História

Quem era a Rainha Elizabeth II? Conheça a monarca com o reinado mais longo da história!

Rainha Elizabeth IIRainha Elizabeth II

A Rainha Elizabeth II foi a monarca com o reinado mais longo da história da Inglaterra, com uma duração de 70 anos (ultrapassando a Rainha Vitória, que reinou por 64 anos). Neste artigo você ficará sabendo quem era a Rainha Elizabeth II e os principais aspectos do período em que ela ocupou o trono.

Se você quiser ir diretamente para alguma parte do artigo, clique em um dos tópicos abaixo:

Entre no curso dos seus sonhos com até 65% de desconto na mensalidade + matrícula gratuita. Conecte-se à faculdade com o Beduka Bolsas!

Quem era a Rainha Elizabeth II?

Elizabeth II foi a rainha dos britânicos e de mais 14 nações que compõem a comunidade britânica, como a Austrália e o Canadá. Seu reinado foi o segundo mais longo da história, alcançando 70 anos, de 1952 a 2022, ano de sua morte.

Ao longo de sua vida, ela teve de lidar com diversas questões internas e externas ao seu país, a Inglaterra. Entre elas, a Guerra das Malvinas contra os argentinos, a perda de territórios do império britânico, a reconstrução do mundo no pós Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria.

Sua morte é vista como o fim da segunda era elisabetana e a perda de uma referência tanto para a monarquia inglesa, quanto para o mundo inteiro.

Infância e juventude

Elizabeth Alexandra Mary, ou como a conhecemos, Rainha Elizabeth II, nasceu no dia 21 de abril de 1926, em Londres. Era filha mais velha de Albert Frederick Arthur George, na época o duque de York, e de Elizabeth Bowes-Lyon, a duquesa.

Seu pai era o segundo filho do rei Jorge V, portanto o segundo na linha sucessória. Nestas circunstâncias, Elizabeth tinha poucas chances de assumir o trono, pois o primeiro da lista era seu tio Edward, que poderia ter filhos homens para sucedê-lo.

A reviravolta aconteceu quando Edward, logo após suceder Jorge V e ser coroado Edward VIII, abdicou do trono para se casar com uma americana divorciada. Isso era proibido à família real na época. Assim, o pai de Elizabeth assumiu o trono como Jorge VI e ela passou para a primeira linha sucessória.

Ainda assim, era possível ficar de fora caso seu pai tivesse um filho homem. Deste modo, ela cresceu sabendo da possibilidade do trono, mas como algo que poderia ser frustrado.

De qualquer forma, recebeu educação sólida, supervisionada por sua mãe e tutorada por Marion Crawford.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Elizabeth foi com a irmã, Margaret, para o castelo de Balmoral, na Escócia. Os planos iniciais eram de exilar a família real no Canadá, mas o rei se negou a sair da Inglaterra.

Ao completar 18 anos, Elizabeth se tornou voluntária do Auxiliary Territorial Service, um grupamento de mulheres que tinha funções variadas. Ela foi treinada para ser motorista e mecânica. Durante a guerra, ela conheceu seu futuro marido, Philip. O casamento foi realizado em 20 de novembro de 1947, na Abadia de Westminster.

Coroação da Rainha Elizabeth II

A coroação de Elizabeth aconteceu em junho de 1953, um ano após a morte de seu pai, Jorge VI, em decorrência de um câncer no pulmão. A notícia foi dada pelo marido quando estavam no Quênia em visita oficial para a comunidade de nações (Commonwealth).

Foi a primeira coroação televisionada da história da casa de Windsor e teve uma audiência bastante expressiva. Cerca de 80% da população britânica assistiu à transmissão ou ouviu a transmissão no rádio.

Logo em seguida, entre 1953 e 1954, a rainha e o rei consorte viajaram pela comunidade de nações, que substituiu o Império Britânico.

Como era o mundo quando a Rainha Elizabeth II foi coroada?

A rainha Elizabeth II teve 15 primeiros-ministros, que são os chefes de governo do Reino Unido. O primeiro deles foi Winston Churchill, que já governava o país antes de ela ser coroada (desde 1951) e ficou no cargo até 1955.

Na época da coroação de Elizabeth II, o Brasil era presidido por Getúlio Vargas (1951-1954), ainda não tinha vencido nenhuma copa do mundo de futebol, e Vladimir Putin tinha acabado de nascer.

O mundo estava polarizado pela Guerra Fria e o Reino Unido era aliado dos Estados Unidos no bloco capitalista. As pessoas ainda não tinham internet como hoje, nem mesmo calculadoras de bolso.

Aspectos do reinado

O reinado de Elizabeth II é marcado pela tentativa de modernização da monarquia britânica

Foi durante ele que houve a modificação na lei sucessória que dava prioridade aos homens frente às mulheres, ainda que fossem mais novos.

A sociedade inglesa também passou por modificações profundas, principalmente no que tange ao acesso de minorias aos direitos civis.

Durante seus últimos anos foi vista como um símbolo nacional pelos súditos, que a consideravam muito importante para a nação. Assim, era bastante popular entre o povo inglês.

Morte e sucessão

A Rainha Elizabeth II faleceu em 8 de setembro de 2022, em Balmoral, na Escócia. O mesmo castelo em que se refugiou durante a Segunda Guerra.

De imediato, seu filho mais velho, Charles, passou a ser tratado como Rei Charles III. Ele era o primeiro na linha sucessória, que passa a ser a seguinte:

  1. Príncipe William (filho mais velho de Charles III);
  2. Príncipe George;
  3. Princesa Charlotte;
  4. Príncipe Louis
  5. Príncipe Harry (filho mais novo de Charles III);
  6. Archie Harrison
  7. Lilibet Diana

Despedida

Esperamos que tenha gostado deste texto que produzimos em homenagem à Rainha Elizabeth II. As condolências do Beduka à família real e ao povo inglês.   

Obrigado por ter lido até aqui e God save the queen (Deus salve a rainha).

2 Comentários

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador