? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador