ExercíciosFilosofia

Questões sobre Sócrates RESPONDIDAS

Questões_sobre_SócratesQuestões sobre Sócrates

Sócrates foi um filósofo muito importante para o desenvolvimento da filosofia ocidental. Ele foi o responsável por fundar um novo período do conhecimento na Grécia Antiga, conhecido como Período Socrático ou Antropológico. Também criou um método de ensino que até hoje dizem ser um dos mais eficazes da história. Leia o artigo para responder às questões sobre Sócrates. 

Quem foi Sócrates?

É importante entendermos a trajetória de vida de uma pessoa para entendermos suas ideias. Leia um pouco sobre a vida do filósofo para fazer as questões sobre Sócrates e o Simulado Beduka.

Sócrates (470-399 a.C.) nasceu como um jovem de família humilde da capital grega: Atenas. Sua mãe era uma parteira e seu pai um artesão e escultor, profissão seguida por Sócrates durante a juventude. Sócrates serviu ao exército ateniense e chegou a combater na Guerra do Peloponeso (431-404 a.C.). Além disso, era forte atuante na democracia

Apenas após se aposentar do exército, Sócrates passou a exercer os dons que o tornaram conhecido como o precursor da maior tríade de filósofos da história: Sócrates, mestre de Platão, que por sua vez foi mestre de Aristóteles. O filósofo ainda foi casado e teve três filhos. 

Quais eram as ideias de Sócrates?

Agora que já entendeu sobre a sua vida é hora de entender como ele pensava. Continue acompanhando para fazer as questões sobre Sócrates.

O que formou a personalidade questionadora de Sócrates foram os tempos de exército em que se dedicou a aprender sobre questões científicas, políticas, além, é claro, de praticar esportes e conhecer a cultura ateniense. 

Sócrates ingressou de fato na filosofia ao fazer uma visita ao Templo de Apolo, em que ele foi inspirado pela frase: “Conhece-te a ti mesmo”. No mesmo templo, ele foi ao Oráculo de Delfos. Foi a primeira vez que ele admitiu não saber nada e justamente por isso, disseram que ele era sábio. 

Essas visitas fizeram Sócrates entender que antes de conhecer qualquer outra coisa ele tinha que se conhecer. Isso o tornou o primeiro filósofo a ter pensamentos humanistas. Sócrates foi o fundador do Período Socrático, que foi quando vários filósofos pararam de se preocupar com teorias sobre a natureza e começaram a tentar entender o homem.

A frase mais famosa de Sócrates: “Só sei que nada sei” é uma afirmação da sua própria ignorância, mas que também é uma marca do seu caráter sábio. Já que aquele que reconhece a ignorância busca o conhecimento e aquele que confia em sua soberba estaguina. Esse era o paradoxo de Sócrates. 

Sócrates saiu do templo armado com suas ideias e também com a missão pessoal de levar essas ideias aos outros. 

Ele começou a andar por Atenas, principalmente pela Ágora (a praça onde ocorriam os grandes debates). Ele conversava com as pessoas, principalmente com os jovens, sobre diversos assuntos e usava seu método para lhes aflorar o conhecimento. 

A maior parte do que se sabe sobre Sócrates veio de escritos deixados por seus discípulos, principalmente Platão. 

Qual era o Método Socrático?

O método de Sócrates é muito famoso e constantemente cobrado em provas como o ENEM. Então leia com atenção para fazer as questões sobre Sócrates.

Em homenagem à sua mãe, Sócrates se dizia um “parteiro de ideias”, já que ele trazia as ideias dos demais à luz e fazia aflorar o conhecimento interno de cada um. Esse método era dividido em duas partes: 

Ironia – Em que o filósofo humildemente se aproximava de alguém e começava a fazer uma série de perguntas “despretensiosas”. A ironia aqui é que na verdade, Sócrates sabe exatamente sobre o que está perguntando. Contudo, ele alimenta o ego do próximo para derrubar a sua soberba assim que tropeçar nas próprias ideias equivocadas.

Maiêutica – Nessa segunda parte, a pessoa já se auto convenceu da sua ignorância e está pronta para aceitar as respostas e caminhar para o conhecimento. Sócrates habilmente faz com que o diálogo seja a ferramenta para a própria pessoa perceber seus erros e descobrir as respostas por si mesma. 

E como foi o Fim de Sócrates?

Julgamento de Sócrates
Julgamento de Sócrates

A pena de morte de Sócrates também é um tema muito relevante nas aulas de filosofia e em vestibulares. Preste atenção para fazer as questões sobre Sócrates. 

Sócrates criou muitos inimigos por ser atuante da política, mas ainda mais do que isso, por fazer o que ele era melhor; ensinar. Por causa de suas conversas com os jovens e sua maiêutica, suas ideias começaram a ser disseminadas e isso irritou os governantes e nobres. 

Sócrates foi perseguido e acusado de três crimes graves:

  • Corrupção da Juventude
  • Pregar novos deuses 
  • Não reconhecimento dos deuses   

Ele foi posto sob julgamento público, mas não adiantava argumentar. Ele estava marcado para ser condenado e assim foi. Após recusar as penas de multa e exílio foi-lhe atribuída pena de morte. Em 399 a.C. o filósofo foi forçado a beber o “líquido da morte”: Cicuta.

O que alentava a mente de Sócrates era que ele criou uma boa base de discípulos e sentia que tinha cumprido sua missão de levar o conhecimento. Além disso, seu orgulho estava intacto, pois morrendo dessa forma não admitia a culpa que acreditava não ter. 

 “Diante de qualquer forma de governo e de qualquer autoridade constituída, Sócrates prestava primeiro obediência aos ditames de sua própria consciência”.

Frases de Sócrates

Agora vamos ver algumas frases do filósofo para você fazer as questões sobre Sócrates.

“Só sei que nada sei.” (Clássica)

“Conhece-te a ti mesmo e conhecerá o universo e os deuses.”  (Não foi ele que criou, mas era praticamente um bordão dele, então está valendo)

“Não penses mal dos que procedem mal, pense que estão equivocados.”

“A admiração é o sentimento de um filósofo, e a filosofia começa pela admiração.”

Questões sobre Sócrates 

Agora que você leu até aqui, já pode fazer as questões sobre Sócrates. Também faça o Simulado Beduka e baixe nosso Plano de Estudos.

1. (FATEC SP) Sócrates, grande filósofo grego, formou numerosos discípulos, que seguiram diferentes caminhos para buscar o conhecimento real.

A grande preocupação socrática era:

a) interpretar o mundo como sendo espiritual e organizado segundo uma moral baseada em verdadeiros conceitos imutáveis.

b) compreender as causas primeiras e os fins últimos de todas as coisas, pois só se pode dizer que se conhece alguma coisa quando se conhece sua causa primeira.

c) o autoconhecimento que poderia ser obtido por meio da ironia e da maiêutica, métodos que consistiam em fazer indagação, fingindo ignorância, para despertar no interlocutor o conhecimento latente.

d) fazer um estudo crítico da História, comparando a História Grega com a dos povos orientais, a fim de mostrar que o mundo era mais amplo do que se imaginava.

e) mostrar que todo o conhecimento era obtido por intermédio dos sentidos humanos e que, por esses serem falhos, era relativo e limitado.

2. (UESPI) “De tal modo nossa cidade se distanciou dos outros homens, no que toca ao pensamento e à palavra, que os seus alunos se tornaram mestres dos outros, e o nome de Gregos já não parece ser usado para designar uma raça, mas uma mentalidade, e chamam-se Helenos mais os que participam na nossa cultura do que os que ascendem a uma origem comum.

(Apud Figueira, Divalte G. História. São Paulo: Ática, 2000. p. 53).

Pensando o conjunto do legado cultural da Antiguidade Clássica ao ocidente, a leitura desse trecho atribuído a Sócrates, permite afirmar acertadamente o seguinte, EXCETO:

a) Os gregos transformaram-se de tribo nômade em nação sedentarizada.

b) O ser grego ou heleno é como ser sinônimo de uma certa forma de pensar.

c) A cultura filosófica grega fixou e desenvolveu suas raízes de tal maneira e perenidade que no ocidente dos séculos seguintes essa herança se tornou fundamental.

d) A invenção da cidade grega é, em certo sentido, a invenção da própria ideia contemporânea de república e de democracia.

e) A força e transcendência das ideias sistematizadas pelos gregos antigos era percebida por eles próprios em face do mundo então conhecido.

3. (Fac. Cultura Inglesa SP) Sócrates foi julgado e condenado à morte pelo tribunal da cidade de Atenas por volta do ano de 399 a.C. O filósofo fez a sua defesa no tribunal ateniense, procurando refutar seus acusadores:

Cidadãos atenienses, eu vos respeito e vos amo, mas enquanto eu respirar e estiver na posse de minhas faculdades, não deixarei de filosofar e de vos exortar ou de instruir cada um, dizendo-lhe, como é meu costume: – Ótimo homem, tu que és cidadão de Atenas, da cidade maior e mais famosa pelo saber e pelo poder, não te envergonhas de fazer caso das riquezas, para guardares quanto mais puderes e da glória e das honrarias, e de não fazer caso da sabedoria, da verdade e da alma?

(Platão. Apologia de Sócrates, 1969. Adaptado.)

O sentido que Sócrates dava à razão pode ser relacionado, no aspecto político, com a implantação, em Atenas, da

a) Oligarquia.

b) Teocracia.

c) Tirania.

d) Democracia.

e) Talassocracia.

4. (UFPE) Os gregos construíram reflexões importantes para a formação do pensamento ocidental, contribuindo para compreender o mundo e a sua complexidade.

Sócrates, um dos seus filósofos mais conhecidos:

a) defendeu a existência da democracia e a organização de uma Assembleia Popular para definir o governo ateniense.

b) polemizou com os filósofos sofistas que defendiam princípios religiosos diferentes dos princípios gregos.

c) teve muitas das suas teorias incorporadas ao pensamento idealista de Platão, outro grande pensador grego.

d) foi contra as reformas políticas defendidas por Aristóteles, pois era favorável à existência de um governo democrático.

e) propagou a necessidade do fortalecimento militar de Atenas, para evitar os ataques dos inimigos asiáticos.

5. (UEG GO) A Grécia foi o berço da filosofia, destacando-se pela presença dos filósofos que pensaram o mundo em que viveram utilizando a ferramenta da razão. O período da história grega e o filósofo que afirmou que “só sei que nada sei” foram respectivamente o

a) período pós-clássico e Sócrates.

b) período helenístico e Platão.

c) período clássico e Sócrates.

d) período clássico e Platão.

Respostas das Questões sobre Sócrates 

Exercício resolvido da questão 1 –

c) o autoconhecimento que poderia ser obtido por meio da ironia e da maiêutica, métodos que consistiam em fazer indagação, fingindo ignorância, para despertar no interlocutor o conhecimento latente.

Exercício resolvido da questão 2 –

a) Os gregos transformaram-se de tribo nômade em nação sedentarizada.

Exercício resolvido da questão 3 –

d) Democracia.

Exercício resolvido da questão 4 –

c) teve muitas das suas teorias incorporadas ao pensamento idealista de Platão, outro grande pensador grego.

Exercício resolvido da questão 5 –

c) período clássico e Sócrates.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou das nossas questões sobre Sócrates? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador