História

9 principais consequências da Guerra Fria! Resumo completo!

principais consequências da guerra friaPrincipais consequências da Guerra Fria

Quando você vê a palavra guerra, o que passa pela sua cabeça? Aposto que tanques, gritos e tiros para todo lado. Mas nem todas as guerras tiveram essa característica. Ao menos uma não foi marcada por confrontos diretos entre os principais rivais. Ela ficou conhecida como Guerra Fria e você vai conhecer suas principais consequências com este artigo.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em um dos tópicos abaixo:

Está estudando para o Enem? Teste seus conhecimentos com o Simulado Enem do Beduka! Uma plataforma com questões de edições anteriores do exame totalmente gratuita!

O que foi a Guerra Fria?

A Guerra Fria não foi um conflito direto entre duas ou mais nações. Foi o período em que o mundo estava polarizado por dois blocos, um capitalista e outro socialista liderados por duas potências, Estados Unidos e União Soviética.

O início da Guerra Fria se dá logo após a Segunda Guerra Mundial. Assim que o conflito acabou, as antigas potências mundiais estavam fracas e perderam a influência que tinham sobre o mundo.

Apenas os Estados Unidos e a União Soviética restaram de pé, mas eles tinham ideologias e sistemas econômicos opostos. Além disso, buscavam criar zonas de influência para impedir o avanço da ideologia um do outro.

Deste modo, uma das principais consequências da Guerra Fria foi a divisão do mundo em duas zonas: uma capitalista e outra socialista.

As medidas tomadas foram de sentido econômico e militar. Em 1948 os Estados Unidos lançaram o Plano Marshall, que foi um pacote de ajuda aos países da Europa Ocidental, a fim de revitalizar a economia deles.

Em 1949, foi criada a OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) sob a liderança dos Estados Unidos. Ela existe até os dias de hoje e é uma aliança militar defensiva. Caso algum dos países que fazem parte da organização seja atacado, todos os outros devem sair em sua defesa.

A União Soviética também teve iniciativas semelhantes. Ela liderou o COMECON (Conselho para Assistência Econômica Mútua), que tinha como objetivo impedir o avanço do Plano Marshall. Em seguida, em 1955 houve a assinatura do Pacto de Varsóvia, uma aliança militar.

Apesar de não ter havido conflitos diretos entre as duas nações, o avanço ideológico promovido por elas gerava guerras em diversos lugares do mundo. O clima de terror estabelecido por isso foi outra das principais consequências da Guerra Fria.

Vamos conhecer as outras.

Quais foram as principais consequências da Guerra Fria?

As principais consequências da Guerra Fria vêm da disputa que a caracteriza. Como Estados Unidos e União Soviética buscavam uma hegemonia sobre o mundo, eles precisavam mostrar quem tinha mais poder.

Isso levou a avanços em diversas áreas, mas principalmente as de tecnologia militar e de comunicação. Veja nesta lista quais foram:

Formação de alianças militares (OTAN e Pacto de Varsóvia);

Como dissemos acima, duas alianças militares foram criadas durante a Guerra Fria. A OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e o Pacto de Varsóvia.

Ambas eram os complementos militares dos planos econômicos Plano Marshall e Comecon, liderados respectivamente por Estados Unidos e Rússia. Não houve conflitos diretos entre as alianças, apenas guerras por procuração.

A Otan existe até hoje, enquanto o Pacto de Varsóvia foi desmantelado com o fim da União Soviética.

Aumento da produção de armas, principalmente as nucleares

A Guerra Fria resultou em uma corrida armamentista, em que as potências mundiais produziram e inovaram na tecnologia bélica como demonstração de poder. Foi neste período que surgiram os fuzis de longo alcance e o aumento da produção de bombas nucleares.

Como consequência disso, a Guerra Fria é tida também como uma paz armada.

Modificações geopolíticas

A Guerra Fria teve como consequência a luta contra o imperialismo e a independência das colônias africanas e asiáticas que os países europeus mantinham nestes continentes. Assim, surgiram diversos novos países.

Desenvolvimento das redes de inteligência com serviços de espionagem

Surgiram serviços secretos como a CIA (Central Intelligence Agency) e a KGB (Comitê de Segurança do Estado). Elas serviam para descobrir projetos, decodificar mensagens e influenciar politicamente no mundo.

Você já assistiu algum filme da série 007?

Bem, sem spoilers, é sobre agentes americanos de inteligência que combatem o comunismo e o terrorismo pelo mundo. Claro que eles serviam como propaganda americana, o que nos leva a outra das principais consequências da Guerra Fria.

Desenvolvimento de propagandas anticomunistas e anticapitalistas

Para evitar o avanço dos adversários no campo ideológico, os líderes de ambos os blocos fizeram propaganda desfavorável ao inimigo. Para isso, utilizaram o cinema, a música, os esportes e pesquisas historiográficas.

Ditaduras militares na América Latina

Com o mundo polarizado, os países buscavam se aliar a uma das potências. Para isso, alguns deram golpes de Estado e instauraram ditaduras, fomentando a perseguição aos opositores.

Perseguição política a opositores

As ideologias comunista e capitalista se espalharam por todo mundo. Até mesmo nos países em que uma ou outra era tinha a maioria da população e havia conquistado o governo, existia oposição pregando a ideologia contrária.

Nos Estados Unidos, na União Soviética, nas ditaduras da América Latina e em tantos outros lugares os opositores dos governos foram duramente reprimidos. Em algumas situações isso resultou em desaparecimento e morte.

Avanço no desenvolvimento dos transportes e dos computadores

A tecnologia avançou bastante graças à corrida para demonstrar o poder, que foi consequência da Guerra Fria. Os computadores, o protótipo da internet, modificações na aerodinâmica dos carros, uso de satélites artificiais e muitos outros avanços datam desta época.

Corrida espacial

Foi durante a Guerra Fria que os foguetes foram inventados. Eles foram utilizados para colocar satélites em órbita e para viagens ao espaço. Foi neste período que o homem pisou na Lua.

O que foi o Muro de Berlim?

Como vimos, uma das principais consequências da Guerra Fria foi a divisão do mundo em dois polos: um capitalista, outro comunista. O muro de Berlim foi a representação mais fiel disso.

A Alemanha foi dividida em duas durante o período: Alemanha Ocidental e Alemanha Oriental. A primeira estava sob influência dos Estados Unidos e fazia parte do Plano Marshall, já a segunda fazia parte da União Soviética.

Como as fugas do lado oriental para o ocidental eram muitas, o governo soviético resolveu construir um muro em Berlim para impedir que elas continuassem acontecendo.

O muro foi construído em 1961 e teve 66 quilômetros de extensão, permanecendo de pé até 1989. A queda do muro simbolizou a queda do regime soviético e o fim da Guerra Fria. No ano seguinte, a Alemanha se reunificou.

Quais foram os principais conflitos da Guerra Fria?

Como vimos, as potências que lideravam os blocos da Guerra Fria não tiveram conflitos diretos entre si, mas elas apoiaram grupos em diversas nações, com o intuito de colocar seus parceiros no poder. Isso gerou uma das principais consequências da Guerra Fria: os conflitos armados.

Guerra da Coreia

A Coreia sofria com a ocupação japonesa durante a Segunda Guerra Mundial. Com a derrota do Eixo, do qual o Japão fazia parte, o território coreano foi ocupado por tropas americanas ao sul e soviéticas ao norte.

Essa divisão gerou duas nações, a Coreia do Norte comunista e a Coreia do Sul capitalista. Em 1950, elas entraram em guerra após a invasão feita pelo Norte na Coreia do Sul para conquistá-la e promover a reunificação.

Os Estados Unidos deram total apoio aos sul-coreanos, enviando tropas para participarem do conflito. Em 1953 houve um cessar fogo. Porém, até hoje não existe declaração formal de que a guerra acabou e o território coreano vive sempre sob tensão por causa disso.

Guerra do Vietnã

Dos conflitos em que as duas superpotências participaram indiretamente na Guerra Fria, a Guerra do Vietnã deve ser o mais famoso.

O Vietnã fazia parte de um território chamado Indochina, governado pela França. Após a Segunda Guerra Mundial houve a guerra de independência, que durou oito anos. Assim como na Coreia, o Vietnã foi dividido entre norte e sul, com o primeiro comunista e o segundo capitalista.

Em 1959 iniciou-se a guerra. Em 1965 os Estados Unidos entraram, apoiando o Vietnã do Sul. Apesar de militarmente estarem vencendo a guerra, a participação americana foi muito impopular, gerando críticas do próprio povo. Isso levou à retirada das tropas em 1973.

Com a saída americana, os comunistas venceram a guerra e reunificaram o Vietnã em 1976.

Como foi o fim da Guerra Fria?

A Guerra Fria teve seu fim quando a União Soviética deixou de existir, na década de 1980.

Em 1985, Mikhail Gorbachev assumiu o comando soviético e promoveu uma série de reformas no país. A União Soviética era um regime fechado, marcado pela perseguição política e a inexistente liberdade de expressão e de comércio entre outras coisas. Isso gerava conflitos internos graves.

Gorbachev promoveu reformas que tinham como objetivo abrir o regime e tentar salvá-lo, mas suas iniciativas apenas aceleraram a sua queda.

Em 1991, a União Soviética foi dissolvida e os países que estavam sob a direção da Rússia se tornaram independentes. Pode-se dizer que a última das principais consequências da Guerra Fria foi a queda da União Soviética.

O Beduka te conecta à faculdade!

E aí, gostou de saber quais são as principais consequências da Guerra Fria?

Você pensa em entrar em uma delas? Nós podemos te ajudar!

Para isso, basta você acessar o Beduka Bolsas, uma plataforma feita com o objetivo de ofertar bolsas até 65% em faculdades de excelência pelo Brasil!

Ela fica aberta 24 horas por dia. Se você quiser, pode comprar uma bolsa agora mesmo. Não é legal?

E já que estamos falando de gestão, saiba que comprando uma bolsa, você pode conseguir mais de 3 mil reais de economia. É uma oportunidade única!

Fique por dentro das novidades sobre o Enem e universidades com nosso perfil no instagram.

Obrigado por ter lido até aqui!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador