Literatura

Resumo do Futurismo

Resumo do FuturismoResumo do Futurismo

O Futurismo é uma Vanguarda Europeia que tem como característica a ruptura com o passado e a valorização do novo, ou seja, das inovações tecnológicas e industriais. Confira nosso resumo sobre essa vanguarda e descubra mais sobre ela!

O Futurismo é uma Vanguarda Europeia, matéria que cai com frequência no caderno de Linguagens, Códigos e suas tecnologias do Enem e de outros vestibulares. Pensando nisso, preparamos um resumo do Futurismo para te ajudar. Confira!

Aproveite e se prepare com o Simulado do Beduka! Ele conta com questões das edições anteriores do Enem e é corrigido com base na nota TRI.

Nesse artigo você verá:

  1. Resumo do Futurismo;
  2. Características do Futurismo;
  3. Futurismo no Brasil;
  4. Principais autores.

Resumo do Futurismo

O Futurismo foi um movimento artístico que surgiu de forma oficial em 20 de fevereiro de 1909, com a publicação do Manifesto Futurista por Filippo Marinetti, poeta italiano, no jornal  francês Le Figaro.

Manifesto Futurista publicado no jornal Le Figaro

O movimento futurista defendia o fim do moralismo e ovacionava a revolução tecnológica e industrial. Além disso, negava e se desprendia da arte e da cultura do passado, celebrando e reconhecendo unicamente o progresso, as novas tecnologias e a vida urbana, ideias que eram representadas pelos sentidos de intensa velocidade e energia.

O desprendimento ao passado e a necessidade do “novo” eram características tão fortes no movimento futurista que os artistas que mais se identificavam chegaram a propor a destruição de museus e de cidades antigas. Além disso, os futuristas consideravam a guerra uma forma de “higienizar” o mundo.

O Futurismo fez parte das vanguardas artísticas europeias que ganharam mais adeptos no século XX e influenciou a pintura, a literatura, a música e várias outras vertentes artísticas. Os artistas futuristas posteriormente instituíram outros movimentos modernistas.

Além disso, repercutiu principalmente na França e na Itália, onde vários artistas se identificavam com o Fascismo, já que, originalmente, o Futurismo, em seu discurso político-social, era defensor dos ideais fascistas.

O movimento futurista perdeu forças após a Primeira Guerra Mundial, mas continuou inspirando outros estilos artísticos. O Cubismo, o Dadaísmo e Surrealismo são exemplos de vanguardas que possuem características futuristas. 

Características do Futurismo

Como já citamos, uma das principais características do Futurismo é a valorização dos avanços tecnológicos e industriais. Outras características marcantes desse movimento são:

  • Valorização da velocidade;
  • Ruptura com o passado, incluindo o moralismo e as tradições;
  • Uso de publicidade;
  • Ligação ideológica com o Fascismo;
  • Uso de onomatopeias;
  • Obras e poesias transmitiam a ideia de velocidade;
  • Pinturas com cores vivas e contrastantes.

Futurismo no Brasil

No Brasil, o Futurismo teve influência nas obras de alguns artistas modernistas brasileiros. Esses artistas citados entraram em contato com o Manifesto Futurista e utilizaram algumas de suas ideias e conceitos em seus trabalhos.

Apesar de terem se inspirado em algumas ideias, os artistas brasileiros não tentavam imitar os padrões europeus. Pelo contrário, eles ansiavam por definir uma identidade original e própria para a produção de arte nacional.

Principais artistas do Futurismo

Veja quais os principais autores futuristas, separados por ramo artístico:

Principais pintores do Futurismo

“Simultaneous Visions”, de Umberto Boccioni
  • Umberto Boccioni (1882-1916): foi um pintor e escultor italiano. É talvez o mais célebre futurista italiano. Suas principais obras são “Simultaneous Visions” (1912) e “States of Mind II: Those Who Go” (1911).
  • Carlo Carrà (1881-1966): foi um pintor italiano do Futurismo. Participou em diversas edições da Bienal de Arte de São Paulo. Suas principais obras são “O Funeral do Anarquista Galli” (1911) e “O cavaleiro vermelho” (1913).
  • Giacomo Balla (1871:1958): foi um pintor e escultor italiano, sendo um dos expoentes do futurismo na Itália. Utilizou as técnicas de pontilhado para forjar os principais temas do Futurismo: a dinâmica e a velocidade. Suas principais obras são “Velocidade do Automóvel” (1913) e “Fireworks” (1917).

Principais músicos do Futurismo

  • Luigi Russolo (1885-1947): foi um pintor e compositor italiano, futurista e o autor da “L’Arte dei Rumori”(1913) – um manifesto futurista escrito em uma carta de 1913 ao amigo e compositor futurista Francesco Balilla Pratella.
  • Francesco Balilla Pratella (1880-1955): foi um compositor, musicólogo e ensaísta italiano. Era um dos principais defensores do Futurismo na música italiana.

Principais escritores do Futurismo

  • Vladimir Maiakovski (1893-1930): também chamado de “o poeta da Revolução”, foi um poeta, dramaturgo e teórico russo, frequentemente citado como um dos maiores poetas do século XX.
  • Filippo Marinetti (1876-1944): foi um escritor, poeta, editor, ideólogo, jornalista e ativista político italiano. Um dos fundadores  do movimento futurista, Filippo teve seu manifesto publicado no jornal parisiense Le Figaro.

Gostou do resumo do Futurismo? Confira outros artigos do nosso blog e se prepare para o Enem da melhor maneira! Você também pode se organizar com o nosso plano de estudos, o mais completo da internet, e o melhor: totalmente gratuito!

Queremos te ajudar a encontrar a FACULDADE IDEAL! Logo abaixo, faça uma pesquisa por curso e cidade que te mostraremos todas as faculdades que podem te atender. Informamos a nota de corte, valor de mensalidade, nota do MEC, avaliação dos alunos, modalidades de ensino e muito mais.

Experimente agora!

Redação Beduka
Redação Beduka
A equipe de redação do Beduka é composta por pessoas de várias formações, sempre prontas a aprender sobre tudo para publicar os melhores textos e colaborar com a formação de todos os leitores. Sinta-se a vontade para deixar o seu comentário!

Sisu

Enem

Matérias

Simulado

Buscador