Biologia

Organelas e suas funções: descubra quais são e como elas mantêm a vida celular

Organelas e suas funçõesOrganelas e suas funções

As células são a unidade básica da vida e podem ser encontradas em todos os seres vivos. Elas são compostas por várias estruturas, chamadas de organelas, que desempenham funções específicas dentro da célula. As organelas são como as peças de um quebra-cabeça, cada uma com uma função importante para o funcionamento geral da célula.

As principais organelas celulares e suas funções são: Mitocôndrias – respiração, Ribossomos – ligação de aminoácidos, Retículo Endoplasmático (liso e rugoso) – produção de proteínas, Complexo de Golgi – armazenamento, Lisossomos – digestão, Peroxissomos – oxidação, Vacúolos – reservas e Plastos.

Neste artigo, vamos te explicar tudo sobre as organelas e suas funções nas células dos seres vivos. Este assunto é muito importante para quem está se preparando para o Enem.

Você sabe quais são as organelas e suas funções? Entender esse tema é essencial para se sair bem na prova de Ciências da Natureza e suas tecnologias do Enem. Pensando nisso, o Beduka preparou esse artigo para te ajudar a se preparar para a prova do Enem ou de outros vestibulares.

Quer seguir diretamente para alguma parte específica? Clique em algum dos itens abaixo:

  1. O que são organelas?
  2. Principais Organelas e suas funções
  3. Nós te conectamos à faculdade

Não deixe de conferir o artigo completo sobre Citologia.

O que são organelas?

Organelas são estruturas celulares que ficam no citoplasma da célula, por isso também são chamadas de organelas citoplasmáticas. Elas são responsáveis por todo o funcionamento da célula, e cada uma possui uma função específica.

Vale ressaltar que as células procariontes, que são as células que não possuem membrana nuclear delimitando seu material genético, não possuem organelas. Isso acontece porque as células procariontes são células mais simples, e dispõem basicamente de citoplasma, material genético e ribossomos.

Organelas cintoplasmáticas e suas funções são um dos principais componentes da Citologia, que está entre os temas de Biologia que mais caem no Enem. Por isso, não deixe de ler esse resumo.

Descubra também quais são os outros temas de Biologia que mais caem no Enem.

Principais organelas e suas funções

Organelas mitocôndrias e suas funções

mitocondria

São organelas constituídas por duas membranas, uma externa e uma interna, com muitas dobras, denominadas cristas mitocondriais. As mitocôndrias se diferenciam das demais organelas pois têm seu próprio DNA e possuem capacidade de se reproduzir.

A função da mitocôndria é realizar a respiração celular, que é responsável por produzir grande parte da energia usada em funções primordiais para a sobrevivência da célula. 

Organela núcleo e suas funções

O núcleo é a maior organela existente, pois ele é responsável por guardar o material genético e comandar tudo que acontece na célula.

Organelas centríolos e suas funções

Os centríolos são organelas formadas por microtúbulos que ajudam os cromossomos a se separarem na hora da divisão celular (mitose e meiose). Estão presentes em cílios e flagelos, auxiliando na locomoção.

Organelas citoesqueletos e suas funções

Citoesqueleto é a estrutura responsável por sustentar a célula, além de auxiliar na movimentação por meio dos micro filamentos encontrados em sua estrutura. O citoesqueleto auxilia no transporte das organelas dentro do citoplasma.

Organelas ribossomos e suas funções

Os ribossomos são organelas constituídas por duas subunidades, uma maior e uma menor, compostas por RNA ribossomal e proteínas. Os ribossomos são responsáveis pela ligação de aminoácidos, visando a síntese das proteínas. Dentro deles, podemos encontrar três tipos de RNA:

  • RNA mensageiro (RNAm):  o RNAm codifica as proteínas, uma vez que possui as informações do DNA. Ele é traduzido no processo de formação das proteínas, chamado de tradução;
  • RNA transportador (RNAt): O RNAt, ou RNA de transferência, transporta os aminoácidos que constituirão a nova proteína. Ele identifica a sequência de três nucleotídeos que codificam um aminoácido (chamada de códon), e garante que o aminoácido correspondente àquela informação seja adicionado à cadeia em formação.
  • RNA ribossomal (RNAr): Esse RNA forma os ribossomos, que são os locais onde ocorrem a síntese de proteínas. É importante destacar que 80% do RNA presente na célula é desse tipo.

Aprenda mais sobre ácidos nucleicos e saiba ainda mais sobre as funções das organelas citoplasmáticas.

Organela citosol e suas funções

O citosol ou hialoplasma armazena substâncias que são usadas pelas células. É um líquido gelatinoso, que pode ser mais fluido ou viscoso, além de rico em água, proteínas, eletrólitos, glicose, compostos lipídicos e substâncias que irão comportar as organelas celulares e o citoesqueleto.

Ele é tão importante para as organelas citoplasmáticas fazerem suas funções que escrevemos um texto só sobre ele. Leia nosso resumo sobre o Citosol e entenda mais.

Organela retículo endoplasmático (RE) e suas funções

Retículo Endoplasmático

O retículo endoplasmático (RE) é uma organela com muitas membranas que constituem um tipo de rede. Em algumas partes do RE, pode-se encontrar ribossomos, por esse motivo, essa porção é chamada de retículo endoplasmático rugoso. As regiões onde não há ribossomos são denominadas de retículo endoplasmático liso.

No caso do RE rugoso, a sua função é produzir proteínas. O RE liso é responsável pela produção de esteróides e fosfolipídios, e também pela neutralização de substâncias tóxicas.

Organela complexo de Golgi e suas funções

complexo-de-golgi

O complexo de Golgi, ou aparelho de Golgi, é constituído de discos achatados em forma de pilha, formando bolsas membranosas. Ele é responsável pela modificação, armazenamento e exportação de proteínas que são produzidas no retículo endoplasmático rugoso.

O complexo de Golgi também é responsável por produzir vesículas que originam os lisossomos primários. 

Aprenda também o que é material genético.

Organelas lisossomos e suas funções

Os lisossomos são organelas envolvidas por uma camada lipídica dupla e possui enzimas digestivas em seu interior. A principal função do lisossomo é a digestão de moléculas orgânicas como lipídios, carboidratos, proteínas e ácidos nucléicos.

Aprenda tudo sobre moléculas orgânicas no artigo completo sobre Bioquímica.

As moléculas são englobadas e entram na célula envoltas por vesículas. Essas vesículas se fundem com os lisossomos primários e, posteriormente, são quebradas em porções menores. Depois disso, essas moléculas saem do lisossomo e são aproveitadas pela célula.

Organelas peroxissomos e suas funções

Os peroxissomos são organelas pequenas e membranosas, que possuem enzimas em seu interior. Eles são responsáveis pela oxidação de ácidos graxos para sintetizar o colesterol, e para serem utilizados na respiração celular.

Já está craque no assunto? Teste seus conhecimentos com as questões sobre Organelas Citoplasmáticas!

Principais Organelas das Células Vegetais e suas funções

​Vacúolos

Os vacúolos são organelas que estão envoltas por uma membrana e possuem um fluido preenchendo seu interior, e podem ser encontrados facilmente em células vegetais.

Suas principais funções são:

  • reservar substâncias, como a seiva, por exemplo;
  • agem no turgor, um mecanismo de pressão osmótica que controla a entrada de água e a rigidez dos tecidos vegetais.

Plastos

Essas organelas estão presentes somente em células vegetais, sendo divididas em leucoplastos, cromoplastos e cloroplastos. Eles são originados dos proplastos, que são pequenas vesículas encontradas nas células embrionárias dos vegetais.

Quando amadurecem, adquirem a cor de acordo com o pigmento que possuem, e podem se transformarem um no outro. Por exemplo, um leucoplasto pode se tornar um cloroplasto ou um cromoplasto, ou vice-versa.

  • Leucoplastos: são incolores, atuam na reserva energética e são encontrados em alguns tipos de raízes e caules;
  • Cromoplastos: são responsáveis pela cor de frutos, flores e folhas e também de raízes como as cenouras. Podem ser divididos em os xantoplastos (amarelos) e os eritroplastos (vermelhos);
  • Cloroplastos: possuem cor verde por causa da clorofila e são responsáveis pela fotossíntese. A forma e o tamanho dessas organelas varia de acordo com o tipo de célula e de organismo em que se encontram.

Além de aprender sobre as organelas e suas funções, você pode testar seus conhecimentos de outras matérias respondendo algumas questões que caíram em edições antigas do Enem em nosso simulado gratuito.

Gostou de aprender sobre as organelas e suas funções? Queremos te ajudar também a entrar na FACULDADE IDEAL! Veja a seguir uma oportunidade incrível.

Nós te conectamos à faculdade

Você sabia que é possível entrar em uma faculdade de excelência sem fazer o Enem ou prestar vestibular? 

É isso mesmo! Com o Beduka Bolsas você entra em uma faculdade de qualidade, no curso dos seus sonhos e ainda economiza seu dinheiro.

O Beduka Bolsas é uma plataforma disponível 24 horas, onde você pode adquirir uma bolsa de estudos de até 65% de desconto na mensalidade. 

São mais de 90 opções de cursos para você escolher, em uma de nossas universidades parceiras.

Acesse o Beduka Bolsas agora mesmo!

Obrigada por ler nosso artigo sobre as organelas e suas funções até o final! 

Desejamos bons estudos!

Redação Beduka
Redação Beduka
Este conteúdo foi criado e validado por uma equipe multidisciplinar, formada por especialistas em cada área do conhecimento. O Beduka está presente no Instagram, YouTube, LinkedIn e em diversos outros ambientes digitais. O site foi criado em 2017 e, desde a sua fundação, atua para fornecer materiais de qualidade para facilitar a vida de estudantes de todo o Brasil, ajudando-os a se preparar para os principais vestibulares e o Enem.

4 Comentários