Português

O que é Gerúndio? Tudo o que você precisa para entender a matéria!

Entenda o que é Gerúndio e como usá-lo corretamente!Entenda o que é Gerúndio e como usá-lo corretamente!

O Gerúndio é a forma nominal dos verbos que expressam continuidade da ação. Ou seja, indica uma ação que começou e continua acontecendo, é algo duradouro. Para entender o que é Gerúndio, é preciso reconhecer que a principal características desses verbos é possuir o sufixo “NDO”. 

Neste artigo sobre o que é Gerúndio você encontrará:

  1. O que é Gerúndio?
  2. Quando usar o Gerúndio? Exemplos
  3. Outras funções do Gerúndio, tipos (simples/composto) e aplicações
  4. Porque evitar o Gerúndio? Diferença para Gerundismo!
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa!

O que é Gerúndio?

O Gerúndio é uma das três formas nominais que existem na Língua Portuguesa e ele é usado em verbos para indicar a ideia de continuidade. As outras formas são o Particípio e o Infinitivo, mas expressam diferentes coisas. 

As formas nominais são aplicados em verbos, mas podem servir como nomes em certos contextos que veremos adiante. Elas não pertencem a nenhum tempo (passado, presente, futuro) ou modo verbal (Indicativo, Subjuntivo e Imperativo)

Quando usar o Gerúndio?

Devemos usar o Gerúndio para ações que estão acontecendo agora, no presente. Ou quando queremos mostrar que algo é duradouro. Não devemos utilizá-lo para ações já acabadas ou para coisas que ainda acontecerão, no futuro.

Exemplos de Gerúndio

mulher-de-blusa-listrada-comendo-uma-sobremesa-com-café-exemplo-de-ação-contínua-acontecendo-gerúndio

A sua principal característica é o sufixo (terminação) “NDO”. Veja os exemplos:

  • Eu estou comendo a melhor sobremesa da minha vida! 
  • Ícaro está estudando para o vestibular.
  • Estamos sobrevoando o local do incêndio neste momento.
  • Não se preocupe, estou levando o bolo da festa surpresa!
  • Os pedreiros já estão acabando a reforma.

Outras funções do Gerúndio, tipos e aplicações

Você já entendeu a ideia dessa forma nominal, não é mesmo? Mas ainda precisamos entender como ela atua em determinados contextos.

Por isso, agora vamos entender os tipos Simples, o Composto, o seu uso com preposição, o seu uso como advérbio e adjetivo!

Gerúndio simples e gerúndio composto

Gerúndio Simples

Ele é bem versátil porque pode ser usado em qualquer posição na frase: antes da oração principal, junto com o verbo principal ou depois da oração principal. Seu conceito é o que já vimos até aqui.

Exemplos 

  • Antes da ação principal: Ouvindo o que falavam de sua tia, o menino entrou em prantos.
  • Na ação principal: Raul estava rezando quando recebeu a notícia da alta.
  • Depois da ação principal: O carro entrou na contramão e tentou desviar, caindo na vala.

Gerúndio Composto

É um pouco diferente, pois indica uma ação prolongada que foi terminada antes da ação principal. 

Exemplos 

  • Tendo feito todos os exames, Mariana poderia ingressar na carreira.
  • Não tendo estudando para a prova, Pedro sentiu grande dificuldade durante o teste.

Gerúndio com a preposição em

Há um grande dilema sobre se devemos utilizar a preposição “em” antes do gerúndio, mas segundo alguns gramáticos esse uso é correto. O que não podemos é abusar dele e em contextos inadequados.

A intenção é transmitir a noção de condição ou hipótese, uma espécie de ênfase.

Exemplo

  • Em se tratando de buscar a paz, toda ajuda é válida.

Gerúndio como Advérbio

Por ser uma forma nominal, ele pode desempenhar a função de nome, e especificamente de advérbio. Isso, quando expressar a ideia do modo como ação se deu

Nos exemplos a seguir, tente substituir por um advérbio usual (ontem, amanhã) para ver se faz sentido!

  • Saindo do hospital, vi seu sobrinho chegando de ambulância.
  • Chovendo, teremos que comprar sombrinhas!

Gerúndio como Adjetivo

Essa forma é menos comum, mas também é possível que desempenhe a função de adjetivo. Ocorre quando o destaca uma característica a um substantivo.

Nos exemplos a seguir, tente substituir por um adjetivo para ver que faz sentido!

  • Lá na praça, havia jovens protestando.
  • Durante a guerra ouvi soldados gritando.

Porque evitar o Gerúndio? Diferença entre Gerundismo e Gerúndio

Você já deve ter ouvido falar que devemos evitá-lo ao máximo. Não é? Na verdade, o vilão da história é o que chamamos de Gerundismo.

Isso acontece porque um dos principais vícios de linguagem no Brasil é o uso exagerado e repetitivo do gerúndio, associado a 3 formas verbais e com o tempo do futuro. Esse fenômeno é o gerundismo.

Tudo começou com o excesso do uso pelos atendentes de telefone e logo virou moda! Outra questão que influencia nisso é porque muitas vezes não temos conhecimento para saber como substituir por outra coisa. 

Portanto, colocamos dois grupos de exemplos: o primeiro sobre o uso incorreto, o gerundismo. O segundo é a solução do problema, que pode ser substituído pelo verbo no Infinito. Veja:

  • Vou estar encaminhando sua ligação para o setor adequado. 
  • Ele vai estar aplicando a prova do Enem.

Veja as formas corretas:

  • Vou encaminhar sua ligação para o setor adequado.
  • Ele vai aplicar a prova do Enem.

Gostou do nosso artigo sobre o que é Gerúndio? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador