Biologia

Descubra o que é Ancilostomose

O que é AncilostomoseO que é Ancilostomose?

A ancilostomose é a doença causada por ancilostomídeos, também conhecida como amarelão. O indivíduo se infecta através da penetração das larvas das espécies Necator americanus e Ancylostoma duodenale.

No caderno de Ciências da Natureza e suas tecnologias do ENEM, questões relacionadas à doenças causadas por parasitas são frequentes. Dentro dessa matéria, entender o que é Ancilostomose é essencial para responder questões que surgem sobre o tema.

Não deixe de conferir nosso artigo completo sobre Bioquímica.

Nesse artigo vamos falar sobre:

  • O que é Ancilostomose;
  • Sintomas da Ancilostomose;
  • Ciclo de Vida e Transmissão.

O que é Ancilostomose?

A ancilostomose, ou amarelão, é uma doença causada por parasitas denominados Ancilostomídeos, que podem ser das espécies Necator americanus e Ancylostoma duodenale. As formas adultas desses parasitas se instalam no sistema digestivo humano, na região do intestino delgado, se nutrindo do sangue do hospedeiro.

Aprenda mais sobre o Sistema Digestivo Humano.

O nome popular amarelão é devido ao aspecto de cor amarelada do indivíduo parasitado, por conta da anemia provocada pelo parasita que se alimenta do sangue do hospedeiro.

A ancilostomose é transmitida pelo contato com o solo contaminado. As larvas penetram na pele e iniciam o ciclo parasitário dentro do homem.

Diferenças entre Necator americanus e Ancylostoma duodenale

diferença ancilostomídeo
Ancylostoma
duodenale
Necator
americanus
FormatoEm “C”Em “S”
Clima onde viveClimas amenosClimas tropicais
Cápsula bucalPossui dois pares de dentes ventraisPossui lâminas cortantes

Ciclo de Vida e Transmissão

ciclo ancilostomideo

A transmissão da ancilostomose ocorre através da penetração de larvas no ser humano.

  • As larvas penetram na pele, atingem a circulação sanguínea, passando do coração para os alvéolos pulmonares;
  • Uma vez que estão nos alvéolos, a larva migra para os brônquios, traqueia, laringe, faringe, esôfago, estômago e, finalmente, ao intestino delgado. Nesse local as larvas se desenvolvem até se tornarem adultas;
  • Após adultas ocorre o acasalamento e as fêmeas começam a colocar ovos, que são eliminados nas fezes para o solo;
  • Os ovos de ancilostomídeo após alguns dias no solo eclodem liberando larvas, iniciando outro ciclo.

Sintomas

  • Anemia de evolução lenta e progressiva;
  • Cólicas intestinais;
  • Fadiga física (atraso no desenvolvimento de crianças e, em adultos, dificuldade de realizar o trabalho).

Sintomas na Fase Aguda 

A fase aguda consiste na migração das larvas nos tecidos cutâneo e pulmonar e a instalação dos vermes adultos no intestino delgado.

  • Fase cutânea: Dermatite alérgica no local da penetração da larva;
  • Fase pulmonar: Edema inflamatório nos alvéolos, tosse e expectoração no pulmão;
  • Fase intestinal: Úlceras, cólicas intestinais, alterações nos movimentos peristálticos, diarréia, constipação, náuseas e vômitos.

Sintomas na Fase Crônica

ancilostomose

A fase crônica é determinada pela presença do verme adulto no intestino. Os principais sintomas dessa fase são:

  • Anemia: as reservas de ferro do organismo e a dieta alimentar não são suficientes para suprir a perda de sangue consumida pelo parasita;
  • Apetite depravado: o indivíduo passa a ter vontade de comer terra para suprir a necessidade de ferro do organismo;
  • Diminuição no apetite e deficiência nutricional.

Diagnóstico

Clínico

Anamnese: análise da origem, hábitos e contato recente com água, associada aos sintomas cutâneos, pulmonares, intestinais e a existência ou não de anemia.

Laboratorial

ovo de ancilostomídeo

O principal método de diagnóstico da ancilostomose é a identificação de ovos presentes nas fezes. Essa identificação ocorre através do EPF (Exame Parasitológico de Fezes). Em alguns casos, pode-se realizar um exame hematológico, para diagnosticar a anemia no organismo. 

Tratamento

O tratamento inicial da ancilostomose trata a anemia do paciente, principalmente com suplementos de ferro. Uma vez que a anemia está controlada, inicia-se o tratamento com remédios antiparasitários como o Albendazol ou o Mebendazol, eliminando os parasitas do corpo humano.

Prevenção

  • Educação sanitária;
  • Serviços de saneamento básico (construções de moradias higiênicas, que possuem água tratada e instalações sanitárias adequadas);
  • Eliminar por completo adubação com fezes humanas;
  • Uso de calçados para proteger os pés;
  • Alimentação adequada, rica em proteínas, sais minerais e vitaminas;
  • Tratamento dos doentes.

Além de aprender o que é Ancilostomose você pode testar seus conhecimentos de outras matérias respondendo algumas questões que caíram em edições antigas do Exame em nosso simulado gratuito.

Gostou de aprender o que é Ancilostomose? Queremos te ajudar também a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador