História

Questões sobre Reforma Protestante com gabarito

Questões sobre Reforma ProtestanteQuestões sobre Reforma Protestante

Faça exercícios sobre a Reforma Protestante, movimento que se iniciou com o descontentamento da população diante de algumas infidelidades de partes do clero. Martinho Lutero é considerado o líder da revolta, pois escreveu 95 teses que criticavam as ações que ele achava incoerentes. Os seus ideais se espalharam e várias pessoas concordaram com o que ele falava, surgindo assim a Reforma Protestante.

A Reforma Protestante é bastante cobrada nas principais provas de vestibulares, principalmente no ENEM, por isso o Beduka separou exercícios dos principais exames para você estudar e se preparar ainda mais para as provas.

Antes de fazer as questões sobre reforma protestante, leia o artigo COMPLETO sobre a Reforma Protestante para tirar as dúvidas. Temos um plano de estudos que te ajuda a se organizar na hora de estudar. Você pode baixar ele clicando aqui.

As atividades sobre Reforma Protestante que separamos são de vestibulares, mas servem para alunos do 7º ano treinar. Alunos do fundamental 8º e 9º ano também podem treinar. Os do ensino médio, principalmente. Todas estão com gabarito.!

Resumo sobre Reforma Protestante

Vamos relembrar algumas coisas antes das atividades sobre a reforma religiosa.

A Reforma Protestante é considerada uma marcante transformação religiosa do período moderno, pois houve o rompimento do Cristianismo no Ocidente. Por isso os exercícios sobre reforma protestante são muito cobrados, já que ela é um marco histórico.

No ano de 1517, em 31 de outubro, Martinho Lutero pregou na porta da igreja do Castelo 95 teses criticando algumas práticas católicas. Umas eram frutos de parte do clero, e suas ações não representavam toda a Igreja Católica; outras críticas eram fruto de pensamentos filosóficos diferentes de Lutero. Nesse dia, os protestantes comemoram o dia inicial da Reforma Protestante.

A origem desse movimento foi a discordância de Lutero sobre alguns pontos da filosofia e da teologia em relação à Tradição Católica. Os príncipes da época apoiaram Lutero, pois tonariam-se independentes em relação ao papa que condenava a cobrança exagerada de impostos. Mesmo assim, havia padres que cometiam abusos e permitiam a usura.

Havia muitos padres despreparados, homens que haviam comprado seus cargos. Não eram verdadeiros pastores de almas, mas pessoas com pensamento de construir uma carreira às custas da Igreja.

Era esse o clero que aceitava a comercialização e bens eclesiásticos e usava a sua posição para se privilegiar. Além disso, a venda de cargos na igreja e a venda do perdão dos pecados eram consideradas uma prática comum.

Apenas com o impulso da Reforma Protestante é que esses problemas no clero receberam atenção. Disso surgiu a Companhia de Jesus, com os padres jesuítas que eram missionários e intelectuais bem preparados.

Gostou do nosso artigo sobre Reforma Protestante? O Beduka deseja a sua aprovação na faculdade, então desenvolvemos um simulado online 100% gratuito para te ajudar a se preparar para o ENEM.

Há um filme que conta a história de Martinho Lutero e a transformação da Reforma Protestante, ele vai te ajudar a entender melhor como era os costumes e contextualizar melhor esse conflito religioso. O filme está disponível no Youtube e se chama “Lutero e a Reforma Protestante“!

Reforma de Lutero

Lutero com um martelo na mão fixando as 95 teses na porta da igreja

A Reforma foi iniciada por Martinho Lutero com as suas críticas e negações diante das práticas religiosas realizadas pela Igreja.

Lutero criticava a venda de indulgências feita pelo dominicano João Tetzel. Dessa forma, Lutero escreveu 95 questões que desaprovam a Igreja e até mesmo o Papa.

Martinho Lutero era monge agostiniano, alemão e professor da Universidade de Wittenberg. As 95 teses formuladas foram apresentadas na porta de uma igreja para os seus alunos e eles deveriam debater o tema em classe. Porém seus alunos, ao ler as teses, resolveram compartilhá-las com o público.

As teses se espalharam e a Igreja não ficou satisfeita com as críticas recebidas. O papa Leão X, em 1520, escreveu uma bula condenando Lutero e exigiu a sua retração. Ao receber a bula, Lutero queimou ela em público, agravando ainda mais a situação.

O professor foi considerado herege pelo imperador Carlos V, em 1521. Contudo, ele logo foi acolhido pela nobreza alemã e se dedicou a desenvolver os princípios da nova religião.

Somente em 1555 o conflito religioso chegou ao fim e ficou conhecido como “Paz de Augsburgo”. Foi estabelecido um acordo que determinava que cada governante dentro do Sacro Império era livre para escolher qual religião seguir.

Esse resumo vai te ajudar em qualquer atividade sobre a Reforma Protestante!

Calvinismo

Calvino de perfil, grisalho com casaco de pele, barba longa e chapeu

As teses e ideais de Lutero foram espalhadas por todo o continente europeu, e sofreram modificações por alguns dos seus seguidores.

O calvinismo foi influenciado pelo Humanismo e pelas teses luteranas. A Bíblia era o fundamento principal da religião e não era preciso um clero regular. Isso ocorria pois Calvino acreditava que a salvação dependia apenas de Deus.

Quer ficar por dentro de toda a matéria sobre Reforma Protestante? Leia o nosso artigo completo.

Agora é hora e colocar os seus conhecimentos em prática, faça os exercícios sobre Reforma Protestante e confira o gabarito.

Questões sobre Reforma Protestante

1- (Unifesp) “Se um homem não trabalhar, também não comerá” – São Paulo

O texto acima traduz a ideia defendida pelo:

a) Protestantismo de Lutero;

b) Protestantismo de Calvino;

c) Catolicismo da Idade Média;

d) Catolicismo da Contra-Reforma.

2 – (FCC-SP) O Ato de Supremacia, promulgado por Henrique VIII, na Inglaterra, contribuiu para:

a) divulgar intensamente a doutrina calvinista no país, sobretudo na região da Escócia.

b) iniciar a expansão externa, formando, assim, as bases do império colonial inglês.

c) promover a reforma anglicana, ao mesmo tempo em que contribuiu para a centralização do governo.

d) implantar o catolicismo no reino, o que foi acompanhado de repressão aos reformistas.

e) restaurar os antigos direitos feudais, que foram limitados pela Magna Carta de 1215.

3 – (PUC-PR) Nos começos do século XVI teve início a Reforma Religiosa, com a atuação de Martinho Lutero, monge agostiniano, então em Wittenberg. Sobre as causas desse movimento, é correto afirmar:

I – Os reformados tiveram apoio da burguesia, desejosa de firmar sua atividade capitalista de obter lucros, limitados pela Igreja e indicativos de pecado.

II – Um sentimento nacionalista surgira na Alemanha e Norte da Europa, passando o papa a ser visto como um estrangeiro a interferir em assuntos internos.

III – Em matéria de religião ocorreu o abuso de setores do clero, com a exploração das “relíquias sagradas” e venda de indulgências.

IV – O documento inicial que desencadeou a Reforma Luterana foi a Declaração de Augsburgo, redigida por Felipe Melanchton.

V – Ao tempo do início da Reforma Luterana era papa Júlio II, mecenas do Renascimento e que interpretou o ato de rebeldia de Lutero como uma simples querela de agostinianos contra dominicanos.

Estão corretas:

a) III, IV e V.

b) I, II e V.

c) Apenas II e III.

d) Apenas III e V.

e) Apenas IV e V.

4 – (UFRN) No século XVI surgiu, na Europa, um movimento de caráter religioso, político e econômico que deu origem à Reforma protestante, iniciada como uma reação:

a) ao progresso do capitalismo comercial, que preconizava o lucro e estimulava o desenvolvimento das atividades mercantis, condenados pela Igreja Católica.

b) à crise da Igreja Católica, que se manifestava através da vida desregrada, do luxo do alto clero, da venda de cargos eclesiásticos e de relíquias sagradas.

c) à teoria religiosa católica, que estava alicerçada na predestinação absoluta, na salvação pela fé e no livre exame da Bíblia.

d) ao fortalecimento do Estado Nacional absolutista cuja consolidação representava o apoio à teoria da supremacia e do universalismo do poder papal.

5 – (Esan-SP)Na Alemanha do século XVI, havia grande contradição entre o que a Igreja católica pregava e o que se praticava. Nos principados as dificuldades eram enormes. Os camponeses sentiam-se sobrecarregados de impostos. As cidades ansiavam por liberdade. O clero desprezava a missão espiritual. Muitos bispos levavam uma existência de prazer, o que ofendia os crentes sinceros e simples. Os abusos apontados no enunciado geraram o ambiente favorável à aceitação do novo credo sustentado por:

a) Henrique VIII.

b) João Knox.

c) João Huss.

d) João Calvino.

e) Martinho Lutero.

6 – (Vunesp-1998) “O Pai e o Filho vêm a um homem e nele fazem sua morada, se ele amar Jesus Cristo (São João, XV, 23). Daí resulta a necessidade das obras porque o amor, a caridade só se manifesta pelas obras (São João, XIV, 21; Mateus, VII, 21), são obras que contam e Deus dará a cada um segundo suas obras.” (Roland Mousnier, Os séculos XVI e XVII. In História Geral das Civilizações.) A importância do acúmulo gradual de boas obras para a salvação da alma é uma concepção:

a) luterana.

b) católica.

c) sunita.

d) jansenista.

e) anabatista

7 – (UEPA-2001)Que coragem afinal é a dele, o Dr. Patinha de Gato, o novo Papa de Wittemberg, o Dr. Cadeira de Balanço, o amante dos banhos de sol? Ah, ele afirma que não deve haver revolta porque a espada foi entregue por Deus aos governantes. Mas o poder da espada pertence a toda a comunidade! As pregações de Münzer gozaram de popularidade nas comunidades rurais, isto porque:

a) as idéias reformistas defendidas por Lutero condenavam a exploração feudal dos camponeses alemães.

b) a condenação a propriedade privada e a defesa da igualdade entre os homens atendiam os anseios dos camponeses.

c) a nobreza alem„ protegia os reformadores que tinham um discurso contra as propriedades da Igreja.

d) os camponeses eram luteranos e apoiavam os ideais da reforma proposta por Münzer.

e) a reforma na Alemanha teve um caráter social baseado no discurso da igualdade e da fraternidade.

8 – (VUNESP-2010) Segundo Samuel Huntington, a política mundial está sendo reconfigurada seguindo linhas culturais e civilizacionais, nas quais o papel das religiões é muito importante. Correlacione as duas colunas: Religiões Países 1. Hinduísmo a. Egito 2. Protestantismo b. México 3. Islamismo c. Índia 4. Catolicismo d. Estados Unidos Os países e suas respectivas religiões predominantes são:

a) 1b, 2c, 3a e 4d.

b) 1c, 2a, 3d e 4b.

c) 1b, 2c, 3d e 4a.

d) 1c, 2d, 3a e 4b.

e) 1b, 2d, 3c e 4a.

9 – (VUNESP-2006)Thomas Münzer liderou os anabatistas, camponeses que inspirados nas teses luteranas passaram a confiscar terras, inclusive da nobreza, rompendo com a estrutura feudal. A atitude de Lutero, propositor da Reforma, frente ao anabatismo foi de

a) apoio, pois via nos seus seguidores os que mais se aproximavam de seu ideal religioso. b) oposição, pois via neles uma ameaça à ordem que seus protetores da nobreza defendiam.

c) apoio, pois via neles um instrumento para a derrota definitiva dos defensores de Roma.

d) oposição, pois via na violência de suas ações a manifestação dos ensinamentos do papado.

e) apoio, pois ao confiscarem as terras destruíram as bases do Sacro Império, maior inimigo de Lutero

10 – (PUC-MG)Na Alemanha, no século XVI, o monge agostiniano Martinho Lutero levantou-se contra os abusos cometidos pelo papado de Roma, desencadeando um movimento que ficou conhecido por Reforma Protestante.

Sobre esse movimento, é INCORRETO afirmar que:

a) o movimento da Reforma teve os seus objetivos defendidos, ampliando o poder da burguesia contra a ideologia senhorial.

b) as idéias veiculadas na Europa, no contexto do século XVI, significaram uma brecha importante na estrutura política feudal.

c) a disseminação dos ideais reformadores no seio da população possibilitou a vitória do nacionalismo contra o poder do papado.

d) a revolta dos camponeses contra a cobiça dos grandes senhores feudais pelos bens da Igreja contou com o apoio de Lutero.

11 – (UFMG)Todas as alternativas contêm pregações dos protestantes à época da Reforma, EXCETO:

a) “Deus chama cada um para uma vocação cujo objetivo é a glorificação de Deus.(…). O pobre é suspeito de preguiça, que é uma injúria a Deus.”

b) “Não nos tornamos justos à força de agir com justiça, mas é porque somos justificados que fazemos coisas justas.”

c) “O Rei é o supremo chefe da Igreja. Tem todo poder de examinar, reprimir, corrigir erros, heresias, a fim de conservar a paz do Reino.”

d) “Pois Deus criou os homens todos em condições semelhantes, mas ordena uns à vida eterna e outros à eterna danação.”

e) “Trazei o dinheiro! Salvai nossos antepassados! Assim que tilintar em nossa sacola, suas almas passarão imediatamente ao paraíso.”

12 – (Mack)O Rei Henrique VIII, aclamado defensor da fé pela Igreja Católica, rompeu com o Papa Clemente VII em 1534, por:

a) opor-se ao Ato de Supremacia que submetia a Igreja Anglicana à autoridade do Papa.

b) rever todos os dogmas da Igreja Católica, incluindo a indissolubilidade do sagrado matrimônio, através do Ato dos Seis Artigos.

c) aceitar as 95 teses de Martinho Lutero, que denunciavam as irregularidades da Igreja Católica.

d) ambicionar assumir as terras e as riquezas da Igreja Católica e enfraquecer sua influência na Inglaterra.

e) defender que o trabalho e a acumulação de capital são manifestações da predestinação à salvação eterna como professava Santo Agostinho

Respostas das Questões sobre Reforma Protestante

Confira agora o gabarito. Tomara que tenha acertado todas!

Exercício resolvido da questão 1

b) Protestantismo de Calvino;

Exercício resolvido da questão 2

c) promover a reforma anglicana, ao mesmo tempo em que contribuiu para a centralização do governo.

Exercício resolvido da questão 3

c) Apenas II e III.

Exercício resolvido da questão 4

b) à crise da Igreja Católica, que se manifestava através da vida desregrada, do luxo do alto clero, da venda de cargos eclesiásticos e de relíquias sagradas.

Exercício resolvido da questão 5

e) Martinho Lutero.

Exercício resolvido da questão 6

b) católica.

Exercício resolvido da questão 7

c) a nobreza alem„ protegia os reformadores que tinham um discurso contra as propriedades da Igreja.

Exercício resolvido da questão 8

d) 1c, 2d, 3a e 4b.

Exercício resolvido da questão 9

b) oposição, pois via neles uma ameaça à ordem que seus protetores da nobreza defendiam.

Exercício resolvido da questão 10

d) a revolta dos camponeses contra a cobiça dos grandes senhores feudais pelos bens da Igreja contou com o apoio de Lutero.

Exercício resolvido da questão 11

e) “Trazei o dinheiro! Salvai nossos antepassados! Assim que tilintar em nossa sacola, suas almas passarão imediatamente ao paraíso.”

Exercício resolvido da questão 12

d) ambicionar assumir as terras e as riquezas da Igreja Católica e enfraquecer sua influência na Inglaterra.

Gostou das questões sobre Reforma Protestante? Temos outros exercícios que também podem te ajudar a estudar para as provas, como exercícios sobre república velha, feudalismo ou se preferir temos exercícios de física, matemática, geografia, biologia e muito mais!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador