Biologia

Entenda o que é Difteria e conheça todas as informações importantes!

Tudo sobre o que é Difteria!Tudo sobre o que é Difteria!

A Difteria, também conhecida como crupe, é uma doença respiratória infectocontagiosa. Ela é transmissível e possui origem bacteriana, afetando as vias respiratórias e outras mucosas. Para entender o que é Difteria, é preciso conhecer seus principais sintomas, como as placas nas amígdalas, e as formas de prevenção com a vacinação.

Neste artigo sobre o que é Difteria, você encontrará:

  1. O que é Difteria e qual o agente causador 
  2. Transmissão, Sintomas, Tipos e Complicações da Difteria
  3. Diagnóstico e Tratamento da Difteria
  4. Qual a vacina contra Difteria – Prevenção
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa!

O que é Difteria

Difteria, também conhecida como crupe, é uma doença respiratória infectocontagiosa. Ela é transmissível e de origem bacteriana, afeta as vias respiratórias e outras mucosas como: nariz, faringe, laringe, amígdalas etc. 

A enfermidade pode ocorrer durante todos os períodos do ano, mas é mais comum nos meses frios e secos do outono e inverno. Isso por causa da tendência natural de infecções respiratórias e dos hábitos que desenvolvemos de fechar os ambientes, reduzir o contato com água, etc.

Essa doença afeta pessoas de qualquer idade, etnia e sexo. Contudo, é importante ressaltar que ela ocorre com maior frequência em áreas com baixas condições socioeconômicas, devido às precárias estruturas de saúde.

Qual o agente causador da Difteria

A difteria é uma das doenças bacterianas, ou seja, o seu causador é uma bactéria conhecida como Corynebacterium diphtheriae. Essa bactéria se hospeda no próprio corpo da vítima e os preferidos de se instalar são: vias respiratórias, mucosas e pele.

Transmissão de Difteria

Devido ao local de instalação das bactérias, a transmissão da Difteria ocorre por meio da tosse, espirro ou lesões na pele. Significa que o contato direto entre pessoas, por meio de gotículas eliminadas no ar, é o modo de transmissão. 

Em casos raros, pode ocorrer pelo contato de feridas com objetos contaminados. O período de transmissibilidade dura até 2 semanas após o início dos sintomas.

Sintomas, Incubação, Tipos e Complicações da Difteria

imagem-de-boca-saudável-e-boca-com-sintomas-de-difeteria-placas-branco-acinzentadas-nas-amigdalas

O período de incubação da difteria – tempo entre a contaminação e o surgimento de sintomas – costuma ser de 1 a 6 dias

Embora algumas pessoas possam ser infectadas e apresentar sintomas leves ou serem assintomáticas, os principais sintomas são:

  • Mucosa da boca/garganta grossa e irritada
  • Formação de placas branco-acinzentada nas amígdalas e partes próximas
  • Dor de garganta (branda ou não)
  • Gânglios (linfonodos) inchados no pescoço.
  • Dificuldade em respirar 
  • Palidez
  • Febre baixa
  • Mal-estar geral

Se não for tratada rapidamente da forma correta, pode provocar as seguintes complicações:

  • Insuficiência respiratória
  • Problemas cardíacos
  • Problemas neurológicos
  • Insuficiência dos rins devido a desregulação do Sistema Linfático
  • Morte

Por isso, no surgimento de qualquer sinal, é fundamental procurar ajuda médica para iniciar o tratamento o mais breve possível.

Tipos de Difteria

criança-com-pescoço-inchado-de-difteria

Na maioria dos casos os sintomas são os mesmos, mas a doença pode se manifestar com sintomas focados em regiões, de quatro formas:

  • Difteria Cutânea: principais sintomas surgem na pele do indivíduo (manchas, edemas e inchaço)
  • Difteria Nasal:causa obstrução das vias respiratórias nasais e dificulta a respiração
  • Difteria amigdaliana (faríngea): efeitos nas amígdalas, boca e garganta; causando placas, inflamações e inchaço.
  • Difteria laríngea: a cavidade e as paredes mucosas da garganta, mais profundas e internas, sofrem dores e inchaço.

Diagnóstico e Tratamento da Difteria

Quando se suspeita dos sintomas, é urgente buscar ajuda médica dos seguintes especialistas: Clínico geral, Pediatra, Dermatologista, Laringologista ou Infectologista

A primeira forma de Diagnosticar qualquer doença é o método da Anamnese, aquela sessão de perguntas:

  • Quando os sintomas começaram? Alguém próximo tem sintomas semelhantes?
  • A carteirinha de vacinação está atualizada?
  • Há dificuldade para respirar, dor de garganta ou dificuldade em engolir?
  • Houve febre? 
  • Você se expôs recentemente a alguém com difteria?

É importante que você responda cada pergunta de forma sincera, pois são essenciais para os próximos procedimentos.

Diante da suspeita e com base nas respostas, o médico solicitará:

  • Coleta de secreção nasofaríngea para cultura.
  • Coleta de lesões da pele, em casos de suspeita de difteria cutânea.

Uma vez que for confirmada, o tratamento segue de duas formas:

  • Antitoxina: é um soro antidiftérico (SAD) que serve para anular a ação da toxina produzida pela bactéria.
  • Antibiótico: são os medicamentos que matam as bactérias, como a Penicilina e a Eritromicina, eliminando sua reprodução e perpetuação.

Qual é a vacina contra Difteria – Prevenção

Vacina-para-prevenção-de-difteria

Felizmente, hoje temos a principal forma de prevenção é por meio da vacinação. Há duas vacinas para isso: vacina Tríplice Bacteriana (DTP) e vacina Pentavalente.

Ambas estão disponíveis no sistema de saúde pública, segundo o calendário oficial do Ministério da Saúde. Pessoas que não tomaram essa vacina quando crianças, devem buscar a imunização. Principalmente os que estão em exposição: profissionais da saúde, da viação, militares, policiais, coletores de lixo, manicures e podólogos, pedagogos, etc.

Antes da era das vacinas, a Difteria era uma das principais epidemias responsáveis por grandes estragos no mundo! Hoje, está controlada, mas carece de atenção nos países com baixas condições de saúde!

Gostou do nosso artigo sobre o que é Difteria? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador