Redação

O que NÃO fazer na redação Enem e palavras para não usar

o que não fazer na redação enemO que não fazer na redação Enem

A redação é sempre desafiadora. Ninguém quer perder nenhum pontinho, por isso é bom saber o que não fazer na redação e as palavras que não se pode usar na redação para evitar os problemas mais conhecidos.

Prepare-se para o Enem com o nosso Simulado Gratuito e Online.

Vamos às dicas para ter a melhor pontuação e fugir da nota zero. Inclusive, notas menores que 450 pontos na redação Enem eliminam o candidato de participar do Fies. Fique atento ao que não fazer em uma redação.

Esta é a nossa lista do que não fazer em uma redação dissertativa argumentativa (Veja nosso guia completo sobre o assunto):

1 – Não fale com o leitor

Não dê conselhos a quem está lendo. Não escreva como se estivesse em uma conversa com o leitor. Por exemplo: “Você é capaz de mudar o mundo, adote estas medidas, faça a sua parte.”

Também não dite regras, não diga o que o leitor deve ou não fazer. Trata-se do avaliador das redações Enem ou de vestibulares e ele não quer diálogo, quer ver o seu desempenho de forma impessoal.

2 – Não use ditados populares na Redação do Enem

É preferível tentar ser criativo, ser original. Usar ditados populares na redação a deixa mais pobre. Os avaliadores não gostam de ver o senso comum se repetindo. Apenas em casos muito bem contextualizados é possível acrescentá-los. Mas, como isso é muito específico, é melhor levar a sério esta dica do que não fazer na redação Enem.

Citações sem critério, provérbios e palavras ou expressões clichês só vão atrapalhar a sua nota.

3 – Não generalize ou radicalize

Não use as palavras generalizadoras, afinal sempre há uma exceção, um contra exemplo ou algo assim. Por exemplo: “Todos jogam lixo no chão” ou “Ninguém faria isso” ou “Isso jamais vai acontecer, é impossível.

Essas frases são um tipo de argumentação apelativa, elas não têm consistência.

Não use essas palavras na redação:

  • Nunca
  • Sempre
  • Jamais

Ou termos e expressões que sejam generalizadores. Por outro lado, já escrevemos quais palavras você deve usar na sua redação para melhorá-la.

Muitos alunos inventam dados estatísticos, inventam pesquisas, criam mentiras convincentes. 

Bem, você pode fazer isso, mas se o corretor descobrir, perderá seus pontos. É um risco que não aconselho.

4 – Não use gírias ou palavrões

o que zera a redação enem

Parece incrível pensar que alguém usaria um palavrão na redação, certo? Mas acontece. Algumas pessoas acham que é uma boa ideia escrever palavras vulgares para dar ênfase em alguma ideia.

Também não adianta colocar simplesmente entre aspas e achar que vai ficar tudo bem. O mesmo pode se dizer das gírias. Por exemplo:

  • Tipo assim
  • Tá ligado
  • Irado

Essas palavras são coloquiais, pertencem à oralidade e te farão, caso usadas, perder pontos por não usar a língua padrão culta do Português. Acrescente cada uma dessas palavras e expressões à sua lista de palavras que não pode usar na redação Enem.

Também não tente escrever com uma linguagem difícil demais, pois isso é considerado preciosismo ou prolixismo. Ambos são vícios de linguagem que atrapalham a fluência e a clareza da explicação e, portanto, a compreensão do leitor.

Outro detalhe: Não faça uso de interjeições. Por exemplo: ah!, ufa!, oba!

Confira o nosso artigo completo sobre vícios de linguagem para saber como não escrever na redação

Linguagem formal não é uma linguagem complicada.

5 – Não expresse sua opinião diretamente

Jamais use expressões como “Eu acho”, “Eu penso”, “Eu acredito” e semelhantes. A dissertação é impessoal, logo, não use a primeira pessoa do discurso (Eu/Nós), nem conjugue os verbos para este caso. Por exemplo: “Acreditamos que o mundo será melhor assim…”

6 – Não confunda o significado das conjunções na redação

As conjunções são os elos entre as frases, os elementos coesivos. Entenda mais sobre coesão e coerência aqui. Temos exercícios sobre isso também

Se o sentido é adversativo, não deve ser usado em sentido conclusivo, ou seja, se você quer tentar passar a ideia de contrariedade e passa a ideia de confirmação, falhou e perderá ponto.

Empregue os conectivos corretamente ou sua redação se tornará incoerente. Muitos alunos vacilam e perdem pontos por coisas muito simples. Esta lista do que não fazer na redação te ajuda a não ser mais um nesse grupo.

7 – Não deixe de usar as preposições

Preste muita atenção nos pronomes relativos

  • Que
  • Quem
  • O qual, A qual, Os quais, As quais
  • Cujo, cuja, cujos, cujas

Alguns deles dispensam o uso da preposição, outros a exigem. Por exemplo: A pesquisa por meio da qual o trabalho foi realizado.

8 – Não use a linguagem da internet

Nada de internetês na redação, nada de abreviações. Não escreva do mesmo jeito que você faz no Facebook, Instagram ou Whatsapp. Logo, se usar “vc”, “tb” e afins, perderá pontos. São erros muito básicos e por isso fáceis de não serem cometidos. 

9 – Não alongue um tema mais do que deve

Continuando nossa lista do que não fazer na redação Enem, temos este tópico que também pode ser entendido como “encher linguiça”. Já ouviu essa expressão? Significa que não há mais o que falar, mas você fica escrevendo mais e mais de forma desnecessária.

Não escreva sobre o que você não tem certeza só para preencher linhas. Muitas vezes, seus pontos estavam garantidos, mas justamente na parte que você alongou o texto, perdeu nota.

Na redação Enem o mínimo é 7 linhas e o máximo 30. Dentro dessa norma, atente-se mais à qualidade do que à quantidade. 

10 – Não faça deboches ou piadas no texto

palavras para não usar na redação enem

Alguns alunos pensam erroneamente que vão melhorar o texto sendo irônicos. Errado! Este estilo pertence ao gênero Artigo de opinião, o que não é o caso da redação dissertativa argumentativa.

A ironia é uma figura de linguagem que não deve ser utilizada no texto dissertativo argumentativo. Nele nada deve ficar subentendido. A escrita deve ser sempre clara, sem nada oculto, sem gracinha e de forma argumentativa.

Na redação é esperado que você use seu senso crítico com bastante coerência. Mas cuidado com as críticas levianas, ou seja, cuidado com mentiras ou informações duvidosas. Lembre-se de respeitar os direitos humanos.

Aprenda como elaborar a proposta de intervenção na redação.

11 – Cuidado com os erros gramaticais

Parece óbvio, mas não é. Com certeza este é um tópico do que não fazer na redação. Se não tiver certeza de como se escreve uma palavra, use um sinônimo e não a escreva. Troque por uma palavra mais segura, não arrisque.

Se tiver dúvidas sobre como usar a vírgula, tente fazer frases menores, usar mais o ponto final e iniciar outra sentença.

12 – Não escolha muitos dados dos textos motivadores

Você pode perder pontos se o avaliador entender que o texto não é seu, por excesso de informações dos textos bases.

13 – Não deixe a redação por último

Ela é a mais importante e a que te dá mais chances de ter realmente uma nota 1000. Esforce-se ao máximo nela.

Dica: Faça o rascunho, depois faça as provas do dia e aí sim, passe a limpo por último, mas cuidado com o tempo.

Você pode ter ideias enquanto faz as questões da prova. Além do mais, quando você acaba de escrever, é difícil perceber os erros. Depois de um tempo, você lerá e perceberá mais detalhes para melhorar. Mas deixe o rascunho completamente pronto.

14 – Não fique desatualizado

Apesar de não saber qual será o tema da redação Enem com antecedência, é perfeitamente possível ficar atualizado. É preciso estar por dentro das notícias seja via internet, TV, ou ainda, por jornais e revistas impressos.

Conhecer as notícias pode te ajudar a citar pesquisas, estatísticas, acontecimentos muito mais. Por isso, veja este artigo com todos os temas que já foram cobrados na Redação do Enem e este outro com dicas de como fazer citação filosófica e alusão histórica.

O que pode zerar a redação Enem?

Veja os motivos que podem te levar a uma nota zero na redação dissertativa argumentativa:

  1. Fugir totalmente do tema proposto. Dica: Guie-se pela frase-tema, aquela que resume o assunto da redação;
  2. Falar da sua vida, da vida do seu vizinho, do seu parente, ou usar quaisquer informações especificamente pessoais;
  3. Escrever com letra ilegível;
  4. Não seguir a estrutura dissertativa argumentativa, ou seja, escrever poema, narrativa, etc;
  5. Escrever menos de 7 linhas;
  6. Copiar integralmente os textos motivadores da proposta de Redação, aqueles que ficam no próprio caderno de questões e que introduzem o tema;
  7. Escrever ofensas, palavrões, desenhos, números, rabiscos, etc. São formas propositais de anulação;
  8. Escrever partes completamente desconectadas do tema proposto deliberadamente, ou seja, sabendo que está fazendo isso;
  9. Assinar o nome, apelido ou rubrica fora dos locais adequadas para isso;
  10. Escrever um texto com a maior parte do conteúdo em outra língua;
  11. Infringir os Direito Humanos
  12. Deixar a folha de redação em branco e entregar o rascunho. 

Não deixe de se organizar com o nosso plano de estudos gratuito.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador