ExercíciosFilosofia

Os 10 Melhores Exercícios Sobre Filosofia Helenística com Gabarito

Exercícios Sobre Filosofia HelenísticaExercícios Sobre Filosofia Helenística

O Helenismo foi um momento único na história do mundo, em que a Filosofia Grega se expandiu para o Oriente e se enriqueceu com os saberes orientais. Revise com nosso resumo sobre o assunto e responda os exercícios sobre filosofia helenística que separamos para ficar preparado para o Enem e os vestibulares.

Se quiser ir diretamente para alguma parte do texto, clique em algum dos tópicos abaixo:

Quando você terminar de responder os exercícios sobre Filosofia Helenística, que tal organizar pensar numa profissão com o Raio-X Beduka?

O que foi a Filosofia Helenística?

A Filosofia surgiu na Grécia no século VI a.C. Neste momento, os filósofos achavam a explicação dos mitos sobre a origem das coisas insuficiente e começaram a investigar para conhecer o princípio de tudo.

Com Sócrates, a preocupação se voltou para a verdade sobre as coisas, o que elas realmente são. Platão, que foi seu discípulo, e Aristóteles, que foi discípulo de Platão, aprofundaram a busca sobre a verdade dos seres. Eles foram responsáveis pelas questões metafísicas.

Quando os macedônios conquistaram as cidades-estados gregas tudo mudou. Alexandre Magno promoveu a expansão do império macedônio, levando a filosofia grega para lugares distantes, como o Oriente Médio, e trazendo a religiosidade oriental para a Grécia.

O encontro entre diversas culturas possibilitou o enriquecimento mútuo entre elas. Apesar disso, a dominação macedônica trouxe muitas transformações para o mundo grego, gerando crises. Em momentos assim, os helenos geralmente voltam-se para a Filosofia.

A Filosofia helenística é o ramo filosófico que ganhou projeção após a conquista do território grego realizada pelos macedônios.

Porém, a própria palavra “Filosofia”, neste momento, teve seu sentido alterado. De busca da verdade, passou a significar a atividade que busca a vida feliz, ou a arte destinada a reger a vida.

A Filosofia deixou de ser vista como um saber e ganhou a característica de fundamento da vida. Os filósofos passam a pedir mais do que a verdade e a põem como substituta da religião, das convicções políticas e sociais, inclusive da moral.

Assim, a Filosofia Helenística é o repertório de saberes que dão uma moral mínima e de resistência para a vida em tempos duros, de intensa transformação. A principal preocupação dos autores do helenismo é com a Ética.

Quais são as características da Filosofia Helenística?

Apesar de a Filosofia Helenística ser composta por diversas escolas, existem características em comum entre elas. Por exemplo:

  • o materialismo: boa parte dos filósofos helenistas evitavam a transcendência;
  • a sistematização: isso tornava as correntes filosóficas doutrinas firmes que articulavam saberes de física, lógica e ética;
  • a vida feliz era o objetivo da filosofia, que deveria conduzir as pessoas para ela.
  • crítica à entrega às paixões, com a filosofia sendo um caminho para o autocontrole.

No entanto, há muitas diferenças de escola para escola. Vamos ver as mais importantes delas.

Quais são as escolas helenísticas?

As escolas helenísticas são muitas. Vamos dar atenção às que mais caem nos vestibulares e no Enem.

Cinismo

O Cinismo foi fundado por um discípulo de Sócrates chamado Antístenes. Ele ensinava na Praça do Cão Ágil, de onde deriva o nome dado aos seus alunos: cínicos, de kynos, que significa cão.

Os cínicos entendiam que a base da felicidade era a autossuficiência e a supressão das necessidades. Isso os levava a uma atitude negativa para com a vida e ao desprezo por convenções sociais, riqueza e prazeres.

Estoicismo

O Estoicismo foi fundado por Zenão de Cítio. Ele ensinava no Pórtico das Pinturas (Stoá Poikilé), derivando daí o nome do ramo filosófico.

No estoicismo, a ética também se funda na ideia de autossuficiência. O indivíduo deve se bastar a si mesmo e buscar a felicidade, que é identificada com a virtude. No caso, a virtude é viver segundo a natureza.

Deste modo, se busca a libertação das paixões, o desapego e a aceitação do destino, que gerarão a ataraxia, um estado de imperturbabilidade.

Epicurismo

O Epicurismo leva o nome de seu fundador, Epicuro. A parte mais conhecida do Epicurismo é sua doutrina sobre o prazer, conhecida como hedonismo. Segundo Epicuro, o prazer é o verdadeiro bem, mas não qualquer prazer. 

Tem de ser um prazer sem mesclas, sem dor, duradouro e estável, que permita ao homem ser dono de si mesmo.

Isso implica que o prazer é menos físico e mais espiritual. Ele permite ao indivíduo a serenidade e a temperança, que o deixam livre da inquietude e das preocupações.

Ceticismo

O ceticismo se divide em duas formas. A primeira delas é a tese filosófica de que a verdade não pode ser conhecida; a segunda é uma atitude vital, de quem não afirma, nem nega.

A raiz do ceticismo é a pluralidade de opiniões. Uma vez que muitas coisas foram ditas sobre algo e que muitas pessoas acreditaram nelas, acaba-se perdendo a confiança de que uma verdade será alcançada.

O primeiro filósofo cético foi Pirro de Élis. Ele teve diversos discípulos, que se estabeleceram na Academia platônica até seu fechamento, no século VI d.C. Por muito tempo, a palavra “acadêmico” significou cético.

Quais foram os principais filósofos helenísticos?

Cinismo

Antístenes (445 – 365 a.C.)

Diógenes de Sinope (412 – 323 a.C.)

Estoicismo

Zenão (ca. 333 – ca. 263 a.C.)

Catão (ca. 95 – ca. 46 a.C.)

Sêneca (ca. 4 a.C. – ca. 65 d.C.)

Epiteto (ca. 55 – ca. 135)

Marco Aurélio (ca. 121 – ca. 180)

Epicurismo

  • Epicuro ( 341 a.C. – 270 a.C.)
  • Lucrécio (ca. 99 – ca. 55 a.C.)

Ceticismo

  • Pirro (360 – a. 270 a.C.)
  • Sexto Empírico (160 – 210 a.C.)

Já revisou o assunto? Então está liberado para responder os exercícios sobre Filosofia Helenística.

Exercícios sobre Filosofia Helenística

Esperamos que o nosso resumo tenha ajudado você a lembrar do que foi a Filosofia Helenística e a se preparar para responder os exercícios sobre ela. Vamos a eles!

Questão 1- (UECE) Com a morte de Alexandre, o Grande, iniciou-se a fase conhecida como Helenismo. Considerando os valores e ideais desse período, atente para os seguintes itens:

I. favorecimento da unificação entre a cultura superior e a cultura popular;

II. reforço dos elos entre o indivíduo e a comunidade, repudiando o individualismo;

III. destaque para os ideais filosóficos do epicurismo e do estoicismo.

É correto somente o que consta em

a) II e III.

b) III.

c) I e II.

d) I.

Questão 2- (UCS) Os povos da Antiguidade Clássica foram responsáveis por um legado que permanece vivo nas sociedades contemporâneas, em especial nas ocidentais. Sobre esse legado é correto afirmar que

a) a religião monoteísta, praticada por gregos e romanos, foi a base para o surgimento do Cristianismo, que, ainda hoje, congrega a maior comunidade de fiéis do Planeta.

b) a medicina praticada, tanto pelos gregos quanto pelos romanos, realizou progressos extraordinários; graças a eles foi possível conhecer a circulação do sangue e as infecções dos olhos e dentes.

c) a filosofia e a ciência praticada pelos gregos constituem-se a base do pensamento científico e filosófico das sociedades ocidentais.

d) os idiomas dos países ocidentais, na sua totalidade, derivam do latim ou da fusão dele com os dialetos bárbaros

e) o sistema de numeração empregado atualmente é uma contribuição direta dos gregos e romanos, especialmente o conhecimento do zero.

Questão 3-  (Ufsm) A economia verde contém os seguintes princípios para o consumo ético de produtos: a matéria-prima dos produtos deve ser proveniente de fontes limpas e não deve haver desperdício dos produtos. O Estado, entretanto, não impõe, até o presente momento, sanções àqueles cidadãos que não seguem esses princípios.

Considere as seguintes afirmações:

I. Esses princípios são juízos de fato.

II. Esses princípios são, atualmente, uma questão de moralidade, mas não de legalidade.

III. A ética epicurista, a exemplo da economia verde, propõe uma vida mais moderada.

Está(ão) correta(s)

a) apenas I.

b) apenas I e

c) apenas III.

d) apenas II e III.

e) I, II e III.

Questão 4-  (UNICENTRO) Em relação ao Helenismo, é correto afirmar

a) Corresponde ao período em que o filósofo Heleno ocupou o centro dos debates em torno da moral e da ética.

b) É o período em que o pensamento helênico se expandiu para além das fronteiras da Grécia.

c) Após Aristóteles, mestre de Platão, nenhuma grande síntese filosófica foi produzida na Grécia Antiga e a filosofia passou a ocupar-se, principalmente, das discussões a respeito de como o homem deve viver para ser feliz.

d) Trata-se do período em que Plotino firmou as bases do pensamento religioso, tendo sido o Rei precursor do Cristianismo.

e) Foi quando Heleno, discípulo de Aristóteles, expandiu as ideias de seu mestre para além das fronteiras da Grécia.

Questão 5 – (UEA) […] será que pode existir alguém mais feliz do que o sábio, que […] nega o destino, apresentado por alguns como o senhor de tudo, já que as coisas acontecem ou por necessidade, ou por acaso, ou por vontade nossa; e que a necessidade é incoercível, o acaso, instável, enquanto nossa vontade é livre, razão pela qual nos acompanham a censura e o louvor?

(Epicuro. Carta sobre a felicidade, 2002.)

A passagem da carta do filósofo Epicuro (341 a.C. – 270 a.C.), endereçada a Meneceu, sintetiza a sua

a) visão metafísica, a existência dos homens determinada pelas forças da natureza.

b) proposição estética, o equilíbrio racional entre as faculdades do espírito.

c) noção de dialética, o caminho do saber por meio de diálogos.

d) concepção ética, a responsabilidade humana pelos seus atos deliberados.

e) argumentação ontológica, a racionalidade intrínseca ao movimento do mundo.

  • Muito bem! Você chegou à metade dos exercícios sobre Filosofia Helenística. Continue fazendo o restante.

Questão 6- (UFSJ) Sobre o ceticismo, é CORRETO afirmar que

a) os céticos buscaram uma mediação entre “o ser” e o “poder-ser”.

b) o ceticismo relativo tem no subjetivismo e no relativismo doutrinas manifestamente apoiadas em seu princípio maior: toda interatividade possível.

c) Protágoras (séc. V a.C.), relativista, afirmou que “o Homem só entende a natureza porque o conhecimento emana dela e nela se instala”.

d) Górgias (485-380 a.C.) e Pirro (365-275 a.C.) são apontados como possíveis fundadores do ceticismo

Questão 7- (ESPM) A respeito da civilização helenística escreveu o erudito Paul Petit: “Não se poderá negar a originalidade da civilização helenística; basta comparar a acrópole de Pérgamo à de Atenas, a história de Políbio à de Tucídides, o estoicismo ao platonismo.”

(Idel Becker. Pequena História da Civilização Ocidental)

Quanto ao estoicismo, mencionado no texto, uma das escolas filosóficas mais importantes, em se tratando da filosofia helenística, é correto afirmar que:

a) considerava que a felicidade do homem consistia no prazer, mas distinguia entre os falsos prazeres materiais e o verdadeiro prazer que se pode alcançar pela renúncia àqueles.

b) julgava que as coisas do mundo físico, que se percebem pelos sentidos, nada mais são do que cópias das idéias, modelos perfeitos e eternos que só podem ser percebidos pelo espírito.

c) considerava que o mundo material existia objetivamente e a natureza não dependia de idéia alguma, assim as formas não se situavam num mundo exterior mais elevado e acima dos fenômenos, mas existiam nas próprias coisas.

d) propunha que o segredo da felicidade residia, não na procura sôfrega do prazer, mas no perfeito equilíbrio do espírito, que permite aceitar com a mesma serenidade a sorte ou a desgraça, a riqueza ou a pobreza, o prazer ou a dor.

e) duvidava de tudo e negava que o homem pudesse alcançar a verdade, sendo assim o homem deveria desistir das infrutíferas cogitações sobre a verdade absoluta e deixar de preocupar-se, meditando sobre o bem e o mal. Só a renúncia a toda e qualquer certeza pode trazer a felicidade.

Questão 8- (EMESCAM) É preciso dar-se conta de que dentre nossos desejos uns são naturais, os outros vãos, e que dentre os primeiros há os que são necessários e outros que são somente naturais. Dentre os necessários, há os que o são para a felicidade, outros para a tranquilidade contínua do corpo, outros, enfim, para a própria vida. Uma teoria não errônea desses desejos sabe, com efeito, reportar toda preferência e toda aversão à saúde do corpo e à tranquilidade da alma, posto que aí reside a própria perfeição da vida feliz. Porque todos os nossos atos visam afastar de nós o sofrimento e o medo […]

(Epicuro, Doutrinas e máximas. In: VV.AA. Os filósofos através dos textos. São Paulo, Paulus, 1997, p. 43)

De acordo com o filósofo hedonista Epicuro (341-270 a.C) para garantir uma vida feliz e ter uma boa saúde é necessário cultivar o hábito de…

a)… buscar o prazer nos exercícios espirituais e na mortificação do corpo.

b)… evitar as perturbações da alma, cultivar amizades e preservar a liberdade.

c)… rejeitar a maneira simples e pouco custosa de viver.

d)… gozar todos os prazeres em todas as circunstâncias.

e)… conquistar tudo o que se deseja e viver sem contrariedades.

  • Ufa! Faltam só dois exercícios sobre Filosofia Helenística para concluir as atividades. Avante!

Questão 9-  (Enem 2016) Pirro afirmava que nada é nobre nem vergonhoso, justo ou injusto; e que, da mesma maneira, nada existe do ponto de vista da verdade; que os homens agem apenas segundo a lei e o costume, nada sendo mais isto do que aquilo. Ele levou uma vida de acordo com esta doutrina, nada procurando evitar e não se desviando do que quer que fosse, suportando tudo, carroças, por exemplo, precipícios, cães, nada deixando ao arbítrio dos sentidos.

LAÉRCIO, D. Vidas e sentenças dos filósofos ilustres. Brasília: Editora UnB, 1988.

O ceticismo, conforme sugerido no texto, caracteriza-se por:

a) Desprezar quaisquer convenções e obrigações da sociedade.

b) Atingir o verdadeiro prazer como o princípio e o fim da vida feliz.

c) Defender a indiferença e a impossibilidade de obter alguma certeza.

d) Aceitar o determinismo e ocupar-se com a esperança transcendente.

e) Agir de forma virtuosa e sábia a fim de enaltecer o homem bom e belo.

Questão 10 –  (Enem 2014) Alguns dos desejos são naturais e necessários; outros, naturais e não necessários; outros, nem naturais nem necessários, mas nascidos de vã opinião. Os desejos que não nos trazem dor se não satisfeitos não são necessários, mas o seu impulso pode ser facilmente desfeito, quando é difícil obter sua satisfação ou parecem geradores de dano.

EPICURO DE SAMOS. “Doutrinas principais”. In: SANSON, V. F. Textos de filosofia. Rio de Janeiro: Eduff, 1974

No fragmento da obra filosófica de Epicuro, o homem tem como fim

a) alcançar o prazer moderado e a felicidade.

b) valorizar os deveres e as obrigações sociais.

c) aceitar o sofrimento e o rigorismo da vida com resignação.

d) refletir sobre os valores e as normas dadas pela divindade.

e) defender a indiferença e a impossibilidade de se atingir o saber.

  • Parabéns, você fez todos os exercícios sobre Filosofia Helenística. Confira agora o Gabarito:

Gabarito dos exercícios sobre Filosofia Helenística.

Exercício resolvido da questão 1 –

Alternativa correta: letra b) III.

Exercício resolvido da questão 2 –

alternativa correta: letra c) a filosofia e a ciência praticada pelos gregos constituem-se a base do pensamento científico e filosófico das sociedades ocidentais. 

Exercício resolvido da questão 3 –

Alternativa correta: letra d) apenas II e III.

Exercício resolvido da questão 4 –

Alternativa correta: letra b) É o período em que o pensamento helênico se expandiu para além das fronteiras da Grécia.

Exercício resolvido da questão 5 –

Alternativa correta: letra d) concepção ética, a responsabilidade humana pelos seus atos deliberados.

Exercício resolvido da questão 6 –

Alternativa correta: letra d) Górgias (485-380 a.C.) e Pirro (365-275 a.C.) são apontados como possíveis fundadores do ceticismo 

Exercício resolvido da questão 7 –

Alternativa correta: letra d) propunha que o segredo da felicidade residia, não na procura sôfrega do prazer, mas no perfeito equilíbrio do espírito, que permite aceitar com a mesma serenidade a sorte ou a desgraça, a riqueza ou a pobreza, o prazer ou a dor.

Exercício resolvido da questão 8 –

Alternativa correta: letra b)… evitar as perturbações da alma, cultivar amizades e preservar a liberdade.

Exercício resolvido da questão 9 –

Alternativa correta: letra c) Defender a indiferença e a impossibilidade de obter alguma certeza.

Exercício resolvido da questão 10 –

Alternativa correta: letra a) alcançar o prazer moderado e a felicidade.

Estude para o Enem com o Simulado Beduka. É gratuito!

Gostou dos nossos exercícios sobre Filosofia Helenística? Compartilhe com os seus amigos e comente abaixo sobre as áreas que você deseja mais explicações.

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador