Geografia

O que é mobilidade urbana? Entenda tudo sobre esse conceito e sua aplicação nas cidades

O que é Mobilidade UrbanaO que é Mobilidade Urbana?
Domine Sisu Prouni e Fies

Todos nós nos locomovemos de um ponto a outro de nossa cidade. Você vai à escola, seus pais ao trabalho etc. Mas nem sempre isso é feito sem stress graças aos problemas de trânsito. Neste artigo vamos te explicar o que é mobilidade urbana, quais são os problemas envolvidos e apresentar algumas soluções.

Sabia que você pode ganhar um desconto incrível na mensalidade da faculdade? Acesse o Beduka Bolsas e adquira uma bolsa de até 65% no curso de seu interesse.

O que é mobilidade urbana?

A mobilidade urbana é um dos pontos mais importantes no planejamento de uma cidade, pois ela é a condição de deslocamento entre pontos dentro dela.

No caso, ela é todo o sistema que existe para a satisfação da necessidade que todos temos de nos deslocarmos. Para que isso aconteça, é preciso investir em infraestrutura, gestão de tráfego e segurança.

Isso envolve também a existência de diversos tipos de transportes, como os carros, os ônibus, os que usam trilhos e veículos sem motores, como as bicicletas. Além de um transporte público eficiente.

Contexto histórico sobre mobilidade urbana

As cidades são um componente já antigo da nossa história. Elas começaram a ser formadas na Idade Antiga, quando surgiram as primeiras civilizações e a vida humana se tornou mais complexa.

No ocidente, elas tiveram uma regressão durante a Idade Média, com o processo de ruralização vivenciado na Europa neste período. Mas voltaram a ser o grande centro de interação humana após o Renascimento. Quando os portugueses chegaram ao Brasil, as cidades já eram uma realidade consolidada.

Inclusive, os centros de colonização eram cidades como Olinda e Salvador, de onde saíam os colonos que rumavam para o interior do país. Nelas estavam a sede dos governos das capitanias, como também da justiça, da religião etc.

Saiba mais sobre a colonização do Brasil com nosso resumo e fique por dentro da sociedade colonial.

Isso atraía toda uma população que via nestas organizações e no dinheiro que circulava um jeito mais fácil de ganhar a vida. Nesses centros, surgiu o conceito de o que é mobilidade urbana.

Como o dinheiro, as pessoas também circulavam. Elas precisavam ir à Igreja, ao comércio, aos tribunais etc., assim como fazemos hoje. Só que tinha uma diferença, as distâncias eram mais curtas e podiam ser percorridas a pé. Para as mais longas, usava-se cavalos ou carroças.

Essa foi a realidade até que os trens e os carros fossem inventados. A velocidade deles ganhou a atenção das pessoas, que passaram a utilizá-los cada vez mais para se deslocar.

Isso modificou as dinâmicas das cidades, que passaram a se desenvolver em função destes meios de transportes. A aposta foi principalmente no modelo rodoviarista, ou seja, no uso dos carros. No Brasil isso aconteceu principalmente após 1960 e assim se consolidou o que é mobilidade urbana hoje..

Como é a mobilidade urbana no Brasil?

A preocupação com a mobilidade urbana no Brasil não é recente. Pelo menos desde o governo de Rodrigues Alves (1902-1906) houve, principalmente no Rio de Janeiro, políticas que visavam facilitar o deslocamento de pessoas e de cargas.

Porém, elas só começaram a ser mais bem desenvolvidas com os crescimentos das cidades e a utilização de carros como transporte individual e todos os problemas que isso acarreta.

A partir de 1950, o investimento em mobilidade urbana se voltou para a indústria do petróleo e a construção de rodovias. A construção de Brasília tem isso como marco, pois foi feita pensando no uso de carros.

Os créditos facilitados fizeram aumentar o uso deste meio de transporte. Entre 2006 e 2016 houve aumento de 400% na frota de carros.

Isso levou a diversos problemas de mobilidade. Por exemplo:

  • Limitação de fluxo e engarrafamentos;
  • Aumento dos números de acidentes graves;
  • Sobrecarga do sistema viário;
  • Poluição do meio ambiente.

Existem cidades em que mais de 50 minutos por dia são jogados fora em engarrafamentos. Isso atrapalha na qualidade de vida, pois o stress aumenta, perde-se parte do convívio familiar e um tempo que podia ser utilizado em outras atividades.

Apesar disso, é preciso entender que o que é mobilidade urbana não tem a ver apenas com rapidez, mas também com segurança. É mais rápido andar de bicicleta em uma avenida engarrafada, mas não é necessariamente mais seguro, se não houver ciclovias ou ciclofaixas.

Existem também as perdas econômicas. Entre 2% e 4% do PIB brasileiro são perdidos graças aos problemas de mobilidade urbana.

O transporte público na maioria das cidades é ineficiente, possuindo ônibus velhos, que vivem lotados e em número insuficiente. A maioria das cidades também não possui sistema de metrô ou outro tipo de transporte sobre trilhos.

Quando você ficar por dentro do que é mobilidade urbana, que tal conhecer um pouco mais sobre as cidades com nosso texto sobre urbanização?

Legislação sobre mobilidade urbana no Brasil

O Brasil possui uma legislação federal sobre a mobilidade urbana. Em 2012 foi aprovada a lei 12.587, que institui as diretrizes da política de mobilidade.

Ela determinou que até 2015 os municípios com mais de 20 mil habitantes deveriam ter elaborado um plano de mobilidade urbana, mas outra lei alterou a data para 2019. Os planos, de acordo com a lei 12.587/12, devem tratar de:

Aprenda a usar a nota do Enem
  • Os serviços de transporte público coletivo
  • A circulação viária
  • As infraestruturas do sistema de mobilidade urbana
  • As infraestruturas do sistema de mobilidade urbana, incluindo as ciclovias e ciclofaixas
  • A acessibilidade para pessoas com deficiência e restrição de mobilidade
  • A integração dos modos de transporte público e destes com os privados e os não motorizados
  • A operação e o disciplinamento do transporte de carga na infraestrutura viária
  • Os polos geradores de viagens
  • As áreas de estacionamentos públicos e privados, gratuitos ou onerosos
  • As áreas e horários de acesso e circulação restrita ou controlada
  • Os mecanismos e instrumentos de financiamento do transporte público coletivo e da infraestrutura de mobilidade urbana
  • A sistemática de avaliação, revisão e atualização periódica do Plano de Mobilidade Urbana em prazo não superior a dez anos.

Teste seus conhecimentos sobre as cidades brasileiras com nossa lista de exercícios sobre urbanização no Brasil.

Quais são as causas dos problemas de mobilidade no Brasil?

As causas para os problemas de mobilidade urbana no Brasil são várias. Entre elas podemos listar:

  • A baixa diversificação dos transportes;
  • O inchaço das cidades que ocorreu após os fluxos migratórios do campo para a zona urbana;
  • A má gestão municipal.

Já que quer saber o que é mobilidade urbana,então é bom que leia nosso texto sobre o que é planejamento urbano.

5 soluções para os problemas de mobilidade urbana

Cada realidade é única, mas nós podemos aprender com o exemplo de outras pessoas. Algumas das soluções que vamos trazer aqui foram realizadas por outras nações, mas podem iluminar um pouco a busca pelas soluções no Brasil sobre o que é mobilidade urbana de qualidade.

Trem com vagão para bicicletas

Em Stuttgart, na Alemanha, os trens de uma linha férrea foram equipados com um vagão que serve de garagem para os ciclistas. Eles estacionam as bicicletas e podem retirá-las na estação em que descerem.

Troca de garrafas por passagens

Na China foram instalados pontos em estações de metrô em que os passageiros podem trocar garrafas pet por bilhetes.

Investimento no transporte público

Na Coreia do Sul existiam vias elevadas sobre rios para desafogar o trânsito, mas as autoridades perceberam que o investimento só fez piorar a situação. O crescimento de vias é tido como sinônimo de mais espaço para carros. 

Com o tempo, as próprias vias começaram a ter problemas. O governo então as demoliu e investiu no transporte público. No lugar das vias foram construídos parques.

Diversificação do transporte

As nossas cidades foram pensadas para os carros. A maioria delas não possui trilhos para bondes ou ciclovias e ciclofaixas. O investimento nelas seria uma boa saída e uma medida necessária para o que é mobilidade urbana e seu objetivo.

Aluguel de bicicleta

Existem aplicativos por onde o usuário consegue alugar bicicletas e alguns já são até utilizados em cidades brasileiras.

Esperamos que tenha entendido bem o que é mobilidade urbana. A seguir, não perca a oportunidade que o Beduka oferece de te conectar à faculdade!

O Beduka te conecta à faculdade!

Você sabia que há uma forma de entrar no curso dos seus sonhos sem precisar ficar meses estudando para o Enem e demais vestibulares?

Sim! Conheça o Beduka Bolsas.

O Beduka Bolsas é a plataforma do Beduka que te conecta a bolsas de estudo em universidades de excelência.

E o melhor: sua matrícula sai gratuita e os descontos podem chegar a até 65% do valor da mensalidade!

São mais de 90 opções de cursos, em todos os tipos de formação: bacharelado, licenciatura e cursos tecnológicos!

Realize agora seu sonho e garanta uma vaga na faculdade. Acesse o Beduka Bolsas!

Siga o Beduka nas redes sociais! No Instagram postamos tudo que pode cair no Enem e no Pinterest você encontra os melhores resumos sobre todas as matérias. Estamos te esperando!

Obrigada por ler nosso resumo sobre mobilidade urbana!

Faça sua nota trabalhar

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador