Português

O que é Modo Imperativo? Características, funções, exemplos e como o formar!

O que é Modo Imperativo.O que é Modo Imperativo.

O que é modo Imperativo? É um forma verbal, ou seja, maneira de conjugar o verbo para que exprima uma ideia. Neste caso, a ideia é de comando, ordem, pedido ou súplica. Existem outros modos: Subjuntivo e Indicativo. Fique conosco para descobrir mais detalhes sobre o Imperativo e relembrar quais ideias os outros 2 expressam!

Neste artigo sobre o que é Modo Imperativo; você encontrará:

  1. O que é forma verbal e seus 3 tipos
  2. O que é modo Imperativo: características, subdivisões e exemplos
  3. Formação de verbos nos 2 Imperativos
  4. Cuidado: dúvidas frequentes
  • Treine para o Enem e vestibulares com nosso Simulado online e gratuito! Você pode até personalizá-lo com as matérias que mais precisa!

O que é forma verbal

A Língua Portuguesa é muito rica em suas formas de expressão. Assim, possui uma categoria chamada de formas ou modos verbais. Como dito anteriormente, são maneiras de conjugar o verbo para que ele exprima uma determinada ideia. 

Existem três formas de classificação: Indicativo, Subjuntivo e Imperativo. Falaremos aqui das duas primeiras, apenas para relembrar os conceitos. No próximo tópico, destrincharemos o que é o Modo Imperativo.

  • O Modo Indicativo expressa a ideia de certeza, uma realidade; ou seja, algo que aconteceu ou que acontecerá.

Exemplo 1: Alice comeu o chocolate. 

Exemplo 2: Pedro fará a prova.

  • O Modo Subjuntivo expressa a ideia de dúvida ou possibilidade; ou seja, não é um fato consumado.

Exemplo 1: Se parar de chover, poderemos ir ao clube.

Exemplo 2: Quando ela vier, poderei entregar a carta.

O que é Modo Imperativo

O imperativo é uma das 3 formas verbais, juntamente com as outras citadas acima. Neste caso, a ideia expressada é de comando (ordem), pedido (súplica) ou conselho (exortação). 

Existem 2 formas de Imperativo: 

  • Imperativo afirmativo: impulsiona a tomar a ação 
  • Imperativo negativo: inibe a ação, ou seja, o verbo é antecedido pelo “não”.

Formação de verbos nos 2 Imperativos

Agora que você já sabe o que é modo Imperativo, vamos descrever as regras para formar os verbos nos dois tipos de imperativo. 

IMPORTANTE: Não existe flexão na 1.ª pessoa do singular (eu). Por quê? Veja:

Evento de Marketing Digital

Tente se imaginar dando uma ordem a si mesmo. Nosso cérebro não é capaz de criar uma estrutura para isso! Na literatura e nos filmes, toda vez que alguém fala consigo mesmo, trata a si próprio como outra pessoa, ou seja, utiliza o “tu” ou o “você”.

As construções verbais que se referem a ações praticadas e sofridas pelo sujeito, são chamadas de verbos reflexivos, mas não se enquadram no Modo verbal que estamos vendo.

Formação do Imperativo Afirmativo

Para formá-lo, há diferentes regras para as pessoas do discurso:

  • A segunda pessoa do singular ou do plural (tu e vós) deriva do Presente do Indicativo e retira-se o “s” do final. Observe as etapas:
  1. Presente do indicativo:
  1. Imperativo afirmativo:
  • As terceiras pessoas do singular e do plural (ele e eles) e a primeira do plural (nós), derivam do Presente do Subjuntivo. São exatamente iguais. Observe as etapas:
  1. Presente do Subjuntivo:
  1. Imperativo afirmativo:
  • Outros exemplos:

Formação do Imperativo negativo

mãe-corrigindo-o-filho

O Imperativo Negativo sempre é conjugado igual ao Presente do Subjuntivo, sem diferenciação de pessoas:

  • Verbo Comer:
  • Verbo Calar:
  • Verbo Permitir

Dúvidas frequentes

Pelo fato da Língua Portuguesa ser muito variada, existir em uma grande diversidade de países e possuir uma série de regras e particularidades; houve desuniformização do seu uso. 

  1. No Brasil, há o uso generalizado do pronome de tratamento “você” como se fosse um substituto da segunda pessoa do singular (tu). Contudo, na gramática, “você” refere-se a terceira pessoa. 

Por isso, a maioria dos brasileiros erra ao conjugar, pois utiliza o pronome de terceira pessoa e conjuga o na segunda pessoa. 

Vejamos, a seguir, como seria a conjugação adequada, atente-se às diferenças!

  1. Há, também, as formas irregulares do Imperativo. Neste caso, não seguem as regras clássicas de formação.

Por isso, o hábito da leitura é muito importante, apenas tendo contato cotidiano com essas formas é que conseguiremos guardá-las.

Mas não se desespere! Temos uma dica: 

Utilize os verbos irregulares na primeira pessoa do Presente do Indicativo e, no final da palavra, troque o “o” pelo “a”. Veja a aplicação dos verbos: faço, venho, trago, tenho:

  • Faça o dever de casa agora!
  • Venha visitar o site do Beduka, você vai descobrir muitas oportunidades de praticar exercícios!
  • Traga seu protetor solar, aqui no clube está fazendo 40 graus!
  • Tenha cuidado ao navegar na internet, há muitos hackers por aí.

Gostou do nosso artigo sobre o que é Modo Imperativo? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

2 Comentários

  • Estou amando os conteúdos e as explicações. Tem um erro de escrita no início das explicações sobre verbo no modo imperativo. Na frase “Não há a primeira pessoa. Sabe porquê?” Está errada . O correto é: por quê? Separado e com acento. Obrigada!

    • Obrigado você Maria.
      Tanto pelo comentário gentil quando pela correção. Vamos ajeitá-lo agora mesmo. Obrigado por nos avisar.