Biologia

O que é Tifo? Fique por dentro de todos os detalhes: causas, tipos, contágio, sintomas, prevenção e curiosidades!

Saiba o que é Tifo!Saiba o que é Tifo!

Tifo é o nome genérico que se dá às doenças causadas por bactérias do gênero Rickettsias. Existem 2 tipos de tifo que são mais comuns: epidêmico e endêmico. No primeiro, o principal vetor é o piolho e no outro são os roedores selvagens. Tem sintomas semelhantes a uma forte gripe, mas nada tem a ver com a febre tifóide. Fique conosco para descobrir todos os detalhes sobre o que é Tifo!

Neste artigo sobre o que é Tifo, você encontrará:

  1. O que é Tifo 
  2. Transmissão e tipos de Tifo
  3. Sintomas de Tifo
  4. Prevenção, diagnóstico e tratamento de Tifo

O que é Tifo

Tifo é o nome genérico das doenças infecto contagiosas causadas por bactérias do gênero Rickettsias. Existem dois tipos principais (epidêmico e endêmico) que serão detalhados no próximo tópico.

Há relatos de epidemias de tifo desde os anos 1500, tendo causado  milhares de mortes, incluindo logo após a Segunda Guerra Mundial. Anne Frank, conhecida adolescente vítima do holocausto, escreveu no famoso diário pistas de que sua irmã e ela tenham morrido de tifo

Hoje, a doença pode ser evitada e tratada com sucesso se o infecto buscar ajuda médica cedo. Apesar da pequena semelhança entre os nomes, o tifo não tem nenhuma relação com a febre tifóide, que é causada pela bactéria Salmonella typhi e transmitida pela contaminação da água e alimentos.

As bactérias do tipo rickettsias, causadoras de tifo, são parasitas intracelulares obrigatórios, assim como os vírus. Após infectarem seu hospedeiro, alojam-se no interior de tecidos que revestem os vasos sanguíneos, se espalhando rapidamente e podendo causar complicações.

Há focos dessas doenças em todo o mundo, principalmente em regiões com más condições sanitárias ou com grande aglomeração de pessoas, como campos de refugiados, prisões, etc. 

Tipos e transmissão de Tifo 

Os 2 principais tipos de Tifo são diferenciados pelo tipo de bactéria Rickettsias que o causou e o modo de transmissão

Apesar de diferentes, possuem um ponto comum: as bactérias do gênero Rickettsias possuem um ciclo de vida que depende de um hospedeiro animal e depois de um humano. O tipo de animal é que diferencia a transmissão. Veja:

Tifo Epidêmico ou Exantemático

O-que-é-Tifo-causado-pelo-Piolho

É uma doença grave causada pela bactéria Rickettsia prowazekii, transmitida pelas fezes do piolho do corpo humano. O piolho pica o couro cabeludo e defeca ao mesmo tempo que suga o sangue, pois seu intestino é curto. Suas toxinas causam coceira e, ao coçar, as bactérias presentes nas fezes se espalham e podem entrar na corrente sanguínea humana.

A transmissão indireta entre humanos é rara, mas pode acontecer. Isso ocorre quando um piolho saudável pica uma pessoa doente, adquire as bactérias, pula para outra pessoa saudável e a infecta.

Tifo Endêmico ou Murino

A Rickettsia typhi ou a Rickettsia mooseri, são causadoras do Tifo Endêmico. Ocorre  quando as bactérias passam para os humanos por meio da picada de pulgas do rato. Ao picar, os insetos liberam fezes infectadas pelas bactérias, penetrando no organismo humano. Também pode ocorrer transmissão indireta entre humanos, sendo algo menos comum de ocorrer.

Em alguns casos, já foi relatado contaminação por pulgas de gato e gambás. Mas isso só ocorre em contextos especiais: cresce muito o número de ratos já contaminados, obrigando as pulgas a procurar outros hospedeiros.

Sintomas de Tifo

Os sintomas de tifo variam de acordo com o tipo de enfermidade adquirida (o tipo de bactéria), mas possuem mesmo tempo de incubação: sintomas aparecem em uma ou duas semanas após infecção. Dentre os sintomas comuns estão:

  • Dor de cabeça
  • Febre alta
  • Indisposição
  • Náusea e vômito
  • Diarreia
  • Calafrio
  • Erupção cutânea
  • Tosse
  • Dor abdominal
  • Dor nas articulações
  • Dor nas costas

O Tifo Epidêmico é uma enfermidade mais grave e aguda, portanto, seus sintomas são mais agressivos e podem evoluir para delírio (surtos de inconsciência) e estupor (imobilidade) .

Começam a surgir manchas rosadas (exantemas) nas axilas e alastram-se por todo o corpo, com exceção do rosto, palmas das mãos e planta dos pés. Nos casos mais graves, elas se tornam hemorrágicas e podem propiciar outras complicações: pneumonia, trombose, vasculite, gangrena, etc.

Já o Tifo Endêmico provoca sintomas parecidos com os do Tifo Epidêmico, mas de menor duração e intensidade. O problema é que ela pode ser confundida com as lesões do sarampo, da rubéola ou da roséola.

O-que-é-Tifo-sintomas

Diagnóstico, tratamento e prevenção de Tifo

Se uma pessoa está apresentando os sintomas, deve procurar cuidado médico com urgência. Na consulta, o clínico geral ou o infectologista farão o diagnóstico. 

O primeiro tipo de diagnóstico se chama Anamnese, quando o médico investiga o que pode ser por meio das circunstâncias. Ele fará perguntas sobre suas últimas ações e você deve respondê-las com sinceridade e de forma bem completa. Se quiser acrescentar outros relatos que ele não perguntar mas você achar que tem a ver, é muito bom. 

No caso de Tifo, as circunstâncias relevantes são:

  • Em qual região esteve ou mora (principalmente zonas tropicais e subtropicais, como África e América Latina) 
  • Se estava tendo surto da doença no local 
  • Se há presença de roedores no local
  • Qual a qualidade do saneamento básico
  • Se teve piolho recentemente
  • Quais os sintomas tem sentido e a quanto tempo

Além disso, há testes de diagnóstico para a presença de Tifo:

  • Exames de sangue
  • Teste de imunofluorescência, em que se usa corantes fluorescentes para detectar tifo em amostras de expectoração(secreção)
  • Biópsia

Prevenção de Tifo

Agora que você já sabe o que é Tifo, deve imaginar qual o tipo de prevenção! Durante a Segunda Guerra Mundial, foi desenvolvida uma vacina para prevenir tifo epidêmico, contudo, a diminuição dos casos da doença fez com que parasse de ser fabricada.

Hoje, para prevenir tifo, é importante:

  • Manter bons hábitos de higiene pessoal
  • Evitar proximidade com pessoas suspeitas de piolho
  • Controlar a população de roedores ou evitar regiões em que eles estejam presentes em grande número
  • Evitar locais endêmicos da doença
  • Promover campanhas de conscientização em áreas de extrema pobreza e sem saneamento.

Tratamento

Por serem enfermidades causadas por bactérias, os medicamento adequados são antibióticos. Os sintomas de tifo devem começar a regredir em duas semanas, não demorando muito para desaparecer por completo quando tratados corretamente e cedo.

Contudo, os medicamentos são fortes e não deve haver automedicação, ou seja, os remédios só devem ser ingeridos mediante receita médica e dosagem calculada por ele.

Contudo, caso o paciente não seja diagnosticado e medicado, tifo pode ocasionar outros problemas, mais graves, que demandam tratamentos constantes. Além das citadas no tópico sintomas, uma outra complicação é a doença de Brill-Zinsser, que pode ocorrer anos mais tarde. 

A doença é consequência das bactérias que se esconderam do sistema imune e ficam alojadas em partes difíceis de identificar. Elas aguardam um momento de baixa na imunidade, ressurgindo e causando novamente os sintomas. Inicialmente são mais brandos, mas se baixa imunológica persistir, pode se tornar grave.

Gostou do nosso artigo sobre o que é Tifo? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador