Português

O que é Infinitivo? Explicação completa do assunto!

Tudo o que você precisa para entender o Infinitivo!Tudo o que você precisa para entender o que é Infinitivo!

O Infinitivo é uma das três formas nominais. Sua característica é representar o verbo em si, a ação que é expressada. Ele é o próprio nome do verbo e sua marca é estar terminado em “AR”, “ER” ou “IR”. Contudo, para entender o que é Infinitivo, deve-se ainda compreender as diferenças entre seus dois tipos: Pessoal e Impessoal.

Neste artigo sobre o que é Infinitivo, você encontrará:

  1. O que é Infinitivo?
  2. Usos do Infinitivo Pessoal: simples e composto
  3. Usos do Infinitivo Impessoal: simples e composto
  4. Tabelas com verbos no Infinitivo
  5. Casos de uso facultativo dos 2 tipos
  • Estudando para as provas? Conheça nosso Simulado gratuito, que pode ser personalizado com as matérias que você mais precisa!

O que é Infinitivo?

O Infinitivo é uma das três formas nominais do Português, as outras são o Particípio e o Gerúndio. As formas nominais são aplicadas em verbos, mas podem atuar como nome em certos contextos, por isso são chamadas assim. Elas não pertencem a nenhum tempo (passado, presente, futuro) ou modo verbal (Indicativo, Subjuntivo e Imperativo)

O infinitivo expressa a ação do verbo em si, é o verbo propriamente dito. Dizemos também que ele é o “nome” do verbo, já que é nessa forma que os encontramos no dicionário. Por esse motivo, aproxima-se da função substantivo.

A sua principal característica são os sufixos (terminações), que indicam as três conjugações verbais:

  • 1ª conjugação: verbos terminados em “AR” 
  • 2ª conjugação: verbos terminados em “ER” 
  • 3ª conjugação: verbos terminados em “IR” 

Contudo, eles possuem dois tipos bem diferentes: os impessoais e os pessoais. Confira a seguir:

Usos do Infinitivo Impessoal

O infinitivo impessoal é também chamado de não flexionado, pois, como o próprio nome aponta, ele não se refere a nenhuma pessoa gramatical (primeira, segunda e terceira do singular ou plural). Essa é a “forma pura” do verbo.

Devemos usá-lo nas seguintes situações:

  • Quando não tiver sujeito determinado e apresentar uma ideia genérica

Exemplo: Beber muito pode afetar o fígado.

Exemplo: Batalhão, avançar!

  • Quando tiver preposição e funcionar como complemento de um nome anterior.

Exemplo: Os passageiros são impedidos de levantar antes da decolagem.

  • Quando tiver locução verbal.

Exemplo: Ela não conseguiu namorar o rapaz de quem gostava.

  • Quando tiver composição de verbos, mesmo sem formar locução.

Exemplo: Mandei-a lavar a louça tão logo terminasse a refeição.

Infinitivo Impessoal Composto

Ele é usado nas mesmas situações que o simples, mas indica um fato passado já concluído. É  formado pelo “ter” ou “haver” + particípio do verbo principal.

Exemplo: Eu gostei de ter lido os livros do Tolkien!

Atenção!

Alguns destes verbos, quando na voz passiva, deixam de ser impessoais e passam a ser pessoais. Isso significa que, neste contexto, flexionam-se.

Exemplos:

Era preciso muito diálogo para que fossem contentados com novas propostas.

É preciso que medidas sejam tomadas.

As músicas daquela playlist eram muito boas de serem ouvidas.

Tabelas de verbos no Infinitivo Impessoal

tabela-de-verbos-no-infinitivo-impessoal

Usos do Infinitivo Pessoal

O infinitivo pessoal é também chamado de flexionado, pois, como o próprio nome aponta, ele se relaciona às pessoas gramaticais (primeira, segunda e terceira do singular ou plural). 

Este caso é uma peculiaridade linguística, só existe na nossa língua e mais outras poucas. Sua característica é que as terminações são idênticas às do futuro do subjuntivo.

Devemos usá-lo nas seguintes situações:

  • Quando a intenção for indeterminar o sujeito. 

Exemplo: Estou tomando um banho mais demorado para não me chamarem de porquinho!

  • Quando o sujeito da oração estiver explícito.

Exemplo: Eu pedi para tu falares toda a verdade!

  • Quando houver sujeitos diferentes nas orações.

Exemplo: Eu já mandei os garçons servirem a sobremesa.

  • Quando apresentar reciprocidade ou a ação for reflexiva

Exemplo: Já vi antigos inimigos abraçarem-se ao final do sufoco que passaram.

Infinitivo pessoal composto

Ele é usado nas mesmas situações que o simples, mas indica um fato passado já concluído. É  formado pelo “ter” ou “haver” + particípio do verbo principal.

Exemplo: Termos dito aquelas verdades de maneira calma, foi essencial para que compreendessem! 

Tabelas de verbos no Infinitivo Pessoal

Tabela-de-verbos-no-infinitivo-pessoal

Casos de uso facultativo dos tipos

Há duas situações conhecidas em que o uso do pessoal ou impessoal são facultativos:

  • Quando as orações têm sujeitos iguais.

Exemplos: 

Eles vieram para experimentar o novo cardápio.

Eles vieram para experimentarem o novo cardápio.

  • Quando há voz passiva com verbo pronominal ou de ligação.

Exemplos: 

As crianças a ser adotadas já foram registradas.

As crianças a serem adotadas já foram registradas.

Gostou do nosso artigo sobre o que é Infinitivo? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

4 Comentários

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador