Biologia

O que é Sinapse Química: definição, função e exemplos com imagens!

O que é sinapse química

O que é Sinapse Química? É uma área de estímulos que os neurônios usam para transmitir impulsos, valendo-se necessariamente de neurotransmissores. Ocorrem algumas reações químicas que desencadeiam o impulso a ser transmitido e, assim, mantém o corpo funcionando ordenadamente. Porém, tudo isso acontece em uma série de etapas. Fique conosco para desvendar tudo sobre Sinapses Químicas!

Neste artigo sobre o que é Sinapse Química, você encontrará:

  1. O que é Sinapse
  2. Diferença entre Sinapse Química e Elétrica
  3. Como ocorre uma Sinapse Química (etapas)
  4. Tipos de Sinapse Química

O que é Sinapse?

Os seres vivos são extremamente complexos, sabemos que quanto mais aprofundamos no nível microscópico, maior a elaboração dos mecanismos. Para que tenhamos toda essa mobilidade, capacidade de raciocínio e velocidade de resposta, o corpo utiliza de impulsos nervosos, ou seja, feixes elétricos em forma de íons. 

Os íons viajam de neurônio em neurônio (ou neurônio e célula muscular) para fazer a comunicação de todo o corpo. Contudo, existe uma área específica para que essa comunicação ocorra de forma eficiente. As sinapses são essas regiões especializadas.  Podem ser definidas como a região de proximidade entre a extremidade de um neurônio e uma célula vizinha

Os axônios apresentam diversas ramificações e, no final delas, são encontradas expansões chamadas de botões pré-sinápticos. Esse botão está separado do outro neurônio (ou célula muscular) por um espaço que recebe o nome de fenda sináptica. A área do outro neurônio, que receberá o impulso, é chamada de botão pós-sináptico.

Diferença entre Sinapse Química e Elétrica

Apesar de esses fatores acima serem pontos básicos de todas as sinapses, existem dois tipos, que se diferem quanto ao mecanismo de ação da transmissão do impulso:

  • Sinapse Elétrica
  • Sinapse Química

Como o nosso objetivo é saber o que é sinapse química, vamos apenas citar, brevemente, pontos sobre a elétrica e aprofundar mais nos mecanismo da química.

O que é Sinapse Elétrica

As sinapses elétricas são mais comuns em invertebrados e possuem mecanismos mais simples. Nos humanos, ocorrem apenas nas células gliais ou musculares lisas (cardíaca).

Neste caso não há participação de neurotransmissores, o sinal elétrico é conduzido diretamente de uma célula a outra através de canais comunicantes que conduzem íons. 

Elas são particularmente úteis quanto à velocidade na transmissão do impulso.

É um tipo de resposta quase imediata.

O que é Sinapse Química

Sinapses Químicas são utilizadas para transmissão dos impulsos no sistema nervoso central humano. Sempre transmitem esse sinal em uma única direção, ou seja, “mão única.” Geralmente elas ocorrem entre o axônio de um neurônio e o dendrito de outro. Essa é uma característica importante, pois permite que os sinais atinjam alvos específicos.

O terminal pré-sináptico possui vesículas e neurotransmissores que serão liberados na fenda sináptica. Utilizam de transporte ativo (cálcio e sódio) para criar um potencial de ação, ou seja, uma voltagem favorável à passagem do impulso elétrico.

São mecanismos mais complexos e cheios de etapas. Veremos os detalhes no tópico a seguir.

Como ocorre uma Sinapse Química

Os impulsos nervosos são sinais elétricos que afetam os íons da membrana interna do neurônio. O estímulo recebido pelo neurônio é percorrido ao longo de toda a célula (em direção ao terminal) por meio de mudanças da membrana, criando um novo campo elétrico que permitirá a passagem do impulso. Esse fenômeno de transformação da membrana é chamado potencial de ação

Acompanhe as etapas:

1- O potencial de ação despolariza o terminal da membrana pré-sináptica;

2- A despolarização faz com que os canais de cálcio se abram e íons de cálcio entrem no terminal;

3- Íons de cálcio ligam-se às proteínas do terminal chamadas de sítio de liberação, que se encontram na superfície interna;

4- As vesículas, que contêm neurotransmissores, são liberadas no terminal pré-sináptico.

5- Neurotransmissores são substâncias químicas encarregadas de levar esse estímulo à próxima célula. São capazes de “saltar” pela fenda sináptica até o receptor do neurônio pós-sináptico. Esse salto, é o processo de Difusão.

6- Quando saltam e chegam à próxima célula, alteram o potencial elétrico e geram o potencial de ação na célula pós-sináptica. Assim, recomeça o processo, só que em outro neurônio.

Tipos de Sinapses Químicas

Agora que você já sabe o que é Sinapse Química, vamos aprofundar nos seu tipos. 

Como vimos anteriormente, os impulsos são íons com cargas elétricas. Nas sinapses químicas se ligam aos neurotransmissores para saltar do neurônio pré-sináptico e chegar ao neurônio pós-sináptico.

Os neurotransmissores só conseguem chegar a célula final, sem se perder no meio da fenda, porque se ligam aos canais receptores presentes nas membranas da célula pós-sináptica.

Nesses canais, uma série de reações químicas podem ocorrer, fazendo com que os íons sejam do tipo cátion(+) ou Ânion(-).

Os neurotransmissores mais conhecidos são: acetilcolina, epinefrina, histamina, serotomina e glutamato. Cada uma dessas substâncias provoca um efeito diferente no neurônio pós-sináptico. Dessa forma, o potencial de ação gerado no neurônio receptor pode ser do tipo inibitório ou excitatório.

  • Potencial de ação Excitatório: ocorrem por meio de canais que passam cátions, tornando o interior da célula mais positivo. Com isso, provocam a despolarização (igual ao da etapa inicial) e permitem a continuidade do impulso elétrico. 
  • Potencial de ação Inibitório: ocorrem por meio de canais que passam ânions, tornando o interior da célula mais negativo. Com isso, provoca a hiperpolarização: produção excessiva de neurotransmissores na célula receptora. Essa superprodução leva ao esgotamento deles, antes que o impulso chegue ao seu terminal para ser transmitido. Assim, o impulso se perde e a cadeia de transmissão acabada. 

Gostou do nosso artigo sobre o que é Sinapse Química? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador