Geografia

Tipos de Globalização – significado e resumo

o que é a globalizaçãoO que é a Globalização?

Os tipos de globalização são três: econômica, cultural e da informação. A globalização é o processo de aproximação entre as diferentes sociedades e países existentes de todo o Planeta, seja na esfera econômica, social, cultural ou política. Esse processo acontece através do avanço nos sistemas de transporte e de comunicação.

Você sabe o que é a Globalização? Sabe qual é o seu significado? Entender mais sobre este tema é fundamental para quem deseja se sair bem na prova do ENEM. Pensando nisso, o Beduka preparou um artigo explicando melhor sobre o que é a Globalização e também quais são os tipos de Globalização para você se preparar para a prova do ENEM ou outros vestibulares.

Confira nossos exercícios sobre Globalização!

Mas antes de treinar, vamos nos aprofundar no tema. Por isso, veja o Resumo sobre globalização.

Nesse artigo vamos falar sobre:

  • Significado de globalização;
  • O que é a globalização;
  • Origem da globalização;
  • Tipos de globalização;
  • Efeitos da globalização;
  • Vantagens e desvantagens da globalização;
  • Globalização no Brasil;
  • O meio ambiente e a globalização.

Significado de Globalização

Globalizar é tornar global o que antes era regional, é expandir pelo mundo um produto, uma ideia, um serviço, etc. Pode-se dizer que a língua inglesa foi globalizada? Sim. E a Coca Cola, também foi globalizada? Sim.

Outro exemplo interessante: Modelos de programas, de Reality Shows. Existem programas The Voice e Master Chef em vários países, dentre shows de talento, programas de entrevista e outros.

Logo, vemos que não somente comidas e bebidas são globalizadas, mas formas de se fazer propaganda, formas de gerar entretenimento, etc. Até religiões se expandem. Enfim, esse é o significado de globalizar. Mas vamos detalhar mais ainda.

O que é a Globalização? (Resumo)

A Globalização é um processo de intensificação das relações entre os países existentes de todo o mundo. Isso acontece no setor econômico, social, cultural ou político. Porém, o principal destaque dado pela globalização está na integração de mercado existente entre os países.

No processo de globalização as mercadorias e as pessoas são aproximadas. A maneira como os mercados de diferentes países e regiões interagem entre si torna-se mais forte e próxima. Hoje em dia é fácil encontrar um brasileiro tanto nos EUA quanto no Japão, por exemplo.

Aspectos como costumes, tradições, comidas e produtos típicos de determinado local agora estão presentes em outros lugares completamente distintos. Por exemplo, você já deve ter provado comida japonesa, mas será que seus avós na juventude deles provaram?

O futebol também é um ótimo exemplo. Pense na conexão gerada pela Copa do Mundo, nas pessoas de vários países com times competindo.

Isso ocorre graças à troca de informações que a globalização proporciona.

A ruptura das fronteiras buscou expandir negócios para mercados ainda emergentes, normalmente mais distantes. As transações financeiras também ultrapassaram territórios, ultrapassaram oceanos. Esse é o resultado da expansão capitalista.

Origem da Globalização

A globalização se originou no século XV, era das Grandes Navegações, quando as grandes potências europeias começaram a explorar os oceanos, descobrindo novas terras. Entretanto, somente na Revolução Industrial foi que a globalização começou a tomar forma se desenvolver.

A consolidação de tecnologias como a eletricidade e o navio a vapor também colaboraram para que a globalização se desenvolvesse. Com os grandes avanços tecnológicos no século XX, em conjunto com sistema capitalista, nasceu uma alta necessidade de expandir o fluxo comercial entre as nações.

As inovações nas áreas das telecomunicações e da informática, especialmente com a internet, foram fundamentais para a construção de um mundo globalizado.

O processo de globalização pode ser estruturado em quatro fases principais:

  • 1ª Fase: Grandes Navegações e Descobertas Marítimas (século XV) – Revolução Industrial (século XVIII);
  • 2ª Fase: Revolução Industrial – 2ª Guerra Mundial: expansão do capitalismo;
  • 3ª Fase: 2ª Guerra Mundial – queda do Muro de Berlim, fim da União Soviética e do regime socialista (Guerra Fria – 1989);
  • 4ª Fase: Nova Ordem Mundial: tentativa de criação de um governo mundial que submete todos os países.

Tipos de Globalização

Neste resumo sobre o que é globalização vamos detalhar os três principais tipos de globalização. Fique atento, pois nas questões as diferenças e semelhanças entre eles podem ser abordadas e você deve conseguir diferenciar cada uma.

1 – Globalização Econômica

Globalização econômica tem seu foco nas relações comerciais. Ou seja, num processo econômico e social que determina a integração entre países e pessoas do mundo todo.

Por meio desse processo, empresas, países e instituições fazem trocas financeiras e comerciais sem restrições ideológicas.

Um dos marcos da globalização foi o surgimento dos blocos econômicos, que são países que se juntam para desenvolver relações comerciais, como por exemplo, o Mercosul e a União Europeia.

O impacto da globalização no mercado de trabalho, no comércio internacional, na liberdade de movimentação e na qualidade de vida da população varia a intensidade de acordo com o nível de desenvolvimento das nações.

A globalização econômica se intensificou mais durante o período do século XX, com a Terceira Revolução Industrial (conhecida também como “Revolução Técnico-Científica”).

IMPORTANTE: O problema surge quando os blocos econômicos interferem na cultura dos países membros para venderem mais. Os líderes dos blocos econômicos podem também extrapolarem suas funções e afetarem a soberania de cada país membro.

Atitudes assim levaram a Inglaterra a querer abandonar a União Europeia, já que os interesses do povo são mais importantes que os dos membros da União.

Principais blocos Econômicos atuais:

  • ALCA – Acordo de Livre Comércio das Américas
  • APEC – Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico
  • MERCOSUL – Mercado Comum do Sul
  • NAFTA – Acordo de Livre Comércio da América do Norte
  • UE – União Europeia

2 – Globalização Cultural

globalização cultural representada em um mapa mundi com países e pessoas conectadas numa rede

Este tipo de globalização também proporcionou a troca de costumes, culturas e tradições, por conta da aproximação das diversas nações do planeta. Essas trocas passam pelo processo de aculturação, isto é, quando vários elementos culturais são misturados.

Valores e símbolos culturais que pertenciam originalmente a uma região ou nação, passam agora a estar presentes em vários lugares do mundo. Em decorrência disso, necessidade de haver um maior debate sobre a tolerância entre as diferenças culturais aumenta.

Alguns aspectos que influenciam a globalização cultural são:

  • Novas tecnologias de informação;
  • Troca constante de bens de consumo entre os países (produtos, filmes, séries, músicas, etc)

Um dos exemplos de globalização cultural é o Halloween, uma festa típica na América do Norte que passou a ser comemorada em diversos lugares, como no Brasil.

Outra coisa simples pode ser notada: na praça de alimentação de um shopping você encontra comidas típicas de vários lugares do mundo. Isso também se dá por causa da globalização.

3 – Globalização da Informação

Esse tipo de globalização surgiu, principalmente, por conta do desenvolvimento das tecnologias de informação. E o destaque absoluto foi o advento da internet. As pessoas com acesso à internet podem receber e enviar informações para todos os cantos do mundo instantaneamente.

Juntando a globalização cultural e a necessidade de transmitir informações que podem ser recebidas e interpretadas em todo o planeta, decidiu-se estabelecer um idioma globalizado. Isto é, um idioma que possa servir como conexão entre todos os outros.

Atualmente, o inglês é considerado o mais adotado entre todos os países como alternativa para garantir a comunicação, principalmente através da internet.

Veja como estudar inglês para o ENEM!

Agora que você já conhece quais são os tipos de globalização, vamos ver os prós e os contras.

Efeitos dos Tipos de Globalização: positivos e negativos

O processo globalizador tem dois lados. Tem seus benefícios e seus prejuízos e polêmicas. Vamos abordar as principais consequências da globalização.

É como se o mundo tivesse encolhido. Há lugares em São Paulo que parecem Nova Iorque e há lugares em Nova Iorque que parecem Tokyo. Isso sem falar na velocidade com que se pode viajar. Realmente houve um encolhimento do mundo com a globalização.

É nítido uma grande quantidade de empresas multinacionais emergindo e se alastrando pelo globo. (Já comeu um Big Mac?) O site que acessamos tem sua base em outro país, as peças dos carros podem vir de lugares diferentes e empregos são gerados com isso.

Contudo, tem-se que ficar atento para que não haja exploração em países subdesenvolvidos.

Vantagens da globalização: intercâmbio cultural

  1. Ajudou a economia ao facilitar a entrada de produtos importados;
  2. Facilidade no acesso a produtos importados de melhor qualidade e mais baratos, assim como produtos nacionais mais acessíveis e de melhor qualidade;
  3. Através das multinacionais, a globalização permite que investidores de outros países invistam no estrangeiro e vice-versa;
  4. Promove o desenvolvimento tecnológico;
  5. Potencializa as trocas comerciais internacionais;
  6. Abre as portas para diferentes culturas, tradições e possibilidade de conhecer costumes de outros países;
  7. Melhora o relacionamento entre os países dos vários continentes.

Desvantagens da globalização: Desigualdade social

  1. Concentração da riqueza: A maior parte do dinheiro está concentrado nos países mais desenvolvidos e apenas 25% dos investimentos internacionais vão para as nações em desenvolvimento, o que faz disparar o número de pessoas que vivem em extrema pobreza;
  2. A aculturação pode descaracterizar os costumes culturais de um determinado país;
  3. Apropriação cultural indevida, causando o desvirtuamento de signos e símbolos tradicionais das nações;
  4. Exploração da matéria-prima e da mão de obra barata (quando países desenvolvidos se instalam em países mais pobres);
  5. Uso da internet como veículo para atividades ilegais como a prostituição, a pedofilia, o tráfico de drogas, armas e animais, o aumento de organizações criminosas, a “lavagem de dinheiro” e, consequente, aumento dos “paraísos fiscais”.

Tipos de Globalização no Brasil

O Brasil também é um país capitalista e com ele não seria diferente, já que mantém relações econômicas internacionais, comprando e vendendo para países tanto da América quando do outro lado do Atlântico.

O Brasil é membro do bloco econômico MERCOSUL e em parceria, principalmente com os países vizinhos, garante participação em várias atividades comerciais, turísticas, etc.

Desde 1990, com o Plano Collor, várias medidas diferentes aceleraram a consolidação brasileira no mercado internacional. O Brasil é um grande exportador.

Em nosso território a indústria cresceu, privatizações aceleraram lucros e o país foi fortalecido.

O meio ambiente e a globalização

Obviamente o meio ambiente é impactado, mas como? A exploração da matéria prima pode causar danos. Ao mesmo tempo, a divulgação e ampliação de tecnologias de preservação e diminuição de danos também é resultado da globalização.

Israel, por exemplo, conseguiu deixar o deserto fértil e dessalinizar a água. Isso pode ser passado para outras nações.

Infelizmente é mais comum ver danos sendo causados. O consumo excessivo degrada ainda mais quando não se repõe a matéria prima extraída para se vender mais e mundialmente.

Alguns países, inclusive, podem querer se aproveitar das riquezas naturais de outros, quando já acabaram com as próprias.

O Beduka te ajuda a passar no vestibular

Além de explicar o que é Globalização, já falamos sobre outros assuntos que caem no ENEM em outros vestibulares. Veja aqui qual a definição de efeito estufa, aprenda sobre fontes de energia renováveis e descubra o que é cinética química.

Se você estiver se preparando para o ENEM, pode ainda testar os seus conhecimentos respondendo algumas questões que caíram em edições antigas do Exame em nosso simulado gratuito. Compartilhe esse resumo de globalização também!

O Beduka é um buscador de universidades e cursos superiores reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) que surgiu em 2017. Aqui em nosso site o estudante pode conferir diversas informações para encontrar a melhor faculdade para a graduação que deseja fazer.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por profissionais de várias formações (professores, jornalistas, filósofos), sempre prontos a oferecer os melhores conteúdos educacionais com foco no Enem e colaborar com a formação de todos os alunos. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

4 Comentários

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador