Literatura

Resumo de O Ateneu + Análise COMPLETA para estudo

Resumo de O AteneuResumo de O Ateneu

O Ateneu é um romance do escritor Raul Pompeia publicado em 1888. Essa obra é considerada o único exemplar de romance impressionista na literatura brasileira.

Preparamos para você um resumo de O Ateneu de Raul Pompeia (1863 – 1895). Também preparamos uma análise da obra pra você mandar muito bem na prova de literatura. Este é um romance, cuja primeira publicação se deu em 1888.

ateneu

O Ateneu foi publicado em folhetins, ou seja, os capítulos eram lançados periodicamente em jornais, de forma que era necessário ler uma parte e esperar pela próxima. Praticamente uma novela ou uma série dos tempos passados. Veja o resumo de O Ateneu, completo, no nosso artigo.

Já conferiu os outros resumos e análises das principais obras literárias que caem no ENEM? Já temos a lista completa. Confira aqui.

Também elencamos a lista com os livros de literatura do vestibular Fuvest. Fique por dentro, pois com os resumos e as análises você agiliza o seu estudo para a prova.

Resumo de O Ateneu

Personagens

Personagens de O Ateneu
  • Sérgio – é o narrador e também o personagem principal. Escreve suas memórias do período do colégio interno: Ateneu.
  • Aristarco Argolo de Ramos, o Caranguejola – diretor do internato Ateneu. Homem muito rígido e vaidoso.
  • D. Ema – esposa de Aristarco. Grande figura de uma mãe para todos os alunos do colégio.
  • Egbert – verdadeira amizade de Sérgio, mas, após as férias se arrefeceu. O narrador-personagem filosofa ao lembrar-se dessa amizade.
  • Ângela – funcionária do Ateneu que desperta desejo nos alunos. É retratada pelo narrador como “fêmea”.
  • Sanches – garoto mais velho que Sérgio, representa a intimidação e o abuso sobre os mais novos.
  • Bento Alves – um dos amigos de Sérgio que mais era pegajoso e carinhoso.

Apresentação e ingresso no colégio

Vais encontrar o mundo, disse-me meu pai, à porta do Ateneu. Coragem para a luta.”

Sergio

Iniciando o resumo de O Ateneu somos apresentados a Sérgio tendo seus primeiros contatos com O Ateneu, um renomado colégio interno localizado no bairro Rio Comprido, no Rio de Janeiro.

Desde criança, antes mesmo de lá ser matriculado, ele visitava o colégio e ficava absolutamente encantado com a beleza dele.

O Ateneu era muito pomposo e Sérgio tinha ansiedade por começar logo a estudar lá. Ainda pequeno, junto do pai ele havia assistido a uma parada com os alunos do colégio e desde então seu sonho tornou-se estudar lá.

Antes de ingressar em tão esperado internato, Sérgio, junto de seu pai, fez uma visita ao diretor Aristarco em sua casa. Continue a ler este resumo de O Ateneu para perceber que o nome dele não é Aristarco à toa. A palavra é semelhante a aristocrata. Descubra o porquê.

Lá conheceu não só ele, mas sua esposa D. Ema, mulher que era o símbolo da maternidade do colégio.

Ela sugeriu a Sérgio que ele cortasse seu cabelo antes de ingressar no Ateneu, deixando-o curto. Isso foi sugerido porque ele tinha cachinhos e isso marcava a sua infância. O próprio Sérgio viu nisso um golpe à sua vaidade. Isso marcava seu amadurecimento, a saída do ambiente familiar e o início da vida adulta no colégio interno.

Ele finalmente entrou no Ateneu aos 11 anos de idade e foi logo recomendado por um professor. Porém, no primeiro dia de aula Sérgio desmaiou e isso se tornou motivo de perseguição por parte dos colegas.

Início da decepção

O impacto do primeiro dia o fez perceber que todo o ideal que ele vislumbrava nas festas do colégio, com ideias de grandeza moral e sabedoria não seriam fáceis de se alcançar lá dentro. Em parte, o que ele idealizara era uma ilusão.

Um momento marcante que vale a pena ser ressaltado neste resumo de O Ateneu é o da natação. As crianças do colégio se lavavam em uma enorme piscina. Em um destes banhos Sérgio foi salvo, pois estava se afogando, por um colega chamado Sanches. Ainda assim, Sérgio desconfiava que o próprio teria sido o responsável pelo ocorrido.

O momento do banho era um momento muito temido pelos alunos mais frágeis, mais fracos, pois os alunos grandes e fortes se aproveitavam para zombar, abusar, bater, etc.

Primeiras amizades de Sérgio no Ateneu

Os dois garotos, Sérgio e Sanches, tornam-se bem próximos. A relação deles era, da parte de Sérgio, de dívida pelo salvamento feito.

A relação é vantajosa para Sérgio, porque ele considerava Sanches um bom aluno e a amizade o favorecia tanto nos estudos quanto com os professores. Porém, Sanches gostava de aproximação física, pois era muito meloso e isto incomodou Sérgio a ponto dele querer se afastar do amigo.

Sentindo-se rejeitado, Sanches usou do prestígio que possuía para prejudicar a Sérgio.

Após isso, Sérgio tornou-se um mau aluno e até mesmo foi citado no temido livro do diretor Aristarco, chamado “Livro de notas”. Neste caderno ficavam registradas as faltas dos alunos e depois, no café da manhã, tudo era exposto à todo o colégio. Sim, você está lendo sobre um método disciplinar humilhante neste resumo de O Ateneu. Isso pode ser cobrados em questões envolvendo teorias pedagógicas.

O diretor Aristarco era muito rigoroso, e usava disso para constranger os maus alunos.

Aproximação de Sérgio com a religião

religiosidade no colegio interno

Cercado de falhas morais, Sérgio tentou se encontrar na religião, de uma forma mística. Porém, ele não era exatamente um exemplo de religioso, nem mesmo frequentava os cultos da forma institucional.

Ele conheceu então outro aluno, chamado Franco. Este garoto era o mais desprezado pelo diretor, um menino esquecido por seus pais no Ateneu. O que já tinham de semelhante é que Franco tinha seu nome constante no “Livro de notas”.

Rapidamente tanto o diretor quanto os professores passaram a desprezar a amizade entre eles.

E não era sem razão a preocupação deles, pois Franco queria vingança. Seus colegas o tinham machucado e ele queria dar o troco. Ele teve uma ideia e chamou Sérgio para fugirem do dormitório durante a noite para ajudá-lo com a vingança.

O episódio que será apresentado agora certamente está entre os mais marcantes neste resumo de O Ateneu.

O episódio da piscina

Franco quebrou algumas garrafas de vidro e atirou os cacos na piscina, para que, pela manhã, os outros alunos se cortassem na hora do banho.

Isso era passar dos limites para Sérgio. Ele se recusou a se juntar ao amigo nessa maldade, mas assistiu a Franco preparando sua vingança. Isso fez com que ele nem mesmo conseguisse dormir, pensando em quão feridos ficariam os outros garotos no banho da manhã.

Com insônia, decidiu ir à capela rezar e pedir ajuda divina.

Quando ele acordou ficou surpreso, já que os colegas estavam sem qualquer ferimento. Isso aconteceu porque antes do banho matutino o zelador descobriu tudo ao ir limpar a piscina de banho.

Para conseguir não ser castigado, Sérgio teve de mentir para não ter de denunciar Franco.

Novos amigos de Sérgio

Neste resumo de O Ateneu devemos falar ainda de outra amizade de Sérgio. Ele passou a conviver com um aluno muito religioso, chamado Barreto. Este garoto passava a maior parte do tempo descrevendo o inferno para o amigo.

Falava de jejuns, de penitência, mas de jeito exagerado. E não só! Ele falava também da fúria de Deus. Por causa disso, Sérgio abandonou esse amigo e também sua própria religiosidade.

Vendo que passava por períodos difíceis no Ateneu, Sérgio decidiu contar a seu pai o que estava acontecendo.

Seu pai o aconselha e ele consegue voltar a ter confiança para continuar. Desde então passou a buscar mais independência dentro do colégio interno.

Mais um amigo íntimo de mais

Sérgio decidiu se refugiar no clube literário que existia no internato. Isso te lembra algo? Lendo este resumo de O Ateneu, e sabendo da existência de um clube de literatura, você pode fazer uma relação com o filme Sociedade dos Poetas Mortos.

Esse grupo participava do Grêmio Amor ao Saber. Seu novo amigo neste período? Bento Alves, que é mais velho e bibliotecário no colégio. Nesta amizade, passavam muito tempo juntos, lendo isolados, e Sérgio ganhava muitos livros de presente de Bento.

Essa intensidade da amizade faz com que os outros alunos comecem a desconfiar do que está acontecendo.

Acontece um crime no Ateneu, um assassinato

Todo este relato de amizades que ressaltamos neste resumo de O Ateneu precisa ser interrompido. Um evento muda a realidade das coisas, um crime passional.

O jardineiro do colégio matou outro funcionário a facadas. Tudo isso por causa de ciúmes. Eles disputavam o amor de Ângela, uma espanhola que trabalhava para o diretor.

Tendo passado isso as coisas voltam à normalidade e se aproxima a exposição artística do Ateneu e os exames primários. O diretor gostava muito desse período, pois colhia os frutos de seu trabalho. Além disso, nas exposições artísticas, ele costumava ser retratado por seus alunos. Isso o deixava muito satisfeito, pois se gabava com toda essa adoração que recebia.

Os passeios de Sérgio fora do Ateneu

Neste resumo de O Ateneu, evidenciamos também dois passeios que foram importantes na vida de Sério enquanto aluno do internato. Ele e os colegas visitaram o Corcovado, o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro e também o Jardim Botânico, que foi o mais marcante.

Estes passeios foram uma espécie de fuga do internato, afinal os garotos puderam passear livremente. No jardim botânico estavam todos comendo muito satisfeitos, quando uma forte chuva molhou a todos e a tudo.

Mais brigas neste resumo de O Ateneu

alunos brigam em o ateneu

Sem motivos graves, acontece uma briga entre Sérgio e Bento. Este último fugiu, mas Sérgio foi pego pelo diretor e num ímpeto acabou por agredi-lo também. O que aconteceu foi pior do que qualquer grande punição que esperasse.

O diretor Aristarco passou a tratá-lo com silêncio e a punição não acontecia. Esse suspense era ainda pior.

Algum tempo depois o diretor descobriu uma carta que estava sendo trocada por dois alunos e que levava no nome de Cândida. Aristarco começou então uma investigação para descobrir quem era o autor e quem eram os cúmplices.

Ele descobriu quem eram os alunos por trás disso e os humilhou, especialmente Cândido, que era o autor.

Muitos outros alunos ficaram com medo, pois conheciam o que estava acontecendo e sabiam que poderiam ser punidos.

A revolta da goiaba

Somando-se a tudo isso, houve uma revolta no Ateneu. Isso aconteceu porque Franco foi agredido por um inspetor e pior de tudo, sem motivo. Isso fez com que outros alunos instaurassem o caos no colégio. E não só isso, também a qualidade da comida foi motivo para estourar a revolta.

O diretor Aristarco conseguiu controlar tudo e decidiu não punir ninguém. Toda a insatisfação foi direcionada à goiabada, tida por péssima. Assim, o diretor afirma ter sido enganado pelo fornecedor e disse a todos que melhoraria a sobremesa.

Com isso, todos passaram impunes e o internato continuou funcionando e com as mensalidades sendo pagas. Está percebendo como é o diretor? Sua preocupação é com o dinheiro. Por isso, no início deste resumo de O Ateneu ressaltamos que seu nome tem relação com aristocrata.

A única amizade verdadeira de Sérgio

Sérgio começou mais uma amizade, dessa vez com Egbert. Segundo o narrador (que é Sérgio já mais velho), foi essa a sua primeira amizade verdadeira, sem qualquer tipo de interesse. Inclusive com este novo amigo ele janta novamente na casa de Aristarco e revê D. Ema.

Sérgio tinha uma paixão platônica por dona Ema, a figura mais carinhosa para com os alunos, amada por todos.

Tempos depois começaram as provas institucionais e alunos de escolas variadas fazeram os exames oficiais. Neste momento Sério descreve como era o ambiente opressor do Ateneu e também as tensões que vivia durante os testes. Ele já tinha se mudado para a ala dos alojamentos dos meninos grandes e lá possuía mais liberdade.

Neste resumo de O Ateneu temos que dar também uma notícia triste: Franco caiu doente e acabou morrendo por causa do descaso dos médicos e da falta de cuidados.

Fim do ano letivo

O ano letivo vai se aproximando e uma enorme festa começou a ser preparada no Ateneu. A intenção dos alunos era oferecer um busto feito de bronze para o diretor Aristarco e essa ideia de se ver imortalizado num busto o deixou muito satisfeito e cheio de expectativas. A Festa aconteceu e foi enorme, repleta de pessoas importantes.

Chegaram as férias e Sérgio continuou no Ateneu com mais alguns alunos, já que sua família estava morando na Europa. Chegou mesmo a adoecer e ter de ficar aos cuidados da enfermeira do Ateneu, começando a estabelecer uma ligação com ela.

Por fim, vamos chegando ao fim do resumo de O Ateneu e só resta dizer que nas férias, o colégio pegou fogo e Aristarco se viu sem aquilo que definia o que ele próprio era.

O Ateneu pega fogo

Análise de O Ateneu de Raul Pompeia

São 12 capítulos. Como foi dito, a obra foi publicada em folhetins de jornal.

A linguagem no livro é muito rebuscada, densa e repleta de metáforas, como comparações, metáforas e hipérboles.

Vamos ao que mais a distingue e ao que mais é ponto de disputa entre os estudiosos: o estilo literário de O Ateneu.

Veja um trecho da obra:

Onde meter a máquina dos ideais, naquele mundo de brutalidade que me intimidava, com os obscuros detalhes e as perspectivas informes escapando à investigação da inexperiência? Qual o meu destino, naquela sociedade que o Rebelo descrevera horrorizado, com mas meias frases de mistério, suscitando temores indefinidos, recomendando energia, como se coleguismo fosse hostilidade?

Realismo

Raul Pompéia é um representante do realismo brasileiro.

Semelhantemente a Machado de Assis ele também possui um caráter memorialista. Tanto é que o subtítulo do livro é Crônica de Saudades. O livro é de Sérgio contando suas memórias no Ateneu.

Em suas obras ele também adotou a estratégia de descrever os ambientes com riqueza de detalhes para ajudar o leitor a se ambientar.

Com seu realismo e descrição minuciosa ele consegue colocar o leitor dentro da cena, no próprio ambiente do romance. As cenas são gráficas.

Psicológico

Mais uma característica comum a Pompeia e Assis: presença marcante da descrição dos aspectos psicológicos das personagens. Esse universo psicológico, o interior de cada um, seus conflitos, etc, envolve todo o romance.

Por exemplo, Sérgio tem sua família substituída de certa forma, pelo diretor Aristarco. Ele era uma figura paterna na nova vida de Sérgio no colégio, porém era um tirano. Ele ora era vigorosamente rígido, ora nem tanto, mas se mostrando decepcionado para influenciar psicologicamente os alunos.

Já a figura materna e amada pelos alunos era D. Emma. Não só Sérgio, mas vários outros alunos eram apaixonados pela mulher do diretor. Inclusive jantar em sua casa era um prêmio para os bons alunos e uma oportunidade de estar perto dela.

Mas o principal desenvolvimento psicológico retratado se dá entre os estudantes, como vimos nas relações de Sérgio com vários garotos diferentes. O Ateneu é um pequeno universo com muitos relacionamentos diferentes, porém apenas entre homens e com a maioria na pré-adolescência.

Cada relação de Sergio no livro é marcante. Entre os alunos a relação é marcada pela libido; entre os alunos e o diretor, o dinheiro.

Acompanhamos também o amadurecimento psicológico de Sérgio.

Mário de Andrade:

“O Ateneu é uma caricatura sarcástica da vida psicológica dos internatos. Digo caricatura, no sentido de se tratar de uma obra onde os traços estão voluntariamente exageradamente exagerados numa intenção punitiva.”

Crítica social

Sociedade no rio de janeiro na epoca de O Ateneu

O que acontece internamente no Ateneu é o que Pompeia via acontecer na sociedade em geral. Ele usou do ambiente do internato para realizar um experimento social e com isso criticar a sociedade do Rio de Janeiro do séc. XIX.

Claramente é possível perceber que cada aluno recebe um tratamento conforme a mensalidade que paga e a família donde vem. O prestígio e o poder influenciam as relações.

Ele também criticou a hipocrisia da sociedade, já que o ambiente interno é obscuro e opressor e as festas oferecidas são de muita pompa, de forma muito convidativa.

No ambiente interno do Ateneu ele retrata o que acontece na sociedade. Os mais fortes vencem e os mais fracos precisam buscar por protetores e se não os encontram, sofrem com as injustiças.

Autobiografia de Raul Pompeia

O realismo se confirma com a presença do narrador em terceira pessoa, permitindo um distanciamento melhor das personagens e um relato mais detalhado de todos os acontecimentos do romance.

Porém, no narrador, Pompeia se afasta dessa tendência da literatura, pois há um narrador em primeira pessoa, que é Sérgio. Logo, é um narrador personagem. Trata-se de Sérgio já adulto contando suas memórias.

É uma narrativa de confissão.

O livro é escrito como uma descrição memorialista. Assim tem-se uma experiência mais real da vivência.

Este enredo foi inspirado na própria vida de Raul Pompeia que estudou num colégio interno, chamado colégio Abílio. Por isso, a obra carrega certo pessoalismo. Por isso a obra é um romance autobiográfico, que revela moralismo e ambientes corruptos.

A obra é a junção da autobiografia e da ficção.

Naturalismo e Determinismo social

O livro é marcado pela teoria do determinismo, de que o homem é fruto do meio. As ações das pessoas precisam ser analisadas levando-se em consideração como cada um foi criado, como e por quem.

O espaço determina muito o comportamento das personagens. O próprio título do livro é o nome do espaço, como em O Cortiço. Confira um resumo completo e a análise da obra O Cortiço, também cobrada em vestibulares.

No naturalismo o espaço toma uma proporção, às vezes, maior que os próprios personagens.

O comportamento de Sério também muda, dependendo de quem é sua companhia.

A tese determinista do livro é também a de que num ambiente só de meninos a descoberta da sexualidade levará ao homossexualismo.

Algumas personagens possuem aspectos animalescos.

Tempo

O enredo se dá no tempo de 2 anos, mas predomina o tempo psicológico, já que se trata de um romance de memórias.

Mais detalhes e outras dicas

O passado é recriado por meio de recordações, por isso a realidade é, de certa forma, esfumaçada, já que o internato é reconstituído por meio das impressões, mais subjetivas que objetivas, carregadas de um espírito de vingança, de sofrimento e de autopunição. Há quem, por isso, diga que O Ateneu é um romance impressionista.

Sobre o Beduka

Estamos muito preocupados com a sua preparação para os diversos processos seletivos e ENEM. Temos aqui no Beduka uma série de questões de vestibular sobre obras literárias que você pode responder para testar os seus conhecimentos. Por exemplo:

O Beduka é um buscador de universidades e cursos, privados ou públicos, que surgiu em 2017 e traz uma relação completa de instituições superiores reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Além de ajudar a estudar com o resumo de O Ateneu de Raul Pompeia, nós também temos dois produtos bem úteis para os estudantes:

Simulador de nota de corte do Sisu – Aqui o estudante tem a possibilidade de avaliar se a sua nota permite ou não ingressar em determinada universidade pública e no curso desejado, de acordo com a nota de corte da última edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Simulado do ENEM – Sistema gratuito de geração de provas do ENEM com a possibilidade de criar seu próprio caderno de questões por matérias, por dia da prova ou apenas para testar os seus conhecimentos. Tudo isso de graça e online.

Aproveite para ver também uma relação com as melhores faculdades de direito em BH e as melhores universidades do Rio de Janeiro e entender o que faz um zootecnista.

Queremos saber a sua opinião para aperfeiçoar nossos conteúdos. Deixe seu comentário!

Acompanhe o Beduka no Facebook e no Instagram para não perder novidades.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

2 Comentários

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador